Your SlideShare is downloading. ×
Perfil País 2008 - Nigéria
Perfil País 2008 - Nigéria
Perfil País 2008 - Nigéria
Perfil País 2008 - Nigéria
Perfil País 2008 - Nigéria
Perfil País 2008 - Nigéria
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,003
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
24
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. 19/12/2008 Inteligência Comercial Perfil País Nigéria Elaborado pela: Unidade de Inteligência Comercial - ic@apexbrasil.com.br Apex-Brasil Tel: +55 61 3426.0202 Fax: +55 61 3426.0332 www.apexbrasil.com.br Copyright © 2008 APEX-Brasil 1 Todos os direitos reservado
  • 2. 19/12/2008 Inteligência Comercial Nigéria média Indicadores Econômicos 2001-2006 2007 Crescimento do PIB (%) 10,20% 5,90% PIB ( US$ - Bilhões ) 86,07 165,47 PIB PPP (Moeda Local - Bilhões) 214,27 291,71 Taxa de Inflação (%) 14,43% 5,40% FBCF*/PIB 10,48% 12,06% IDE**/PIB 3,19% 3,74% Grau de abertura do país 55,81% 62,07% IMP/PIB 17,86% 16,46% População (Mil hab) 136.352 148.093 2001 2007 PIB PPP - share 0,34% 0,45% 2004 2007 Índice de complementaridade 52% 53% Fonte: Euromonitor e GTIS - Elaboração UIC APEX-Brasil * FBCF: Formação bruta de capital fixo **IDE: Investimento direto estrangeiro Comércio (US$ milhões) 2005 2006 2007 Exportações Totais 42.536 56.721 65.304 Importações Totais 17.166 20.352 27.242 Importações brasileiras do país 2.643,02 3.918,30 5.280,49 Exportações brasileiras para o país 953,23 1.373,62 1.512,36 Var. das Importações Totais (07/06) % 33,86% Var. das Exportações Totais (07/06) % 15,13% Var. das Importações brasileiras (07/06) % 34,76% Var. das Exportações brasileiras (07/06) % 10,10% Fonte: GTIS e Aliceweb. Elaboração UIC APEX-Brasil Indicadores Econômicos: - PIB (produto interno bruto): é a soma dos valores de toda renda e produção interna de um país, incluindo os impostos em determinado período. - PIB PPP (PIB paridade de poder de compra): mede a paridade de poder de compra de uma certa população em relação aos bens e serviços de modo que possibilita a comparação em diferentes países. - FBCF: representa o aumento da capacidade produtiva futura de uma economia por meio de investimentos correntes em bens duradouros adquiridos pelas unidades produtivas com a finalidade de serem utilizados por um período superior a um ano, no processo produtivo.(Ex: Máquinas). - Grau de abertura do país: é calculado a partir da corrente do comércio sobre o PIB. - PIB PPP – share: PIB do país em relação ao PIB mundial. Copyright © 2008 APEX-Brasil 2 Todos os direitos reservado
  • 3. 19/12/2008 Inteligência Comercial Principais Países Fornecedores - 2007 14,5% 30,2% 10,8% 10,6% 5,3% 5,8% 9,1% 5,9% 7,8% China Países Baixos EUA Coréia do Sul Reino Unido França Brasil Alemanha Outros Fonte: GTIS – Elaboração: UIC Apex-Brasil O Brasil ocupa a 7ª posição entre os mercados fornecedores para a Nigéria, tendo exportado US$ 1,5 bilhão para o país em 2007, ª , 1 o que representou um crescimento de 10,1 % em relação a 2006 . Matriz de Atratividade A Matriz de Atratividade tem o objetivo de comparar o desempenho dos produtos ou setores brasileiros no mercado-alvo. mercado Ao visualizar o gráfico, é possível identificar as melhores oportunidades no quadrante superior direito, em que se encontram os fico, grupos de produtos que mais tiveram crescimento nas importações totais pelo mercado alvo e nas exportações brasileiras totais mercado-alvo para esse mesmo mercado. A construção da matriz de atratividade seguiu as seguintes padronizações: 1. Bolhas: representam grupos de produtos criados com os SH6 segundo a classificação do MDIC/Secex. 2. Tamanho de cada bolha: representa o total importado em US$ pelo mercado alvo daquele grupo de produtos no ano mercado-alvo de 2007. Portanto, quanto maior a bolha, maior o volume importado pelo mercado mercado-alvo de todos os países, inclusive do Brasil; 3. Eixo X: representa a média do crescimento das exportações dos grupos de produtos brasileiros para o mercado-alvo entre 2002 e 2007; 4. Eixo Y: representa a média do crescimento das importações totais do mercado alvo dos grupos de produtos 2002 e mercado-alvo 2007; 5. Valor de referência: facilita a visualização de quanto representa o tamanho da bolha em US$; 6. Acima e à esquerda estão os setores que apresentaram algum crescimento maior que a representação do gráfico – valor no eixo X, valor no eixo Y, e valor imp importado pelo país no ano de 2007. 1 Para obtenção dos dados de importação da Nigéria utilizou-se a base de dados do Global Trade Information Service (GTIS). Como a Nigéria não a se (GTIS) reporta diretamente suas importações para essa base, tais valores foram extraídos do cruzamento das informações de exportações dos demais foram países. Ressalte-se que os dados de comércio da África e do Oriente Médio incluem apenas Argélia, Marrocos e África do Sul, que reportam seu s fluxo comercial ao GTIS. Copyright © 2008 APEX-Brasil 3 Todos os direitos reservado
  • 4. 19/12/2008 Inteligência Comercial Matriz de atratividade para setores - Produtos Mais Exportados Mercado-alvo: Nigéria 110% Crescimento (x;y; Imp. mundiais totais; participação brasileira) Gordura e óleos animais 424%; 43%; US$ 83,7 milhões; 4% animais: Crescimento médio das importações de Senegal pelos concorrentes do Brasil Madeiras e cortiças: 580 947%; US$ 28,7milhões; 21,6% 580%; Tintas: 280%; 46%; US$ 3 milhões; 5% 3,5 90% Obras diversas: -88%; 47 US$ 425,9mil; 0,02% 47%; Peles e Petróleo e Deriv.: 42%; 111 US$ 4,1 bi; 19,0% 111%; couros (18%) Valor de Referência = US$ 300 milhões 70% (2004/2007) 50% Produtos minerais (45%) Produtos metalúrgicos (8%) Bebidas Veículos Destiladas (6%) 30% automotores e partes (25%) Farinhas Instrumentos para animais (6%) Metais não de Precisão (7%) 10% ferrosos (34%) -20% 0% 20% 40% 60% 80% 100% -10% Crescimento médio das exportações brasileiras do setor para Senegal (2004/2007) Fonte: GTIS. Elaboração: UIC APEX-Brasil Copyright © 2008 ApexBrasil A matriz de atratividade indica oportunidades para as exportações brasileiras para a Nigéria em segmentos com maior tamanho de mercado, como produtos metalúrgicos, veículos e autopartes e metais não-ferroso, entre 2004 e 2007 além daqueles que se alúrgicos, 2007, destacam pelas taxas de crescimento das exportações brasileir tais como madeiras e cortiças, bebidas destiladas, instrumentos brasileiras, de precisão e farinhas para animais. Essas informações são complementadas com as tabelas das páginas seguintes, que se utilizam de informações como continuidade (produtos exportados) ou descontinuidade (produtos não exportados), participação do Brasil e dos concorrentes no mercado- mercado 2 alvo e IVCR - Índice de Vantagens Comparativas Reveladas , entre outras. 2 A Vantagem Comparativa Revelada (VCR) mede a participação de um produto nas exportações do país em relação à participação do mesmo produto no produ comércio mundial. Um índice VCR menor que uma unidade indica uma desvantagem comparativa revelada do país num determinado produto, enquanto um valor pro acima de um mostra uma vantagem comparativa revelada no produto. Copyright © 2008 APEX-Brasil 4 Todos os direitos reservado
  • 5. 19/12/2008 Inteligência Comercial Empresas brasileiras exportadoras - Nigéria NIGÉRIA Empresas Exportadoras Empresas de Projetos APEX Clientes Empresas Empresas Empresas Empresas Empresas Clientes Clientes Clientes Clientes PORTE 2005 2006 2007 2008 05 a 08 APEX 2005 APEX 2006 APEX 2007 APEX 2008 APEX 05 a 08 1 - Desconhecido 20 18 17 16 43 1 2 - 1 2 2 - Micro 21 23 22 25 57 2 5 4 4 9 3 - Pequena 16 15 25 18 44 1 3 4 2 9 4 - Média 55 67 77 68 125 18 22 26 24 38 5 - Grande 102 97 95 90 155 14 14 12 10 20 TOTAL 214 220 236 217 424 36 46 46 41 78 FONTE Secex/MDIC e Sigeor/Apex-Brasil PRODUTOS EXPORTADOS POR SETORES/COMPLEXOS Participação Participação do Crescimento médio das Crescimento médio Valor importado pelo VCR do principal Comentário sobre o brasileira nas Principal principal concorrente exportações brasileiras das exportações dos VCR do Brasil (média Complexo Setor mercado em 2007 concorrente (média Potencial do setor no importações do concorrente nas importações do para o mercado (2004- concorrentes para o 2004-2007) (US$) 2004-2007) mercado-alvo mercado em 2007 mercado em 2007 2007) mercado (2004-2007) Alimentos Bebidas e Agronegócio Gordura e óleos animais 83.736.966 3,5% EUA 31,9% 424,1% 43,0% 0,94 4,57 A CONSOLIDAR Máquinas e Equipamentos Instrumentos de Precisão 13.051.403 6,7% EUA 18,8% 67,0% 20,0% 0,92 1,79 A CONSOLIDAR Casa e Construção Civil Madeiras e cortiças 28.669.506 21,6% Polônia 54,3% 579,5% 947,0% 5,23 3,10 A CONSOLIDAR Alimentos Bebidas e Agronegócio Metais não ferrosos 95.220.823 33,9% Índia 13,7% 40,9% 12,9% 1,94 1,44 CONSOLIDADO Moda Peles e couros 60.346 18,4% Itália 56,2% -6,9% 78,8% 10,91 1,56 DECLÍNIO Alimentos Bebidas e Agronegócio Produtos metalúrgicos 411.482.307 8,2% Ucrânia 21,8% 32,0% 34,0% 2,98 15,90 A CONSOLIDAR Casa e Construção Civil Produtos minerais 26.375.532 45,3% Grécia 19,1% 54,5% 43,4% 20,86 0,55 CONSOLIDADO Casa e Construção Civil Tintas 3.551.775 5,2% Reino Unido 21,8% 279,6% 46,0% 1,86 1,32 A CONSOLIDAR Máquinas e Equipamentos Veículos automotores e partes 288.479.573 24,6% Países Baixos 13,1% 46,0% 27,1% 1,78 0,54 A CONSOLIDAR Alimentos Bebidas e Agronegócio Farinhas para animais 707.079 5,8% Reino Unido 39,7% 91,1% 6,5% 0,28 0,85 A CONSOLIDAR Casa e Construção Civil Obras diversas 425.906 0,0% Alemanha 30,9% -87,9% 47,0% 0,11 2,59 DECLÍNIO Máquinas e Equipamentos Petróleo 4.085.430.160 19,4% Países Baixos 44,5% 111,0% 42,1% 1,05 1,98 A CONSOLIDAR Alimentos Bebidas e Agronegócio Vinhos e vermutes 249.035 1,0% África do Sul 72,0% -51,0% 120,0% 0,21 1,35 DECLÍNIO Máquinas e Equipamentos Bebidas Destiladas 1.418.811 6,0% Reino Unido 27,7% 65,4% 25,8% 0,15 1,73 A CONSOLIDAR FONTE GTIS/ Elaboração UIC/Apex-Brasil Copyright © 2008 APEX-Brasil 5 Todos os direitos reservado
  • 6. 19/12/2008 Inteligência Comercial PRODUTOS NÃO NÃO-EXPORTADOS – OPORTUNIDADES VCR do Crescimento médio Crescimento médio Importações totais Brasil das importações das importações Complexo Setor pelo mercado em Dinamismo Comentário (média 2004- totais do mundo totais do mercado 2007 (US$) 2007) (2004-2007) (2004-2007) Alimentos Bebidas e Agronegócio Carne de aves 408.644 11,94 10,25% 15,58% Dinâmico Oportunidade Agronegócio Cereais em grão esmagados 954.867.492 1,33 8,84% 9,13% Dinâmico Oportunidade Alimentos Bebidas e Agronegócio Chocolates, balas e confeitos 1.865.886 0,89 7,49% 58,77% Muito dinâmico Oportunidade Alimentos Bebidas e Agronegócio Demais carnes 411.814 1,50 8,91% 8,98% Muito dinâmico Oportunidade Alimentos Bebidas e Agronegócio Farinhas para animais 27.908.021 1,01 10,47% 51,59% Muito dinâmico Oportunidade Casa e Construção Civil Madeiras e cortiças 26.752.077 2,43 3,18% 21,19% Dinâmico Oportunidade Casa e Construção Civil Metais não ferrosos 370.601.811 0,94 24,45% 52,05% Muito dinâmico Oportunidade Casa e Construção Civil Pólvora 12.031.048 0,88 8,02% 38,27% Dinâmico Oportunidade Casa e Construção Civil Produtos cerâmicos 63.902.162 0,62 9,55% 30,00% Dinâmico Oportunidade Casa e Construção Civil Produtos metalúrgicos 1.933.510.505 1,50 14,45% 30,32% Muito dinâmico Oportunidade Tecnologia e Saúde Produtos químicos 586.621.696 0,76 11,27% 24,44% Dinâmico Oportunidade Alimentos Bebidas e Agronegócio Semente 14.447.887 0,79 6,23% 28,75% Muito dinâmico Oportunidade Agronegócio Soja (grãos, óleos e farelo) 9.317.369 23,04 7,11% 9,87% Muito dinâmico Oportunidade Máquinas e Equipamentos Veículos automotores e partes 2.371.087.332 0,79 9,40% 34,38% Dinâmico Oportunidade FONTE GTIS/ Elaboração UIC/Apex-Brasil Copyright © 2008 APEX-Brasil 6 Todos os direitos reservado

×