• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Gestão da Inovação: Oportunidades de Relacionamento entre Centros de Ensino e Pesquisa com o Setor Agroindustrial
 

Gestão da Inovação: Oportunidades de Relacionamento entre Centros de Ensino e Pesquisa com o Setor Agroindustrial

on

  • 4,629 views

Apresentação do professor Cláudio Furtado na reunião do Comitê Gestor do Polo do Leite, dia 28 de maio, na Embrapa Gado de Leite

Apresentação do professor Cláudio Furtado na reunião do Comitê Gestor do Polo do Leite, dia 28 de maio, na Embrapa Gado de Leite

Statistics

Views

Total Views
4,629
Views on SlideShare
4,601
Embed Views
28

Actions

Likes
0
Downloads
51
Comments
0

2 Embeds 28

http://www.slideshare.net 27
http://www.lmodules.com 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Gestão da Inovação: Oportunidades de Relacionamento entre Centros de Ensino e Pesquisa com o Setor Agroindustrial Gestão da Inovação: Oportunidades de Relacionamento entre Centros de Ensino e Pesquisa com o Setor Agroindustrial Presentation Transcript

    • Gestão da Inovação: Oportunidades de Relacionamento entre Centros de Ensino e Pesquisa com o Setor Agroindustrial Prof° Cláudio Furtado Soares Departamento de Tecnologia de Alimentos Laboratório de Gestão da Inovação e Desenvolvimento de Produtos Maio/2009
    • INTRODUÇÃO
      • Uma inovação é a implementação de um produto (bem ou serviço) novo ou significativamente melhorado, ou um processo, ou um novo método de marketing , ou um novo método organizacional nas práticas de negócios, na organização do local de trabalho ou nas relações externas .( Manual de Oslo,1997)
    • Principais atores do processo de inovação
        • (GOVERNO – EMPRESA – UNIVERSIDADE/CENTRO DE P&D )
          • SECTES/MG
          • SILEMG
          • CNPGL/EMBRAPA
          • UFJF
          • ILCT/EPAMIG
          • IFET/RIO POMBA
          • UFLA
          • UFV
    • INVENÇÃO X INOVAÇÃO
      • INVENÇÃO: é uma solução original.
      • INOVAÇÃO: é uma invenção que tenha sido levada ao mercado, no caso de um novo produto, ou que tenha sido usada pela primeira vez em um processo produtivo, no caso de um novo processo. 
      • ESTÁGIOS DA INOVAÇÃO: Descoberta, Decisão e Desenvolvimento. 
      • DESCOBERTA: envolve criar um novo conceito de negócio dentro ou fora da firma. Este estágio é completado, quando alguém dentro da organização defende a idéia até que ela seja formalmente reconhecida pela gerência.
      • DECISÃO: envolve a análise e a revisão formal da idéia e se completa quando a gerência toma uma decisão formal para fornecer fundos. 
    • INVENÇÃO X INOVAÇÃO
      • DESENVOLVIMENTO: compreende o design final, a produção e a comercialização do novo conceito.
      • OBJETIVOS DE INOVAR: precisam ser claros, garantidos pelo gerenciamento superior e compreendido por todos aqueles envolvidos no processo de inovação. 
      • O AMBIENTE: o ambiente precisa nutrir atitude flexível para com o pessoal responsável pela inovação. Tal ambiente estimula a vontade de gerência superior em correr riscos nos estágios de descoberta e decisão da inovação e reduz esses riscos através de uma excelente P&D no estágio de desenvolvimento.
    • A Inovação e a Sobrevivência da Organizações Fase de Experimentação Fase de Dominação Fase de Estabilização Ponto da Inovação Tecnológica Nº de empresas anos
    • Competitividade Capacidade de inovar Capacitação Tecnológica Acumulação de Conhecimentos Fontes Internas
      • Experiência industrial
      • Experiência empresarial
      • Aprendizado
      • Rotinas
      Fontes Externas
      • Universidade
      • Centros de pesquisa
      • Programas de treinamento
      • Novos conhecimentos
      • Fornecedores
      • Usuários
      • Consumidores
      Gestão da Inovação Sucesso no Empreendimento
    • Onde está a inovação Fonte: IBGE, 2000 - Número de mestres e doutores por mil habitante (população ativa, > 25 anos) Ranking i.i. (26-50) Cidades (1-25) 1 º Número relativo de Doutores e Mestres por cidade no Brasil
    • DTA - HISTÓRIA
      • ESAV – Leiteria/DZO – 1927
      • Produção de leite e fabricação de gelo
      • Fabricação de manteiga – 1928
      • Mestrado – 1974
      • Ciência e Tecnologia de Laticínios – 1975/1997
      • Engenharia de Alimentos – 1974/1980
      • Doutorado - 1993
    • DTA - HOJE
      • Corpo docente
      • Laboratórios
      • Técnicos administrativos
      • Planta-piloto
      • Apoio administrativo
      www.dta.ufv.br
    • TECNOLOGIA ALIMENTOS- UFV
      • Área de Pesquisa
        • Biotecnologia e Fermentações Industriais
        • Cereais, Tubérculos e Raízes
        • Controle de Qualidade e Análise Sensorial
        • Desidratação e Secagem de Alimentos
        • Desenvolvimento de Novos Produtos
        • Embalagens Ativas
        • Higiene e Sanitização Industrial
        • Informática Aplicada à Agroindústria de Alimentos
        • Instrumentação, Simulação e Fenômenos de Transporte
        • Laticínios
        • Microbiologia de Alimentos e Culturas Láticas
        • Prebióticos e Probióticos
        • Projetos Agroindustriais e Mercado de Alimentos
        • Química, Bioquímica e Análise de Alimentos
        • Sucos e Conservas Vegetais
    • GRUPOS DE PESQUISA- UFV
      • Ciência e Tecnologia de Alimentos
        • Embalagem de Alimentos
        • Fisiologia e Biotecnologia de Leveduras
        • Bactérias Láticas,Fermentações e Certificação de Qualidade em Alimentos
        • Operações Unitárias na Indústria de Alimentos
        • Microbiologia de Alimentos
        • Patógenos Alimentares
        • Análise Sensorial de Alimentos
        • Corantes Naturais para Alimentos
        • Ciência e Tecnologia de Processamento de Frutas e Hortaliças
        • Higiene na Indústria de Alimentos
      www.cnpq.br
    • DOCE DE LEITE
      • Latícinios FUNARBE – Criado em 1971 como “Usina Piloto de Latícinios”
      • Produzido a 25 anos.Desde 1984.
      • Tricampeão do Concurso Nacional de Produtos Lácteos organizado pela EPAMIG - EXPOLAC
      • Efeito da acidificação e do tratamento térmico do leite na qualidade do doce de leite.(1979)
      • Influência da gordura , da glicose e do amido na cristalização do doce de leite.(1979)
      • Utilização da beta-D-galactosidase no controle da cristalização do doce de leite.(1980)
      • Utilização da beta-D-galactosidase no processo contínuo de fabricação de doce de leite homogeinizado .(1980)
      • Métodos descritivos e avaliação sensorial de doce de leite pastoso.(1984)
    • QUEIJOS
      • Queijo em Pó . (1977)
      • Efeito da Variação do Teor de Gordura do Leite na Composição e no Rendimento do Queijo Minas Padronizado. (1984)
      • Ocorrência de Brucella sp no Leite e Seu Comportamento durante o Processamento e Cura de Queijo Minas Padronizado e Mussarela. (1984)
      • Efeito do Tratamento Térmico do Leite na Qualidade do Queijo Minas. (1988)
      • Isolamento de Bactérias Láticas de Leite Cru e Soro de Queijo de Leite Cru da Região do Serro , Minas Gerais . (1989)
      • Produção de Queijo Petit-Suisse por Ultrafiltração . (1992)
    • QUEIJOS
      • Isolamento e Seleção de Culturas Láticas Nacionais Resistentes a Bacteriófagos para Elaboração de Queijo Minas Curado. (1993)
      • Avaliação de Métodos para a Aceleração da Maturação do Queijo Prato. (1993)
      • Utilização de Lactobacillus casei na Elaboração de Queijo Saint-Paulin com Baixo Teor de Gordura. (1994)
      • Desenvolvimento de Metodologia Analítica para Determinação do Teor de Caseína em Leite e para Avaliação de Proteólise em Queijos. (1995)
      • Influência da Relação Caseína/Gordura nas Características Físico-Químicas e Sensoriais do Queijo Prato. (1997)
      • Avaliação dos Efeitos de Temperaturas de Filagem e de Agentes Coagulantes sobre as Características Físico-Químicas e Funcionais do Queijo Mussarela. (1998)
    • QUEIJOS
      • Uma Alternativa Tecnológica para Evitar o Escurecimento Não-Enzimático do Queijo Mussarela. (1998)
      • Caracterização de Fermento Artesanal Empregado na Fabricação de Queijo Minas Meia-Cura. (1998)
      • O Índice 5-Hidroximetilfurfural na Avaliação do Escurecimento Não-Enzimático em Queijo Mussarela para Pizza Produzido com Diferentes Culturas Láticas . (1998)
      • Lactobacillus acidophilus no Controle de Escherichia coli e seu Efeito nas Características Físico-químicas e Sensoriais do Queijo Minas Frescal. (2001)
      • Perfil tecnológico das micro e pequenas empresas de laticínios da região do circuito do queijo em Minas Gerais . (2002)
      • Caracterização do Queijo Zamorano DOP Sob Condições de Maturação Acelerada por Modificações na Temperatura . (2002)
    • QUEIJOS
      • Utilização de concentrado protéico do leite na fabricação de queijo Minas Frescal.(2003)
      • Utilização da transglutaminase na fabricação de queijos frescos empregando diferentes processos de coagulação . (2003)
      • Modificação do pH do queijo mussarela e seus efeitos na composição físico-química , nas propriedades funcionais e na textura . (2003)
      • Diagnóstico sócio-econômico e cultural e avaliação físico-química e microbiológica do queijo Minas artesanal da Região do Serro .(2004)
      • Diagnóstico socioe-conômico , cultural e avaliação dos parâmetros físico-químicos e microbiológicos do queijo Minas Artesanal da região de Araxá .(2004)
      • Sistema de apoio à decisão na produção de leite e queijo coalho com segurança alimentar .(2005)
    • QUEIJOS
      • Características físico-químicas e microbiológicas durante a maturação do queijo Minas artesanal da região do Serro .(2006)
      • Adaptação do método rápido de Scharer para detecção da atividade de fosfatase alcalina residual em queijo Minas Padrão de acordo com as exigências internacionais .(2006)
      • Desenvolvimento e caracterização de queijo tipo cottage adicionado de Lactobacillus delbrueckii UFV H2B20 e de inulina.(2007)
      • Influência da adição de amido modificado nas características físicoquímicas , propriedades funcionais e textura do queijo Mussarela imitação.(2007)
      • Caracterização do fermento endógeno utilizado na fabricação do queijo Canastra no município de Medeiros , Minas Gerais, com ênfase em leveduras .(2007)
      • Influência do uso de Geotrichum candidum nas características físico-químicas e sensoriais do queijo tipo Camembert.(2007)
    • SORO DE LEITE
      • Utilização de Soro de Queijo para Produção de Proteína Microbiana .(1981)
      • Desenvolvimento e Avaliação de Qualidade de uma Sopa Instantânea à Base de Quirera de Arroz, Batata Inglesa e Soro de Queijo em Pó . (1983)
      • Utilização de Fubá, Soro de Queijo e Proteínas de Soja e Peixe em Massas Alimentícias . (1986)
      • Bebida à Base de Soro de Queijo: Caracterização Físico-Química , Microbiológica e Sensorial . (1988)
      • Formulação de um Meio de Cultura à Base de Soro de Queijo para Produção de Lactococcus lactis spp lactis . (1991)
      • Efeito da Qualidade do Leite na Detecção de Soro Lácteo por Cromatografia Líquida de Alto Desempenho - Filtração Gélica (GF-HPLC). (1992)
    • SORO DE LEITE
      • Ultrafiltração do Soro de Queijo: Parâmetros Operacionais e Utilização do Concentrado Protéico na Fabricação do Requeijão Cremoso . (1993)
      • Desenvolvimento de um Método Imunoenzimático para Análise de Soro de Queijo em Leite. (1995)
      • Produção de Células Viáveis de Lactobacillus acidophilus UFV H 2 B 20 em Soro de Queijo Ultrafiltrado e Suplementado . (1996)
      • Produção de Células Viáveis de Lactobacilus acidophilus UFV H2b20 em Soro de Queijo e sua Estabilidade em Leite em Pó e Leite Fluido . (1997)
      • Sistemas Aquosos Polietilenoglicol-Sal: Separação de  -lactoalbumina e  -lactoglobulina do Soro de Queijo e Hidrodinâmica em Extrator Graesser. (2000)
      • Separação de  -lactoalbumina e  -lactoglobulina de Proteínas de Soro de Queijo por Adsorção em Colunas de leito Fixo. (2001)
    • SORO DE LEITE
      • Modelagem Híbrido –Neural da Extração Líquido-Líquido das Proteínas do Soro do Queijo com Sistemas Aquosos Bifásicos em Extrator Graesser . (2001)
      • Estratégia de purificação das proteínas alfa-Lactoalbumina e beta-lactoglobulina do soro de queijo. (2003)
      • Avaliação técnico-econômica e análise locacional de unidade processadora de soro de queijo em Minas Gerais . (2004)
      • Elaboração e estabilidade de bebida carbonatada aromatizada a base de soro de leite. (2005)
      • Utilização de óleo de coco babaçu, concentrado protéico de soro lácteo e leite em pó desnatado na produção de sorvetes .(2005)
    • FRUTAS
      • Enriquecimento de Suco de Maracujá com Proteína de Soro de Leite .(1977)
      • Estudo Comparativo de Onze Variedades de Manga ( Mangifera indica L .), Produzidas em Visconde do Rio Branco , Visando ao Consumo ao Natural e à Elaboração de Geléias . (1983)
      • Avaliação Industrial de Variedades de Manga ( Mangifera Indica L.) para Elaboração de Néctar . (1984)
      • Avaliação das Características da Polpa de Manga ( Mangifera indica L .) para Elaboração e Armazenamento do Néctar . (1987)
      • Cinética da degradação Térmica de Antocianinas em Suco de Acerola ( Malpighia glabra L .). (1997)
      • Economias de Escala no Processamento de Frutas e Hortaliças: uma Análise da Viabilidade de Implantação de Agroindústrias de Pequeno Porte em Áreas Rurais . (1988).
    • FRUTAS
      • Efeito do Tratamento Térmico e do Armazenamento sobre a Qualidade Sensorial do Suco de Maracujá Amarelo ( Passiflora edulis var. flavicarpa ). (1998)
      • Processamento de Suco de Abacaxi [ Ananas conosus (L.) Merrill ]: Qualidade Sensorial e Físicoquímica. (1999)
      • Padrões de Identidade e Qualidade para o Abacaxi, a Goiaba e o Mamão. (1999)
      • Cinética de alterações químicas e sensoriais em néctar de manga ( Mangifera indica L. var – Ubá ) durante tratamento térmico . (2002)
      • Processamento de Néctar de Goiaba ( Psidium guajava L. var. Paluma ): Compostos Voláteis , Características Físicas e Químicas e Qualidade Sensorial .(2002)
    • FRUTAS
      • Efeito do tratamento térmico , do congelamento e da embalagem sobre o armazenamento da polpa de manga orgânica ( Mangifera indica L .) cv. ‘ Ubá ’. (2006)
      • Melhoria da qualidade e da análise de conjuntura de certificação da manga e da polpa de manga “Ubá ” na zona da Mata Mineira .(2006)
      • Desenvolvimento de néctares mistos de frutas tropicias adicionados de Ginkgo biloba e Panax ginseng . (2006)
      • Desidratação de abacaxi: modelos de secagem , avaliação de qualidade e efeito de embalagem . (2007)
      • Diagnóstico da situação atual e das dificuldades de implantação de sistemas de garantia da segurança de alimentos em micro e pequenas empresas de polpas de frutas .(2008)
    • SOJA
      • Avaliação Nutricional de Proteína de Soja Texturizada por Extrusão . (1977)
      • Efeito do Íon Cúprico no Sabor do " Leite de Soja". (1977)
      • Avaliação Nutricional e Sensorial de Misturas de Feijão ( Phaseolus vulgaris L .) e Soja ( Glycine max L .) Processados por Extrusão . (1981)
      • Efeito da Adição de Proteína Isolada de Soja e de Folhas de "Ora-pro-Nobis" ( Pereskia aculeata Mill ) sobre a Qualidade de Macarrão de Trigo.(1981)
      • Caracterização Físico-Química e Avaliação Sensorial de Farinha Mista de Arroz e Soja Pré-Cozida por Extrusão . (1981)
      • Análise Eletroforética da Proteína de Cultivares de Soja e Caracterização de Mutantes . (1983).
    • SOJA
      • Farinha Desengordurada de Soja e Carne de Frango Processadas por Extrusão . (1984).
      • Caracterização Funcional de Isolados e de um Concentrado Protéico de Soja Produzidos no Brasil . (1984)
      • Separação e Quantificação de Tocoferóis Presentes em Destilação de Óleo de Soja. (1985).
      • Utilização de Fubá, Soro de Queijo e Proteínas de Soja e Peixe em Massas Alimentícias . (1986)
      • Efeito da Atividade de Lipoxigenase no Teor de n-Hexana l em Farinhas de Soja ( Glycine max ). (1986)
      • Efeito da Adição de Farinha Integral de Soja Pré-Cozida na Qualidade de Queijo Prato. (1986)
    • SOJA
      • Utilização de Derivados Protéicos de Soja em Produtos Lácteos Fermentados . (1986).
      • Influência do Tratamento da Farinha de Soja Integral Pré-Cozida para Produção de Queijos . (1988)
      • Avaliação Sensorial de Hexanal em Extratos Solúveis de Soja. (1989)
      • Influência da Lipoxigenases 1 e 3 no Sabor de Extratos Hidrossolúveis de Soja. (1989)
      • Comportamento das Farinhas Mistas de Trigo e Soja (com e sem Lipoxigenases) na Fabricação de Pães . (1989)
      • Avaliação de Iogurte de Leite de Cabra Adicionado de Leite de Vaca e Extrato de Soja. (1991)
    • SOJA
      • Desenvolvimento e Caracterização Química , Funcional e Biológica de um Isolado Protéico de Soja Modificado . (1993)
      • Teor de Isoflavonas e Atividade de  -Glicosidade em Grãos de Soja ( Glycine-max L .) Merrill. (1993)
      • Lipoxigenases e a Qualidade Sensorial do Extrato Hidrossolúvel de Soja em Pó . (1993)
      • Utilização do CO2 Supercrítico na Concentração de Tocoferóis do Destilado Desodorizado do Óleo de Soja. (1995)
      • Metilação do Destilado Desodorizado do Óleo de Soja e Concentração de Tocoferóis por CO2 Supercrítico . (1995)
      • Elaboração e Avaliação de um Formulado em Pó , à Base de Soja, Enriquecido com Zinco , Selênio e Magnésio para Uso em Nutrição Enteral . (1996)
    • SOJA
      • Alteração nas Frações Protéicas da Soja, Glicinina e Beta-Conglicinina , pela Fermentação com Rhizopus oligosporus . (1996)
      • Determinação de Inibidores de Proteases em Soja e em seus Derivados Protéicos . (1997)
      • Enriquecimento Protéico de Farinha de Mandioca com Farinha de Soja de Sabor Melhorado : Desenvolvimento e Avaliação de um Novo Produto . (1999)
      • Variedades de Soja e seus efeitos na Regulação do Metabolismo do Colesterol em Ratos . (2000)
      • Avaliação da Digestibilidade e da Qualidade Protéica de Linhagens de Soja com Ausência do Inibidor de Tripsina Kunitz e das Isoenzimas Lipoxigenases . (2000)
      • Fatores Antinutricionais e Biodisponibilidade de Minerais em Soja Geneticamente Modoficada . (2001)
    • SOJA
      • Extração de Isoflavonóides em Farinha de Soja pelo CO2 Supercrítico .(2001)
      • Avaliação Tecnológica de Massas Alimentícias de Farinha Mista de Trigo e Soja sem Lipoxigenases .(2002)
      • Impacto da Embalagem de Óleo de Soja na Intenção de Compra do Consumidor via Conjoint Analysis .(2002)
      • Redução in vitro do teor de Colesterol de Óleo de Manteiga Utilizando Farelo de Trigo, Aveia e Soja.(2002)
      • Desenvolvimento de uma bebida à base de proteína de soja enriquecida com vitaminas A e D .
      • Extração supercrítica de isoflavonas hidrolisadas com  -glicosidases endógenas em hipocótilo de soja. (2004)
    • SOJA
      • Elaboração de um probiótico a base de farelo de soja e sua utilização na alimentação de frango de corte.(2006)
      • Desenvolvimento e caracterização de um isolado protéico de soja modificado com perfil de solubilidade da caseína do leite humano .(2007)
      • Extração de esqualeno do destilado da desodorização do óleo de soja modificado utilizando dióxido de carbono supercrítico .
    • FEIJÃO
      • Caracterização Química do Feijão-Bravo ( Canavallia brasilliensis, Mart .) e Propriedades Nutricionais e Funcionais do Seu Isolado Protéico . (1985)
      • Características do Tegumento do Feijão ( Phaseolus vulgaris L .). (1985)
      • Avaliação Sensorial e Inativação de Lipoxigenase em Feijão ( Phaseolus vulgaris ) Processado por Extrusão .(1989)
      • Análise Microscópica de Farinha de Feijão Pré-Cozida e Misturas para Preparo de Sopas .(1990)
      • Efeito do Tegumento e do Caldo de Cocção do Feijão na Qualidade Protéica . (1994)
    • FEIJÃO
      • Curvas de Absorção de Água e Elaboração de Farinhas de Feijão. (1995)
      • Propriedade do Feijão ( Phaseolus vulgaris L .) na Redução do Colesterol Sanguíneo em Ratos Hipercolesterolêmicos . (1996)
      • Determinação da Estrutura de Pigmentos de Feijão e Estudo da sua Ação na Qualidade Protéica . (1997)
      • Efeito da Ingestão da Mistura de Arroz e Feijão na Biodisponibilidade de Ferro e Cálcio . (1997)
      • Digestibilidade in vitro e in vivo de Proteínas do Feijão Preto sem Casca . (1998)
    • FEIJÃO
      • Digestibilidade In Vivo e In Vitro de Proteínas de Feijão Preto. (1999)
      • Estudo dos Efeitos Mutagênicos e Antinutagênicos de feijão Preto ( Phaseolus vulgaris L .) e de Antocianinas em camundongos . (2000)
      • Processamento Industrial de Feijão, Avaliação Sensorial Descritiva e mapa de Preferência . (2001)
      • Desenvolvimento e caracterização físico-química e biológica de farinhas de feijão (Phaseolus vulgaris L.).(2005)
      • Biodisponibilidade de Zinco e de ferro , valor nutricional e funcional de diferentes cultivares de feijão comum submetidos a tratamentos domésticos .(2006)
    • CAFÉ
      • Teores de Óleo , Sólidos Solúveis , Cafeína e Qualidade da Bebida de Café de Progênies Resistentes à Hemileia vastatrix . (1980)
      • Caracterização Físico-Química de Seis Categorias de bebida Café Classificada pelo Teste da Xícara . (2002)
      • Caracterização Sensorial da bebida de café ( Coffea arábica L .): Análise Descritiva Quantitativa , Análise Tempo-Intensidade e testes Afetivos . (2002)
      • Extração do Óleo e Diterpenos do Café com CO2 Supercrítico . (2003)
      • Perfil sensorial da bebida de café ( Coffea arabica L .) orgânico . (2003)
      • Conjoint analysis no estudo de mercado de café orgânico .(2005)
    • OVOS
      • Técnicas de separação aplicadas ao processamento de ovo.(2004)
      • Separação da lisozima , conalbumina e ovalbumina presentes na clara do ovo: aspectos tecnológicos e termodinâmicos .(2008)
    • EMBALAGEM
      • Desenvolvimento e Estudo de Estabilidade e Embalagem de Alimentos Formulados Contendo Castanha-do-Pará . (1985)
      • Uso de Filmes Plásticos na Conservação de Mandioquinha-Salsa ( Arracacia xanthohyza Bancroft ). (1989).
      • Estabilidade de Farinha de Mandioca ( Manihot esculenta ) Estocada sob  Condições Ambientais em Diferentes Tipos de Embalagens. (1989)
      • Avaliação da Radiação Ultravioleta no Controle de Microrganismos Aderidos em Filmes de Polietileno de Baixa Densidade. 2000
      • Impacto da Embalagem de Couve ( Brassica oleraceae cv. Acephala ) Minimamente Processada na Intenção de Compra do Consumidor . (2001)
    • EMBALAGEM
      • Inibição da Microbiota de Exsudado de Frango por Nisina Incorporada em Saches de Celulose.(2001)
      • Avaliação de Embalagem Ativa por incorporação de Nisina na inibição de Staphylococcus aureus . (2003)
      • Embalagem ativa na conservação de alho minimamente processado .(2004)
      • Filme antimicrobiano de acetato de celulose incorporado com ácido sórbico na conservação de massa de pastel .(2005)
    • EMBALAGEM
      • Desenvolvimento e avaliação de filmes e sachê antimicrobianos na conservação de queijo mussarela fatiado.(2006)
      • Migração de plastificantes e avaliação de propriedades mecânicas de filmes de poli(cloreto de vinila) para alimentos .(2007)
      • Desenvolvimento e avaliação de propriedades físicas e antimicrobianas de filmes de poli(cloreto de vinilideno) incorporados com triclosan .(2007)
      • Desenvolvimento e avaliação de filme biodegradável de polietileno incorporado de amido de grão-de-bico ( Cicer arietinum L .)(2007)
    • INOVAÇÕES TECNOLÓGICAS
      • Suco de Fruta Natural
      • Café de Qualidade
      • Coleta de Leite a Granel
      • FINANCIAR
      • PVANET
      • Métodos analíticos
      • Pão Queijo
      • PDPL – Convênio Nestlé
      • Produtos Viçosa
      • Feijão em pó
      • Manteiga light
      • Livros
      • Intercâmbio
    • PATENTES
      • PRODUÇÃO DE QUEIJO TIPO COTTAGE PROBIÓTICO. (2007)
      • DESFIADORA DE PEITO DE FRANGO COZIDO. (2006)
      • PROCESSO DE REVESTIMENTO À BASE DE GELATINA. (2005)
      • MÉTODOS DE FABRICAÇÃO DO REQUEIJÃO CREMOSO LIVRE DE GORDURA E PROCESSO DE FABRICAÇÃO DE REQUEIJÃO EM BARRA LIVRE DE GORDURA. (2003)
      www.inpi.gov.br
    • UNIVERSIDADE FEDERAL VIÇOSA
    • OBRIGADO