Coração i

14,183 views
13,575 views

Published on

Published in: Health & Medicine
0 Comments
4 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
14,183
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
170
Comments
0
Likes
4
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Coração i

  1. 1. Coração I Considerações gerais.Conformação exterior. Relações
  2. 2. CONSIDERAÇÕES GERAISO coração é o órgão central da circulação, sendo constituido:ø Miocárdio: massa contráctil.ø Endocárdio: membana fina que o reveste internamente.ø Pericárdio: saco fibro-seroso que envolve o coração.É dividido em 2 porções:ø Coração direito: onde circula sangue venosoø Coração esquerdo: onde circula sangue arterial. Cada uma das metades é constituida por duas cavidades, uma superior (atrio) e outra inferior (ventriculo), comunicando-se entre si através do óstio atrio-ventricular. Os 2 atrios encontram-se separados pelo septo intratrial e os 2 ventriculos pelo septo interventricular.
  3. 3. Constituição do coração Situado no mediastino anterior
  4. 4. SITUAÇÃOø Esta situado no mediastino anterior (porção mediana da cavidade torácica), entre a face mediastinica dos 2 pulmões. Separado da cavidade abdominal por intermedio do diafragma.ø Relaciona-se com o figado e com o fundo do êstomago em baixo, anteriormente com plastron esterno-costal e atrás com o esófago, os nervos vago, a aorta torácica, ducto torácico e veias ázidos.
  5. 5. PROJECÇÃO Projecta-se na coluna vertebral, de T4 a T8, designadas vertebras cardiacas:ø T4 (vertebra supra-cardiaca): origem dos grandes vasos.ø T5 (vertebra do cone arterial): cone arterial.ø T6 (vertebra atrial): corresponde aos atrios.ø T7 (vertebra ventricular): corresponde aos ventriculos.ø T8 (vertebra do ápice): corresponde ao ápice do coração.
  6. 6. FORMA, VOLUME E CONSISTÊNCIAFormaø Pirâmide achatada ântero-posteriormente (no cadáver)ø Pirâmide triangular, com base póstero-superior e com ápice ântero-inferior. Apresentando 3 ou 2 faces e 3 ou 2 margens, conforme esteja em sístole ou em diástole.Volume: aproximadamente o de uma mão fechada, com 800cm3.Consistência: mole durante a diástole e dura durante a sístole.
  7. 7. CONFIGURAÇÃO EXTERNA O coração apresentaø Três ou duas faces:ᴥanterior ou esterno-costalᴥinferior ou diafragmáticaᴥesquerda ou pulmonar.ø Três ou duas margens:ᴥdireitaᴥântero-esquerdaᴥpóstero-esquerda Faceø Base Anteriorø Ápice
  8. 8. FACE ANTERIOR/ESTERNO-COSTALø Muito convexa, com obliquidade ântero-súpero- direita.Apresenta 3 segmentos: inferior ou ventricular, médio ou arterial superior ou atrial.1-Segmento inferior/ventricularø Separado do segmento médio/arterial por intermédio da porção anterior do sulco coronário. Neste segmento encontramos:ᴥSulco coronário: situado na união dos 2/3 inferiores com o 1/3 superior. Está interrompido na sua porção média pela origem do tronco pulmonar e pela aorta ascendente sendo percorrido pela 1ª porção da arteria coronária direita.
  9. 9. FACE ANTERIOR/ESTERNO-COSTALᴥ Sulco interventricular: longitudinal, paralelo á margem esquerda do coração sistólico, onde estão situados a artéria e veia interventricular anterior, vasos linfáticos e nervos. Divide a face anterior em 2 partes desiguais: uma situada a esquerda, estreita, o ventriculo esquerdo; e outra situada a direita, extensa, o ventriculo direito.2-Segmento médio ou arterialø Situado superiormente a porção anterior do sulco coronário, correspondendo a origem do tronco pulmonar (anterior esquerda) e a aorta ascendente (posterior direita).3-Segmento superior ou atrialø Relaciona-se com a aorta ascendente e com a artéria pulmonar direita, constituindo o leito dos vasos arteriais. De cada lado do leito dos vasos arteriais encontram-se as auriculas dos átrios, que envolvem o tronco pulmonar e a aorta ascendente, sendo este aspecto conhecido por coroa do coração.
  10. 10. FACE ANTERIOR/ESTERNO-COSTALEntre os atrios não se encontra qualquer sulco separativo.ø Na porção ântero-superior do átrio direito encontra-se a respectiva auricula. Esta formação de forma triangular, com margens dentadas, achatada transversalmente, relaciona-se medialmente com a aorta ascendente, estando a sua margem superior em relação com a prega pré-áortica (prega de tecido adiposo que envolve a aorta ascendente).ø Na porção ântero-lateral do átrio esquerdo encontra-se a sua respectiva auricula. Esta formação, longa e estreita, estrangulada na porção média, relaciona-se medialmente com o tronco pulmonar.
  11. 11. FACE ANTERIOR/ESTERNO-COSTAL
  12. 12. FASE INFERIOR/DIAFRAGMÁTICAø Repousa sobre a porção anterior da face superior do diafragma, apresentando forma ovalar com extremidade posterior.ø Apresenta a porção posterior do sulco coronário que se estende da margem direita a esquerda do coração em sistole. Na porção direita deste sulco encontra-se a 2ª porção da artéria coronária direita e a porção esquerda apresenta a artéria circunflexa e o seio coronário.ø A porção posterior do sulco coronário divide a face inferior em 2 segmentos: anterior ou ventricular e posterior ou atrial.
  13. 13. FASE INFERIOR/DIAFRAGMÁTICA1-Segmento anterior ou ventricularø Subdividido pelo sulco interventricular posterior em 2 porções: uma extensa, o ventriculo esquerdo, e outra estreita, o ventriculo direito.ø Este sulco se estende desde a porção posterior do sulco coronário até ao ápice do coração, onde vai se continuar com o sulco interventricular anterior.ø Este sulco aloja a artéria e a veia interventricular posterior, vasos linfáticos e nervos.
  14. 14. FASE INFERIOR/DIAFRAGMÁTICA2-Segmento posterior ou atrialø Situado superiormente a porção posterior do sulco coronário, correspondendo aos atrios. Encontramos neste segmento:ᴥO sulco interatrial: divide o segmento em 2 partes e se continua para a base do coração, referenciando a separação dos dois átrios.ᴥO sulco terminal: paralelo, mais evidente após a insuflação do átrio direito; encontrando-se a direita do sulco interatrial.
  15. 15. FASE INFERIOR/DIAFRAGMÁTICAᴥ Cruz do coração: ponto de intersecção da porção posterior do sulco coronário com os sulcos interventricular posterior e interatrial.ᴥSeio coronário (ponto de entrada): lateralmente a cruz.ᴥDiverticulo: infero-lateralmente ao ponto de entrada do seio.ᴥImpressão esofágica: na porção media do átrio esquerdo, correspondendo a relação com a parte torácica do esófago.
  16. 16. FASE INFERIOR/DIAFRAGMÁTICA
  17. 17. FASE ESQUERDA/PULMONAR É pouco extensa, sendo dividida pelo sulco coronário em 2 segmentos:ø Segmento inferior ou ventricular: correspondendo ao ventriculo esquerdo.ø Segmento superior ou atrial: correspondendo ao átrio esquerdo. Nesta face situam-se a artéria marginal esquerda e as veias marginais esquerdas. No coração em sístole essa fase desaparece, passando a constituir a margem esquerda do coração.
  18. 18. MARGENS DO CORAÇÃOø Em sístole o coração apresenta duas margens, a margem direita e a esquerda, mas quando se encontra em diástole, o coração apresnta três margens: direita, ântero-esquerda e póstero-esquerda.ø Margem direita: separa a face anterior/esterno-costal da face inferior/diafragmática, correspondendo a sua extremidade posterior ao ponto de entrada da veia cava inferior e a sua extremidade anterior ao ápice do coração.ø Margem ântero-esquerda: separa a face anterior da face esquerda/pulmonar.ø Margem póstero-esquerda: separa a face esquerda/pulmonar da face inferior/diafragmática.
  19. 19. BASE E ÁPICE DO CORAÇÃOø A base do coração: é formada pela face posterior dos átrios. Apresenta indo da direita para a esquerda: o sulco terminal, a terminação da veia cava superior e da inferior, o sulco interatrial, a terminação das duas veias pulmonares direitas, a impressão esofágica, e a terminação das duas veias pulmonares esquerdas.ø O ápice do coração: corresponde na sua totalidade ao ventriculo esquerdo, é arredondado, e projecta-se ao nivel do 4º ou 5º espaço intercostal esquerdo, a cerca de 8cm da linha médio-esternal.
  20. 20. RELAÇÕES DA FACE ESTERNO-COSTAL A projecção do coração sobre o plastron esterno-costal, corresponde a uma superficíe quadrilátera, a área cardiaca ou pré-cordial, marcada pela união de 4 pontos angulares da área cardiaca:ᴥPonto 1: na margem superior da 3ª cartilagem costal direita, a 1cm da margem direita do esterno.ᴥPonto 2: ao nivel da 5ª articulação condro-esternal direita.ᴥPonto 3: corresponde ao ápice do coração, situado na margem superior da 5ª cartilagem costal esquerda, 8cm lateralmente a linha médio-esternal.ᴥPonto 4: no 2º espaço intercostal esquerdo, a 2cm da margem esquerda do esterno.
  21. 21. ÓSTIOS DO CORAÇÃO Na área cardiaca se projectam os óstios do coração que contêm valvas que quando se fecham, originam na auscultação os tons cardiacos.ø O óstio pulmonar, + elevado de todos, horizontal, está situado ao nivel da margem superior da 3ª cartilagem costal esquerda.ø O óstio aórtico é representado por uma linha obliqua que se estende da extremidade medial da 3ª cartilagem costal esquerda até a linha medio-esternal, ao nivel da 4ª cartilagem costal direita.ø O óstio átrio-ventricular direito/triscúpido esta projectado no esterno, segundo uma linha com obliquidade infero-direita, que se estende da linha medio-esternal, ao nivel do 4º espaço intercostal até a 6ª cartilagem costal direita.ø O óstio átrio-ventricular esquerdo/mitral projecta-se segundo uma linha com obliquidade infero-direita, sobre a margem esquerda do esterno, olhando as 4ª e 5ª cartilagens costais esquerdas.
  22. 22. FOCOS DE AUSCULTAÇÃOOs tons cardíacos são melhor ouvidos em zonas maisproximas do plastron esterno-costal, constituindo osfocos de auscultação. Valvas Foco de auscultação Pulmonar Extremidade anterior do 2º espaço intercostal esquerdo aórtica 2ª articulação condro-esternal direitaÁtrio-ventricular esquerda ou Ponto de intersecção da linha medio- mitra clavicular com o 5º espaço intercostal esquerdo Átrio-ventricular direita ou 5ª articulação condro-esternal direita triscúpida
  23. 23. INCIDÊNCIAS RADIOGRAFICAS DO CORAÇÃO Quando se efectua uma radiografia simples do coração, realiza-se com 3 incidências: a postero-anterior, a oblíqua-ântero-direita e a oblíqua-ântero-esquerda. Estas incidências estão representadas por 2 margens.ø Incidência póstero-anterior/frontal: os raios X atravessam o tórax póstero-anteriormente. A margem direita é constituida pela veia cava superior e pelo átrio direito. A margem esquerda é constituida pela aorta horizontal, pelo tronco pulmonar, pela auricula do átrio esquerdo e pelo ventriculo esquerdo.
  24. 24. INCIDÊNCIAS RADIOGRAFICAS DO CORAÇÃOø Incidência oblíqua ântero-direita: os raios X atravessam o tórax oblíquamente, a 45º, estando a espádua direita virada anteriormente, com o individuo em posição de esgrimista. A margem direita é constituida pela veia cava superior e pela aorta tóracica. A margem esquerda é constituida pela aorta horizontal, pelo tronco pulmonar, pelo ventriculo direito e pelo ventrículo esquerdo.ø Incidência oblíqua ântero-esquerda: os raios X atravessam o tórax obliquamente a 45º, estando a espádua esquerda situada anteriormente, com o indivíduo na posição de boxeur. A margem direita é constituida pela veia caca superior, pelo átrio direito e pelo ventriculo direito. A margem esquerda é constituida pela aorta tóracica e pelo ventriculo esquerdo.
  25. 25. RELAÇÕES DA FACE DIAFRAGMÁTICAø Esta face relaciona-se com o folheto médio do centro tendinoso do diafragma.ø Por intermédio do diafragma o coração relaciona-se com a porção esquerda da face superior do lobo esquerdo do fígado e com o fundo do êstomago.
  26. 26. RELAÇÕES DA FACE PULMONAR E ÁPICE DO CORAÇÃOA face pulmonarø relaciona-se com a pleura mediastinica esquerda, relacionada com a face mediastínica do pulmão esquerdo, condicionando nesta face uma escavação conhecida por leito do coração.O ápice do coraçãoø projecta-se ao nivel do 4º ou 5º espaços intercostais esquerdos, numa zona que corresponde a intersecção destes espaços com uma linha vertical situada a cerca de 8cm da linha médio-esternal.
  27. 27. RELAÇÕES DA BASE DO CORAÇÃOø A face posterior do átrio esquerdo relaciona-se com os órgãos do mediastino posterior, dispondo- se ântero-posteriormente a parte tóracica do esófago, apresentando:ᴥna face posterior: o nervo vago direito.ᴥna face anterior: o nervo vago esquerdo, a aorta tóracica (a esquerda), a veia ázigos (a direita), a veia hemi-ázigos acessória (a esquerda) e o ducto torácico anteriormente aos corpos vertebrais.

×