O crescimento da rede social Line e seu potencial comercial
como a Line Surgiu.
Lançada em 2011 após o terremoto em Tohoku pelo
NHN Japão (que também é dona da Naver, maior
portal da...
os serviços da Line.
O aplicativo da Line, disponível para iPhone,
Android, Blackberry e telefones Windows, oferece
os ser...
o Crescimento.
O crescimento dessa rede social bate recordes e
mostra que ela veio pra ficar. A Line já está em
mais 230 p...
os diferenciais da Line.
Mas o que a Line possui de diferencial em
relação ao Facebook ou outras redes sociais? O
que torn...
Outro diferencial é que os anunciantes só podem
usar a plataforma se pagarem. A Line
disponibiliza um cartão com tarifa fi...
grandes marcas estão na Line.
O controle é feito de forma rígida, porém isso
não afastou os anunciantes em potencial. Marc...
Sem dúvidas, a rápida expansão pode abrir novas
portas de comunicação e relacionamento entre
usuários e anunciantes. Seu c...
Por hoje é só,

grande Abraço!

Para saber mais, acesse.

b2mdigital.com.br
Por hoje é só,

grande Abraço!

Para saber mais, acesse.

b2mdigital.com.br
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

O crescimento da rede social line e seu potencial comercial

341 views

Published on

como a Line surgiu?
Lançada em 2011 após o terremoto em Tohoku pelo NHN Japão (que também é dona da Naver, maior portal da Coréia), seu nome faz referência às linhas que foram criadas fora dos telefones públicos após o desastre natural na cidade japonesa.

os serviços da Line.
O aplicativo da Line, disponível para iPhone, Android, Blackberry e telefones Windows, oferece os serviços de mensagens instantâneas de forma gratuita e ligações através dos smartphones, tablets ou computadores. Dois anos após sua criação, o aplicativo já se encontra entre os mais baixados em 40 países, informação que pode ser encontrada no site da própria rede social. Em fevereiro desse ano, a Line assinou um contrato com a Nokia para tornar o aplicativo compatível também com os dispositivos Asha na Ásia.

o crecimento.
O crescimento dessa rede social bate recordes e mostra que ela veio pra ficar. A Line já está em mais 230 países ao redor do mundo (inclusive o Brasil) e alcançou 50 milhões de usuários em apenas 399 dias. No Japão, em janeiro de 2013, a rede social atingiu 40 milhões de pessoas, sendo que 60% das japonesas entre 20 e 30 anos usam a plataforma todos os dias, de acordo com pesquisa da Line.

os diferenciais da Line.
Mas o que a Line possui de diferencial em relação ao Facebook ou outras redes sociais? O que tornou, e está tornando, essa nova plataforma incrivelmente atrativa aos anunciantes do varejo é a motivação que os usuários recebem não só para seguirem as marcas, mas realizarem ações. Segundo pesquisa realizada pela Line, mais de 50% dos usuários seguem marcas oficiais, 63% leem mensagens de marca, 32% utilizam cupons enviados pela Line e 27% clicam em links.
Outro diferencial é que os anunciantes só podem usar a plataforma se pagarem. A Line disponibiliza um cartão com tarifa fixa, além disso, o número de mensagens é controlado. As marcas podem usar suas mensagens de diferentes formas, seja para links, ofertas de cupons e presentes. Selos patrocinados, em formato de emoticons, também podem ser criados, porém com custos adicionais. Para que as marcas continuem com a Line por um longo período, elas têm grandes incentivos como a decisão de parar de pagar aos meios se uma conta é deletada e perde não só seguidores mas o conteúdo que foi criado.

grandes marcas estão na Line.
O controle é feito de forma rígida, porém isso não afastou os anunciantes em potencial. Marcas como Coca-Cola e a famosa rede japonesa de fast-food Sukiya, já estão entre os anunciantes.
Um fator determinante na ascensão da plataforma e seu modelo de negócios para anúncios foi a adesão rápida de muitas empresas. Além disso, diferentemente dos consumidores ocidentais, os japoneses são cautelosos com novas plataformas e não saltam para uma nova tendência como nós.

Sem dúvidas, a rápida expansão pode abrir novas portas de comunicação e relacionamento entre usuários e anunciantes. Seu crescimento é notório.

Published in: Marketing
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
341
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
2
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

O crescimento da rede social line e seu potencial comercial

  1. 1. O crescimento da rede social Line e seu potencial comercial
  2. 2. como a Line Surgiu. Lançada em 2011 após o terremoto em Tohoku pelo NHN Japão (que também é dona da Naver, maior portal da Coréia), seu nome faz referência às linhas que foram criadas fora dos telefones públicos após o desastre natural na cidade japonesa.
  3. 3. os serviços da Line. O aplicativo da Line, disponível para iPhone, Android, Blackberry e telefones Windows, oferece os serviços de mensagens instantâneas de forma gratuita e ligações através dos smartphones, tablets ou computadores. Dois anos após sua criação, o aplicativo já se encontra entre os mais baixados em 40 países, informação que pode ser encontrada no site da própria rede social. Em fevereiro desse ano, a Line assinou um contrato com a Nokia para tornar o aplicativo compatível também com os dispositivos Asha na Ásia.
  4. 4. o Crescimento. O crescimento dessa rede social bate recordes e mostra que ela veio pra ficar. A Line já está em mais 230 países ao redor do mundo (inclusive o Brasil) e alcançou 50 milhões de usuários em apenas 399 dias. No Japão, em janeiro de 2013, a rede social atingiu 40 milhões de pessoas, sendo que 60% das japonesas entre 20 e 30 anos usam a plataforma todos os dias, de acordo com pesquisa da Line.
  5. 5. os diferenciais da Line. Mas o que a Line possui de diferencial em relação ao Facebook ou outras redes sociais? O que tornou, e está tornando, essa nova plataforma incrivelmente atrativa aos anunciantes do varejo é a motivação que os usuários recebem não só para seguirem as marcas, mas realizarem ações. Segundo pesquisa realizada pela Line, mais de 50% dos usuários seguem marcas oficiais, 63% leem mensagens de marca, 32% utilizam cupons enviados pela Line e 27% clicam em links.
  6. 6. Outro diferencial é que os anunciantes só podem usar a plataforma se pagarem. A Line disponibiliza um cartão com tarifa fixa, além disso, o número de mensagens é controlado. As marcas podem usar suas mensagens de diferentes formas, seja para links, ofertas de cupons e presentes. Selos patrocinados, em formato de emoticons, também podem ser criados, porém com custos adicionais. Para que as marcas continuem com a Line por um longo período, elas têm grandes incentivos como a decisão de parar de pagar aos meios se uma conta é deletada e perde não só seguidores mas o conteúdo que foi criado.
  7. 7. grandes marcas estão na Line. O controle é feito de forma rígida, porém isso não afastou os anunciantes em potencial. Marcas como Coca-Cola e a famosa rede japonesa de fast-food Sukiya, já estão entre os anunciantes. Um fator determinante na ascensão da plataforma e seu modelo de negócios para anúncios foi a adesão rápida de muitas empresas. Além disso, diferentemente dos consumidores ocidentais, os japoneses são cautelosos com novas plataformas e não saltam para uma nova tendência como nós.
  8. 8. Sem dúvidas, a rápida expansão pode abrir novas portas de comunicação e relacionamento entre usuários e anunciantes. Seu crescimento é notório. E se para você o status da Line ainda estava oculto, prepare-se para vê-lo mudar para: a maior rede social do mundo.
  9. 9. Por hoje é só, grande Abraço! Para saber mais, acesse. b2mdigital.com.br
  10. 10. Por hoje é só, grande Abraço! Para saber mais, acesse. b2mdigital.com.br

×