Seminário confinatto 2014 - Gustavo Siqueira

837 views
555 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
837
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
53
Actions
Shares
0
Downloads
39
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Seminário confinatto 2014 - Gustavo Siqueira

  1. 1. Estratégias de suplementação para acelerar o ganho de peso do animal antes da terminação Gustavo Rezende Siqueira
  2. 2.  Contextualizando o cenário  Para pensar  Ferramentas para acelar o ganho  O que preciso saber?  Efeitos sobre o confinamento  Considerações finais 2
  3. 3. 3 “O Brasil é um país onde as pessoas acham muito, observam pouco e não medem praticamente nada!” Fernando Penteado Cardoso Engenheiro Agrônomo e Presidente da Fundação Agricultura Sustentável.
  4. 4. 4
  5. 5. 5 Década Lucro Líquido 5@ (R$/ha) Salário (R$/1000 ha) 1971 a 1980 534,69 44.558 1981 a 1990 375,29 31.274 1991 a 2000 161,70 13.475 2001 a 2010 81,69 6.808 2011 a parciais 80,85 6.738 Fonte: Agroconsult
  6. 6. 6 0.0 2.0 4.0 6.0 8.0 10.0 12.0 14.0 16.0 18.0 20.0 22.0 24.0 1955 1960 1965 1970 1975 1980 1985 1990 1995 2000 2005 2010 PesodoBoiGordo(@) Peso do Boi Gordo (@) para comprar 2,5 bezerros Adaptado de CEPEA/ESALQ
  7. 7. 7
  8. 8. 8 < 24 meses > 18 @
  9. 9. 9< 24 meses e > 18 @ Esquema: 6/6/6 Esquema: 7/7/7
  10. 10. 10 Todo dia é FUNDAMENTAL para alcançar o objetivo
  11. 11. 11  Margem em queda ao longo dos anos  Necessidade de aumento de produtividade  Esquema 6/6/6 a 7/7/7  Profissionalismo
  12. 12.  Contextualizando o cenário  Para pensar  Ferramentas para acelar o ganho  O que preciso saber?  Efeitos sobre o confinamento  Considerações finais 12
  13. 13. Precisamos pensar  Planejar 13 1) Pasto é o alimento mais barato? 2) Quanto custa manter o boi? 3) Qual é o custo da @? 4) O que meu boi está ganhando? 4) Qual é o lucro?
  14. 14. 14
  15. 15. 15
  16. 16. 16
  17. 17. 17 Conceito de produção: Tá lá mesmo!!!
  18. 18. Custo manutenção cabeça dia: R$ 0,60 (R$ 0,70)  R$ 18,00 (R$ 21,00) 18 Peso (kg) Custo operacional R$/dia R$/mês 200 R$ 0.42 R$ 12.60 300 R$ 0.51 R$ 15.30 400 R$ 0.60 R$ 18.00 500 R$ 0.69 R$ 20.70
  19. 19. 19 0.126 0.153 0.180 0.207 0.000 0.050 0.100 0.150 0.200 0.250 200 300 400 500 GPD(kg/dia) Peso corporal (kg)
  20. 20. 20 O que o animal está ganhando?
  21. 21. 350 kg de PC 21 500 kg de PC 100 dias  1,5 kg/dia  150 kg de PC 1) Ganhou 5 @ 2) Ganhou mais que 5 @ 3) Ganhou menos que 5 @ ???
  22. 22. 350 kg de PC 22 500 kg de PC 100 dias  1,5 kg/dia  150 kg de PC 1) Ganhou 5 @ 2) Ganhou mais que 5 @ 3) Ganhou menos que 5 @
  23. 23. 350 kg de PC 23 500 kg de PC RC=50 % RC=54 % 175 kg de carcaça 270 kg de carcaça 95 kg de carcaça  6,3 @
  24. 24. CONCEITO IMPORTANTE 24 RENDIMENTO DO GANHO
  25. 25. 25 150 kg 95 kg RG= Rendimento do Ganho (RG) RG= 633 g/kg
  26. 26. 26 Lucro = Receita - Custo =
  27. 27. 27 Custo ≠ Desembolso
  28. 28. 28  Ter pasto é necessário sempre  Focar no rendimento do ganho  Nunca esqueça do custo operacional a pasto  Lucro = Receita - Custo
  29. 29.  Contextualizando o cenário  Para pensar  Ferramentas para acelar o ganho  O que preciso saber?  Efeitos sobre o confinamento  Considerações finais 29
  30. 30. 30 1 + 1 = >3
  31. 31. Oliveira et al., RBZ, v.38, p.2506-2515, 200931 10 15 20 25 30 35 SM SP DegFDN(%) 20 25 30 35 40 45 50 SM SP DegMS(%) 2.0 2.2 2.4 2.6 2.8 3.0 SM SP Kp 4 5 6 7 8 9 SM SP Consumo(kg/dia) 36 % 9 % 26 %
  32. 32. Valores médios de resultados de campo 32 Supl GPD (kg/dia) GP (@) Peso (kg) Dias 1@ SM 0.050 0.25 208 600 1 g/kg 0.250 1.25 238 120 3 g/kg 0.400 2.00 260 75 5 g/kg 0.500 2.50 275 60
  33. 33. Supl Custo Alim Dia (R$) Custo Alim @ colocada (R$) Lucro alimentar (R$) SM 0.09 52.8 11.80 1 g/kg 0.26 31.1 86.17 3 g/kg 0.67 50.3 99.40 5 g/kg 1.15 69.3 76.86 33 Valores médios de resultados de campo
  34. 34. 110.0 115.0 120.0 125.0 130.0 135.0 140.0 145.0 SM SU 1 g/kg 3 g/kg 5 g/kg Valorfinalda@(bez+oper+ alim) 34 R$ 900,00/Cab R$ 135,00/@
  35. 35. Peso (kg) SM SU SP (1 g/kg) SPE (3 g/kg) 200 R$ 298.20 R$ 160.80 R$ 77.72 R$ 75.24 300 R$ 237.00 R$ 153.02 R$ 92.89 R$ 97.75 400 R$ 206.40 R$ 147.84 R$ 105.53 R$ 117.76 500 R$ 190.68 R$ 144.14 R$ 116.23 R$ 135.66 35 Custo @ produzida durante a época da seca
  36. 36. Peso (kg) SM SU SP (1 g/kg) SPE (3 g/kg) 200 R$ 298.20 R$ 160.80 R$ 77.72 R$ 75.24 300 R$ 237.00 R$ 153.02 R$ 92.89 R$ 97.75 400 R$ 206.40 R$ 147.84 R$ 105.53 R$ 117.76 500 R$ 190.68 R$ 144.14 R$ 116.23 R$ 135.66 36
  37. 37. 37 Exigência atendida 1 g/kg  10% PB / 05% NDT 3 g/kg  25% PB / 15% NDT
  38. 38. Suplemento 1 g/kg
  39. 39. 39 O meu pasto é bom, vale a pena Suplementar com 1 g/kg ???
  40. 40. 40Fonte: Sampaio (2010), Roth (2011), Moretti et al. (em preparação) 0.300 0.350 0.400 0.450 0.500 0.550 0.600 0.650 0.700 SM SPV GPD(kg/dia) Diferença 0,142 kg/dia 28,8%
  41. 41. 41Fonte: Sampaio (2010), Roth (2011), Moretti et al. (em preparação) Peso Inicial 250 kg Peso Final 357,7 kg 3,6 @ Peso Final 387,3 kg 4,6 @ SM  0,513 SP  0,654 210 dias (Out-Abr) Diferença 29,6 kg 1@
  42. 42. 42 Ganha mais peso, mas vale a pena???
  43. 43. 43Fonte: Sampaio (2010), Roth (2011), Moretti et al. (em preparação) Variável SM SPV Custo (R$/dia) 0.117 0.370 Custo adicional (R$ dia) 0.253 Receita (R$/dia) 1.61 2.05 Receita adicional (R$ dia) 0.44 Lucro Alimentar (R$/dia) 1.49 1.68 Lucro Alim adicional (R$/dia) 0.19 Lucro Alim adicional (R$/per) 34.4 B/C 1.8 @ adicional R$ 53,00 / @ (R$ 48,00/@) Custo alimentar R$ 6,83/@ - R$ 16,90/@
  44. 44. Suplemento 3 g/kg
  45. 45. 45 O meu pasto é bom, vale a pena Suplementar com 3 g/kg ???
  46. 46. 46 Fonte: Sampaio (2010), Roth (2011), Moretti et al. (em preparação) Diferença 0,285 kg/dia 60,7 % 0.400 0.500 0.600 0.700 0.800 0.900 SM SPE GPD(kg/dia)
  47. 47. 47Fonte: Sampaio (2010), Roth (2011), Moretti et al. (em preparação) Peso Inicial 250 kg Peso Final 348,4 kg 3,3 @ Peso Final 408,2kg 5,3 @ SM  0,469 SPE  0,753 210 dias (Out-Abr) Diferença 59,8 kg 2,0 @
  48. 48. 48 Ganha mais peso, mas vale a pena???
  49. 49. 49Fonte: Sampaio (2010), Roth (2011), Moretti et al. (em preparação) Variável SM SPE Custo (R$/dia) 0.117 0.957 Custo adicional (R$ dia) 0.84 Receita (R$/dia) 1.47 2.36 Receita adicional (R$ dia) 0.89 Lucro Alimentar (R$/dia) 1.35 1.40 Lucro Alim adicional (R$/dia) 0.05 Lucro Alim adicional (R$/per) 10.5 B/C 1.1 210 dias  R$ 88,20 / @ Custo alimentar  R$ 37,92 / @
  50. 50. 50 Média nacional 3.0 4.0 5.0 6.0 7.0 8.0 9.0 10.0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 (@)ganhas Estratégias de suplementação 2,9 @ (63%) 1,3 @ (17%) 2,0 @ (39%) 2,2 @ (43%) Adaptado de Sampaio (2011), Siqueira et al. (2009), Roth (2012) e Moretti et al. (dados não publicados)
  51. 51. 51  Suplementar na seca não é opção: é necessidade  Nas águas é uma estratégia viável  Metas, metas e metas
  52. 52.  Contextualizando o cenário  Para pensar  Ferramentas para acelar o ganho  O que preciso saber?  Efeitos sobre o confinamento  Considerações finais 52
  53. 53. 53 271 kg PC 147 kg Car 465 g/dia 637 g/dia 344 g/dia 238 g/dia 37 % 44,5 % 357kg PC 190 kg Car 389 kg PC 211 kg Car Período de Águas 512 g/kg 540 g/kg Fonte: Moretti (dados não publicados)
  54. 54. SU (ad libtum) SP (1 g/kg) 1ª Seca 1ª Água Pasto Suplemento 2ª Seca Confinamento SPE (5 g/kg) SP (1 g/kg) SPE (5 g/kg) SM SP (1 g/kg) SPE (5 g/kg) SM SP (1 g/kg) SPE (5 g/kg) SM Sampaio (2011) 54
  55. 55. SM (ad libtum) PR (0,1%PC) 1ª Seca Pasto Suplemento Confinamento PE (0,3%PC) PR (0,1%PC) PE (0,3%PC) SM (ad libtum) PR (0,1%PC) PE (0,3%PC) SM (ad libtum) PR (0,1%PC) PE (0,3%PC) SM (ad libtum) Sampaio et al. (2009) SP (1 g/kg) SPE (2,5 g/kg) SPE(5 g/kg) SM SPE (3 g/kg) SPE G (3g/kg) 1ª Água 2ª Seca SM SPE (3 g/kg) SPE G (3g/kg) SM SPE (3 g/kg) SPE G (3g/kg) 55Andrade (2010)
  56. 56. SP (1 g/kg) SPE (3 g/kg) 1ª Seca 1ª Água (Verão) 2ª Seca1ª Água (Outono) SM SP (1 g/kg) SM SP (1 g/kg) SPE (3 g/kg) SM SP (1 g/kg) Roth (2012) 56 SPE (3 g/kg) SM SP (1 g/kg) SPE (3 g/kg) SM SP (1 g/kg) SPE (3 g/kg) SM SP (1 g/kg)
  57. 57. Conf Convencional Conf Expresso SP (1 g/kg) SPE (5 g/kg) SP (1 g/kg) SPE (3 g/kg) SM (ad libtum) SE (7 g/kg) SP (1 g/kg) SPE (3 g/kg) SM (ad libtum) SE (7 g/kg) 1ª Seca 1ª Água 2ª Seca Moretti (Dados não publicados) 57
  58. 58. Roth et al. (2010) 0.684Ba 0.815Aa 0.570Bb 0.810Aa 0 0,1 0,2 0,3 0,4 0,5 0,6 0,7 0,8 0,9 SM-A SP-A GMD(kg/dia) Suplementação da seca SP-S SPE_S 58
  59. 59. 59  Suplementar aumentar o rendimento do ganho  Sempre pense em planos nutricionais crescentes
  60. 60.  Contextualizando o cenário  Para pensar  Ferramentas para acelar o ganho  O que preciso saber?  Efeitos sobre o confinamento  Considerações finais 60
  61. 61. Animais suplementados na recria ganham menos peso no confinamento??? 61
  62. 62. 62
  63. 63. 0.500 0.700 0.900 1.100 1.300 1.500 2006 2007 2008 2009 Ganhoempesocorporal(kg/d) 1 g/kg 3 g/kg 5 g/kg 63 Adaptado de Andrade (2010), Sampaio (2011), Roth (2012) e Moretti (dados não publicados) 5% no GPD
  64. 64. 64 0.500 0.700 0.900 1.100 1.300 1.500 2006 2007 2008 2009 Ganhoemcarcaça(kg/dia) 1 g/kg 3 g/kg 5 g/kg Adaptado de Andrade (2010), Sampaio (2011), Roth (2012) e Moretti (dados não publicados) 4% no Ganho Carcaça
  65. 65. 65 0 20 40 60 80 100 120 2006 2007 2008 2009 Rendimentodoganho(%) 1 g/kg 3 g/kg 5 g/kg Adaptado de Andrade (2010), Sampaio (2011), Roth (2012) e Moretti (dados não publicados) Média 120 g Carc/kg PC
  66. 66. 66  Animais suplementados podem ganhar menos peso vivo, MAS NÃO EM CARCAÇA
  67. 67.  Contextualizando o cenário  Para pensar  Ferramentas para acelar o ganho  O que preciso saber?  Efeitos sobre o confinamento  Considerações finais 67
  68. 68. 68Adaptado de Cardoso (2012) 0.0 0.5 1.0 1.5 2.0 2.5 3.0 48/0,5 36/1,0 27/1,7 20/2,2 kgdeCH4/kgdecarne
  69. 69. 69Postado por Miguel Cavalcanti
  70. 70. 70 Venha conhecer!!!
  71. 71. 71 Venha conhecer!!! OBRIGADO PELA ATENÇÃO!!! Gustavo Rezende Siqueira siqueiragr@apta.sp.gov.br (17) 3341-1400

×