Os 7 passos para acabar com a sua campanha de e-mail marketing
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Os 7 passos para acabar com a sua campanha de e-mail marketing

on

  • 344 views

Descubra passos que podem ser a diferença entre uma campanha de e-mail marketing bem sucedida e o declínio da sua comunicação por meio dessa ferramenta.

Descubra passos que podem ser a diferença entre uma campanha de e-mail marketing bem sucedida e o declínio da sua comunicação por meio dessa ferramenta.

Statistics

Views

Total Views
344
Views on SlideShare
344
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
7
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Os 7 passos para acabar com a sua campanha de e-mail marketing Os 7 passos para acabar com a sua campanha de e-mail marketing Presentation Transcript

  • Os 7 passos para acabar com a sua campanha de e-mail marketing
  • o “retorno” do E-mail Marketing. Recentemente o e-mail marketing voltou a ter um papel importante em estratégias de marketing digital. Como dissemos no artigo “O e-mail marketing morreu? Não, ele está se reinventando”, o “retorno” dessa ferramenta se deve a personalização de mensagens aos usuários e também pela popularização dos smartphones que permitem a leitura dos e-mails em qualquer lugar e a qualquer momento.
  • Mas ainda podemos ver, em várias campanhas de email marketing, erros grosseiros que podem fazer com que sua ação não gere os resultados esperados, e ainda pior, gere rejeição junto ao seu público. Analisando essa situação, a equipe da B2M Digital resolveu listar os 7 principais passos para acabar com sua campanha de e-mail marketing. E os vencedores são:
  • 1 - Compre mailings, afinal, quanto mais pessoas receberem seu e-mail, melhor! Esse provavelmente é o erro mais comum. Muitos empresários e profissionais acreditam que, se a empresa não possui um bom mailing, basta comprar e começar os disparos. Isso jamais deve ser feito, você deve construir seu mailing com e-mails válidos, de pessoas que pediram para receber mais informações sobre a sua empresa ou produtos. Explicamos como você pode fazer isso no artigo “Como construir um mailing de qualidade para o seu negócio?”.
  • Essa técnica é prejudicial porque, ao comprar uma lista, o risco da sua mensagem ser considerada spam pelos servidores de e-mail é muito grande. Isso acontece porque em um mailing comprado, muitos endereços de e-mail podem estar desativados, inválidos, ou com erros, diminuindo gradativamente o número de e-mails que foram enviados, aumentando o risco desses servidores detectarem sua mensagem como não autorizada.
  • Outro ponto a ser reforçado é o fato de que os destinatários da mensagem não aceitaram receber informações sobre sua empresa ou seus produtos, sendo assim, provavelmente esse usuário utilizará a opção “opt-out” (deixar de receber essas mensagens) ou enviará suas mensagens para o lixo eletrônico, diminuindo sua reputação junto aos servidores de e-mail.
  • Os fatores citados anteriormente resultam em um cenário nada promissor para sua campanha, o cenário da rejeição por parte dos usuários. Lembre-se que número não é qualidade, então se você já passou por essa situação de compra de mailing, reconsidere e monte sua lista de e-mails com usuários que deram opt-in, ou seja, que aceitaram receber suas mensagens.
  • 2 - O e-mail marketing tem que ser bonito, vamos colocar muita imagem. Para os servidores, quanto mais imagem existente no seu e-mail marketing, maior é a chance de ele ser considerado um spam, mesmo que você envie para uma lista 100% opt-in. O e-mail marketing mais eficiente é aquele composto por mais texto do que imagens.
  • Uma mensagem com esse padrão, sem muitas imagens, corre menos risco de ser considerada spam e causa empatia aos olhos do destinatário. Caso queira incluir imagens no corpo do e-mail marketing, use com moderação, mas lembre-se que texto é a forma mais eficiente de atingir seu público-alvo.
  • 3 - Envie arquivos em anexo. Agora você já deve estar percebendo que um dos grandes desafios do e-mail marketing é fazer com que seu e-mail não seja confundido com spam, e essa dica é mais uma arma contra isso. E-mails com mensagens em anexo tem por objetivo enviar um arquivo para alguns e-mails, não para toda lista. Servidores de e-mail podem considerar anexos como arquivos mal intencionados, ou vírus, encaminhando as mensagens diretamente para o lixo eletrônico.
  • Use anexo para enviar orçamentos, apresentação de produtos, porém envie para clientes específicos, que solicitaram isso, e de preferência utilize um e-mail diferente do usado na sua campanha de e-mail marketing.
  • 4 – Quantos mais conteúdo por e-mail, melhor, então vamos escrever muito. A propagação de conteúdo pode ser a diferença entre a compra do seu produto ou do concorrente. Por esse motivo, com um mailing já criado, eduque seu consumidor com conteúdo relevante sobre seus produtos e serviços para que ele lembre da sua marca no momento da escolha no ponto de venda, porém a propagação de conteúdo deve ser feita de forma moderada, sem exageros, para não encher a caixa de e-mail do destinatário.
  • O e-mail marketing hoje é visto principalmente ao longo do dia, em intervalos rápidos para um cafezinho no trabalho, ou entre uma reunião e outra. Por isso, seu e-mail marketing deve ser muito claro e direto. Ele deve possuir apenas um objetivo, nítido aos olhos do destinatário. Seja a venda de um produto, convite para a leitura de um novo artigo ou uma palestra, um evento de lançamento de um novo produto, etc. Independente da mensagem, escolha um objetivo e mantenha o foco.
  • 5 – Envie e-mails sobre qualquer assunto, o importante é que sua marca seja vista. Não adianta seguir todos os passos para fazer seu e-mail marketing não ser considerado spam e enviar mensagens com conteúdos generalizados que não são de interesse do cliente. “Falar sobre tudo é falar sobre nada”, então procure segmentar o seu público e o assunto a ser tratado em campanhas de e-mail marketing. Busque sempre gerar interação com o leitor, convide-o para visitar seu site ou dar sugestão de conteúdo, só não se esqueça de oferecer conteúdo útil relevante.
  • Acredite, optar por um assunto e desenvolver sua comunicação com base nele, trará mais resultado para sua campanha do que você imagina, caso contrário o número de opt-out do seu mailing irá crescer gradativamente.
  • 6 – Envie e-mails quando você lembrar, afinal de contas, você tem mais o que fazer. A periodicidade do disparo do seu e-mail marketing é um passo importante para educar o usuário sobre seus serviços ou produtos. Normalmente, não é recomendado que você envie muitas mensagens por dia, e também que você passe longos períodos sem enviar nada, mas isso é muito particular de cada público.
  • O importante é fazer testes com a sua lista e identificar qual é a periodicidade de envio que irá gerar mais resultados. Após definir qual será a periodicidade, você deve segui-la rigorosamente. Uma ferramenta de auto-responder pode ajudálo a programar esses envios com intervalos de tempo definidos por você.
  • 7 – Não podemos perder nomes da lista, esconda o botão de cancelamento da assinatura. Finalizando, vamos falar desse erro muito comum. Uma vez que o assinante não tem mais interesse em receber suas mensagens por e-mail, é sinal que a afinidade que ele possuía com a sua marca já não existe mais, sendo assim não é interessante que você continue encaminhando conteúdo sem que ele queira. Além disso, ao dificultar a exclusão da lista de recebimento, você acaba gerando rejeição.
  • Um cliente que está pedindo para sair agora pode voltar a comprar seu produto no futuro. Porém, ao dificultar sua exclusão, ele vai ficar com raiva da sua marca e você perde qualquer chance de retorno, mesmo que pequena. Além do mais, ao dificultar a saída de um usuário você também corre o risco de ter seu e-mail marketing marcado como spam, e isso pode ser o inicio de uma queda livre da sua campanha.
  • Detalhes importantes que fazem a diferença, grande Abraço! Para saber mais, acesse. b2mdigital.com.br