www.AulasDePortuguesApoio.com - Português - Concordância Verbal

6,314 views
6,227 views

Published on

Português - VideoAulas Sobre Concordância Verbal – Faça o Download desse material em nosso site. Acesse www.AulasDePortuguesApoio.com

Published in: Education
1 Comment
24 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total views
6,314
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
97
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
1
Likes
24
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

www.AulasDePortuguesApoio.com - Português - Concordância Verbal

  1. 1. Adjetivo (gênero e número) Verbo Sujeito e predicativo do sujeitoConcordância Nominal Numeral Pronome
  2. 2. O verbo concorda com o sujeito emnúmero e pessoa, estando o sujeito antesou depois do verbo. sujeito simples “E o vento forte quebra as telhas e asvidraças.” (Taiguara) verbo Desapareceram no meio da mata osfugitivos. verbosujeito simples
  3. 3. Com o sujeito simples o verbo concorda com o sujeito em número e pessoaConcordância verba
  4. 4. a) O verbo vai para o plural. sujeito composto A falta de dinheiro e a greve dosbancos confirmaram o caos. verbo
  5. 5. b) Admite-se verbo no singular: se os núcleos forem sinônimos. “A debilitação e a fraqueza vincavacruelmente seu velho rosto.” (Clarice Lispector) ou “A debilitação e a fraqueza vincavamcruelmente seu velho rosto.” (Clarice Lispector)
  6. 6.  se os núcleos aparecem em sequênciagradativa. A picada , a coceira, o mal-estardeixou-a nervosa. ou A picada , a coceira, o mal-estardeixaram-na nervosa.
  7. 7. c) O verbo fica no singular : se os núcleos se referirem a mesmapessoa ou coisa. A dona de casa, a mãe, a mulher éfundamental na mudança da sociedade.
  8. 8.  se os núcleos aparecerem resumidos portudo, nada, ninguém.Dinheiro, mulheres, bebida, nada o atraía.
  9. 9. Com o sujeito simples o verbo concorda com o sujeito em número e pessoa Núcleos forem sinônimos. O verbo fica no singular. Núcleos aparecem em sequência gradativa. Com o sujeito composto antes do verbo. Núcleos se referirem a mesma pessoa ou coisa. Núcleos aparecerem resumidos por tudo, nada, ninguém. 0 verbo vai para o plural.Concordância verbal
  10. 10. O verbo vai para o plural ouconcordará apenas com o núcleo dosujeito que estiver mais próximo. Chegou o pai e a filha. Chegaram o pai e a filha.
  11. 11. Com o sujeito simples o verbo concorda com o sujeito em número e pessoa Núcleos forem sinônimos. O verbo fica no singular. Núcleos aparecem em sequência gradativa. Com o sujeito composto antes do verbo. Núcleos se referirem a mesma pessoa ou coisa. Núcleos aparecerem resumidos por tudo, nada, ninguém. 0 verbo vai para o plural. Com o sujeito composto depois do verbo. O verbo vai para o plural ou concordará com o núcleo do sujeito que mais próximo.Concordância verbal
  12. 12. O verbo irá para o plural na pessoaque tiver prevalência. A 1ª pessoaprevalece sobre 2ª e a 3ª. A 2ª pessoaprevalece sobre a 3ª. Eu, tu e ele fizemos o exercício. Tu e Maria recebereis a indenização.
  13. 13. Com o sujeito simples o verbo concorda com o sujeito em número e pessoa Núcleos forem sinônimos. O verbo fica no singular. Núcleos aparecem em sequência gradativa. Com o sujeito composto antes do verbo. Núcleos se referirem a mesma pessoa ou coisa. Núcleos aparecerem resumidos por tudo, nada, ninguém. 0 verbo vai para o plural. Com o sujeito composto depois do verbo. O verbo vai para o plural ou concordará com o núcleo do sujeito que mais próximo. Com sujeito composto de pessoas diferentes o verbo irá para o plural na pessoa que tiver prevalência.Concordância nominal
  14. 14. a) Quando o sujeito for um coletivo, overbo concorda com ele. O cardume escapou da rede. Os cardumes escaparam da rede.
  15. 15. b) Quando o sujeito é formado de umcoletivo singular seguido de adjuntoadnominal plural, admitem-se as duasconcordâncias.A multidão de torcedores gritavadesesperadamente. (de preferência)A multidão de torcedores gritavamdesesperadamente.
  16. 16. Com o sujeito simples o verbo concorda com o sujeito em número e pessoa Núcleos forem sinônimos. O verbo fica no singular. Núcleos aparecem em sequência gradativa. Com o sujeito composto antes do verbo. Núcleos se referirem a mesma pessoa ou coisa. Núcleos aparecerem resumidos por tudo, nada, ninguém. 0 verbo vai para o plural. Com o sujeito composto depois do verbo. O verbo vai para o plural ou concordará com o núcleo do sujeito que mais próximo. Com sujeito composto de pessoas diferentes o verbo irá para o plural na pessoa que tiver prevalência.Concordância Sujeito for um coletivo, o verbo concorda com ele. verbal Com sujeito representado por coletivo Sujeito formado de coletivo singular seguido de adjunto adnominal plural, admitem- se as duas concordância.
  17. 17. Quando o sujeito for constituído porpronome de tratamento, o verbo vai para a 3ªpessoa. Vossa Excelência entrou em conflito com aoparlamentares.Vossas Excelências entraram em conflito comao parlamentares.
  18. 18. Com o sujeito simples o verbo concorda com o sujeito em número e pessoa Núcleos forem sinônimos. O verbo fica no singular. Núcleos aparecem em sequência gradativa. Com o sujeito composto antes do verbo. Núcleos se referirem a mesma pessoa ou coisa. Núcleos aparecerem resumidos por tudo, nada, ninguém. 0 verbo vai para o plural. Com o sujeito composto depois do verbo. O verbo vai para o plural ou concordará com o núcleo do sujeito que mais próximo. Com sujeito composto de pessoas diferentes o verbo irá para o plural na pessoa que tiver prevalência.Concordância Sujeito for um coletivo, o verbo concorda com ele. verbal Com sujeito representado por coletivo Sujeito formado de coletivo singular seguido de adjunto adnominal plural, admitem- se as duas concordância. Sujeito for constituído por pronome de tratamento, o verbo vai para a 3ª pessoa.
  19. 19.  Se o nome próprio não for antecipado deartigo, o verbo ficará no singular. Minas Gerais possui grandes fazendas. Se o nome próprio vier antecipado deartigo o verbo irá para o plural. Os Estados Unidos são uma naçãopoderosa.
  20. 20. Quando se trata de títulos de obras,admite-se o plural ou o singular. Os Lusíadas são (é) um grandepoema de Camões.
  21. 21. Com o sujeito simples o verbo concorda com o sujeito em número e pessoa Núcleos forem sinônimos. O verbo fica no singular. Núcleos aparecem em sequência gradativa. Com o sujeito composto antes do verbo. Núcleos se referirem a mesma pessoa ou coisa. Núcleos aparecerem resumidos por tudo, nada, ninguém. 0 verbo vai para o plural. Com o sujeito composto depois do verbo. O verbo vai para o plural ou concordará com o núcleo do sujeito que mais próximo. Com sujeito composto de pessoas diferentes o verbo irá para o plural na pessoa que tiver prevalência.Concordância Sujeito for um coletivo, o verbo concorda com ele. verbal Com sujeito representado por coletivo Sujeito formado de coletivo singular seguido de adjunto adnominal plural, admitem- se as duas concordância. Sujeito for constituído por pronome de tratamento, o verbo vai para a 3ª pessoa. Nome próprio não for antecipado de artigo, o verbo ficará no singular. Com sujeito constituído de nomes próprios que só tem plural Nome próprio vier antecipado de artigo o verbo irá para o plural.
  22. 22. a) Com pronome “que”, o verbo concordaem número e pessoa com o antecedente. Fui eu que paguei a conta. Foste tu que pagaste a conta.
  23. 23. b) Com pronome “quem”, o verbo irápara a 3ª pessoa do singular. Fui eu quem pagou a conta. Fomos nós quem pagou a conta.
  24. 24. Com o sujeito simples o verbo concorda com o sujeito em número e pessoa Núcleos forem sinônimos. O verbo fica no singular. Núcleos aparecem em sequência gradativa. Com o sujeito composto antes do verbo. Núcleos se referirem a mesma pessoa ou coisa. Núcleos aparecerem resumidos por tudo, nada, ninguém. 0 verbo vai para o plural. Com o sujeito composto depois do verbo. O verbo vai para o plural ou concordará com o núcleo do sujeito que mais próximo. Com sujeito composto de pessoas diferentes o verbo irá para o plural na pessoa que tiver prevalência.Concordância Sujeito for um coletivo, o verbo concorda com ele. verbal Com sujeito representado por coletivo Sujeito formado de coletivo singular seguido de adjunto adnominal plural, admitem- se as duas concordância. Sujeito for constituído por pronome de tratamento, o verbo vai para a 3ª pessoa. Nome próprio não for antecipado de artigo, o verbo ficará no singular. Com sujeito constituído de nomes próprios que só tem plural Nome próprio vier antecipado de artigo o verbo irá para o plural. Com pronome “que”, o verbo concorda em número e pessoa com o antecedente. Com pronome “quem”, o verbo irá para a 3ª pessoa do singular.
  25. 25. Poderão ocorrer as seguintesconcordâncias: o verbo ficará no singular sempre quehouver ideia de exclusão. Márcia ou Júnior será o representante daclasse.
  26. 26.  o verbo ficará no plural se não houverideia de exclusão. A bebida ou o fumo fazem mal àsaúde.
  27. 27. Com o sujeito simples o verbo concorda com o sujeito em número e pessoa Núcleos forem sinônimos. O verbo fica no singular. Núcleos aparecem em sequência gradativa. Com o sujeito composto antes do verbo. Núcleos se referirem a mesma pessoa ou coisa. Núcleos aparecerem resumidos por tudo, nada, ninguém. 0 verbo vai para o plural. Com o sujeito composto depois do verbo. O verbo vai para o plural ou concordará com o núcleo do sujeito que mais próximo. Com sujeito composto de pessoas diferentes o verbo irá para o plural na pessoa que tiver prevalência.Concordância Sujeito for um coletivo, o verbo concorda com ele. verbal Com sujeito representado por coletivo Sujeito formado de coletivo singular seguido de adjunto adnominal plural, admitem- se as duas concordância. Sujeito for constituído por pronome de tratamento, o verbo vai para a 3ª pessoa. Nome próprio não for antecipado de artigo, o verbo ficará no singular. Com sujeito constituído de nomes próprios que só tem plural Nome próprio vier antecipado de artigo o verbo irá para o plural. Com pronome “que”, o verbo concorda em número e pessoa com o antecedente. Com pronome “quem”, o verbo irá para a 3ª pessoa do singular. Verbo ficará no singular sempre que houver ideia de exclusão. Com núcleos do sujeito ligados por ou Verbo ficará no plural se não houver ideia de exclusão..
  28. 28. Quando os núcleos do sujeito foremligados pela preposição “com”, o verbo irápara o plural. O pedreiro com o marceneiro nãoterminaram o serviço a tempo.
  29. 29. Núcleos do sujeito forem ligados pela preposição “com”, o verbo irá para o plural.Concordância verbal
  30. 30. Quando o verbo transitivo direto outransitivo direto e indireto aparece apassivadopelo pronome se, concorda com o sujeito. Analisou-se o plano de reforma agrária. verbo sujeito transitivo direto Analisaram-se os planos de reforma agrária. sujeito
  31. 31. Núcleos do sujeito forem ligados pela preposição “com”, o verbo irá para o plural. Verbo transitivo direto ou transitivo direto e indireto aparece apassivado pelo pronome se, concorda com o se sujeito.Concordância verbal
  32. 32. O verbo fica na 3ª pessoa do singularquando a indeterminação do sujeito é marcadapelo pronome se com verbo transitivo indireto everbo intransitivo. Precisa-se de homens corajosos. verbo transitivo objeto indireto indireto
  33. 33. Núcleos do sujeito forem ligados pela preposição “com”, o verbo irá para o plural. Verbo transitivo direto ou transitivo direto e indireto aparece apassivado pelo pronome se, concorda com o se sujeito. Verbo fica na 3ª do singular quando a indeterminação do sujeito é marcada pelo pronome se com verbo transitivo indireto e verbo intransitivo.Concordância verbal
  34. 34. a) Um ou outro: verbo no singular. Hoje, um ou outro viaja a Brasília.b) Um e outro, nem um nem outro: verbovai, de preferência, para o plural. Um e outro esculpiam a madeira daporta.
  35. 35. c) Mais de , menos de – verbo concordacom o numeral que segue a expressão. Mais de um tenista representou oBrasil nas Olimpíadas. Mais de cem pessoas morreram noincêndio.
  36. 36. d) A maior parte de (a maioria de) – overbo fica , de preferência, no singular. A maior parte dos pesquisadoresprecisa de verbas.
  37. 37. Núcleos do sujeito forem ligados pela preposição “com”, o verbo irá para o plural. Verbo transitivo direto ou transitivo direto e indireto aparece apassivado pelo pronome se, concorda com o se sujeito. Verbo fica na 3ª do singular quando a indeterminação do sujeito é marcada pelo pronome se com verbo transitivo indireto e verbo intransitivo. Um ou outro: verbo no singular. Com sujeito formado por expressões Um e outro, nem um nem outro: verbo vai, de preferência, para o plural. Mais de , menos de – verbo concorda com o numeral . A maior parte de (a maioria de) – o verbo fica , de preferência, no singular.Concordância verbal
  38. 38. a) O verbo poderá concordar com o numeralou com o termo a que se refere aporcentagem. Um por cento dos coveiros recebeuaumento salarial. Um por cento dos coveiros receberamaumento salarial
  39. 39. b) O verbo concordará com o numeral, seeste aparecer com determinantes. Os 87% da produção de arroz foramvendidos.
  40. 40. Núcleos do sujeito forem ligados pela preposição “com”, o verbo irá para o plural. Verbo transitivo direto ou transitivo direto e indireto aparece apassivado pelo pronome se, concorda com o se sujeito. Verbo fica na 3ª do singular quando a indeterminação do sujeito é marcada pelo pronome se com verbo transitivo indireto e verbo intransitivo. Um ou outro: verbo no singular. Com sujeito formado por expressões Um e outro, nem um nem outro: verbo vai, de preferência, para o plural. Mais de , menos de – verbo concorda com o numeral . A maior parte de (a maioria de) – o verbo fica , de preferência, no singular. Verbo poderá concordar com o numeral ou com o termo a que se refere a Com sujeito formado por porcentagem. número percentual Verbo concordará com o numeral, se este aparecer com determinantes.Concordância verbal
  41. 41. Esses verbos concordam com osujeito. Falta uma semana para terminar acompetição. sujeito Faltam duas semanas para terminar acompetição. sujeito
  42. 42. Núcleos do sujeito forem ligados pela preposição “com”, o verbo irá para o plural. Verbo transitivo direto ou transitivo direto e indireto aparece apassivado pelo pronome se, concorda com o se sujeito. Verbo fica na 3ª do singular quando a indeterminação do sujeito é marcada pelo pronome se com verbo transitivo indireto e verbo intransitivo. Um ou outro: verbo no singular. Com sujeito formado por expressões Um e outro, nem um nem outro: verbo vai, de preferência, para o plural. Mais de , menos de – verbo concorda com o numeral . A maior parte de (a maioria de) – o verbo fica , de preferência, no singular. Verbo poderá concordar com o numeral ou com o termo a que se refere a Com sujeito formado por porcentagem. número percentual Verbo concordará com o numeral, se este aparecer com determinantes.Concordância verbal Concordância dos verbos faltar, sobrar e bastar. Esses verbos concordam com o sujeito.
  43. 43. Na indicação de horas, esses verbosconcordam com o número de horas, quenormalmente é o sujeito. A não ser quesejam usadas outras palavras como sujeito. Deu uma hora no relógio da matriz. sujeito Deram duas horas no relógio da matriz. sujeito
  44. 44. Quando houver sujeito (relógio, sino)os verbos concordam normalmente comele. O relógio deu onze horas. sujeito
  45. 45. Núcleos do sujeito forem ligados pela preposição “com”, o verbo irá para o plural. Verbo transitivo direto ou transitivo direto e indireto aparece apassivado pelo pronome se, concorda com o se sujeito. Verbo fica na 3ª do singular quando a indeterminação do sujeito é marcada pelo pronome se com verbo transitivo indireto e verbo intransitivo. Um ou outro: verbo no singular. Com sujeito formado por expressões Um e outro, nem um nem outro: verbo vai, de preferência, para o plural. Mais de , menos de – verbo concorda com o numeral . A maior parte de (a maioria de) – o verbo fica , de preferência, no singular. Verbo poderá concordar com o numeral ou com o termo a que se refere a Com sujeito formado por porcentagem. número percentual Verbo concordará com o numeral, se este aparecer com determinantes.Concordância verbal Concordância dos verbos faltar, sobrar e bastar. Esses verbos concordam com o sujeito. Concordância dos verbos dar, soar e bater. Na indicação de horas, esses verbos concordam com o número de horas, que normalmente é o sujeito. A não ser que sejam usadas outras palavras como sujeito.
  46. 46. Por não possuírem sujeito, os verbosimpessoais ficam na 3ª pessoa do singular. Havia três anos que Sílvia se mudarapara a França. Choveu na sua horta , mas na minhageou. Faz cinco anos que nos separamos.
  47. 47. 1) Quando acompanhado de verboauxiliar, o verbo impessoal transmite aoauxiliar a sua impessoalidade. Deverá haver feiras de artesanatos nas férias. verbo auxiliar
  48. 48. 2) Os verbos que exprimem fenômenos danatureza podem deixar de ser impessoaisquando empregados em sentido figurado. Choviam salivas da boca de Márcia.
  49. 49. Núcleos do sujeito forem ligados pela preposição “com”, o verbo irá para o plural. Verbo transitivo direto ou transitivo direto e indireto aparece apassivado pelo pronome se, concorda com o se sujeito. Verbo fica na 3ª do singular quando a indeterminação do sujeito é marcada pelo pronome se com verbo transitivo indireto e verbo intransitivo. Um ou outro: verbo no singular. Com sujeito formado por expressões Um e outro, nem um nem outro: verbo vai, de preferência, para o plural. Mais de , menos de – verbo concorda com o numeral . A maior parte de (a maioria de) – o verbo fica , de preferência, no singular. Verbo poderá concordar com o numeral ou com o termo a que se refere a Com sujeito formado por porcentagem. número percentual Verbo concordará com o numeral, se este aparecer com determinantes.Concordância verbal Concordância dos verbos faltar, sobrar e bastar. Esses verbos concordam com o sujeito. Concordância dos verbos dar, soar e bater. Na indicação de horas, esses verbos concordam com o número de horas, que normalmente é o sujeito. A não ser que sejam usadas outras palavras como sujeito. Concordância dos verbos impessoais, ficam na 3ª pessoa do singular.
  50. 50. O verbo ser ora concorda com osujeito, ora como predicativo.a) Se o sujeito e o predicativo foremrepresentados por nomes de coisa(abstrata ou concreta) e um deles estiverno plural, o verbo concordará com o queestiver no plural.
  51. 51. Essas dores são o meu sofrimento. sujeitoA compra são uns retalhos coloridos. predicativo
  52. 52. b) Se um dos elementos (sujeito oupredicativo) for pronome pessoal, o verboconcordará com ele. Eu sou o chefe.Pronomepessoal - sujeito
  53. 53. c) Quando o sujeito é um dos pronomesisto, isso, aquilo, o, tudo e o predicativoestiver no plural, o verbo concordará, depreferência, com o predicativo. No amor nem tudo são alegrias. sujeito predicativo
  54. 54. d) Se um dos elementos (sujeito oupredicativo) referir-se a pessoa, o verboconcordará com ela. Minha vaidade são meus filhos.
  55. 55. e) Quando o verbo “ser” indicar tempo,data, dias ou distância, deve concordarcom o numeral. É uma hora. São oito horas.
  56. 56. Na indicação de dia, o verbo ser admite asseguintes concordâncias: no singular, concordando com a palavra diaexplícita. Hoje é dia 2 de agosto.No plural, concordando com o numeral, sem apalavra dia explícita. Hoje são 2 de agosto.O singular, concordando com a ideia implícitade dia. Hoje é 2 de agosto.
  57. 57. f) Se o sujeito indicar peso, medida,quantidade e for seguido de palavras ouexpressões como pouco, muito, menos de,o verbo ser fica no singular. Cinco quilos de arroz é muito. Seis litros de álcool é menos do queprecisamos.
  58. 58. Núcleos do sujeito forem ligados pela preposição “com”, o verbo irá para o plural. Verbo transitivo direto ou transitivo direto e indireto aparece apassivado pelo pronome se, concorda com o se sujeito. Verbo fica na 3ª do singular quando a indeterminação do sujeito é marcada pelo pronome se com verbo transitivo indireto e verbo intransitivo. Um ou outro: verbo no singular. Com sujeito formado por expressões Um e outro, nem um nem outro: verbo vai, de preferência, para o plural. Mais de , menos de – verbo concorda com o numeral . A maior parte de (a maioria de) – o verbo fica , de preferência, no singular. Verbo poderá concordar com o numeral ou com o termo a que se refere a Com sujeito formado por porcentagem. número percentual Verbo concordará com o numeral, se este aparecer com determinantes.Concordância verbal Concordância dos verbos faltar, sobrar e bastar. Esses verbos concordam com o sujeito. Concordância dos verbos dar, soar e bater. Na indicação de horas, esses verbos concordam com o número de horas, que normalmente é o sujeito. A não ser que sejam usadas outras palavras como sujeito. Concordância dos verbos impessoais, ficam na 3ª pessoa do singular. Concordância do verbo ser
  59. 59. O verbo ser ora concorda com o sujeito, ora como predicativo. Se um dos elementos (sujeito ou predicativo) for pronome pessoal, o verbo concordará com ele.Concordância Quando o sujeito é um dos pronomes isto, isso, aquilo, o, tudo e o predicativo estiver no plural, o verbo concordará,do verbo ser de preferência, com o predicativo. Se um dos elementos (sujeito ou predicativo) referir-se a pessoa, o verbo concordará com ela. Se o sujeito indicar peso, medida, quantidade e for seguido de palavras ou expressões como pouco, muito, menos de, o verbo ser fica no singular.
  60. 60. a) O verbo parecer antes de infinitivo admite duasconcordâncias: varia o verbo parecer e não flexiona o infinitivo. As pescarias pareciam dar vida nova ao pai. não varia o verbo parecer e flexiona-se oinfinitivo. As pescarias parecia darem vida nova aopai.
  61. 61. Núcleos do sujeito forem ligados pela preposição “com”, o verbo irá para o plural. Verbo transitivo direto ou transitivo direto e indireto aparece apassivado pelo pronome se, concorda com o se sujeito. Verbo fica na 3ª do singular quando a indeterminação do sujeito é marcada pelo pronome se com verbo transitivo indireto e verbo intransitivo. Um ou outro: verbo no singular. Com sujeito formado por expressões Um e outro, nem um nem outro: verbo vai, de preferência, para o plural. Mais de , menos de – verbo concorda com o numeral . A maior parte de (a maioria de) – o verbo fica , de preferência, no singular. Verbo poderá concordar com o numeral ou com o termo a que se refere a Com sujeito formado por porcentagem. número percentual Verbo concordará com o numeral, se este aparecer com determinantes.Concordância verbal Concordância dos verbos faltar, sobrar e bastar. Esses verbos concordam com o sujeito. Concordância dos verbos dar, soar e bater. Na indicação de horas, esses verbos concordam com o número de horas, que normalmente é o sujeito. A não ser que sejam usadas outras palavras como sujeito. Concordância dos verbos impessoais, ficam na 3ª pessoa do singular. Concordância do verbo ser varia o verbo parecer e não flexiona o infinitivo. Concordância do verbo parecer não varia o verbo parecer e flexiona-se o infinitivo.
  62. 62. Com a expressão haja vista podem ocorreras seguintes construções: a expressão fica invariável. Haja vista as lições dadas por ele. ( = porexemplo) Haja vista aos fatos explicados por estateoria. ( = atente-se)
  63. 63.  o verbo haver pode variar. Hajam vista os exemplos de sua dedicação. ( = vejam-se)
  64. 64. Núcleos do sujeito forem ligados pela preposição “com”, o verbo irá para o plural. Verbo transitivo direto ou transitivo direto e indireto aparece apassivado pelo pronome se, concorda com o se sujeito. Verbo fica na 3ª do singular quando a indeterminação do sujeito é marcada pelo pronome se com verbo transitivo indireto e verbo intransitivo. Um ou outro: verbo no singular. Com sujeito formado por expressões Um e outro, nem um nem outro: verbo vai, de preferência, para o plural. Mais de , menos de – verbo concorda com o numeral . A maior parte de (a maioria de) – o verbo fica , de preferência, no singular. Verbo poderá concordar com o numeral ou com o termo a que se refere a Com sujeito formado por porcentagem. número percentual Verbo concordará com o numeral, se este aparecer com determinantes.Concordância verbal Concordância dos verbos faltar, sobrar e bastar. Esses verbos concordam com o sujeito. Concordância dos verbos dar, soar e bater. Na indicação de horas, esses verbos concordam com o número de horas, que normalmente é o sujeito. A não ser que sejam usadas outras palavras como sujeito. Concordância dos verbos impessoais, ficam na 3ª pessoa do singular. Concordância do verbo ser varia o verbo parecer e não flexiona o infinitivo. Concordância do verbo parecer não varia o verbo parecer e flexiona-se o infinitivo. A expressão fica invariável. Concordância com a expressão HAJA VISTA O verbo haver pode variar.
  65. 65. PASCHOALIN, Maria Aparecida; SPADOTO,Neuza. Gramática. Teoria e exercícios .São Paulo: FTD, 1996.http://www.soportugues.com.br/secoes/sint/shttp://www.mundoeducacao.com.br/gramatica/concordancia-verbal.htm

×