Pesquisa de Autor - Alexander Sokurov
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Pesquisa de Autor - Alexander Sokurov

on

  • 1,381 views

 

Statistics

Views

Total Views
1,381
Views on SlideShare
1,350
Embed Views
31

Actions

Likes
0
Downloads
14
Comments
0

2 Embeds 31

http://madeinpav.blogspot.pt 21
http://www.madeinpav.blogspot.pt 10

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Pesquisa de Autor - Alexander Sokurov Pesquisa de Autor - Alexander Sokurov Presentation Transcript

  • Produção Audiovisual Pesquisa de autorAlexander Nikolayevich Sokurov Página oficial: http://www.sokurov.spb.ru/ Comunicação e Multimédia 2011|2012 Bárbara Pinto Cruz Nº: 50595
  • ÍndiceBiografia_____________________________SL.3(Alexander Sokurv: estudos, experiência e vida.)Portefólio_____________________________SL.5(Obras desde ficção a documental, curtas e longas metragens - respetiva sinopse e imagens promocionais / frames)(os filmes que se encontram sublinhados foram premiados)Técnica e Equipamento_________________SL.49(Ponto de vista sobre a técnica de Alexander sokurov baseado no seu reportório e documentos)Prémios_____________________________SL.52Galeria de Imagens____________________SL.53(Imagens de Alexander sokurov)Webgrafia___________________________SL.54(Sites de recolha de informação especificados )(Imagens fonte____________________________________________________________________SL.55)Anexos______________________________SL.57(listagem completa das obras de Alexander Sokurov)
  • Biografia Considerado um dos mais importantes diretores de cinema, Aleksandr Sokurov nasceua 14 de junho de 1951, na cidade de Podorvikha (Sibéria). O Seu pai era um oficial do Exércitorusso, veterano da Segunda Guerra Mundial. Como a família estava em constante deslocamento,Sokurov iniciou a sua vida escolar na Polónia, prosseguindo os seus estudos no Turquemenistão.Formou-se em História em 1974 e, posteriormente, estudou na Moskow Filmschool VGIK, ofamoso Instituto de “cinema” da Rússia, onde obteve o seu diploma em 1979. Os seus trabalhos, ainda como estudante, eram inaceitáveis para a burocracia russa(os primeiros filmes de Sokurov em Leninegrado foram recebidos negativamente pelas liderançasdo Partido Comunista. Por um longo período, até as reformas democráticas dos anos 80, nenhumde seus filmes recebeu aprovação para exibições públicas pela censura soviética e ele foi acusadode formalismo e de assumir “visões anti-soviéticas”). A sua primeira longa-metragem, “A VozSolitária do Homem“, foi recusado como projeto de graduação no VGIK. Nesta época recebeu oimportante e decisivo apoio de Andrei Tarkovsky, que se entusiasmou com o seu filme de estreia.Por influência do consagrado cineasta, o jovem Sokurov foi empregado pelos estúdios Lenfilm em1980, o que possibilitou a realização dos seus trabalhos iniciais a partir de 1986, com a reformademocrática promovida pela glasnost, o público pôde assistir às suas criações.
  • Durante os anos de 1990, os filmes de Sokurov foram apresentados em diversosfestivais pelo mundo, recebendo prémios internacionais e em 1995, a European Film Academyadicionou Sokurov à sua lista dos 100 melhores diretores do cinema mundial. Sokurov esteve também envolvido em programas de rádio não-comerciais voltadospara os jovens, e ministrou uma disciplina de direção no Estúdio Lenfilm. Em 1998–1999 dirigiuum programa de televisão, “Ostrov Sokurova” (A Ilha de Sokurov), em que se discutia o lugar docinema na contemporaneidade.“Para mim, as sensações mais fortes nas artes sãosempre produzidas pela pintura e pela músicasinfónica. Nenhum aspeto de meus filmes, visual ouseja outro qualquer, vem de alguma influênciacinematográfica.”http://www.intermidias.com/txt/ed9/Entrevista_com_Aleksandr_Sokurov.pdf Alexander Sokurov
  • PortefólioA Voz do homem solitário (Longa-metragem - Ficção) - 1978–1987, 87 min.,Sinopse: baseado na obra do escritor soviético Andrej Platonov - este também um artista censurado no seu país. A narrativa, que se passa na década de 1920, durante os anos pós-revolução, está centrada em Nikita, um homem solitário que foi profundamente traumatizado pela guerra civil. O filme acompanha os tortuosos caminhos da sua relação com a esposa, uma mulher de classe média, e as dificuldades que eles enfrentam para se adaptar à nova sociedade que se instaura na Rússia. Legenda 1.1: Cartaz promocional do filme A voz do homem solitário Legenda 1.2 : Frame do filme A voz do homem solitário
  • Maria (Documental) 1978–1988, 41 min.,Sinopse: é uma memória de uma camponesa russa que cresceu e seguiu as tradições durante toda a sua vida, da maneira mais convencional possível. A história de Maria é contada em duas partes. A primeira, colorida, cria uma atmosfera pastoral em torno da existência de Maria e mostra imagens suas trabalhando no campo , banhando-se num rio, tirando férias na Criméia. A segunda, em preto-e-branco, passa-se nove anos depois: Maria morreu e com ela as tradições e costumes de toda uma época. Legenda 2: Coleção Especial Maria
  • Sonata para Hitler (Curta-metragem documental ) - 1979–1989, 11 min.,Sinopse: Com músicas de Bach e Penderecki e imagens de arquivo e documentários históricos soviéticos e alemães, traça uma dimensão psicológica do panorama encontrado no fim da Segunda Guerra Mundial. Feito e lançado num intervalo de 10 anos. Legenda 3: Frame do Filme sonata para Hitler
  • The Degraded (ficção) - 1980, 30 min., (não encontrada sinopse) Legenda 4: frame retirado do filme the degraded
  • Sonata para Viola (documental ) - 1981, 80 min.,sinopse: Uma meditação musical sobre o silêncio artístico, emoldurada por um amplo contexto histórico, mostrando como o célebre compositor Dmitri Shostakovich foi obrigado a lidar com a repressão do regime de Stalin. Na montagem, Sokurov incluiu imagens reais do cerco a Leningrado (hoje São Petersburgo), de paradas militares. Este documentário, para além de uma reflexão profunda sobre a trágica existência do grande compositor, estabelece subtis conexões com os nebulosos destinos da Rússia. Legenda 5: Imagem promocional do filme Sonata para viola
  • Nada Mais (longa metragem documental) - 1982–1987, 70 min.,Sinopse: O filme é sobre a coalizão anti-Hitler da URSS, Grã-Bretanha e os EUA, que foi formada como um contrapeso para a política agressiva da Alemanha fascista durante a Segunda Guerra Mundial. Legenda 6: Frame retirado do filme Nada Mais
  • Dolorosa Indiferença - 1983–1987, 110 min.,Sinopse: Um homem decide permanecer num esconderijo enquanto espera que os problemas da sua existência sejam resolvidos. À sua maneira, Sokurov diz que a civilização, a sua ciência, técnica e cultura, pode ruir a qualquer momento, levando consigo todo o orgulho narcisista do homem. O filme é uma antologia dos mais importantes recursos que posteriormente seriam desenvolvidos pelo cineasta, como cenas documentais justapostas a imagens distorcidas, dissonâncias na montagem e escolha de atores amadores para contracenar com profissionais. Legenda 7: Imagem promocional do filme Dolorosa Indiferença
  • Sacrifício Vespertino (Curta-metragem documental) - 1984–1987, 20 min.,Sinopse: Retrato das comemorações de 1 de Maio em São Petersburgo (antiga Leningrado), este documentário exibe uma procissão de manifestantes exaustos, protagonistas patéticos de uma celebração sem motivos. Legenda 8: Frames retirados do filme Sacrifício Vespertino
  • Trabalho paciente (documental) - 1985–1987, 10 min.,Sinopse: um filme sobre uma escola de patinagem artística. A atenção do Sokurov recai na formação dos artistas, a sua rotina diária, o trabalho árduo e exaustivo, as lesões e falhas, a par da poesia dos corpos atléticos. Legenda 9: Frame retirado do filme Trabalho paciente.
  • Elegia (Curta-metragem documental) - 1986, 30 min.,Sinopse: Tributo ao legendário cantor erudito russo Fiodor shaliapin. Legenda 10 – Imagem retirada da pesquisa sobre “elegia de Alexander sokurov ”
  • Império (Ficção) - 1986, 35 min.,Sinopse: Uma mulher rica, vencida na sua cama por doença, tenta comunicar por telefone o seu marido, mas não é bem conseguida. Legenda 11: Imagem retirada da pesquisa de “empire de Alexander sokurov”
  • Elegia Moscovita (Longa-metragem documental) - 1986–1988, 88 min.,Sinopse: Originalmente produzido para celebrar os cinquenta anos de Andrei Tarkovsky (1932-1986), Elegia Moscovita , é um retrato subjetivo dele feito por Alexander Sokurov. Apesar de seu exílio na Europa Ocidental nos últimos anos de sua vida, Tarkovsky não se conseguia livrar das suas origens russas quando filmou "Nostalgia" na Itália, e "O Sacrifício" na Suécia. Utilizando cenas destes filmes, sobrepondo outras raras dos últimos dias de sua vida na França, Sokurov narra ainda os eventos políticos que a Rússia vinha passando na época. Legenda 12: Cartaz promocional da longa metragem Elegia Moscovita
  • Dias de Eclipse (Longa-metragem ficção) - 1988, 137 min.,Sinopse: Baseado num romance de famosos russos escritores de ficção científica dos irmãos Strugatski, Dias da Eclipse é o relato de um jovem médico que viaja para uma estéril cidade sem nome provincial na Ásia Central. Forças misteriosas interferem com a sua pesquisa: o calor insuportável, as pessoas estranhas, presságios misteriosos, uma conversa com um amigo morto, e a intervenção alienígena . Legenda 13.1: Frame do Filme Dias de Eclipse Legenda 13.2: Cartaz promocional do filme dias de Eclipse
  • Salvai e protegei (Longa-metragem ficção) - 1989, 168 min.,Sinopse: Sokurov encontrou um argumento existencial na novela "Madame Bovary", de Flaubert, e fez dela a linha narrativa desta longa-metragem. Aqui, Emma Bovary fala em francês com todos os seus amantes russos, tornando-se uma mulher totalmente estranha ao meio em que vive. Legenda 14: imagem retirada da pesquisa “protect and save”
  • Elegia Soviética (Curta-metragem documental) - 1989, 37 min.,Sinopse: Retrato devastador, à beira da crueldade, de Boris Ieltsin, em que o líder russo é removido da arena pública dos discursos e da propaganda oficial para ser colocado no “espaço sokuroviano” por excelência: um lugar de silêncio, tempo contínuo e inação. O espetador, por sua vez, terá diante de si mais um espetáculo de ambiguidade visual, contraditório ao palco da imobilidade, à beira da paralisia e da morte. Legenda 15: imagem retirada da pesquisa “elegia sovietica alexander sokurov”
  • Elegia de São Petersburgo (Curta-metragem documental) - 1990, 38 min.,Sinopse: Uma análise do passado e da moderna Rússia, a sua cultura e história, que consiste de duas partes, conectadas entre si: a trajetória errante da família Shaliapin e a vida dos habitantes da São Petersburgo contemporânea. Legenda 16: Imagem retirada da pesquisa “elegia de são petesburgo – Alexander sokurov”
  • Uma Simples Elegia (Curta-metragem documental) - 1990, 20 min.,Sinopse: documentário que consiste em cinco planos-sequências, que têm o poder de construir um retrato da Lituânia durante o período do bloqueio económico imposto pela Rússia. Filmado nas ruas de Vilna e nos salões do parlamento. Legenda 17: frame retirado do filme Uma simples elegia
  • O Segundo Círculo (Longa-metragem ficção) - 1990, 92 min.,Sinopse: Um dia, todo filho tem de enfrentar uma triste tarefa: enterrar o pai. Este é o principal e único acontecimento deste filme, mas que é relatado em cada detalhe, com simplicidade épica. Legenda 18: Cartaz promocional do filme Segundo Círculo
  • A Retrospection of Leningrad (documental) - 1957–1990 - 13h 08 min., / 16 partes (sem sinopse nem imagem encontrada)
  • Um exemplo de Entonação (documental) - 1991, 48 min.,Sinopse: segundo documentário centrado na figura de Boris Ieltsin. Sokurov conduz uma conversa entre o presidente russo e membros da sua família, operação que acaba por revelar as inseguranças do grande estadista, as suas vulnerabilidades e angústias, trazendo à tona o seu lado humano. (Sem imagem encontarada)
  • Elegia Russa (Longa-metragem documental) - 1992, 68 min.,Sinopse: Uma linha única, de fluxo contínuo, cujo desenvolvimento revela uma nova e original maneira de olhar para o mundo. Inexistem costuras ou emendas e aqui, mais uma vez, o tempo não tem começo ou fim. As imagens sucedem – se às portas da morte, os espasmos finais de um corpo que não surge como um corpo humano, mas como um par de mãos e uma voz à míngua, vendo a sua força esvair-se. (Sem imagem encontarada)
  • A Pedra (Longa-metragem ficção) - 1992, 84 min.,Sinopse: A narrativa está centrada no encontro de um jovem guarda do Museu Tchecov com o próprio Tchecov, que acaba de regressar ao mundo dos vivos após uma longa ausência só que ele encarna a um só tempo diversos papéis, surgindo às vezes como um doutor, padrasto do rapaz ou amante. É também um embate que coloca de um lado um homem que deixou um poderoso legado intelectual artístico e, de outro, o seu herdeiro contemporâneo. Evocando os estados oníricos típicos de Sokurov, o filme é de um preto-e-branco evanescente, acompanhado por uma “trilha” sonora repleta de silêncios, respirações, sons naturais e fragmentos de música clássica. "Esta é uma obra profundamente lírica, por conta da sua „atmosfera de câmara‟ e a sua modéstia na figuração das emoções", afirma Sokurov.“ Legenda 19: Cartaz promocional do filme A pedra
  • Páginas Ocultas (Longa-metragem ficção) - 1993, 77 min.,Sinopse: Neste filme, Sokurov flutua através das páginas de um dos maiores clássicos da literatura russa e mundial: "Crime e Castigo", de Dostoiévsky, valendo-se das suas questões ideológicas e ambientação histórica, mas por outro lado subvertendo totalmente o enredo, suprimindo os acontecimentos e os célebres personagens do romance original. Legenda 20: Frame retirado do filme Páginas Ocultas
  • O Sonho do Soldado (Curta-metragem documental) - 1995, 12 min.,Sinopse: Um soldado no limite entre a paz e a guerra é um tema trágico e tipicamente russo filmado na fronteira do Tajiquistão com o Afeganistão e mostra jovens combatentes nas tarefas quotidianas de patrulhamento, carregando consigo o paradoxo de estar ali para garantir a tranquilidade e a segurança. Legenda 21: Imagem retirada da pesquisa “soldier´s dream alexander sokurov”
  • Vozes Espirituais (Longa-metragem documental) - 1995, 327 min.,Sinopse: documentário filmado nas áridas fronteiras do Tajiquistão com o Afeganistão, dura cinco horas e meia e está dividido em cinco partes. "Trabalhamos em lugares onde a guerra e seus exercícios são parte da rotina. Alguns dias passávamos em tensa espera pelo conflito; nos outros, no meio das batalhas de facto. Só existia uma certeza: sempre haveriam vítimas: parentes ou amigos.” Legenda 22: Cartaz promocional do filme Vozes espirituais
  • Mãe e Filho (Longa-metragem ficção) - 1996, 67 min.,Sinopse: História de amor sobre os profundos sentimentos existentes na relação entre uma mãe, noseu último dia de vida, e o seu filho. Quando ela adoece, ele alimenta-a, leva-a para o sol à frente dacasa e lê cartões-postais em voz alta. Juntos, vivenciam momentos tocantes e sensíveis, recordandoo tempo em que ele era apenas uma criança. Legenda 23.1: Cartaz Promocional do Filme Legenda 23.2: Frames retirados Mãe e Filho do filme Mãe e filho.
  • Elegia Oriental (Curta-metragem documental) - 1996, 45 min.,Sinopse: viagem meditativa em direção a um insólito vilarejo japonês, onde paisagem, casas, objetos e pessoas surgem turvos, quase imateriais, deixando-se levar pela névoa. Legenda 24: retirado do filme Elegia Oriental, Frame 39’45’’
  • Hubert Robert: Uma Vida Afortunada (Curta-metragem documental) 1996, 26 min.,Sinopse: Este é um filme sobre as telas de Hubert Robert, mas também e sobretudo sobre a fé de um artista obcecado pela ideia de harmonia estética. Legenda 25: Frame retirado do filme Hubert Robert: Uma Vida Afortunada
  • Uma Vida Humilde (Longa-metragem documental) 1997, 75 min.,Sinopse: Todo o trabalho é um relatório sem pressa e detalhado de uma casa velha solitária, perdida nas montanhas, na aldeia de Aska (Nara), o Japão, onde uma mulher velha, Umeno Matshueshi, vive sozinha. Legenda 26: retirado do filme Uma vida humilde, Frame 15’20’’
  • The St. Petersburg Diary : Inauguration of a monument to Dostoevsky (documental)- 1997, 45 min.,The St. Petersburg Diary : Kosintsevs Flat (documental)- 1998, 45 min. (sinopse não encontrada) Legenda 27: Imagem retirada da pesquisa “The St. Petersburg Diary”
  • Confissão (documental) - 1998, 260 min.,Sinopse: Sokurov utiliza a câmara para transformar pessoas reais - oficiais da Marinha - em personagens e mostra a sua apresentação, a falta de liberdade, o isolamento e a monotonia das suas rotinas diárias. Legenda 28: Cartaz promocional do filme Confissão
  • The Dialogues with Solzhenitsyn (documental)- 1998, 104 min,Sinopse: O filme é baseado nas palestras de Sokurov com Solzhenitsyn (escritor russo) e a sua esposa. Não é organizado de acordo com material biográfico. O escritor é de mais interesse para o cineasta pelas suas atitudes, pensamentos e da vida presente, do que pelo seu passado lendário. Legenda 29: Cartaz promocional do filme The Dialogues with Solzhenitsyn
  • Dolce… (documental)- 1999, 60 min,Sinopse:A vida, o trabalho e a dramática existência do célebre escritor japonês Toshio Shimao, morto em 1986, são relatados pela sua viúva, Miho Shimao, sokurov consegue utilizar os recursos do vídeo em prol da sua poética, dando origem a um retrato íntimo que descortina aos poucos o mundo interior da personagem. Legenda 30 : retirado do filme dolce…, Frame 20’07’’
  • Moloch (Longa-metragem ficção) - 1999, 107 min., / 2 partesSinopse: Moloch é o nome dado a uma divindade maligna adorada por diversas culturas antigas gregas, cartagineses e judeus idolatras. Este ídolo pagão, no entanto, sempre foi associado a sacrifícios humanos, sendo conhecido também como "Príncipe do Vale das Lágrimas" e "Semeador de Pragas". Moloch foi o título escolhido por Sokurov para fazer um estudo da vida quotidiana de Adolfo Hitler e a sua amante Eva Braun. Legenda 31.1: Frame do Filme Moloch Legenda 31.2: Cartaz promocional do filme Moloch
  • Taurus (Longa-metragem ficção) - 2000, 94 min.,Sinopse: centrado nos derradeiros momentos de Lenine, o seu isolamento, as suas questões existenciais e a sua perplexidade diante do fim. O líder russo que mudou o curso da história e abalou o mundo aguarda a morte numa casa cedida pelo Estado, solitário, vigiado, rodeado de pessoas estranhas, tralhas domésticas e desordem, um lugar que mais parece um museu. Legenda 32.1: Frame do filme Taurus Legenda 32.2: Cartaz promocional do filme Taurus
  • Elegia de uma Viagem (Curta-metragem) - 2001, 47 min.,Sinopse: Inspirado por uma força maior que a sua própria vontade, um homem embarca sozinho numa viagem. Cruza vastas planícies nevadas, fronteiras e mares para finalmente chegar a um país estrangeiro. http://www.youtube.com/watch?v=Jfimu_2NV-k Legenda 33: Cartaz promocional do filme Elegia de uma viagem
  • Arca Russa (Longa-metragem ficção) - 2002, 99 min., Sinopse: Um museu como um ser vivo, uma entidade que respira e tem personalidade própria. Sokurov empresta alma ao colossal palacete do Hermitage, em São Petersburgo, um dos maiores museus do mundo, testemunho da saga russa ao longo dos séculos. Arca Russa foi filmado num plano-sequência único, sem cortes, filmado num único dia e em 4 takes, que dura 97 minutos e atravessa 35 salas do museu, transformando a tela de cinema num quadro vivo por onde desfilam três séculos de história. Legenda 34.1: Frame retirado do filme Arca Russahttp://www.youtube.com/watch?v=gbkgAx8jdmc&feature=related Legenda 34.2: Cartaz promocional do filme Arca Russa
  • Pai e Filho (Longa-metragem ficção) - 2003, 94 min.,Sinopse: Pai e Filho viveram sozinhos durante vários anos num mundo privado de co-dependências, cheio de memórias e rituais diários. Legenda 35.1: Frame do Filme Pai e filho http://www.youtube.com/watch?v=Jl-FKX808G4 Legenda 35.2: cartaz promocional do filme Pai e Filho
  • O Sol (Longa-metragem ficção) - 2004, 110 min.,Sinopse: Em 1945, o imperador japonês havia ordenado ao povo e ao exército que não fossem hostis. Com isso, barcos norte-americanos desembarcam nas ilhas nipónicas. Lá, Hirohito é levado para o tribunal de guerra, mas o presidente Roosevelt é desaconselhado de convertê-lo a prisioneiro de guerra. Legenda 36.2: Frame do filme o Sol Legenda 36.1: Cartaz promocional do filme O Sol
  • Diário de São Petersburgo: Mozart. Réquiem (Longa-metragem documental) - 2005, 70 min., (Sinopse não encontrada ) Legenda 37: imagem retirada da pesquisa Diário de São Petersburgo: Mozart. Réquiem
  • Elegia da Vida (Longa-metragem documental) - 2006, 101 min.,Sinopse: história do casal mais famoso da música clássica russa: cantora de ópera Galina Vishnevskaya Pavlovna e o pianista, violoncelista, e maestro Mstislav Leopoldovich Rostropovich. Legenda 38: Cartaz promocional do filme Elegia da vida
  • Alexandra (Longa-metragem ficção) - 2007, 90 min.,Sinopse: Chechénia, nos dias de hoje. Uma frente russa. Aleksandra Nikolaevna é a avó que visita o neto, um dos melhores oficiais da sua unidade. Passam-se os dias e ela descobre um novo mundo. Um mundo de homens onde não há mulheres, sensibilidade ou conforto. Legenda 39: Cartaz promocional do filme Alexandra
  • Book of Blockade - 2009, 140 min.,Em Book of Blockade sokurov permite que várias pessoas - Atores, jornalistas, alunos, estudantes, soldados - leiam peças do famoso livro de Alexander Adamovich e Granin Daniil sobre o cerco de Leningrado. A cidade foi sitiada durante a Segunda Guerra pelos alemães e o bloqueio durou 900 dias e resultou numa grande fome na cidade. Custou um milhão de vidas civis, mas os alemães não conseguiram quebrar a difícil resistência russaÉ um documentário baseado em histórias reais de quem viveu e sobreviveu ao bloqueio. Legenda 40: Imagem retirada da pesquisa “Chitaem ‘Blokadnuyu knigu’ alexander sokurov”
  • Fausto – (ficção) - 2011, 137 min.,Sinopse: "Fausto" de Sokurov não é um adaptação cinematográfica da tragédia da autoria de Goethe, no sentido habitual do termo, mas sim sobre o que está entre as linhas da obra. Qual é a cor do Mundo que dá tais ideias colossais? Como é que este cheira? É sufocante estar no Mundo de Fausto, onde os mais variados planos nascem, no espaço apertado por onde este se move. Ele é um pensador, um transmissor de palavras, um maquinador, um sonhador. Um homem anónimo motivado pelos instintos mais básicos, como fúria, luxúria, ganância. Uma criatura infeliz e perseguida que emite um desafio ao Fausto de Goethe. Legenda 41.1: Frame do filme Fausto http://www.youtube.com/watch?v=G4zLlLfYGmU Legenda 41.2: Imagem promocional do filme Fausto
  • Técnica e EquipamentoSokurov é um cineasta visionário e por vezes incompreendido que através da sua forma de esculpir a imagem, de apresentar as personagens sob um viés quase pictórico, literário e metafísico transmite o seu carácter único e genial. Tudo é imagem e nada está ali apenas para ser apenas compreendido. É, por um lado, um herdeiro da cinematografia de grandes nomes como o seu conterrâneo Andrei Tarkovski. Pode ser chocante e imprevisível, mas permanece sempre fiel à sua própria abordagem pessoal. As características distintas dos seus trabalhos incluem: prolongados pontos de vista, métodos elaborados de filmar e de processamento, a combinação de documental e ficção o seu estilo busca aquilo que é intemporal e universal – o que indiretamente se refere ao aspecto invisível de uma história, Sokurov preocupa-se com o enquadramento aplicado a uma paisagem ou a qualquer representação de um "ambiente". A representação do mundo nos seus filmes é aberta a todos os detalhes imprevisíveis da realidade objetiva, enquanto que ao mesmo tempo se apresenta como uma composição abstrata, uma metáfora artística; mesmo nos casos em que o material de origem é a filmagem documental o trabalho de Sokurov não serve apenas como uma ilustração ou interpretação de um determinado conceito ou ideia, mas como uma revelação do estado inesperado emocional de quem a vê e que se replete de sensações líricas.
  • Sokurov aplica as novas tecnologias do cinema como um meio sugestivo, sem subjugar-se àsnormas da sua aplicação convencional; pelo contrário, domina essas possibilidades técnicas às suasintenções artísticas; atualiza-os constantemente para que eles finalmente ultrapassam os métodoscontemporâneos de produção de filmes, mesmo nas formas de transmissão de filmes. Trabalhou emtodos os géneros de filmes exceptuando, talvez, "comédia". A tendência avant-garde no seu trabalhoevoluiu a partir das origens e fundação do imaginário cinematográfico. Conhecido pelos trabalhosos “planos-sequência” traduz uma profunda carga emotiva às suasrodagens; Este cineasta seleciona um conjunto de detalhes muito específicos, a fim de melhordescrever o ambiente, a atmosfera, mesmo os fenómenos naturais de uma época, ou lugar, por issoos seus filmes tiveram sempre as abstrações de uma parábola, pois incorpora detalhes especialmenteescolhidos - sejam eles históricos, psicológicos, fisiológicos, ou extraído das várias esferas daexistência humana ... Sokurov mergulha os aspectos ensaísticos de vídeo, ou o cinema de imagens,com a determinação enérgica de um autor, com curiosidade apaixonada, transforma limites emfantásticos caminhos não viajados. Uma abordagem artística à história, geografia, cultura, e acima detudo ao "espírito universal". Todos os filmes de ficção, documentários e vídeos deste cineasta, produziu uma ricadiversidade de transmutação, imagens para sempre imprevisíveis de pura poesia, que, todos juntos,compõem a obra original de Alexander Sokurov.
  • .(Sem registos ou informação quanto ao equipamento utilizado ) Legenda 42 : Alexander sokurov em rodagens.
  • PrémiosFestival Internacional de Cinema de Locarno, Bronze Leopard (Voz do homem solitário, 1987)Festival Internacional de Cinema de Moscovo, Prémio FIPRESCI (fora de competição, A Voz do homemsolitário, 1987)Festival Internationl de Berlim - programa do Fórum Especial (Dias de Eclipse, 1989)Festival International Rotterdam - Prémio FIPRESCI, KNF Award ( Uma elegia simples, 1991)Prémio Estado da Federação Russa (Mãe e Filho, 1997)Prémio Estado da Federação Russa (Moloch, Taurus, 2001)Grémio russo de Melhor Diretor (Taurus, 2001)Prémio de Melhor Diretor e Melhor Filme (Taurus, 2001)Festival International de Toronto - Prémio Visão IFC (Russian Ark, 2002)Festival International de São Paulo - Prémio Especial para o Lifetime Achievement (2002)Festival de Cannes, FIPRESCI (Pai e Filho, 2003)Argentina Film Critics Association Award Condor de Prata (Arca Russa, 2004)Festival international Yerevan - Golden Apricot de Melhor Filme (O sol,2005)Festival Internacional de Cinema de Locarno, o Leopardo de Honra para a sua realização de vida (2006)Festival de Veneza, Robert Bresson Prémio para pesquisa espiritual e promoção da cultura humana (2007)Festival de Veneza (68ª Edição) - Leão de Ouro de melhor filme (Fausto, 2011)
  • Galeria de Imagens
  • Webgrafia• http://www.sokurov.spb.ru/isle_en/isle_bio.html• http://worldmedia.mitrasites.com/alexander-sokurov.html• http://www.fandango.com/alexandersokurov/filmography/p112058• http://www.ideale-audience.com/site/alexander_sokurov.220.0.html• http://www1.folha.uol.com.br/folha/especial/2002/mostrabrdecinema/sinopse-retrospectiva- aleksandr_sokurov.shtml• http://www.youtube.com/watch?v=FFsnCyirUcs• http://trixxx.com.br/?p=2421• http://grunes.wordpress.com/2007/05/07/father-and-son-aleksandr-sokurov-2003/• http://cinema.sapo.pt/filme/aleksandra/detalhes#sinopse• http://bogiecinema.blogspot.com/2011/09/68-edicao-do-festival-de-veneza_12.html• http://www.imdb.pt/name/nm0812546/filmotype• http://makingarthappen.com/2011/09/11/fausto-leao-de-ouro-em-veneza/• http://www.intermidias.com/txt/ed9/Entrevista_com_Aleksandr_Sokurov.pdf• http://www.ranker.com/review/[[the-degraded]]/2187390• http://hcl.harvard.edu/hfa/films/2002marapr/sokurov.html• http://www.divxclasico.com/foro/viewtopic.php?t=35805• http://www.filmaffinity.com/es/search.php?stype=director&stext=Alexandr+Sokurov+(aka+Alexander+Sok urov)• http://www.regilexikon.com/sokurov/sokurov.html• http://landscapesuicide.blogspot.com/2009/09/forests-1-or-wind-that-cuts-through-fog.html
  • Imagens - fonteImagem 1.1- http://turcoluis.blogspot.com/2011/12/aleksandr-sokurov-voz-solitaria-do.htmlImagem 1.2 - http://novoleitedepato.blogspot.com/2012/02/filme-voz-solitaria-do-homem.htmlImagem 2 - http://www.submarino.com.br/produto/6/23836788/dvd+memorias+do+meu+paisImagem 3 - http://www.demonoid.me/files/details/2732575/0010653532170/Imagem 4 - http://mubi.com/topics/film-database-submission-april-2011?page=22Imagem 5 - http://www.thelmagazine.com/newyork/dvd-reviews-sonata-for-viola/Content?oid=1135380Imagem 6 - http://mubi.com/topics/film-database-submission-april-2011?page=22Imagem 7 - http://www.cineconhecimento.com/2011/04/dolorosa-indiferenca/Imagem 8 - https://board.freakyflicks.org/viewtopic.php?id=233Imagem 9 - http://mubi.com/topics/film-database-submission-april-2011?page=20Imagem 10 - http://www.filmaffinity.com/es/film867581.htmlImagem 11 - http://www.filmaffinity.com/es/film647994.htmlImagem 12 -http://laranjapsicodelicafilmes.blogspot.com/2011/10/elegia-moscovita-1987.htmlImagem 13.1 - http://www.youtube.com/watch?v=FFsnCyirUcsImagem 13.2 - http://kaganof.com/kagablog/2011/10/23/125-the-days-of-eclipse-aleksandr-sokurov/Imagem 14 - http://kaaate.com/blog/2011/12/perfume-genius/Imagem 15 - http://www.buzzbox.com/topic/alexander-sokurov/Imagem 16 - http://www.filmaffinity.com/es/search.php?stype=director&stext=Alexandr+Sokurov+(aka+Alexander+Sokurov)Imagem 17 - http://mubi.com/topics/film-database-submission-april-2011?page=27Imagem 18 - http://homepage.mac.com/vanvdo/directors/sokurov/second-circle.htmImagem 19 – http://rateyourmusic.com/film/%D0%BA%D0%B0%D0%BC%D0%B5%D0%BD%D1%8C/Imagem 20 -http://hcl.harvard.edu/hfa/films/2002marapr/sokurov.htmlImagem 21 -http://davidblogstars.blogspot.com/2011/03/soldatskiy-son-aka-soldier-dream-1995.htmlImagem 22 -http://www.tower.com/spiritual-voices-aleksandr-sokurov-dvd/wapi/107007099
  • Imagem 23.1 - http://john.purplestateofmind.com/?cat=88Imagem 23.2 - http://sokurovoriental.wordpress.com/filmes/Imagem 24 - http://sokurovoriental.wordpress.com/filmes/Imagem 25 – http://sokurovoriental.wordpress.com/filmes/Iamgem 26 – http://sokurovoriental.wordpress.com/filmes/Imagem 27 –http://www.medici.tv/#!/documentary/movies/4/Imagem 28 – http://homepage.mac.com/ahrobbins/Astraeus%20Film%20Collection/page7.htmlImagem 29 – http://video.barnesandnoble.com/DVD/The-Dialogues-with-Solzhenitsyn/Alexander- Sokurov/e/736899107727Imagem 30 – http://sokurovoriental.wordpress.com/filmes/Imagem 31.1 - http://www.youtube.com/watch?v=2YuWcg3oz5QImagem 31.2 - http://tup-cine.blogspot.com/2012/01/moloch-molokh-1999-dvdrip.htmlImagem 32.1 - http://www.youtube.com/watch?v=2vnQvemqnTYImagem 32.2 - http://oladob.wordpress.com/2009/02/07/tauros-de-aleksandr-sokurov/Imagem 33 - http://cinefilosconvergentes.blogspot.com/2012/02/elegia-de-uma-viagem-2001.htmlImagem 34.1 - http://www.youtube.com/watch?v=gT5aJb_DS0w&feature=relatedImagem 34.2 - http://daliteratura.blogspot.com/2008/01/arca-russa.htmlImagem 35.1 - http://www.youtube.com/watch?v=hB6zJIEccLAImagem 35.2 - http://www.maryammomeni.com/englishblog/2008/03/father_and_son.htmlImagem 36.1 – http://kathiesmith.blogspot.com/2009/12/alexander-sokurovs-sun.htmlImagem 36.2 - http://www.youtube.com/watch?v=NiILmcUL_ZAImagem 37 - http://mubi.com/lists/la-voz-solitaria-del-hombre-en-los-dias-del-eclipse-el-cine-de-aleksandr-sokurovImagem 38 - http://www.miraclescreenings.com/base/full_p.php?id=164Imagem 39 - http://www.addmovies.com/readreview.php?rev=2525Imagem 40 - http://www.zorile.ro/ro/arhiva/47-prelegere-q65-de-ani-de-la-victoria-asupra-fascismuluiq.htmlImagem 41.1 - http://makingarthappen.com/2011/09/11/fausto-leao-de-ouro-em-veneza/Imagem 41.2 - http://www.filmofilia.com/faust-movie-posters-80630/
  • AnexosListagem das Obras de Alexander sokurov 28. Dukhovnye Golosa (1995) aka Spiritual Voices 29. Vostochnaya elegiya (1996) aka Eastern Elegy 01. Samye zemnye zaboty (1974) 30. Robert. Schastlivanya zhizn (1996) aka Hubert Robert. A 02. Pozyvnye R1NN (1975) Fortunate Life 03. Leto Marii Voynovoy (1975) 31. Smirennaya zhizn (1997) aka A Humble Life 04. Razzhalovannyy (1980) aka The Degraded 32. Peterburgskiy dnevnik. Otkritie pamyatnika Dostoeskomu 05. Altovaya sonata. Dmitriy Shostakovich (1988) (1997) aka The Diary of St. Petersburg: Inauguration of the 06. Elegiya (1985) Monument to Dostoevsky 07. Zhertva vechernyaya (1987) aka The Evening Sacrifice 33. Mat i syn (1997) aka Mother and Son 08. Terpenie trud (1987) 34. “Povinnost” (1998) aka Confession 09. Odinokiy golos cheloveka (1987) aka The Lonely Human 35. Peterburgskiy dnevnik. Kvartira Kozintseva (1998) aka The Voice Diary of St. Petersburg. Kozintsev’s Flat 10. Moskovskaya elegiya (1987) 36. Uzel (1999) aka The Dialogues with Solzhenitsyn 11. I nichego bolshe (1987) aka And Nothing More 37. Molokh (1999) 12. Ampir (1987) aka Empire 38. Dolce… (2000) 13. Skorbnoye beschuvstviye (1987) aka Mournful Unconcern 39. Telets (2001) 14. Mariya (1988) aka Maria 40. Elegiya dorogi (2002) aka Elegy of a Voyage 15. Dni zatmeniya (1988) aka The Days of Eclipse 41. Russkiy kovcheg (2002) aka Russian Ark 16. Spasi i sokhrani (1989) aka Save and Protect 42. Otets i syn (2003) aka Father and Son 17. Sovetskaya elegiya (1989) aka Soviet Elegy 43. Peterburgskiy dnevnik: Mozart. Rekviem (2004) aka The 18. Sonata dlya Gitlera (1989) aka Sonata for Hitler Diary of St. Petersburg: Mozart. Requiem 19. Peterburgskaya elegiya (1989) 44. Solntse (2005) aka The Sun 20. Prostaya elegiya (1990) aka A Simple Elegy 45. Elegiya zhizni. Rostropovich. Vishnevskaya. (2006) aka Elegy 21. Leningradskaya retrospektiva (1957-1990) (1990) aka A of Life: Rostropovich, Vishnevskaya Retrospection of Leningrad (1957-1990) 46. Aleksandra (2007) 22. K sobytiya v Zakavkzye (1990) aka To the Events in 47. Cinema16: World Short Films (2008) (V) Transcaucasia 48. Chitaem ‘Blokadnuyu knigu’ (2009) aka Reading Book of 23. Krug vtoroy (1990) aka The Second Circle Blockade 24. Kamen (1992) aka The Stone 25. Tikhiye stranitsy (1993) aka Whispering Pages 26. Elegiya iz Rossii (1993) aka The Elegy from Russia 27. Soldatskiy son (1995) aka Soldier’s Dream