Modelo de Auto Avaliação BECRE
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Modelo de Auto Avaliação BECRE

on

  • 472 views

Modelo de Auto avaliação das BECRE aplicado à BECRE da Escola Básica nº 4 de Alverca.

Modelo de Auto avaliação das BECRE aplicado à BECRE da Escola Básica nº 4 de Alverca.

Statistics

Views

Total Views
472
Views on SlideShare
470
Embed Views
2

Actions

Likes
0
Downloads
1
Comments
0

2 Embeds 2

http://www.slideshare.net 1
http://carochinhadigital.blogspot.com 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Modelo de Auto Avaliação BECRE Modelo de Auto Avaliação BECRE Presentation Transcript

  • Agrupamento de Escolas Pedro Jacques de Magalhães
  • Modelo de Auto Avaliação *
    • Biblioteca Escolar/ Centro de Recursos Educativos
    EB 1 nº 4 de Alverca
    • Segundo Proposta da Rede de Bibliotecas Escolares, publicada em 9/11/2009
    • www.rbe.min-edu.pt
  • Pertinência da existência de um Modelo de Avaliação para as bibliotecas escolares. Porquê?
    • A BE constitui um contributo essencial para o sucesso educativo
    • É necessário identificar necessidades e fragilidades, tendo em vista a melhoria do serviço
    • Esta avaliação contribui para o envolvimento da comunidade educativa na acção da BE
    • How can we ensure that students learn essencial information skills? How can we partner with teachers to provide meaningful learninf opportunities? How can we ensure that school librarians are central players in our schools?
    • Michael B. Eisenberg & Dnielle H. Miller, School Library Journal, 9/1/2002
    • http://www.schoollibraryjournal.com/article/CA240047.html
  • O Modelo enquanto instrumento pedagógico e de melhoria de melhoria. Conceitos implicados. 
    • Verificação da qualidade e eficácia da BE
    • Utilização flexível da avaliação
    • Mobilização de toda a escola
    • Articulação BE – Escola/ PB – Professor de Turma
    • Cooperação e Parcerias
    • The school librarian can run his or her program in collaboration with classroom teatchers (…) exciting students about books and media (…)
    • Information management extends beyond building and managing library collections and services.
    • Michael B. Eisenberg & Dnielle H. Miller, School Library Journal, 9/1/2002
    • http://www.schoollibraryjournal.com/article/CA240047.html
    • Apoio ao Desenvolvimento Curricular
    • Leitura e Literacia
    • Projectos, Parcerias e Actividades Livres de Abertura à Comunidade
    • Gestão da Biblioteca Escolar
    Organização estrutural e funcional.
    • The fusion of learning, information and technology presents dynamic challenges for teachers, school librarians, administrators, and students in 21st- century schools.
    • (Ross Todd – School Library Journal, 4/1/2008)
    • http:// www.schoollibraryjournal.com / article /CA6545434.html
  • Integração/ Aplicação à realidade da escola/ biblioteca escolar.
    • Equipamento informático
    • Falta de recursos humanos (AAE)
    • Aplicação de um orçamento próprio da BE
    • Excessivo número de alunos e escolas para um só PB
    • Identificação do papel do PB
    • Mais interesse por formação contínua na área
    • Equipa de docentes aberta a sugestões
    • Procura de respostas para melhorar o serviço
    • Relações entre docentes
    • Parcerias
    Constrangimentos Oportunidades
    • Reconhecimento das funções e papel do PB
    • Reconhecimento das funções e do papel da BECRE
    • Participação activa na planificação e execução das actividades
    • Cooperação continuada e activa entre BE e Comunidade Educativa, com consequentes parcerias
    • Ligação efectiva da BECRE aos vários planos, programas e projectos em curso, entre os quais PTE e PNL
    Gestão participada das mudanças que a sua aplicação impõe
    • • Análise qualitativa de documentos já existentes, de forma a verificar a indicação e o impacto da BECRE na execução destes documentos, entre os quais: Projecto Educativo do Agrupamento, Regulamento Interno do agrupamento, PAA do agrupamento;
    • • Registos diversos: actas de reuniões, registos de opinião das actividades e do funcionamento da BECRE, registo de afluência à BE por alunos e professores;
    • • Estatísticas produzidas pelo sistema da BE: empréstimo domiciliário e utilização em regime de livre acesso;
    • • Instrumentos especificamente construídos para recolher informação no âmbito da avaliação da BE: questionários trimestrais
    Recolha de Evidências
    • Eisenberg, Michael & Miller, Danielle (2002) “ This Man Wants to Change Your Job ”, School Library Journal . 9/1/2002 < http://www.schoollibraryjournal.com/article/CA240047.html > [13/10/2009].
    • Todd, Ross (2002) “School librarian as teachers: learning outcomes and evidence-based practice”. 68th IFLA Council and General Conference August. <http://www.ifla.org/IV/ifla68/papers/084-119e.pdf> [13/10/2009].
    • Todd, Ross (2008) “ The Evidence-Based Manifesto for School Librarians” . School Library Journal . 4/1/2008. < http:// www.schoollibraryjournal.com / article /CA6545434.html > [13/10/2009].
    • Gabinete da Rede de Bibliotecas Escolares. Modelo de Auto-Avaliação
    Bibliografia aconselhada:
  • Para terminar:
    • If we do not show value, we will not have a future. Evidence-based practice is not about de survival of school librarians, it’s about the survival of our students. This is the social justice and ethical imperative for evidence-based practice.
    • (Ross Todd – School Library Journal, 4/1/2008)
    • http:// www.schoollibraryjournal.com / article /CA6545434.html
    • Apresentação de:
    • Sandra Maria Simões Rebelo Amaral Marques
    • Acção de Formação:
  • Domínio A
    • Articulação Curricular da BE com as estruturas de coordenação educativa
    • Promoção das literacias da informação, tecnológica e digital
    voltar
  • Domínio B voltar
  • Domínio C
    • Apoio a actividades livres, extra-curriculares e de enriquecimento curricular
    • Projectos e Parcerias
    voltar
  • Domínio D
    • Articulação da BE com a escola/ Agrupamento
    • Condições humanas e materiais para a prestação de serviços
    • Gestão da colecção/da informação
    voltar