Indústria Cultural

36,511
-1

Published on

Published in: Education
0 Comments
18 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
36,511
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
988
Comments
0
Likes
18
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Indústria Cultural

  1. 2. O que é a Indústria Cultural? É o grupo de empresas e instituições, que possuem como atividade econômica a produção de cultura visando o LUCRO!
  2. 3. Quais são seus meios? Os meios utilizados são a TV, o rádio, jornais, revistas e as variadas formas de entretenimento. Estes são feitos de uma maneira que aumente o consumo, que molde os hábitos, eduque, informe e alguns até conseguem atingir toda a sociedade.
  3. 4. Manipulação Esta é a estratégia mais utilizada. Mostram pessoas famosas utilizando ou mostrando seus produtos dando a idéia de que são os melhores, criando um mundo fora da realidade.
  4. 5. Estatísticas De acordo com as informações da Organização Mundial do Comércio (OMC), o faturamento das indústrias criativas no mercado internacional duplicou nos primeiros 3 anos do século XXI. Atualmente eles são responsáveis por 7% das riquezas produzidas no mundo.
  5. 6. Domínio sobre a Sociedade Para atingir seus objetivos a indústria cultural utiliza estereótipos, levando as pessoas a acreditarem que aquilo é o melhor modelo de vida. Muitas vezes a sociedade nem percebe que está sendo manipulada neste sentido.
  6. 7. A indústria cultural no Brasil No Brasil devido a desigualdade social a indústria cultural não apresenta uma homogeneidade, ou seja não possui uma sociedade de consumo consistente. O principal meio no Brasil de propagação é a televisão.
  7. 8. Adorno e a Indústria Cultural Segundo Adorno, na Indústria Cultural, tudo se torna negócio. Enquanto negócios, seus fins comerciais são realizados por meio de sistemática e programada exploração de bens considerados culturais.
  8. 9. Resultado da indústria cultural A maneira com que manipulam as pessoas, levando a fazer coisas sem ao menos observarem seus resultados. Um forte exemplo é o modelo de beleza criado que é seguido por muitas jovens.
  9. 11. Walter Benjamin – Estudo das mudanças na sensibilidade dos autores e apresentação dessas mudanças em obras de arte na era do capitalismo avançado. Uma obra significativa deste autor é : A Obra de Arte na Era de Sua Reprodutibilidade Técnica , escrita em 1933
  10. 12. Jürgen Habermas – Para ele o método/modelo sistêmico representaria uma redução simplista, incapaz de abstrair a realidade da vida social. Ele propõe o conceito de ação comunicativa” , que seria uma combinação do mundo vivido com a concepção sistêmica. Para ele, a esfera sistêmica da vida divide-se em dois subsistemas: o econômico e o político. Estas esferas estariam condicionadas pela racionalidade instrumental.
  11. 13. Theodor Adorno – Estudos sobre os efeitos culturais dos programas de jazz apresentados pelo rádio. Criticava o estatuto da música, rebaixada ao estado de ornamento da vida cotidiana e denunciava o que chamava de “felicidade fraudulenta da arte afirmativa”. Ou seja, uma arte integrada ao sistema. Sua análise rejeita a estética em prol de uma crítica psicossociológica. Função principal do jazz: reduzir a distância entre o indivíduo alienado e a “cultura afirmativa”, ou seja, uma cultura que favorece não o que deveria afirmar (a resistência), mas, pelo contrário, a integração ao status quo .
  12. 14. ADORNO E HORKHEIMER criaram o conceito de “INDÚSTRIA CULTURAL” e analisaram a produção industrial dos bens culturais como movimento global da produção da cultura como mercadoria. Os produtos culturais, os filmes, os programas radiofônicos, as revistas ilustram a mesma racionalidade técnica, o mesmo esquema de organização e de planejamento administrativo que a fabricação de automóveis em série.
  13. 15. A indústria cultural fornece por toda parte bens padronizados para satisfazer às numerosas demandas. Por intermédio de um modo industrial de produção, obtém-se uma cultura de massa feita de uma série de objetos que trazem a marca da indústria cultural: serialização – padronização – divisão do trabalho.
  14. 16. Horkheimer – Iniciou a discussão frankfurtiana sobre a razão através da obra Teoria Tradicional e Teoria Crítica. Sobre a teoria tradicional Horkheimer entende o que vem do pensamento filosófico de Descartes até a filosofia e ciências modernas. Juntamente com Adorno, escreveu A Dialética do Esclarecimento

×