Your SlideShare is downloading. ×
0
www.aulasdebiologiaapoio.com - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
www.aulasdebiologiaapoio.com - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
www.aulasdebiologiaapoio.com - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
www.aulasdebiologiaapoio.com - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
www.aulasdebiologiaapoio.com - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
www.aulasdebiologiaapoio.com - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
www.aulasdebiologiaapoio.com - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
www.aulasdebiologiaapoio.com - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
www.aulasdebiologiaapoio.com - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
www.aulasdebiologiaapoio.com - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
www.aulasdebiologiaapoio.com - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
www.aulasdebiologiaapoio.com - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
www.aulasdebiologiaapoio.com - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
www.aulasdebiologiaapoio.com - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
www.aulasdebiologiaapoio.com - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
www.aulasdebiologiaapoio.com - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
www.aulasdebiologiaapoio.com - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
www.aulasdebiologiaapoio.com - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
www.aulasdebiologiaapoio.com - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
www.aulasdebiologiaapoio.com - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
www.aulasdebiologiaapoio.com - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
www.aulasdebiologiaapoio.com - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
www.aulasdebiologiaapoio.com - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
www.aulasdebiologiaapoio.com - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
www.aulasdebiologiaapoio.com - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
www.aulasdebiologiaapoio.com - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
www.aulasdebiologiaapoio.com - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
www.aulasdebiologiaapoio.com - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
www.aulasdebiologiaapoio.com - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
www.aulasdebiologiaapoio.com - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
www.aulasdebiologiaapoio.com - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
www.aulasdebiologiaapoio.com - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
www.aulasdebiologiaapoio.com - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
www.aulasdebiologiaapoio.com - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
www.aulasdebiologiaapoio.com - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
www.aulasdebiologiaapoio.com - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
www.aulasdebiologiaapoio.com - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
www.aulasdebiologiaapoio.com - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
www.aulasdebiologiaapoio.com - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
www.aulasdebiologiaapoio.com - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
www.aulasdebiologiaapoio.com - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
www.aulasdebiologiaapoio.com - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
www.aulasdebiologiaapoio.com - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
www.aulasdebiologiaapoio.com - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
www.aulasdebiologiaapoio.com - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
www.aulasdebiologiaapoio.com - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
www.aulasdebiologiaapoio.com - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

www.aulasdebiologiaapoio.com - Teia Alimentar e Cadeia Alimentar

23,537

Published on

Biologia - Videoaulas Sobre Cadeia e Teia Alimentar – Faça o Download desse material em nosso site. Acesse www.AulasDeBiologiaApoio.com

Biologia - Videoaulas Sobre Cadeia e Teia Alimentar – Faça o Download desse material em nosso site. Acesse www.AulasDeBiologiaApoio.com

Published in: Education
0 Comments
8 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
23,537
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
3
Comments
0
Likes
8
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. 1. IntroduçãoCadeias e teias alimentares É uma seqüência de seres vivos, uns servindo de alimento a outros, sucessivamente.A matéria e a energia de um ecossistema passamde um ser vivo para o outro por meio da nutrição.Exemplo.: O capim é comido pelo boi; este é comidopelo ser humano. (Cadeia alimentar)
  • 2. 2. Cadeia alimentar Plantas, algas, bactérias e alguns protistas são Autotróficos (seres que produzem seu próprio alimento) Os seres autotróficosconseguem fabricar açúcares a partir de substâncias minerais ou inorgânicas, como água, gás carbônico e sais minerais
  • 3. 2. Cadeia alimentar CADEIAALIMENTAR AUTOTRÓFICOS
  • 4. O que é Quimiossíntese ? Processo em que as bactérias encontradas nosolo e no fundo do mar usam energia luminosa naoxidação de amônia e de outros minerais. Essas bactérias podem ser chamadas de quimioautotróficas ou quimiossitetizantes.Os autotróficos são os produtores do ecossistema (ou produtores primários)
  • 5. Fotossintetizantes CADEIA PRODUTORESALIMENTAR AUTOTRÓFICOS PRIMÁRIOS Quimiossintetizantes
  • 6. Agora é com você ...... 01. Porque os produtores são indispensáveisa uma comunidade?
  • 7. Agora é com você ...... 01. Porque os produtores são indispensáveisa uma comunidade?
  • 8. Agora é com você ...... 01. Porque os produtores são indispensáveisa uma comunidade?R: Porque somente eles produzem substânciasorgânicas a partir de substâncias minerais,transformando a energia luminosa em química,que será utilizada pelos demais seres vivos.
  • 9. Exemplo de CONSUMIDOR PRIMÁRIO cadeia (CAPIVARA) alimentar PRODUTORESTERRESTRE CONSUMIDOR SECUNDÁRIO (ONÇA PINTADA)
  • 10. Ecossistema Terrestre:  Produtores: Formado por todos os componentesFLORA fotossintetizantes, os quais produzem seu próprio alimento (autótrofos) tais como gramíneas, ervas rasteiras, liquens, arbustos, trepadeiras e árvores;
  • 11. Ecossistema Terrestre:  Consumidores primários : São todos os herbívoros, que no caso dos ecossistemas terrestres tratam-se de insetos, roedores, aves e ruminantes;  Consumidores Secundários Alimentam-se diretamente dos consumidores primários (herbívoros). São formados principalmenteFAUNA por carnívoros de pequeno porte;  Consumidores terciários : Tratam-se de consumidores de porte maior que alimentam-se dos consumidores secundários;  Decompositores: Aqui também como no caso dos ecossistemas aquáticos, esta categoria não pertence nem a fauna e nem a flora e sendo composta por fungos e bactérias.
  • 12. CONSUMIDO R TERCIÁRIOCONSUMIDORES SECUNDÁRIOS Exemplo de CONSUMIDOR cadeia QUATERNÁRIO alimentar AQUÁTICACONSUMIDORES PRIMÁRIOS (PEQUENOS CRUSTÁCEOS, LARVAS E PRODUTORPROTOZOÁRIOS) (ALGAS MICROSCÓPICAS)
  • 13. Ecossistema aquático:  PRODUTORES: Composto pelas plantas da margem e do fundo da lagoa e por algas microscópicas,FLORA as quais são as maiores responsáveis pela oxigenação do ambiente aquático e terrestre; à esta categoria formada pelas algas microscópicas chamamos fitoplâncton.
  • 14. Ecossistema aquático:  CONSUMIDORES PRIMÁRIOS : Composto por pequenos animais flutuantes (chamados Zooplâncton), caramujos e peixes herbívoros, todos se alimentado diretamente dos vegetais.  CONSUMIDORES SECUNDÁRIOS: São aqueles que alimentam-se do nível anterior, ou seja, peixes carnívoros, insetos, cágados, etc.,FAUNA  CONSUMIDORES TERCIÁRIOS: As aves aquáticas são o principal componente desta categoria, alimentando-se dos consumidores secundários.  DECOMPOSITORES: Esta categoria não pertence nem a fauna e nem a flora, alimentando-se no entanto dos restos destes, e sendo composta por fungos e bactérias.
  • 15. Agora é com você.......2. Observe a descrição a seguir: Na água de um manguezal o fitoplâncton serve de alimentotanto para microcrustáceos como para as larvas de crustáceos.Esses animais são comidos por peixes, os quais, por sua vez, sãoingeridos por garças. As folhas das árvores de mangue, que caemna água, são comidas por caranguejos que são caçados porguaximins. Estes mamíferos são picados por insetos que sealimentam de seu sangue. Pode-se concluir que, nessas relaçõestróficas do manguezal:a)Os crustáceos são consumidores primáriosb) Os peixes são consumidores terciáriosc) As garças são consumidores secundáriosd) Os guaximins são consumidores terciáriose) Os insetos são consumidores quaternários.
  • 16. Agora é com você.......2. Observe a descrição a seguir: Na água de um manguezal o fitoplâncton serve de alimentotanto para microcrustáceos como para as larvas de crustáceos.Esses animais são comidos por peixes, os quais, por sua vez, sãoingeridos por garças. As folhas das árvores de mangue, que caemna água, são comidas por caranguejos que são caçados porguaximins. Estes mamíferos são picados por insetos que sealimentam de seu sangue. Pode-se concluir que, nessas relaçõestróficas do manguezal:a)Os crustáceos são consumidores primáriosb) Os peixes são consumidores terciáriosc) As garças são consumidores secundáriosd) Os guaximins são consumidores terciáriose) Os insetos são consumidores quaternários.
  • 17. Agora é com você.......2. Observe a descrição a seguir: Na água de um manguezal o fitoplâncton serve de alimentotanto para microcrustáceos como para as larvas de crustáceos.Esses animais são comidos por peixes, os quais, por sua vez, sãoingeridos por garças. As folhas das árvores de mangue, que caemna água, são comidas por caranguejos que são caçados porguaximins. Estes mamíferos são picados por insetos que sealimentam de seu sangue. Pode-se concluir que, nessas relaçõestróficas do manguezal:a)Os crustáceos são consumidores primáriosb) Os peixes são consumidores terciáriosc) As garças são consumidores secundáriosd) Os guaximins são consumidores terciáriose) Os insetos são consumidores quaternários.
  • 18. Fotossintetizantes PRODUTORES AUTOTRÓFICOS PRIMÁRIOS Quimiossintetizantes CADEIAALIMENTAR HETEROTRÓFICOS PRODUTORES SECUNDÁRIOS
  • 19. O que é nível trófico? Nível trófico é cada etapa da cadeiaalimentar. Inicia-se nos produtores, passa pelosconsumidores e termina com os decompositores.
  • 20. Decompositores, sapróbios, saprófagos ousaprófitos: seres que atacam cadáveres e as excretas, quebrando e oxidando a matériaorgânica para obter a energia necessária ao funcionamento do seu organismo.
  • 21. Agora é com você.....03. Qual a importância dos decompositores para umecossistema?
  • 22. Agora é com você.....03. Qual a importância dos decompositores para umecossistema?
  • 23. Agora é com você.....03. Qual a importância dos decompositores para umecossistema?R: Promovem a reciclagem da matéria.
  • 24. RESUMINDO: Fotossintetizantes PRODUTORES AUTOTRÓFICOS PRIMÁRIOS Quimiossintetizantes CADEIAALIMENTAR HETEROTRÓFICOS PRODUTORES SECUNDÁRIOS DECOMPOSITORES
  • 25. 2. Teia Alimentar Animais de alimentação diversificada, e outros servem de alimento a mais de uma espécie, não se prendendo a um nível trófico. Animais onívoros = (omni = tudo ; vorare = devorar) Ex: O ser humano.Portanto, em uma comunidade há um conjunto de cadeias interligadas, que formam uma teia ou rede alimentar
  • 26. Fotossintetizantes PRODUTORES AUTOTRÓFICOS PRIMÁRIOS Quimiossintetizantes CADEIA ALIMENTAR HETEROTRÓFICOS PRODUTORES SECUNDÁRIOS Fotossintetizantes PRODUTORES AUTOTRÓFICOS PRIMÁRIOS Quimiossintetizantes TEIAALIMENTAR HETEROTRÓFICOS PRODUTORES SECUNDÁRIOS
  • 27. Fotossintetizantes PRODUTORES AUTOTRÓFICOS PRIMÁRIOS Quimiossintetizantes CADEIA ALIMENTAR HETEROTRÓFICOS PRODUTORES SECUNDÁRIOS Fotossintetizantes PRODUTORES AUTOTRÓFICOS PRIMÁRIOS Quimiossintetizantes TEIAALIMENTAR HETEROTRÓFICOS PRODUTORES SECUNDÁRIOS
  • 28. Agora é com você.....04. O esquema abaixo representa uma teia alimentar deuma lagoa, onde foi aplicado DDT. Sabendo-se que o DDTtem efeito acumulativo, em qual dos elementos da cadeiaalimentar haverá maior concentração de inseticida?a) Moluscos fitoplâncton copépodesb) Insetos Insetosc) Copépodes Bactérias e fungos peixesd) Peixese) fitoplânton
  • 29. Agora é com você.....04. O esquema abaixo representa uma teia alimentar deuma lagoa, onde foi aplicado DDT. Sabendo-se que o DDTtem efeito acumulativo, em qual dos elementos da cadeiaalimentar haverá maior concentração de inseticida?a) Moluscos fitoplâncton copépodesb) Insetos Insetosc) Copépodes Bactérias e fungos peixesd) Peixese) fitoplânton
  • 30. Agora é com você.....04. O esquema abaixo representa uma teia alimentar deuma lagoa, onde foi aplicado DDT. Sabendo-se que o DDTtem efeito acumulativo, em qual dos elementos da cadeiaalimentar haverá maior concentração de inseticida?a) Moluscos fitoplâncton copépodesb) Insetos Insetosc) Copépodes Bactérias e fungos peixesd) Peixese) fitoplânton
  • 31. Fluxo de energia:
  • 32. Agora é com você....(UFRJ) Ao deixarem de ser nômades, caçadores e coletores,os humanos se estabeleceram em áreas determinadas ecomeçaram a cultivar plantas. Nesse processo, as paisagensnaturais foram modificadas, sendo retirada a coberturavegetal original para dar lugar às plantas cultivadas. Aomesmo tempo, começou-se a domesticar animais, dentreestes, os gatos. Estudos paleontológicos recentes mostraramque os felinos se aproximavam atraídos por roedores, dentreestes, os ratos, que por sua vez eram atraídos pelos grãosque eram colhidos e armazenados. Aponte o gráfico quemelhor represeta o fluxo de energia da interação entre grãos,ratos e gatos.
  • 33. a) grãos b) gatos Quantidade de energia Quantidade de energia ratos ratos gatos grãos Direção do fluxo Direção do fluxo de energia de energiac) grãos gatos d) e) grãos ratosQuantidadede energia Quantidade Quantidade de energia de energia ratos gatos ratos grãos gatos Direção do fluxo de energia Direção do fluxo Direção do fluxo de energia de energia
  • 34. Agora é com você....(UFRJ) Ao deixarem de ser nômades, caçadores e coletores,os humanos se estabeleceram em áreas determinadas ecomeçaram a cultivar plantas. Nesse processo, as paisagensnaturais foram modificadas, sendo retirada a coberturavegetal original para dar lugar às plantas cultivadas. Aomesmo tempo, começou-se a domesticar animais, dentreestes, os gatos. Estudos paleontológicos recentes mostraramque os felinos se aproximavam atraídos por roedores, dentreestes, os ratos, que por sua vez eram atraídos pelos grãosque eram colhidos e armazenados. Aponte o gráfico quemelhor represeta o fluxo de energia da interação entre grãos,ratos e gatos.
  • 35. a) grãos b) gatos Quantidade de energia Quantidade de energia ratos ratos gatos grãos Direção do fluxo Direção do fluxo de energia de energiac) grãos gatos d) e) grãos ratosQuantidadede energia Quantidade Quantidade de energia de energia ratos gatos ratos grãos gatos Direção do fluxo de energia Direção do fluxo Direção do fluxo de energia de energia
  • 36. PRODUTIVIDADE:• PPL (Produtividade Primária Líquida): é toda a energia que os produtores armazenam a partir da fotossíntese(PPB) menos o que eles gastam na respiração (R), assim a PPL é o que o consumidor primário vai ter disponível do produtor. (A) A produtividade primária líquida é relativamente maior nos ecossistemas marinhos que nos terrestres. Isso porque os produtores do fitoplâncton (B) têm crescimento rápido e acumulam pouca matéria orgânica em seus corpos. O inverso ocorre em uma floresta (C), em que as árvores crescem lentamente e acumulam muita matéria em seus troncos. • Fonte: Amabis e Martho - Biologia 3
  • 37. Produtividade secundária líquida• PSL (Produtividade Secundária Líquida): é a energia que oconsumidor primário conseguiu retirar dos produtores (PPL)menos o que ele gastou no metabolismo (M): sendo assim oque estará disponível para os consumidores secundários
  • 38. PSL (Produtividade Secundária Líquida):1 BEZERRO 300 COELHOS 500 kg Peso Corporal 500 kg 8,3 kg Consumo diário de feno 33,3 kg 120 dias Duração do feno 30 dias 0,9 kg Ganho de peso por dia 3,6 kg 109 kg Ganho de peso com 1 t de feno 109 kg20.000 kcal Perda diária de calor 80.000 kcal A produtividade secundária líquida (PSL) dos coelhos é cercade quatro vezes maior que a do gado. O cálculo de produtividadeleva em conta que coelhos, com a mesma quantidade dealimento, ficam prontos para o abate em um quarto do temponecessário ao gado. (Dados de Philipson, em Ecologia energética. São Paulo, Companhia Editora Nacional/EDUSP, 1969.)
  • 39. PIRÂMIDES Biomassa: corresponde a matéria orgânica de cada níveltrófico (sua pirâmide é igual a de energia já que aenergia está na biomassa, assim quanto maior abiomassa, maior a energia).
  • 40. Energia: Corresponde a energia contida nabiomassa de cada nível trófico, assim cada parteda pirâmide terá indicada a energia de um níveltrófico.
  • 41. • Números: A largura dos níveis representam o número de representantes de cada espécie naquela cadeia alimentar; é a mais variada.
  • 42. ATENÇÃO AS TRÊS PIRÂMIDES

×