• Save
www.AulasDeHistoriaApoio.com  - História -  Revolução Industrial
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

www.AulasDeHistoriaApoio.com - História - Revolução Industrial

on

  • 4,036 views

História - VideoAulas Sobre Crise do Revolução Industrial – Faça o Download desse material em nosso site. Acesse www.AulasDeHistoriaApoio.com

História - VideoAulas Sobre Crise do Revolução Industrial – Faça o Download desse material em nosso site. Acesse www.AulasDeHistoriaApoio.com

Statistics

Views

Total Views
4,036
Views on SlideShare
4,017
Embed Views
19

Actions

Likes
2
Downloads
0
Comments
0

1 Embed 19

http://www.aulasdehistoriaapoio.com 19

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

www.AulasDeHistoriaApoio.com - História - Revolução Industrial Presentation Transcript

  • 1. AO FINAL DESTA AULA SERÁ IMPORTANTE ENTENDER: Porque a Inglaterra foi pioneira nesta Revolução; A função da agricultura, da indústria têxtil e da metalurgia; Como as novas tecnologias aceleraram o processo produtivo; As condições sociais geradas pela Revolução Industrial; A nova relação de trabalho gerada pela Revolução.
  • 2. Passagem de um sistema de produçãoRevolução Industrial agrário e artesanal para outro sistema marcadamente industrial dominado pela fábrica e pela máquina O que significa dizer que otrabalho deixou de ser somentemanual e passou a ser tambémmecanizado. Fiandeira mecânica, criada em 1764
  • 3. Este processo revolucionário para o mundo do trabalho iniciou-sena Inglaterra no século XVIII. A Inglaterra passara por um eficienteprocesso de acumulação primitiva do capital nos séculos anteriores(XVI-XVII). Criando neste país as condições necessárias aocapitalismo industrial e sua nova forma de conceber o trabalho (fabrile assalariado) e a produção de manufaturados (em massa). Foi o processo de acumulação de riquezas pela burguesia desde a fase do capitalismo mercantil até a fase industrial. Este processo permitiu que a riqueza acumulada fosse investida na produção manufatureira,
  • 4. CONDIÇÕES POLÍTICAS O processo de industrialização inglês foi viabilizado pela parceria de diferentesgrupos da sociedade: Nobreza rural com a criação de ovelhas e a mineração de ferro e carvão,fornecedoras portanto, de importantes matérias-primas. Empresários do comércio e da indústria (membros da burguesia) que estavamrepresentados no parlamento e eram responsáveis pelas questões tributárias.Neste caso foi possível acumular capital tendo em vista que a cobrança deimpostos para esta categoria foi amenizada. Monarquia parlamentar, que protegeu as indústrias da concorrência estrangeiracom taxas aduaneiras e fortaleceu as ligações com as colônias americanasfornecedoras de matérias-primas.
  • 5. O crescimento da indústria foi viabilizado pelo desenvolvimento detecnologias que serviram para acelerar o processo produtivo:Máquinas modernasO vapor como fonte de energia A tecnologia acelerou oUtilização de novas matérias-primas processo produtivo.
  • 6. AGRICULTURA O cercamento dos campos diminuiu a área cultivada para a subsistência eaumentou os campos de pastagem de ovelhas para obtenção de lã utilizada comomatéria-prima nas manufaturas de tecido. Nas áreas de cultivo os grandes proprietários começavam a investir em novosmétodos de plantio, introduzindo melhorias técnicas que levaram à substituição dotrabalho manual pelo mecânico.O cercamento dos campos e as melhorias técnicas ocasionaram a migração demuitos trabalhadores para a cidade, onde se sujeitaram a baixos salários e acondições de vida sub-humanas.
  • 7. INDÚSTRIA TÊXTIL A produção de tecido antes da Revolução Industrial era umprocesso longo e tinha caráter complementar à agricultura. Noentanto, o negócio dos tecidos de lã propiciou grandes lucrosaos comerciantes que aos poucos passaram a investir eminstalações e equipamentos. Estes investimentos possibilitaram aespecialização do trabalho, ou seja, cadatrabalhador passou a realizar apenas umaetapa na elaboração do produto e nãomais todo o processo que ia da lã,matéria-prima, ao tecido, produto final. Aespecialização do trabalho acelerou aprodução e ampliou o sistema produtivo.
  • 8. A mecanização do processo produtivo resultou numaespecialização do trabalho. Em que medida estamecanização alterou a dinâmica do trabalho?
  • 9. A mecanização do processo produtivo transformou a relação dohomem com o trabalho em dois aspectos: primeiro antes da RevoluçãoIndustrial o homem trabalhava somente pela subsistência após aRevolução trabalha também para atender a lógica do consumo. Segundoaspecto, a mecanização especializou o trabalho na medida em que cadatrabalhador ficou responsável por uma etapa da produção diferente doque acontecia antes, quando cada trabalhador era responsável por todoo processo produtivo.
  • 10. O ALGODÃO SUBSTITUI A LÃ A produção também foi acelerada pela substituição da lã pelo algodão. Com o Atode Navegação de 1651 a Inglaterra garantiu a nova matéria prima e novas áreaspara comercializar seus produtos manufaturados. A Índia e as colônias deexploração na América se tornaram grandes produtores de algodão e consumidoresdos tecidos fabricados na Inglaterra. O tecido de algodão era mais leve e mais barato fazendo os empresáriosinvestirem mais na indústria de algodão do que na de lã. Estes tecidos eram maisaceitos em regiões tropicais e podiam ser utilizados como pagamento na compra deescravos. Como o mercado consumidor para este novo produto era grande os empresáriospassaram a investir ainda mais em tecnologia para acelerar a produção.
  • 11. METALURGIA A EXTRAÇÃO DE FERRO E CARVÃO E O PROCESSO DE FUNDIÇÃO deferro foram setores da economia que também auxiliaram a Revolução Industrial.No século XVIII surgiu a tentativa de obter ferro fundido em grande escala e commenos impurezas, aperfeiçoando o método até chegar ao aço. Este processoauxiliou a construção de pontes, transportes e equipamentos para a industriatêxtil. Primeira locomotiva
  • 12. Até agora vimos que a Revolução Industrial para acontecerusou de novas matérias-primas (o carvão e o ferro fundido),substituiu o trabalho manual pelo mecânico e efetuou aespecialização do trabalho.Qual o principal efeito destas transformações?
  • 13. O desenvolvimento de novas tecnologias e técnicas deprodução permitiu a aceleração da produção demanufaturados.
  • 14. A INDÚSTRIA A TRANSIÇÃO DO USO DE FERRAMENTAS E ENERGIA HUMANA, para o usodas máquinas e da energia mecânica consolidou a indústria como nova unidadeprodutiva em detrimento das oficinas artesanais. A mecanização: Agilizou o processo produtivo. Barateou o custo. Navio a vapor, Substituiu a atividade global pela atividade especializada. criado em 1807, propiciou maiorTear mecânico, criado Descaroçador integração dosem 1785, movido a mecânico, criado mercadosvapor permitia o fabrico em 1792, separavaautomático dos tecidos. o caroço da fibra de algodão.
  • 15. CONDIÇÕES SOCIAIS A Revolução Industrial geroucondições miseráveis nascidades. Com a lógica do lucroos empresários pagavam baixossalários a seus funcionários eexigiam uma longa jornada detrabalho. As moradias dosoperários também eram malconservadas e ofereciampéssimas condições de higiene. Como forma de reação à degradação de suas condições devida e de trabalho, os operários iniciaram um movimento cujoobjetivo era destruir o maior número possível de máquinas.Esta reação ficou conhecida como Movimento Ludita.
  • 16. O desenvolvimento de novas tecnologias e o aumento doslucros favoreceram o crescimento econômico da Burguesia.E para os trabalhadores, qual foi o maior impacto destastransformações?
  • 17. Os operários, como ficaram conhecidos ostrabalhadores das fábricas, ganhavam mal pelo trabalhoprestado e acabou imerso em condições sub humanas devida.
  • 18. O LEGADO DA REVOLUÇÃO A Revolução Industrial foi a integração internacional de capital, matérias-primas,recursos naturais e mão-de-obra. Deixando uma nova articulação econômica entrepaíses industrializados e regiões menos desenvolvidas. Estes forneciam produtosprimários para as industrias ao mesmo tempo que se tornavam consumidores dosprodutos industrializados. Nos países onde a revolução se deu de forma mais efetiva o capital ficouconcentrado nas mãos da burguesia gerando miséria e pobreza entre a população. Éneste período que se sistematiza a diferença crescente entre ricos e pobres. A Revolução Industrial mudou as relações de trabalho a partir das transformaçõestécnicas e da produção em larga escala. Separa-se o trabalho do capital, ou seja, otrabalhador tem apenas a força de trabalho como meio de sobrevivência e oproprietário os meios de produção.
  • 19. Questão 01: A respeito da Revolução Industrial Inglesa, assinale a alternativaincorreta.A) O processo da Revolução Industrial provocou profundas transformaçõeseconômicas e sociais na sociedade inglesa.B) A Inglaterra foi a primeira nação a se industrializar.C) Um magnífico aumento da produtividade de cada trabalhador foi uma dasprincipais características da Revolução Industrial Inglesa.D) A chamada Revolução Industrial Inglesa ocorreu na Idade Média e, por isso, étambém conhecida como A Revolução Industrial da Idade Média.E) A indústria têxtil foi o ramo da produção em que a modernização ocorreu deforma mais explícita
  • 20. RESOLUÇÃO:A) O processo da Revolução Industrial provocou profundas transformaçõeseconômicas e sociais na sociedade inglesa.B) A Inglaterra foi a primeira nação a se industrializar.C) Um magnífico aumento da produtividade de cada trabalhador foi uma dasprincipais características da Revolução Industrial Inglesa.D) A chamada Revolução Industrial Inglesa ocorreu na Idade Média e, por isso,é também conhecida como A Revolução Industrial da Idade Média.E) A indústria têxtil foi o ramo da produção em que a modernização ocorreu deforma mais explícita
  • 21. Questão 02: A Revolução Industrial ocorrida no final do século XVIII transformou asrelações do homem com o trabalho. As máquinas mudaram as formas de trabalhar,e as fábricas concentraram-se em regiões próximas às matérias-primas e grandesportos, originando vastas concentrações humanas. Muitos dos operários vinham daárea rural e cumpriam jornadas de trabalho de 12 a 14 horas, na maioria das vezesem condições adversas. A legislação trabalhista surgiu muito lentamente ao longodo século XIX e a diminuição da jornada de trabalho para oito horas diáriasconcretizou-se no início do século XX. Pode-se afirmar que as conquistas no início deste século, decorrentes dalegislação trabalhista, estão relacionadas com:(A) A expansão do capitalismo e a consolidação dos regimes monárquicosconstitucionais.(B) A expressiva diminuição da oferta de mão-de-obra, devido à demanda portrabalhadores especializados.(C) A capacidade de mobilização dos trabalhadores em defesa dos seus interesses.(D) O crescimento do Estado ao mesmo tempo que diminuía a representaçãooperária nos parlamentos.(E) A vitória dos partidos comunistas nas eleições das principais capitais européias.
  • 22. RESOLUÇÃO:(A) a expansão do capitalismo e a consolidação dos regimesmonárquicos constitucionais.(B) a expressiva diminuição da oferta de mão-de-obra, devido àdemanda por trabalhadores especializados.(C) a capacidade de mobilização dos trabalhadores em defesa dosseus interesses.(D) o crescimento do Estado ao mesmo tempo que diminuía arepresentação operária nos parlamentos.(E) a vitória dos partidos comunistas nas eleições das principaiscapitais européias.
  • 23. Questão 03: “Coketown era uma cidade de tijolos vermelhos, ou melhor, de tijolosque seriam vermelhos se a fumaça e as cinzas permitissem, cidade de máquinas ede altas chaminés. Apresentava muitas ruas largas, todas iguais, e muitasruazinhas ainda mais iguais, cheias de pessoas também muito iguais, pois todassaíam e entravam nas mesmas horas, andando com passo igual na mesmacalçada, para fazer o mesmo trabalho, e para elas cada dia era parecido com o davéspera e com o dia seguinte.” CHARLES DICKENS In: ENDERS, Armelle e outros. História em Curso. Rio de Janeiro: FGV, 2008. A Revolução Industrial provocou grandes mudanças em algumas cidades inglesasa partir de finais do século XVIII. O fragmento do romance Tempos difíceis,publicado em 1854, apresenta sinais dessas transformações.Apresente uma mudança causada pelo processo de industrialização nas cidadesinglesas e uma de suas consequências para as condições de vida do operariado.
  • 24. RESOLUÇÃO:Mudanças:• Expansão, diversificação e maior complexidade da paisagem urbana;• Alteração do espaço natural decorrente da concentração industrial em áreasurbanas, causadora de efeitos poluentes e de degradação ambiental, associadostanto à aplicação dos progressos tecnológicos na mecanização da produção quantoaos processos de expansão e de concentração demográfica;• Crescimento populacional decorrente da ampliação da demanda por mão de obrae alimentado por feixes migratórios originários das áreas rurais.Consequências:• Crescente divisão do trabalho;• Padronização dos ritmos de vida;• Exploração da mão de obra infantil e feminina.
  • 25. BIBLIOGRAFIAPAZZINATO, Alceu L.; SENISE, Maria Helena V. Tempo de Chaminés. In.“História Moderna e Contemporânea”. 14ª ed. Editora Ática, São Paulo:2006.