Uploaded on

 

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
157
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
0
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Uma pobre senhora, com visívelar de derrota estampado no rosto,entrou num armazém,se aproximou do proprietárioconhecido pelo seu jeito grosseiro, e lhe pediu fiado alguns mantimentos.
  • 2. Ela explicouque o seu marido estava muito doentee não podia trabalhare que tinha sete filhos para alimentar.
  • 3. O dono do armazém zombou delae pediu que se retirasse do seu estabelecimento.
  • 4. Pensando na necessidade da sua família ela implorou: "Por favor, senhor, eu lhe darei o dinheiro assim que eu tiver".Ele lhe respondeuque ela não tinha créditoe nem conta na sua loja.
  • 5. Em pé no balcão ao lado,um freguês que assistiaa conversa entre os doisse aproximou do donodo armazém e lhe disseque ele deveria daro que aquela mulher necessitavapara a sua família,por sua conta. Então o comerciante falou meio relutante para a pobre mulher:
  • 6. "Você tem uma lista de mantimentos?" "Sim", respondeu ela."Muito bem, coloque a sua listana balança e o quanto ela pesar,eu lhe darei em mantimentos"!
  • 7. A pobre mulherhesitou por uns instantese com a cabeça curvada,retirou da bolsa um pedaço de papel,escreveu alguma coisae o depositou suavemente na balança.
  • 8. Os três ficaram admirados quando o prato da balança com o papel desceu e permaneceu embaixo. Completamente pasmado com o marcador da balança,o comerciante virou-se lentamente para o seu freguês e comentou contrariado:
  • 9. "Eu não posso acreditar!" O freguês sorriu e o homem começou a colocaros mantimentos no outro prato da balança.
  • 10. Como a escala da balança não equilibrava,ele continuou colocandomais e mais mantimentosaté não caber mais nada.
  • 11. O comerciante ficou parado alipor uns instantesolhando para a balança,tentando entendero que havia acontecido.
  • 12. Finalmente,ele pegou o pedaço de papel da balança e ficou espantado pois não era uma lista de compras e sim uma oração que dizia:
  • 13. "Meu Senhor, o Senhor conheceas minhas necessidadese eu estou deixando isto em Suas mãos."
  • 14. O homem deu as mercadorias para a pobre mulher no mais completo silêncio, que agradeceu e deixou o armazém.
  • 15. O freguês pagou a conta e disse: "Valeu cada centavo." Só Deus sabe o quanto pesa uma oração.
  • 16. Quando você receber esta mensagem, faça uma oração, peça a Deuspor seus sofrimentos, por suas necessidades, pela falta de um emprego, por uma pessoa especial doente, por alguma enfermidade, e se não tiver nada a pedir, agradeça pelas bênçãos que recebemos todos os dias. É só isso o que você deve fazer.
  • 17. Não há mais nada anexado. Isto é poder!Então encaminhe esta mensagem para algumas pessoas com as quais você se importe.
  • 18. Se DEUS falou ao seu coração, abençoe alguém,enviando-lhe esta fantástica lição!
  • 19. Não existe impossível para DEUS! ELE DIZ:"EU SUPRIREI TODAS AS SUAS NECESSIDADES" Fl 4,19.
  • 20. Jamais desista daquilo que você realmente quer.A pessoa que tem grandes sonhos é mais forte do que aquela que possui todos os fatos"