Your SlideShare is downloading. ×

Superman mito & simbolismo

447

Published on

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
447
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
10
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Por prof. Marcelo Freitas E-mail: awmerginmacoliver@gmail.com
  • 2. Mito como Cosmogonia: “O Mito é o relato de um acontecimento ocorrido num tempo primordial, mediante a intervenção de entes sobrenaturais. É o relato de uma história verdadeira, ocorrida nos tempos primordiais, quando com a interferência de entes sobrenaturais, uma realidade passou a existir.” Mircea Eliade Mito como realidade psicológica humana: “O Mito é a conscientização dos arquétipos do inconsciente coletivo, quer dizer, um elo entre o consciente e o inconsciente coletivo, bem como as formas através das quais o inconsciente se manifesta”. C.G. Jung
  • 3. Arquétipo (grego ἀρχή - arché: principal ou princípio e τύπος - tipós: impressão, marca) é o primeiro modelo ou imagem de alguma coisa, antigas impressões sobre algo. É um conceito explorado em diversos campos de estudo, como a Filosofia, Psicologia e a Narratologia. O termo é usado por filósofos neoplatônicos, como Plotino, para designar as ideias como modelos de todas as coisas existentes, segundo a concepção de Platão Para Jung, arquétipo é uma espécie de imagem apriorística incrustada profundamente no inconsciente coletivo da humanidade, refletindo-se (projetando-se) em diversos aspectos da vida humana, como sonhos e até mesmo narrativas. Ele explica que "no concernente aos conteúdos do inconsciente coletivo, estamos tratando de tipos arcaicos - ou melhor - primordiais, isto é, de imagens universais que existiram desde os tempos mais remotos"
  • 4. • Filosofia: Super Homem é o termo originado do alemão Übermensch, descrito no livro Assim Falou Zaratustra (Also sprach Zarathustra), do filósofo alemão Friedrich Nietzsche, em que explica os passos através dos quais o Homem pode tornar um 'Super-Homem' (homos superior, como no inglês a tradução também pode ser compreendida como super-humano). • Etimologia: Super, do latim Super-, “posição em cima, excesso, além”, e hýper-, do grego “posição superior, excesso” Super = aquilo ou aquele que TRASNCENDE, que SUPERA o comum.
  • 5. • 1 º Passo - Mundo Comum: o herói é apresentado em seu dia-a-dia. • 2º Passo - Chamado à aventura: a rotina do herói é quebrada por algo inesperado, insólito ou incomum. • 3º Passo - Recusa ao chamado: como já diz o próprio título da etapa, nosso herói não quer se envolver e prefere continuar sua vidinha. • 4º Passo - Encontro com o Mentor/Mestre: o encontro com o mentor pode ser tanto com alguém mais experiente ou com uma situação que o force a tomar uma decisão. • 5º Passo - Travessia do Umbral: nessa fase, nosso herói decide ingressar num novo mundo. Sua decisão pode ser motivada por vários fatores, entre eles algo que o obrigue, mesmo que não seja essa a sua opção. • 6º Passo - – Testes, aliados e inimigos: maior parte da história se desenvolve nesse ponto. No mundo especial – fora do ambiente normal do herói – é que ele irá passará por testes, receberá ajuda (esperada ou inesperada) de aliados e terá que enfrentar os inimigos.
  • 6. • 7º Passo - Aproximação do objetivo: o herói se aproxima do objetivo de sua missão, mas o nível de tensão aumenta e tudo fica indefinido. • 8º Passo - Provação máxima: É o auge da crise; quando o herói precisa enfrentar seus limites, o vilão de maior poder, um dragão, um bruxo ou feiticeiro, um tirano. • 9º Passo - Conquista da recompensa: passada a provação máxima, o herói conquista a recompensa. • 10º Passo - Caminho de volta: é a parte mais curta da história – em algumas, nem sequer existem. Após ter conseguido seu objetivo, ele retorna ao mundo anterior. • 11º Passo: – Depuração: aqui o herói pode ter que enfrentar uma trama secundária não totalmente resolvida anteriormente. • 12º Passo: – Retorno transformado: é a finalização da história. O herói volta ao seu mundo, mas transformado – já não é mais o mesmo.
  • 7. “A jornada do herói é um ritual iniciático. E por iniciação a entendemos como uma expansão de Consciência ”.
  • 8. • 1 – Krypton (do grego krýptos, “escondido”) e Atlântida: civilizações cientificamente avançadas que ruíram por arrogância e perda de valores, ética, espiritualidade. • 2 – Viagem cósmica: gestação celestial • 3 – Filho dos Céus/ herói urânico, celeste. • 4 – O Sol vermelho e o Sol amarelo: estrela velha e estrela jovem. Seus poderes e limitações. • 5 – Infância de descobertas: interior dos Estados Unidos • 6 – A Fortaleza da Solidão: Pólo Norte, o lugar do Espírito. • 7 – Clark Kent, o “eu menor”; Superman, o “Eu Superior”. • 8 – Louis Lane : o Feminino e o Amor, a Mulher inspiradora. • 9 – Um paralelo entre Superman e Hércules: ambos vindos do Céu.
  • 9. "O homem é uma corda esticada entre o animal e o super-homem, uma corda por cima do abismo". Friedrich Nietzsche - in "Assim Falou Zarathustra"

×