Aumente o som... Não precisa clicar...  É só ouvir e curtir a música.... Ana Carolina e Seu Jorge  (versão Ana Carolina)
É isso aí...
Como a gente achou que ia ser...
A vida tão simples é boa...
Quase sempre...
É isso aí...
Os passos vão pelas ruas...
Ninguém reparou na lua...
A vida sempre continua...
Eu não sei parar de te olhar...
Eu não sei parar de te olhar…
Não vou parar de te olhar...
Eu não me canso de olhar...
Não sei parar...
De te olhar...
É isso aí...
Há quem acredita em milagres...
Há quem cometa maldades...
Há quem não saiba dizer a verdade...
É isso aí... Um vendedor de flores...
Ensina seus filhos...  a escolher seus amores...
Eu não sei parar de te olhar...
Não sei parar de te olhar...
Não vou parar de te olhar...
Eu não me canso de olhar...
Não vou parar...
De te olhar...
“ Lembrem de mim como de um que ouvia a chuva. Como quem assiste missa.  Como quem hesita, mestiça, Entre a pressa e a pre...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

É isso aí ...

357
-1

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
357
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
4
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

É isso aí ...

  1. 1. Aumente o som... Não precisa clicar... É só ouvir e curtir a música.... Ana Carolina e Seu Jorge (versão Ana Carolina)
  2. 2. É isso aí...
  3. 3. Como a gente achou que ia ser...
  4. 4. A vida tão simples é boa...
  5. 5. Quase sempre...
  6. 6. É isso aí...
  7. 7. Os passos vão pelas ruas...
  8. 8. Ninguém reparou na lua...
  9. 9. A vida sempre continua...
  10. 10. Eu não sei parar de te olhar...
  11. 11. Eu não sei parar de te olhar…
  12. 12. Não vou parar de te olhar...
  13. 13. Eu não me canso de olhar...
  14. 14. Não sei parar...
  15. 15. De te olhar...
  16. 16. É isso aí...
  17. 17. Há quem acredita em milagres...
  18. 18. Há quem cometa maldades...
  19. 19. Há quem não saiba dizer a verdade...
  20. 20. É isso aí... Um vendedor de flores...
  21. 21. Ensina seus filhos... a escolher seus amores...
  22. 22. Eu não sei parar de te olhar...
  23. 23. Não sei parar de te olhar...
  24. 24. Não vou parar de te olhar...
  25. 25. Eu não me canso de olhar...
  26. 26. Não vou parar...
  27. 27. De te olhar...
  28. 28. “ Lembrem de mim como de um que ouvia a chuva. Como quem assiste missa. Como quem hesita, mestiça, Entre a pressa e a preguiça. Acordei bemol... Tudo estava sustenido... Sol fazia... Só não fazia sentido...” ( Paulo Leminski ) Sorria sempre... para não dar aos que te invejam, o prazer de te ver triste. Mas sim!!! Para dar aos que te amam, a certeza de que és feliz... Adaptação: Nane [email_address] Transição de Slides By Luis Marques Design [email_address] Se quiser sair é só clicar... Se não... Ouça a música até o final...

×