Your SlideShare is downloading. ×
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Exercício calorimetria

3,037

Published on

Física - VideoAulas Sobre Exercícios Calorimetria resolvidos. Cadastre-se em nosso site para receber em seu e-mail nosso material dessa videoaula : www.AulasEnsinoMedio.com.br - …

Física - VideoAulas Sobre Exercícios Calorimetria resolvidos. Cadastre-se em nosso site para receber em seu e-mail nosso material dessa videoaula : www.AulasEnsinoMedio.com.br - contato@AulasEnsinoMedio.com.br ou ligue: 3496-6642 ou 21 8508-7471

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
3,037
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
47
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Módulo 27 Exercícios Resolvidos de Calor
  • 2. Questão 39 (UFPB) Um engenheiro testa materiais para serem usados na fabricação da carroceria de um automóvel. Entre outras propriedades, é desejável a utilização de materiais com alto calor específico. Ele verifica que, para aumentar em 3ºC a temperatura de 32 g do material A, é necessário fornecer 24 cal de calor a esse material. Para obter o mesmo aumento de temperatura em 40 g do material B, é preciso 24 cal. Já 50 g do material C necessitam 15 cal para sofrer o mesmo acréscimo de temperatura. Os calores específicos dos materiais A, B e C são respectivamente:
  • 3. Questão 39 a) CA = 0,25 cal/g°C; CB = 0,20 cal/g°C; CC = 0,10 cal/g°C b) CA = 0,20 cal/g°C; CB = 0,35 cal/g°C; CC = 0,15 cal/g°C c) CA = 0,30 cal/g°C; CB = 0,10 cal/g°C; CC = 0,20 cal/g°C d) CA = 0,35 cal/g°C; CB = 0,20 cal/g°C; CC = 0,10 cal/g°C e) CA = 0,10 cal/g°C; CB = 0,30 cal/g°C; CC = 0,25 cal/g°C
  • 4. Resposta 39 Material A Q mc 24 32 c 3 24 c 96 c A 0,25 cal/ gº C Letra A Material B 24 40 C 3 24 c 120 cB 0,2 cal/gº C Material c 15 50 c 3 15 c 150 cc 0,1 cal/gº C
  • 5. Questão 40 Um bloco de metal de massa 50 g está a 10ºC. Ao receber 1.000 cal, sua temperatura sobe para 60º C. A capacidade térmica do bloco vale, em cal/ºC: a) 0,4 b) 10 c) 20 d) 50 e) 100
  • 6. Resposta 40 Q C 100 c (60 10) 1000 c 50 c 20 cal/º C
  • 7. Questão 41 (UERJ) A quantidade de calor necessária para ferver a água que enche uma chaleira comum de cozinha é, em calorias, da ordem de: a) 102 b) 103 c) 104 d) 105
  • 8. Resposta 41 1L 1Kg Q 1000 1 100 5 Q 10 Letra D
  • 9. Questão 42 (UFG) Com o objeto de economizar energia, um morador instalou no telhado de sua residência um coletor solar com capacidade de 1,2 x 108 cal/dia. Toda essa energia foi utilizada para aquecer 2,0 x 103 L de água armazenada em um reservatório termicamente isolado. De acordo com estes dados, a variação da temperatura da água (em graus Celsius) ao final de um dia é de: Dados: Calor específico da água ca = 1,0 cal/gºC Densidade da água da = 1,0 g/cm3 a) 1,2 b) 6,0 c) 12,0 c) 60,0 e) 120,0
  • 10. Resposta 42 1g / cm 3 2 x10³l Q 1Kg / l 2 x10³ Kg mc 8 1,2 10 2 10 6 8 1,2 10 6 2 10 60 C Letra D
  • 11. Questão 43 (UFRJ) Sabemos que no verão, sob sol a pino, a temperatura da areia da praia fica muito maior que a da água. Para avaliar quantitativamente este fenômeno, , um estudante coletou amostras de massas iguais de água e de areia e cedeu a cada uma delas a mesma quantidade de calor. Verificou, então, que enquanto a temperatura da amostra de areia sofreu um acréscimo de 50ºC, a temperatura da amostra de água sofreu um acréscimo de apenas 6ºC. Considere o calor específico da água 1,00 cal/g ºC. Calcule o calor específica da areia. ´
  • 12. Resposta 43 Q m c Q m16 Q 6m 6m m c 50 c 6 50 0,12cal / g C
  • 13. Questão 44 (UFRS) Um corpo de alumínio e outro de ferro possuem massas mAl e mFer respectivamente. Considere que o calor específico do alumínio é o dobro do calor específico do ferro. Se os dois corpos, ao receberem a mesma quantidade de calor Q, sofrem a mesma variação de temperatura ∆T, as massas dos corpos são tais que ´ a)mAI b)mAI c) mAI d) mAI e)mAI = 4mFc = 2mFc = mFc = mFc /2 = 4mFc /4
  • 14. Resposta 44 QAl QFe m Al c Al m Al 2cFe m Al mFe cFe mFe cFe mFe 2 Letra D
  • 15. Questão 45 (PUC) UM líquido, cuja massa é de 1000 g, é aquecido por um aquecedor de potência igual a 8.100 Watts. O calor específico do líquido é de 2,7 J/g ºC. Qual é variação de temperatura do líquido por unidade de tempo, em ºC/s? a) 2,7 b) 3 c) 8,1 d) 0,33 e) 300 ´
  • 16. Resposta 45 P Q t Q 8100 1 Q 8100J Q m c 8100 1000 2,7 8100 3 2700 Letra B
  • 17. Exercícios Resolvidos de Mudanças de Estados Módulo 28
  • 18. Questão 46 (UERJ) O calor específico da água é da ordem de 1,0 cal . g-1 . ºC-1 e seu calor latente de fusão é igual a 80 cal . g-1 . Para transformar 200 g de gelo a 0ºC em água a 30ºC, a quantidade de energia necessária, em quilocalorias, equivale a: a) b) c) d) 8 11 22 28
  • 19. Resposta 46 Q1 m l Q1 200 80 Q1 16000cal Q2 m c Q2 200 1 30 Q2 6000cal QT 16000 6000 QT 22000cal Letra C
  • 20. Questão 47 (UERJ) Uma menina deseja fazer um chá de camomila, mas só possui 200g de gelo a 0ºC e um forno de microondas cuja potência máxima é 800W. Considere que a menina está no nível do mar, o calor latente de fusão do gelo é 80 cal/g, o calor específico da água é 1 cal/g ºC e que 1 cal vale aproximadamente 4 joules. Usando esse forno sempre na potência máxima, o tempo necessário para a água entrar em ebulição é: a) b) c) d) 45 s 90 s 180 s 360 s
  • 21. Resposta 47 Q1 ml Q1 QT 36000cal QT QT 36000x 4 144000J 200 80 Q1 16000cal Q2 200 1 100 Q2 20000cal Q P t 144000 800 t 144000 t 180 800 Letra C
  • 22. Questão 48 O gráfico a seguir representa a temperatura de uma amostra de massa 20 g de determinada substância, inicialmente no estado sólido, em função da quantidade de calor que ela absorve: Com base nessas informações, marque a alternativa correta.
  • 23. Questão 48 a) O calor latente de fusão da substância é igual a 30 cal/g. b) O calor específico na fase sólida é maior do que o calor específico da fase líquida. c) A temperatura de fusão da substância é de 300º C. d) O calor específico na fase líquida da substância vale 1,0 cal/(g . ºC).
  • 24. Resposta 48 Q ml 600 20l 600 l 20 l 30cal / g Q m c 600 20 c 20 600 c 400 c 1,5cal / g C Letra A
  • 25. Questão 49 (UERJ) Um técnico, utilizando uma fonte t térmica de potência eficaz igual a 100W, realizada uma experiência para determinar a quantidade de energia necessária para fundir completamente 100g de chumbo, a partir da temperatura de 27ºC. Ele anota os dados da variação da temperatura em função do tempo, ao longo da experiência, e constrói o gráfico a seguir:
  • 26. Questão 49 (Se o chumbo tem calor específico igual a 0,13J/g ºC e calor latente de fusão igual a 25J/g, então o instante T do gráfico, em segundos, e a energia total consumida, em joules, correspondem respectivamente, a: a) 25 2 2.500 b) 39 e 3.900 c) 25 3 5.200 d) 39 e 6.400
  • 27. Resposta 49 Q m c Q 100 0,13 300 Q 3900J Q p t 3900 100 t t t Q 3900 100 39s P. t Q 100.64 6400J Letra D
  • 28. Questão 50 (UERJ) Um recipiente de capacidade térmica desprezível contém 1Kg de um líquido extremamente viscoso. Dispara-se um projétil de 2 x 10-2 Kg que, ao penetrar no líquido, vai rapidamente ao repouso. Verifica-se então que a temperatura do líquido sofre um acréscimo de 3ºC. Sabendo que o calor específico do líquido é 3 J/Kg ºC, calcule a velocidade com que o projétil penetra no líquido.
  • 29. Resposta 50 Q m c Q 13 3 Q 9J Ec Q mv ² 9 2 9 v² 2 10 v ² 9 10² v 9 10² v 30m / s
  • 30. Questão 51 (UERJ) Um calorímetro de capacidade térmica desprezível tem uma de suas paredes inclinada como mostra a figura. Um bloco de gelo, a 0ºC, é abandonado a 1,68 x 10-1 m de altura e desliza até atingir a base do calorímetro, quando pára. Sabendo que o calor latente de fusão do gelo vale 3,36 x 105 J/Kg e considerando g = 10 m/s2, calcule a fração da massa do bloco de gelo que se funde.
  • 31. Resposta 51 Ep m g h Ep m 10 1,68 10 1 Ep 1,68m Q ml 1,68m m m m m m 3,36 x10 1,68 3,36 x10 5 x10 6 5 5
  • 32. Módulo 29 Exercícios Resolvidos de Principio das Trocas de calor
  • 33. Questão 52 (UNIRIO) Num recipiente adiabático que contém 1,0 litro de água, colocou-se um bloco de ferro de massa igual a 1,0 Kg. Atingido o equilíbrio térmico, verificou-se que a temperatura da água aumentou em 50º C, enquanto o bloco se resfriou em algumas centenas de graus Celsius. Isso ocorreu em virtude da diferença entre suas (seus): a) b) c) d) e) Capacidade térmicas. Densidades. Calores latentes. Coeficientes de dilatação térmica. Coeficientes de condutibilidade térmica.
  • 34. Resposta 52 a) Capacidade térmicas. b) Densidades. c) Calores latentes. d) Coeficientes de dilatação térmica. e) Coeficientes de condutibilidade térmica.
  • 35. Resposta 52 a) Capacidade térmicas. b) Densidades. c) Calores latentes. d) Coeficientes de dilatação térmica. e) Coeficientes de condutibilidade térmica.
  • 36. Questão 53 (UNIRIO) Em um recipiente adiabático são misturados 100 g de líquido A, inicialmente a uma temperatura de 80º C, e 100 g de líquido B, inicialmente a uma temperatura de 20º C. Depois de atingido o equilíbrio térmico, a temperatura da mistura é de 60º C. Considerando-se CA e CB os calores específicos das substâncias A e B, respectivamente, determine o valor da razão CA / CB.
  • 37. Resposta 53 QA QB 0 100 c A ( 20) 100 cB 40 0 2000c A 4000cB 4000cB cA cB 2000c A 4000 2000 2 0
  • 38. Questão 54 (UNIRIO) Em um recipiente termicamente isolado são misturados 100 g de água a 8º C com 200 g de água a 20º C. A temperatura final de equilíbrio será igual a: a) b) c) d) e) 10º C 14º C 15º C 16ºC 20ºC
  • 39. Resposta 54 Q1 Q2 0 100 1(T 8) 200 1 (T 20) 0 100T 800 200T 4000 0 300T 300T T T 4800 0 4800 4800 300 16 C Letra D
  • 40. Questão 55 (UNIRIO) Representemos acima o diagrama de variação da temperatura de duas massas de água, m, (inicialmente a 80º C) e m2 ( inicialmente a 20º C), que foram misturadas em um vaso adiabático,
  • 41. Questão 55 Considerando os dados fornecidos pelos gráficos, podemos afirmar que: a) m1 = 3m2 b) m1=m2/2 c) m1 = m2/3 d) m1 = 2m2 e) m1 = m2
  • 42. Resposta 55 Q1 Q2 0 m1 1(40 80) m2 1 (40 20) m1 ( 40) m2 20 20m2 0 0 40m1 m2 2m1 m1 m2 2 Letra B
  • 43. Questão 56 (UERJ) Uma bolinha de aço a 120º C é colocada sobre um pequeno cubo de gelo a 0º C. Em escala linear, o gráfico que melhor representa a variação, no tempo, das temperaturas da bolinha de aço e do cubo de gelo, até alcançarem um estado de equilíbrio, é:
  • 44. Resposta 56
  • 45. Resposta 56
  • 46. Questão 57 (UNIFICADO) Em um calorímetro ideal, colocam-se 100 de gelo a 0º C com 1000g de água líquida a 0º C. Em seguida, são formuladas três hipóteses sobre o que poderá ocorrer com o sistema água + gelo no interior do calorímetro: I – parte do gelo derreterá, diminuindo a massa do bloco de gelo; II – parte da água congelará, diminuindo a massa de água líquida; III – as massas de gelo e de água líquida permanecerão inalteradas.
  • 47. Questão 57 Assinalando V para hipótese verdadeira e F para hipótese falsa, a sequência correta será: a) F, F, F b) F, F, V c) F, V. F d) V, F, F e) V, V, F
  • 48. Resposta 57 Assinalando V para hipótese verdadeira e F para hipótese falsa, a sequência correta será: a) F, F, F b) F, F, V c) F, V. F d) V, F, F e) V, V, F
  • 49. Questão 58 (UNIFICADO) Em um calorímetro ideal misturam-se uma certa massa de vapor d’água a 100º C com uma outra massa de gelo a O ºC, sob pressão que é mantida normal. Após alguns minutos, estabelece-se o equilíbrio térmico. Dentre as opções abaixo, assinale a única que apresenta uma situação impossível para o equilíbrio térmico. a) Gelo e água a 0ºC. b) Apenas água a 0ºC. c) Apenas água a 50ºC d) Apenas água a 100ºC e) Apenas vapor d’água a 100ºC
  • 50. Questão 58 a) Gelo e água a 0ºC. b) Apenas água a 0ºC. c) Apenas água a 50ºC d) Apenas água a 100ºC e) Apenas vapor d’água a 100ºC
  • 51. Resposta 58 a) Gelo e água a 0ºC. b) Apenas água a 0ºC. c) Apenas água a 50ºC d) Apenas água a 100ºC e) Apenas vapor d’água a 100ºC
  • 52. Questão 59 UFF) Em um recipiente termicamente isolado e de capacidade térmica desprezível, são colocados 50g de gelo a 0ºC e um bloco de 50 g de alumínio a 120ºC. Sabe-se que os calores específicos de alumínio, do gelo e da água valem, respectivamente, 0,2 cal/g ºC, o,5 cal/g ºC e que o calor latente de fusão do gelo é 80 cal/g. Uma vez atingido o equilíbrio térmico, é correto afirmar que: a) parte do gelo derreteu e a temperatura é 0ºC; b) parte do gelo derreteu e a temperatura é 20ºC; c) parte do gelo derreteu e a temperatura é 50ºC; d) Todo o gelo derreteu e a temperatura é 0ºC; e) Todo o gelo derreteu e a temperatura é 20ºC;
  • 53. Resposta 59 a) parte do gelo derreteu e a temperatura é 0ºC; b) parte do gelo derreteu e a temperatura é 20ºC; c) parte do gelo derreteu e a temperatura é 50ºC; d) Todo o gelo derreteu e a temperatura é 0ºC; e) Todo o gelo derreteu e a temperatura é 20ºC;
  • 54. Resposta 59 Q mc Q 50 0,2 120 Q 1200cal Q ml 1200 m80 1200 m 15 g 80 Letra A
  • 55. Questão 60 (UFRJ) Um calorímetro, considerado ideal, contém, inicialmente, uma certa massa de água à temperatura de 19.8ºC. Observa-se que, após introduzir no calorímetro uma massa de gelo a 0ºC, de valor igual a um quarto de massa inicial da água, a temperatura de equilíbrio térmico é 0ºC, com o gelo totalmente derretido. A partir desses dados, obtenha o calor latente de fusão do gelo. Considere o calor específico da água igual a 1,0 cal/g ºC.
  • 56. Resposta 60 Q Q Q Q mc m 1 19,8 m 19,8 ml m Q l 4 m 19,8m l 4 l 19,8 4 l 79,2cal / g
  • 57. Questão 61 (UNIRIO) No café de manhã de uma fábrica, é oferecida aos funcionários uma certa quantidade de café com leite, misturados, com massas iguais, obtendo-se uma mistura a uma temperatura de 50º C. Supondo que os calores específicos do café e do leite são iguais, indique qual a temperatura que o café deve ter ao ser adicionado ao leite, caso o leite esteja a uma temperatura inicial de 30º C. a) 40ºC d) 70ºC b) 50ºC e) 80ºC c) 60ºC
  • 58. Resposta 61 Qc QL 0 m c (50 T ) m c (50 30) 50mc Tmc 20mc 0 70mc Tmc 0 70mc Tmc T 70 C 0 Letra D
  • 59. Questão 62 (UFF) Assinale a opção que apresenta a afirmativa correta. a) O calor específico de uma substância é sempre constante. b) A quantidade de calor necessária para aquecer uma certa massa de água de 0º C a 5º C é igual à quantidade de calor necessária para elevar a temperatura de uma mesma massa de gelo de 0ºC a 5º C. c) Massas iguais de água e alumínio ao receberem a mesma quantidade de calor sofrerão a mesma variação de temperatura. d) Misturando-se água a 10ºC com gelo a 0ºC, a temperatura final de equilíbrio térmico será sempre menor que 10ºC e maior que 0ºC. e) Corpos de massas e materiais diferentes podem ter capacidades térmicas iguais.
  • 60. Resposta 62 a) O calor específico de uma substância é sempre constante. b) A quantidade de calor necessária para aquecer uma certa massa de água de 0º C a 5º C é igual à quantidade de calor necessária para elevar a temperatura de uma mesma massa de gelo de 0ºC a 5º C. c) Massas iguais de água e alumínio ao receberem a mesma quantidade de calor sofrerão a mesma variação de temperatura. d) Misturando-se água a 10ºC com gelo a 0ºC, a temperatura final de equilíbrio térmico será sempre menor que 10ºC e maior que 0ºC. e) Corpos de massas e materiais diferentes podem ter capacidades térmicas iguais.
  • 61. Resposta 62 a) O calor específico de uma substância é sempre constante. b) A quantidade de calor necessária para aquecer uma certa massa de água de 0º C a 5º C é igual à quantidade de calor necessária para elevar a temperatura de uma mesma massa de gelo de 0ºC a 5º C. c) Massas iguais de água e alumínio ao receberem a mesma quantidade de calor sofrerão a mesma variação de temperatura. d) Misturando-se água a 10ºC com gelo a 0ºC, a temperatura final de equilíbrio térmico será sempre menor que 10ºC e maior que 0ºC. e) Corpos de massas e materiais diferentes podem ter capacidades térmicas iguais.

×