www.AulasParticularesApoio.Com - Português - Figuras de Linguagem

533 views

Published on

Português - VideoAulas Sobre Figuras de Linguagem (Parte 1) – Faça o Download desse material em nosso site. Acesse www.AulasParticularesApoio.Com

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
533
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

www.AulasParticularesApoio.Com - Português - Figuras de Linguagem

  1. 1.  Parte I Denotação e conotação; Comparação; Metáfora; Catacrese; Antonomásia; Perífrase. Sinestesia; Eufemismo;
  2. 2. O que são figuras de linguagem ? São recursos linguísticos a que osautores recorrem para tornar a linguagemmais rica e expressiva. Esses recursosrevelam a sensibilidade de quem os utiliza,traduzindo particularidades estilísticas doemissor.
  3. 3. Para utilizar corretamente as figurasde linguagem, é necessário entender osconceitos de denotação e conotação, ouseja, o uso de palavras ou expressõesempregadas no sentido próprio ou figurado.
  4. 4. O que é denotação? É o significado básico e objetivo deuma palavra, não permitindo mais de umainterpretação. Exemplos:1. O goleiro bateu a cabeça na trave.2. O lavrador possui as mãos bastantes ásperas. Nesses exemplos, as palavras cabeça e ásperas estão empregadas no sentido próprio, conhecido por todos. Assim, os referidos exemplos remetem o receptor à denotação, pois as palavras em destaque permitem apenas uma interpretação.
  5. 5. O que é conotação ? É o emprego de uma palavra nosentido figurado, associativo, possibilitandovárias interpretações ao receptor. Dessa maneira, a conotação possui apropriedade de apresentar significadosdiferentes do sentido original da palavra,abrindo caminho para a subjetividade.
  6. 6. Exemplos:1. Conseguiram capturar o cabeça daquela quadrilha.2. O pai dirigiu palavras ásperas ao filho respondão. Já nesses exemplos, as palavras cabeça e ásperas ganham novos sentidos, sugerindo ao receptor a ideia de forma indireta. Nesse caso, dizemos que ocorre conotação, pois as palavras foram empregadas de acordo com a ideia que o emissor desejou sugerir.
  7. 7. Significado básico e O goleiro bateu denotação objetivo de a cabeça na uma palavra, não trave. permitindo mais de uma interpretação.Denotação eConotação conotação Emprego de uma Conseguiram palavra no sentido capturar o figurado, possibilitando cabeça daquela várias interpretações quadrilha. ao receptor.
  8. 8. Vamos descobrir o que você aprendeu sobre denotação e conotação?1- A respeito do vocábulo destacado em “O processo depaz derrapa na justa medida do desejo dos eternosdescontentes.” (Jornal do Brasil, 1º/8/1997, p.8), pode-se dizerque:a)Está empregado denotativamente.b)O autor não o empregou em sentido figurado.c)O autor explora a conotação desse vocábulo.d)Tem o mesmo sentido na frase citada em “o carro derrapa.”e)Está empregada erroneamente, já que seu sentido, notexto, desvia-se de seu significados normal.
  9. 9. Resolução do exercício1- A respeito do vocábulo destacado em “O processo de paz derrapana justa medida do desejo dos eternos descontentes.” (Jornal doBrasil, 1º/8/1997, p.8), pode-se dizer que:Resposta: “Conotação” é o sentido figurado, às vezes de teorsubjetivo, que uma palavra ou expressão pode apresentarparalelamente à acepção em que é empregada. Em “Oprocesso de paz derrapa na justa medida do desejodescontentes”, o verbo destacado está em sentido conotativoporque remete o receptor à ideia de “ocorrência desfavorávelou inadequada a um determinado fim”. Por isso, a respostacorreta é a “C”
  10. 10. Resolução do exercício1- A respeito do vocábulo destacado em “O processo de paz derrapana justa medida do desejo dos eternos descontentes.” (Jornal doBrasil, 1º/8/1997, p.8), pode-se dizer que:Resposta: “Conotação” é o sentido figurado, às vezes de teorsubjetivo, que uma palavra ou expressão pode apresentarparalelamente à acepção em que é empregada. Em “Oprocesso de paz derrapa na justa medida do desejodescontentes”, o verbo destacado está em sentido conotativoporque remete o receptor à ideia de “ocorrência desfavorávelou inadequada a um determinado fim”. Por isso, a respostacorreta é a “C”
  11. 11. As figuras de linguagem classificam-se em :1.Figuras de palavras ou semânticas;2.Figuras de construção ou de sintaxe;3.Figuras sonoras ou de harmonia.
  12. 12. O que são figuras de palavra ou semânticas ? São figuras que consistem noemprego de palavras ou expressões doponto de vista conotativo, ou seja, emsentido diferente do que habitualmentesão empregadas. A semântica, que é a exploraçãodo significado das palavras, gera asseguintes figuras:
  13. 13. O que é comparação ? É a aproximação entre dois elementos que seidentificam, ligados por anexos comparativosexplícitos (como, tal qual, assim como, que nem, feitoetc.) ou por alguns tipos de verbos (parecer,assemelhar-se, figurar-se etc.)Exemplos:“Você há de rolar como as pedras / Que rolam naestrada.”Lupicínio Rodrigues“- Antônia, você parece uma lagarta listada.” (Manuel Bandeira)
  14. 14. como, tal qual, assim Aproximação entre dois como, que nem, feito comparação elementos que se identificam, etc.) ou por alguns tipos ligados por anexos de verbos (parecer, comparativos explícitos. assemelhar-se, figurar-se etc.Figuras de palavras ou Semânticas Parte I
  15. 15. Vamos descobrir o que você aprendeu sobre comparação?1. Assinale a alternativa em que ocorre a comparação:a) O pé da cadeira está arranhando o chão.b) “Foi rápido, como o olhar, o gesto de Iracema”. ( J. Alencar)c) O Pai da Aviação não queria ver seu invento usado para o mal.d) Aquele choro amargo frio me espantava.
  16. 16. Resolução do exercício1. Assinale a alternativa em que ocorre a comparação:a) O pé da cadeira está arranhando o chão.b) “Foi rápido, como o olhar, o gesto de Iracema”. ( J. Alencar)c) O Pai da Aviação não queria ver seu invento usado para o mal.d) Aquele choro amargo frio me espantava A comparação, neste caso, é explícita.
  17. 17. O que é metáfora ? É a substituição de um termo por outro a partirde uma relação de semelhança entre os elementosque tais termos designam. A metáfora também podeser entendida como uma comparação abreviada, emque o nexo comparativo não está expresso, massubentendido:Exemplos:“Ele era um pássaro, nascera para cantar.” (Vinícius de Moraes)“O passado é uma roupa que não serve mais.” (Belchior)
  18. 18. como, tal qual, assim Aproximação entre dois como, que nem, feito comparação elementos que se identificam, etc.) ou por alguns tipos ligados por anexos de verbos comparativos explícitos. (parecer, assemelhar- se, figurar-se etc. substituição de um termo por “Ele era um pássaro, metáfora outro a partir de uma relação nascera para cantar.” de semelhança . O nexo (Vinícius de Moraes) comparativo não está expresso, mas subentendido.Figuras de palavras ou Semânticas Parte I
  19. 19. Vamos descobrir o que você aprendeu sobre metáfora?2- Marque a alternativa em que há metáfora:a)Tem cheiro a luz, amanhã nasce...b)Nesta boca da noite, cheira o tempo a alecrim.c)Oh sonora audição colorida do aroma.d)A propaganda é a alma do negócio.
  20. 20. Resolução do exercício2- Marque a alternativa em que há metáfora:a) Tem cheiro a luz, amanhã nasce...b) Nesta boca da noite, cheira o tempo a alecrim.c) Oh sonora audição colorida do aroma.d)A propaganda é a alma do negócio. É como a alma A comparação, neste caso, é mental e subjetiva.
  21. 21. É uma espécie de metáfora em que se empregauma palavra no sentido figurado por hábito ouesquecimento de sua etimologia:Exemplo:“Ninguém coça as costas da cadeira. Ninguém chupa a manga da camisa. O piano jamais abana a cauda Tem asa, porém não voa, a xícara” José Paulo Paes
  22. 22. como, tal qual, assim Aproximação entre dois como, que nem, feito comparação elementos que se etc.) ou por alguns tipos identificam, ligados por de verbos (parecer, anexos comparativos explícitos. assemelhar-se, figurar-se etc. substituição de um termo por “Ele era um pássaro, metáfora outro a partir de uma relação nascera para cantar.” de semelhança . O nexo (Vinícius de Moraes) comparativo não está expresso, mas subentendido. Espécie de metáfora em que se catacrese emprega uma palavra no sentido O pé da mesa quebrou. figurado por hábito ou esquecimento de sua etimologia.Figuras de palavras ou Semânticas Parte I
  23. 23. Vamos descobrir o que você aprendeu sobre catacrese?3- Assinale a alternativa em que ocorre acatacrese:a)Ela é alta que nem um poste.b)A Cidade Luz é linda.c)A cabeça da ponte está se movendo.d)Ele é astuto como uma raposa.
  24. 24. Resolução do exercício3-Assinale a alternativa em que ocorre acatacrese:a)Ela é alta que nem um poste.b)A Cidade Luz é linda.c)A cabeça da ponte está se movendo.d)Ele é astuto como uma raposa. Foi usado a palavra cabeça, pela inexistência de palavra apropriada para nomear o que se deseja.
  25. 25. O que é antonomásia ?É a designação de uma pessoa por umacaracterística, feito ou fato que a tornounotória:Exemplo:O Poeta dos Escravos denunciou em seusversos os horrores da crueldade. (Poeta dosescravos = Castro Alves)
  26. 26. como, tal qual, assim Aproximação entre dois como, que nem, feito comparação elementos que se identificam, etc.) ou por alguns tipos ligados por anexos de verbos comparativos explícitos. (parecer, assemelhar- se, figurar-se etc. substituição de um termo por “Ele era um pássaro, metáfora outro a partir de uma relação nascera para cantar.” de semelhança . O nexo (Vinícius de Moraes) comparativo não está expresso, mas subentendido. Espécie de metáfora em que se catacrese emprega uma palavra no sentido O pé da mesa quebrou. figurado por hábito ou esquecimento de sua etimologia.Figuras de palavras ou antonomásia Designação de uma pessoa Beijo do gordo (Jô Soares) Semânticas por uma característica, feito Parte I ou fato que a tornou notória.
  27. 27. Vamos descobrir o que você aprendeu sobre antonomásia?4- Marque a alternativa em que ocorreantonomásia:a) A Rainha dos baixinhos ganhou o prêmio de melhor álbum infantil.b) Aquela criança é uma flor.c) Moro na Terra da Garoa.d) Ele foi desta para melhor.
  28. 28. Resolução do exercício4- Marque a alternativa em que ocorreantonomásia:a) A Rainha dos baixinhos ganhou o prêmio de melhor álbum infantil.b) Aquela criança é uma flor.c Moro na Terra da Garoa.d) Ele foi desta para melhor.Rainha dos baixinhos = Xuxa pessoa.
  29. 29. O que perífrase ? Substituição do nome próprio por umaqualidade ou característica que o distinga.Exemplos:“Última flor do Lácio, inculta e bela, és a umtempo esplendor e sepultura.” Olavo Bilac(flor do Lácio = língua portuguesa)
  30. 30. como, tal qual, assim Aproximação entre dois como, que nem, feito comparação elementos que se identificam, etc.) ou por alguns tipos ligados por anexos de verbos comparativos explícitos. (parecer, assemelhar- se, figurar-se etc. substituição de um termo por “Ele era um pássaro, metáfora outro a partir de uma relação nascera para cantar.” de semelhança . O nexo (Vinícius de Moraes) comparativo não está expresso, mas subentendido. Espécie de metáfora em que se catacrese emprega uma palavra no sentido O pé da mesa quebrou. figurado por hábito ou esquecimento de sua etimologia.Figuras de palavras ou antonomásia Designação de uma pessoa Beijo do gordo (Jô Soares) Semânticas por uma característica, feito Parte I ou fato que a tornou notória. Substituição do nome Nas próximas férias perífrase próprio por uma qualidade visitaremos a Veneza ou característica que o Brasileira. distinga. (Veneza Brasileira = Recife)
  31. 31. Vamos descobrir o que você aprendeu sobre perífrase?5- Marque a alternativa em que ocorreperífrase:a)Rafael machucou o céu da boca.b)Eu vi o rei da selva.c)Tem cheiro a luz, a manhã nasce...d)O pé da cadeira está arranhando o chão.
  32. 32. Resolução do exercício5- Marque a alternativa em que ocorreperífrase:a)Rafael machucou o céu da boca.b) Eu vi o rei da selva.c)Tem cheiro a luz, a manhã nasce...d)Nas próximas férias visitaremos a Veneza Brasileira.(rei da selva = leão)
  33. 33. O que é sinestesia ? É o cruzamento de sensações sensoriaisdiferentes em uma única expressão:Exemplos:“Sobre a terra amarga, caminhos têmsonho.” Antônio Machado(terra = visual; amarga = gustativo)
  34. 34. como, tal qual, assim Aproximação entre dois como, que nem, feito comparação elementos que se etc.) ou por alguns tipos identificam, ligados por de verbos (parecer, anexos comparativos explícitos. assemelhar-se, figurar-se etc. substituição de um termo por “Ele era um pássaro, metáfora outro a partir de uma relação nascera para cantar.” de semelhança . O nexo (Vinícius de Moraes) comparativo não está expresso, mas subentendido. Espécie de metáfora em que se catacrese emprega uma palavra no sentido O pé da mesa quebrou. figurado por hábito ou esquecimento de sua etimologia.Figuras de palavras ou antonomásia Designação de uma pessoa Beijo do gordo (Jô Soares) Semânticas por uma característica, feito Parte I ou fato que a tornou notória. Substituição do nome Nas próximas férias perífrase próprio por uma qualidade visitaremos a Veneza ou característica que o Brasileira. distinga. (Veneza Brasileira = Recife) sinestesia É o cruzamento de sensações sensoriais Jocasta tinha uma voz diferentes: doce e macia . [paladar e tato]
  35. 35. Vamos descobrir o que você aprendeu sobre sinestesia?6- Marque a alternativa em que há sinestesia:a)Ela é alta que nem um poste.b)Esse menino é um trator.c)O Pavão é um arco-íris de plumas.d)Aquela pele delicada, suave e brilhante dagarota me encantava.
  36. 36. Resolução do exercício6- Marque a alternativa em que há sinestesia:a) Ela é alta que nem um poste.b) Esse menino é um trator.c) O Pavão é um arco-íris de plumas.d)Aquela pele delicada, suave e brilhante dagarota me encantava.
  37. 37. O que é eufemismo ? Substituição de um termo rude, chocanteou inconveniente por outro mais suave ouatenuante:Exemplos:“Levamos-te cansado ao teu último endereço.” Manuel Bandeira(cansado = morto; último endereço = sepultura)
  38. 38. como, tal qual, assim Aproximação entre dois como, que nem, feito elementos que se identificam, etc.) ou por alguns tipos ligados por anexos de verbos (parecer, comparativos explícitos. comparação assemelhar-se, figurar-se etc. substituição de um termo por “Ele era um metáfora outro a partir de uma relação pássaro, nascera para de semelhança . O nexo cantar.” (Vinícius de Moraes) comparativo não está expresso, mas subentendido. Espécie de metáfora em que se catacrese emprega uma palavra no sentido O pé da mesa quebrou. figurado por hábito ou esquecimento de sua etimologia.Figuras de palavras ou antonomásia Designação de uma pessoa Beijo do gordo (Jô Soares) Semânticas por uma característica, feito Parte I ou fato que a tornou notória. Substituição do nome Nas próximas férias perífrase próprio por uma qualidade visitaremos a Veneza ou característica que o Brasileira. distinga. (Veneza Brasileira = Recife) sinestesia É o cruzamento de sensações sensoriais Jocasta tinha uma voz diferentes: doce e macia . [paladar e tato] Eufemismo Substituição de um termo rude, Você faltou com a chocante ou inconveniente por verdade. outro mais suave ou atenuante:
  39. 39. Vamos descobrir o que você aprendeu sobre eufemismo?7- Marque a alternativa em que háeufemismo:a) Era incapaz de apropriar-se do alheio.b) Ela estava paralisada como umaEstátua.c) Tal qual o pai, ele tornou-se professor.d)Nesta boca da noite, cheira o tempo aalecrim.
  40. 40. Resolução do exercício7- Marque a alternativa em que háeufemismo:a) “Era incapaz de apropriar-se do alheio.”b) Ela estava paralisada como umaestátua.c) Tal qual o pai, ele tornou-se professor.d)Nesta boca da noite, cheira o tempo aalecrim.(apropriar-se do alheio = roubar)
  41. 41. Vamos descobrir o que você aprendeu sobre figuras de linguagem?Assinale a alternativa em que se identifica a figurade linguagem predominante no trecho:“As rodas dentadas da pobreza, ignorância, faltade esperança e baixa autoestima se engrenampara criar um tipo de máquina do fracassoperpétuo que esmigalha os sonhos de geração ageração. Nós todos pagamos o preço de mantê-lafuncionando. O analfabetismo é a sua cavilha.”a) Sinestesiab) Catacresec) Metáforad) comparação
  42. 42. Resolução do exercícioAssinale a alternativa em que se identifica afigura de linguagem predominante no trecho:“As rodas dentadas da pobreza, ignorância, faltade esperança e baixa autoestima se engrenampara criar um tipo de máquina do fracassoperpétuo que esmigalha os sonhos de geração ageração. Nós todos pagamos o preço de mantê-lafuncionando. O analfabetismo é a sua cavilha.”a) Perífraseb) Catacresec) Metáforad) comparação
  43. 43. Resolução do exercícioNesse texto há uma série de metáforas“rodas dentadas, engrenam, máquina dofracasso, esmigalha os sonhos, cavilha”compondo uma verdadeira alegoria arespeito dos fatores que condicionam aexclusão social do indivíduo. Por isso, aresposta correta é a “C”
  44. 44. Bibliografia• CUNHA, Celso; organização Ciene da Cunha Pereira.Gramática do português contemporâneo.Edição de bolso.Lexikon, 2008.• Material próprio.

×