ILUMINISMO
Inicia-se na França e posteriormente difundiu-se                         por toda a Europa e pela América. ApresentouIlumi...
O movimento iluminista surgiu como insatisfação, principalmente dossetores intelectualizados da sociedade, contra os exces...
A BURGUESIA E OS ILUMINISTAS    A burguesia apoiou estas ideias visto que era um setor bastanteprejudicado pela política c...
Quais são os mais importantes princípios adotados pelos iluministas?
Os iluministas acreditavam que o direito a liberdade era umdireito natural e inviolável e acreditavam que somenteatravés d...
AS ENCICLOPÉDIAS         As ideias iluministas precisavam serdivulgadas, para isso Denis Diderot e JeanD’lambert organizar...
ILUMINISTAS FRANCESES Criticavam a servidão, que simbolizava a permanência das relaçõesfeudais de trabalho no campo. Se ...
PRINCIPAIS FILÓSOFOS ILUMINISTAS  Montesquieu – em “O espírito das leis” analisadiversas formas de governo para mostrar as...
Voltaire – criticou duramente os privilégios da                       nobreza e da Igreja e defendeu as liberdades        ...
A ESCOLA FISIOCRATA E O LIBERALISMO                                           ECONÔMICO  A Escola fisiocrata combatia as p...
O que foi liberalismo   econômico?                        Riqueza das Nações de Adam Smith
O liberalismo econômico estava baseado na plenaliberdade de concorrência cuja lei seria a da oferta e daprocura.
RÚSSIA  Catarina governou a Rússia entre 1762 e1796 e foi leitora entusiasmada dosiluministas franceses. Em seu reinado te...
PORTUGAL   O despotismo esclarecido em Portugal foi exercido por Marquês de Pombal, ministro dedom José I. Durante seu gov...
O que foi o Despotismo Esclarecido?                 Marquês de Pombal
Despotismo Esclarecido foi um regime de governo pelo qualalguns governantes adotaram os princípios iluministas paraestabel...
Questão 01 PUC-RJ: Analise as afirmativas abaixo referentes ao Iluminismo:I - Muitas das idéias propostas pelos filósofos ...
Resolução:I - Muitas das idéias propostas pelos filósofos iluministas são, hoje,elementos essenciais da identidade da soci...
Questão 02 - PUC-RJ: “Assim em Paris e nas grandes cidades, a burguesia era superior ànobreza em riqueza, em talento e em ...
RESOLUÇÃO:- A noção de privilégio;- O caráter estamental da sociedade;- A desigualdade de oportunidades legalmentereferend...
Questão 03 -        MACKENZIE:Na segunda metade do século XVIII, surgiram monarcas queimplementaram novas feições ao Absol...
RESOLUÇÃO:a) A igualdade jurídica entre os cidadãos, o anticlericalismo , o combate àsidéias fisiocratas, a supressão do l...
BibliografiaPAZZINATO, Alceu L.; SENISE, Maria Helena V. Triunfo da Razão. In. “HistóriaModerna e Contemporânea”. 14ª ed. ...
www.AulasDeHistoriaApoio.com  - História - Iluminismo
www.AulasDeHistoriaApoio.com  - História - Iluminismo
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

www.AulasDeHistoriaApoio.com - História - Iluminismo

7,385

Published on

História - VideoAulas Sobre Iluminismo – Faça o Download desse material em nosso site. Acesse www.AulasDeHistoriaApoio.com

Published in: Education
2 Comments
14 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
7,385
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
4
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
2
Likes
14
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

www.AulasDeHistoriaApoio.com - História - Iluminismo

  1. 1. ILUMINISMO
  2. 2. . AO FINAL DESTA AULA SERÁ IMPORTANTE ENTENDER: O que foi o iluminismo; Quem foram seus principais pensadores; O que foi o liberalismo econômico; Despotismo Esclarecido.
  3. 3. Inicia-se na França e posteriormente difundiu-se por toda a Europa e pela América. ApresentouIluminismo alguns pontos em comum com o humanismo renascentista como a rejeição ao misticismo e a crença na razão. Porém, o iluminismo criticava o absolutismo monárquico, ao contrário dos renascentistas, e defendiam novas formas políticas como a república democrática. Foram defensores da liberdade de pensamento e de ação. O seres humanos Só por meio da razão o ser têm direitos naturais humano poderia alcançar o que não podem ser conhecimento, a harmonia violados em sociedade e a liberdade individual.
  4. 4. O movimento iluminista surgiu como insatisfação, principalmente dossetores intelectualizados da sociedade, contra os excessos e opressõesimpostos pelo sistema absolutista. Os iluministas propunham areorganização da sociedade com uma política voltada para o ser humano,sobretudo para garantir-lhe liberdade.Outro aspecto da filosofia iluminista era a ideia de progresso contínuo dasociedade. No entanto, este progresso somente seria possível se aspessoas fossem educadas segundo o princípio da ciência e da razão. O século XVIII foi chamado de século das Luzes.
  5. 5. A BURGUESIA E OS ILUMINISTAS A burguesia apoiou estas ideias visto que era um setor bastanteprejudicado pela política centralizadora dos absolutistas (mercantilismo).Esta camada da sociedade durante a formação das monarquias nacionaisesteve alinhada aos interesses da centralização e da política mercantilistaque lhe garantia o monopólio do comércio. No entanto, com o tempoalguns empresários passaram a se interessar pela liberdade de comércioe de mercado o que fez a burguesia se afastar do absolutismo.
  6. 6. Quais são os mais importantes princípios adotados pelos iluministas?
  7. 7. Os iluministas acreditavam que o direito a liberdade era umdireito natural e inviolável e acreditavam que somenteatravés da razão os homens poderiam chegar a umaconvivência harmoniosa em sociedade, assim como alcançara liberdade individual.
  8. 8. AS ENCICLOPÉDIAS As ideias iluministas precisavam serdivulgadas, para isso Denis Diderot e JeanD’lambert organizaram a grande enciclopédia,75 volumes que compilaram toda a produçãocultural daquele período. (política, econômica,filosófica, artes) Inúmeros pensadorescontribuíram para a enciclopédia. Nos artigosos autores desenvolviam os ideais deliberdade contestando o antigo regime e aIgreja Católica e estiveram semprepreocupados com uma produção racional doconhecimento.
  9. 9. ILUMINISTAS FRANCESES Criticavam a servidão, que simbolizava a permanência das relaçõesfeudais de trabalho no campo. Se posicionaram contra o regime absolutista e o mercantilismo, quelimitavam a liberdade e o direito à propriedade Condenavam a influência da Igreja católica sobre a sociedade,principalmente na educação e na cultura. Criticavam também a desigualdade de direitos e deveres entre osindivíduos. Posso não concordar com nenhuma das palavras que você disser, mas defenderei até a morte o direito de você dizê-las. Voltaire
  10. 10. PRINCIPAIS FILÓSOFOS ILUMINISTAS Montesquieu – em “O espírito das leis” analisadiversas formas de governo para mostrar asuperioridade da monarquia constitucional inglesa.Defendia a divisão dos Estados em três poderesindependentes para que não houvesseacumulação de poderes nas mão de umgovernante. Os poderes controlar-se-iammutuamente o Executivo, o Legislativo e oJudiciário. Inspirou a Revolução Americana e aRevolução Francesa.
  11. 11. Voltaire – criticou duramente os privilégios da nobreza e da Igreja e defendeu as liberdades individuais. Criticou o absolutismo de direito divino propondo a participação da burguesia no governo. Influenciou alguns governantes conhecidos como déspotas esclarecidos. Rousseau – o mais radical dos pensadores. Criticou oabsolutismo e a burguesia defendendo uma sociedadebaseada na justiça, na igualdade e na soberania do povo.Acusou a propriedade privada de destruir a liberdade epromover o despotismo e a corrupção. Defendeu avontade da comunidade deveria prevalecer e não avontade individual. Inspirou o movimento mais radical daRevolução Francesa e o movimento socialista.
  12. 12. A ESCOLA FISIOCRATA E O LIBERALISMO ECONÔMICO A Escola fisiocrata combatia as práticas mercantilistas e defendia o individualismoeconômico baseado no governo da natureza, considerava a agricultura como aprincipal fonte de riquezas. Eram favoráveis ao livre comércio e propunham aabolição dos monopólios. Esta Escola influenciou o liberalismo econômico que tevecomo principal representante Adam Smith. No livro “A riqueza das nações” defendeuum novo sistema econômico baseado na plena liberdade de concorrência cuja leiseria a da oferta e da procura. Esta lei regularia a produção e a distribuição dariqueza e defendia o trabalho livre como a verdadeira fonte de riqueza da sociedade(“mão invisível” do mercado).Esta corrente econômica influencia até hoje muitos pensadores econômicos que sãochamados neoliberais.
  13. 13. O que foi liberalismo econômico? Riqueza das Nações de Adam Smith
  14. 14. O liberalismo econômico estava baseado na plenaliberdade de concorrência cuja lei seria a da oferta e daprocura.
  15. 15. DESPOTISMO ESCLARECIDO: UNIÃO ENTRE ABSOLUTISMO E ILUMINISMO No século XVIII nos países em que a burguesia não teve força suficiente parapromover as reformas liberais e derrubar o absolutismo, os próprios monarcasproveram a modernização de seus estados sem, contudo, abrir mão do poder. Foram inspirados no pensamento de Voltaire, que defendia as mudançasatravés de um despotismo esclarecido. Desenvolveu-se sobretudo em lugares deeconomia atrasada e essencialmente agrícola, onde a burguesia era inexistente oumuito fraca. O Estado, nestes casos, elaborou reformas administrativas e jurídicas,dirigindo a economia e orientando a educação. O despotismo esclarecido contribuipara acelerar a modernização de alguns países. Os déspotas esclarecidoslegitimam o seu poder com o argumento de que governam em nome da felicidadedos seus povos, de acordo com o novo pensamento iluminista.
  16. 16. RÚSSIA Catarina governou a Rússia entre 1762 e1796 e foi leitora entusiasmada dosiluministas franceses. Em seu reinado tentou transformar a Rússia em um Estadomoderno: tomou bens da Igreja e os redistribuiu aos nobres. elevou os impostos pagos pelos camponeses. manteve a servidão e reafirmou os direitos dos proprietários sobre os servos. estimulou o desenvolvimento industrial e a formação de um grupo burguês. No entanto, estas medidas somente duraram até a eclosão da RevoluçãoFrancesa. Catarina temendo que as ideias revolucionárias influenciassem apopulação russa afastou de seu governo as ideias iluministas.
  17. 17. PORTUGAL O despotismo esclarecido em Portugal foi exercido por Marquês de Pombal, ministro dedom José I. Durante seu governo Pombal tentou equilibrar as finanças do Reino, que estavamabaladas pelo declínio da exploração do ouro no Brasil. Para isso: Reforçou os vínculos coloniais para que o pacto colonial fosse cumprido. Exigiu que acolônia recolhesse 100 arrobas de ouro por ano. Criou a derrama e a Real Extração, órgão do governo que exercia o monopólio daexploração de diamantes em Minas. Expulsou os jesuítas de Portugal e das colônias alegando que formavam uma organizaçãoque pretendia ser um “Estado dentro do Estado”. Restringiu os privilégios da nobreza e do clero. Criou o Banco Real e proibiu a exportação de metais preciosos na tentativa de equilibrar abalança comercial do reino.Ainda assim não conseguiu contornar a crise econômica e teve suas medidas revogadas porMaria I.
  18. 18. O que foi o Despotismo Esclarecido? Marquês de Pombal
  19. 19. Despotismo Esclarecido foi um regime de governo pelo qualalguns governantes adotaram os princípios iluministas paraestabelecer reformas em seus países e modernizá-los, semabrir mão do absolutismo.
  20. 20. Questão 01 PUC-RJ: Analise as afirmativas abaixo referentes ao Iluminismo:I - Muitas das idéias propostas pelos filósofos iluministas são, hoje, elementos essenciais daidentidade da sociedade ocidental.II - O pensamento iluminista caracterizou-se pela ênfase conferida à razão, entendida comoinerente à condição humana.III - Diversos pensadores iluministas conferiram uma importância central à educação enquantoinstrumento promotor da civilização.IV - A filosofia iluminista proclamou a liberdade como direito incontestável de todo serhumano.Assinale:(A) se apenas a afirmativa II estiver correta.(B) se apenas as afirmativas I e IV estiverem corretas.(C) se apenas as afirmativas II e III estiverem corretas.(D) se apenas as afirmativas I, II e IV estiverem corretas.(E) se todas as afirmativas estiverem corretas.
  21. 21. Resolução:I - Muitas das idéias propostas pelos filósofos iluministas são, hoje,elementos essenciais da identidade da sociedade ocidental.II - O pensamento iluminista caracterizou-se pela ênfase conferida àrazão, entendida como inerente à condição humana.III - Diversos pensadores iluministas conferiram uma importância central àeducação enquanto instrumento promotor da civilização.IV - A filosofia iluminista proclamou a liberdade como direito incontestávelde todo ser humano.Letra E - todas estão corretas
  22. 22. Questão 02 - PUC-RJ: “Assim em Paris e nas grandes cidades, a burguesia era superior ànobreza em riqueza, em talento e em méritos pessoais. Inclusive nas cidades de província elaera superior à nobreza rural; e ainda que sentisse esta superioridade, era humilhada eexcluída da carreira militar pelos regulamentos do exército e também excluída do alto clero, e,já que a escolha dos bispos e dos altos dignatários eclesiásticos recaía sobre os nobres, ela oera também em muitos capítulos de catedrais. Também a alta magistratura a rejeitava, pois amaioria das cortes soberanas só admitia nobres em seu seio. Inclusive para ocupar os cargosmenos importantes no quadro de funcionários do Conselho de Estado aos lugares eminentesde intendente, eram exigidas provas de nobreza nos últimos tempos.“ Marquês de Bouilli IN: Ilmar R. Mattos e outros. História. Rio de Janeiro: Francisco Alves/ Edutel, 1977. 83 pg. O trecho acima é parte das memórias de um nobre francês do século XVIII. Sua vida, emboa parte, coincidiu com a crise da - Sociedade do Antigo Regime. Uma expressão dessacrise foi a formulação e difusão de idéias - as idéias iluministas - por meio das quaiscriticavam-se as estruturas que davam sentido a essa sociedade. A partir da leitura do texto, IDENTIFIQUE um elemento característico da Sociedade doAntigo Regime que foi duramente criticado pelos filósofos iluminista.
  23. 23. RESOLUÇÃO:- A noção de privilégio;- O caráter estamental da sociedade;- A desigualdade de oportunidades legalmentereferendadas.
  24. 24. Questão 03 - MACKENZIE:Na segunda metade do século XVIII, surgiram monarcas queimplementaram novas feições ao Absolutismo, adequando seus estados e governos às idéias daépoca. Assinale a alternativa que apresenta elementos do Despotismo Esclarecido.a) A igualdade jurídica entre os cidadãos, o anticlericalismo , o combate às idéias fisiocratas, asupressão do liberalismo econômico e a separação dos três poderes.b) O anticlericalismo, o fim do Absolutismo, a reformulação das relações entre o Estado e a Igrejae o fortalecimento da Monarquia.c) O estímulo à organização e à tolerância religiosa, a abolição do Antigo Regime, adesregulamentação dos ofícios, a contestação ao Estado e ao sistema monárquico.d) O fim das práticas mercantilistas, a organização do ensino nos moldes dos enciclopedistas e aadoção das propostas do filósofo iluminista Montesquieu para o fortalecimento dos privilégiosfeudais.e) A reformulação das relações entre o Estado e a Igreja, o desenvolvimento das atividadesmanufatureiras e a realização de algumas reformas sociais, sem o abandono do absolutismo naprática política.
  25. 25. RESOLUÇÃO:a) A igualdade jurídica entre os cidadãos, o anticlericalismo , o combate àsidéias fisiocratas, a supressão do liberalismo econômico e a separação dos trêspoderes.b) O anticlericalismo, o fim do Absolutismo, a reformulação das relações entre oEstado e a Igreja e o fortalecimento da Monarquia.c) O estímulo à organização e à tolerância religiosa, a abolição do AntigoRegime, a desregulamentação dos ofícios, a contestação ao Estado e aosistema monárquico.d) O fim das práticas mercantilistas, a organização do ensino nos moldes dosenciclopedistas e a adoção das propostas do filósofo iluminista Montesquieupara o fortalecimento dos privilégios feudais.e) A reformulação das relações entre o Estado e a Igreja, o desenvolvimentodas atividades manufatureiras e a realização de algumas reformas sociais, semo abandono do absolutismo na prática política.
  26. 26. BibliografiaPAZZINATO, Alceu L.; SENISE, Maria Helena V. Triunfo da Razão. In. “HistóriaModerna e Contemporânea”. 14ª ed. Editora Ática, São Paulo: 2006.

×