Your SlideShare is downloading. ×
Contrapondo a Arrogância Com a Humildade.
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Contrapondo a Arrogância Com a Humildade.

4,143
views

Published on


0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
4,143
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
13
Actions
Shares
0
Downloads
95
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. TEXTO ÁUREO
  • 2. VERDADE PRÁTICA A humildade é uma virtude que deve ser zelosamente cultivada, pois a arrogância leva à destruição e a morte eterna.
  • 3. OBJETIVOS Após esta aula, o aluno deverá estar apto a: Dissertar sobre a relação entre a humildade e a arrogância. Explicar os contrastes ilustrativos: o sábio e o insensato; o justo e o injusto; o rico e o pobre; o príncipe e o escravo. Cultivar a virtude da humildade e rejeitar a arrogância.
  • 4. ESBOÇO DA LIÇÃO I – O SÁBIO VERSUS O INSENSATO 1. Sabedoria e humildade. 2. Insensatez, arrogância e altivez. II – O JUSTO VERSUS O INJUSTO 1. Justiça e humildade. 2. Injustiça e arrogância. III – O RICO E O POBRE 1. Riqueza e arrogância. 2. Pobreza e humildade. IV – O PRÍNCIPE VERSUS O ESCRAVO 1. Realeza: Arrogância e humildade. 2. Escravidão: humildade e realeza.
  • 5. PALAVRA – CHAVE Humildade: Qualidade de humilde. Virtude caracterizada pela consciência das próprias limitações. Pv 18.12
  • 6. INTRODUÇÃO  A arrogância causa muitos males ao ser humano, mas essa nem sempre é percebida, isso porque o orgulhoso não atenta para a sua condição.  Por outro lado, a humildade, uma das principais virtudes cristãs, precisa ser cultivada, contrapondo a altivez de espírito. Na aula de hoje, com base no livro de Provérbios, bem como em outros textos bíblicos, faremos um estudo comparativo entre esses dois comportamentos.  Ao final ressaltaremos os aspectos cristãos da humildade, personificados no próprio Cristo, o maior exemplo de serviço.
  • 7. I – O SÁBIO VERSUS O INSENSATO 1. Sabedoria e humildade.  Para que se tenha sabedoria, torna-se Onecessário ser humilde (Pv.11.2) orgulhoso será logo humilhado; mas com os humildes está a exige, antes  A aquisição da sabedoriasabedoria. de mais nada, o reconhecimento de que nada se Pv 11.2 (NTLH) sabe, de que é preciso aprender.  A sabedoria é entendida como a aplicação correta do conhecimento em nosso dia a dia. Em Provérbios, ela é vista como um antídoto contra a arrogância. É melhor conseguir sabedoria do que  Daí a insistência do sábio em que se busque a ouro; é melhor ter conhecimento do que sabedoria (Pv 16.16) prata. Pv 16.16 (NTLH)
  • 8.  Ser humilde é reconhecer que se precisa de Deus, que se é inferior, que se é pó e que somente em Deus teremos conhecimento, poderemos saber alguma coisa.  Quem quer aprender com Deus é um eterno aprendiz, pois o Senhor é infinito, é ilimitado e, portanto, jamais poderemos chegar ao pleno conhecimento d’Ele.  A falta de humildade faz com que as pessoas se tornem néscias, sem sabedoria, o que, Em vindo a soberba, sobrevémeterna, pois certamente, as levará à perdição a desonra,sábio age com humildade (Pv 11.2). quem é mas com os humildes está a sabedoria. Pv 11.2 (ARA)
  • 9. I – O SÁBIO VERSUS O INSENSATO 2. Insensatez, arrogância e altivez.  Na visão de Provérbios, o arrogante é uma pessoa insensata e desprovida de qualquer lucidez e bom senso.  Verdadeiramente, o arrogante está pronto a fazer o mal, pois age projetos iníquos, pés coração que tramacom: que se apressam 6.18)  soberba e altivez (Pv a correr para o mal.  É uma não sabe6.18 (ARA) sem domínio Quem pessoa ose controlar é tão sem Pv inexperiente, cheio rejeita Quem estáfoi feitoestômago com Ohomem sensato vê o perigo e se freio, chicote 25.28) para o própriocomo uma cidade cavalo, o (Pv O defesa mel; mas, para quem está com até o jumento, e a vara, sem muralhas. para o (Pv 27.12) para  Ingênuo mas o 25.28 (NTLH) em frente e esconde, insensato vai as costas fome, atéPvtem juízo. O tolo, citando a de quemsenso comida amarga é doce. não27.12 (NTLH)  Sem bom Pv (Pv 27.7) acaba mal. um provérbio, como um animal ou Pv 27.7 como o  E que se comporta é (NTLH) bêbado um tentando tirar bêbado (Pv 26.3,9) um espinho da mão. Pv 26.3,9 (NTLH)
  • 10. II – O JUSTO VERSUS O INJUSTO 1. Justiça e humildade. A provérbios Deus torna um país  Nosobediênciaoahumildade é característica Muitos buscam a favor daquele que grande pessoa sensata, modestajustiça e e poderoso mas o pecado traz de uma mas para o homem a e mansa governa, vergonha e desonra para uma por isso sabe que: vem do SENHOR. Pv 29.26 (ARA)nação. A A justiça é de origem divina de 29.26) Os tesouros da impiedade que procura  justiça protege o homem(Pv nada Pv 14.34 (VIVA) fazer o bem mas o pecador é derrubado aproveitam; mas nações (Pvlivra da  Que ela exalta ímpio é abominável ao O caminhoprópriosjustiça 14.34) 13.6 do as a pecados. Pv pelos seus10.2 (ARC) morte. Pvmas (Pv 10.2) SENHOR,  Livra da morteele ama o que segue a (VIVA) justiça. Pv 15.9 (ARC)  Guarda o que anda em integridade (Pv 13.6) Faça o que é direito e justo, pois isso  É amada por Deus (Pv15.9) agrada mais a Deus do que lhe oferecer  E por isso deve ser exercitada (Pv 21.3) sacrifícios. Pv 21.3 (NTLH)
  • 11. Você tem sido justo?
  • 12. O JUSTO VERSUS O INJUSTO 2. Injustiça e arrogância.  A insensatez e a arrogância são categorias morais que aparecem associadas à prática da injustiça.  Nenhum arrogante agirá com humildade e tampouco o injusto procederá com justiça. O arrogante possui uma escala de valores distorcidas e não se dá conta dos malefícios das suas ações.  O pior é que ele não possui humildade para reconhecer o fato.
  • 13.  A palavra hebraica para “arrogante” é gabahh, que significa orgulhoso, alto e exaltado. Por outro lado, o termo hebraico traduzido como “humildade” vem da raiz de um vocábulo que significa afligir, oprimir e humilhar.  Na prática, a Bíblia nos mostra que quem se sente acima dos outros pode ser tentado a pisá-los, oprimí-los e humilhá-los, e essas são atitudes impensáveis para um servo de Deus.
  • 14. III – O RICO VERSUS O POBRE 1. Riqueza e arrogância.  A riqueza passapobre insulta aquele O que oprime ao a ser estimada pelo próprio Deus quando atende que que o criou, mas a este e é humilde seus Quem teme o SENHOR honra oaos se propósitos: compadece do necessitado Pvvida consegue riqueza, prestígio e 14.31 O que  NessePv 22.4sua terra virá a fartar-se (ARA) lavra a (NTLH) e humildade podem longa. aspecto, riqueza até mesmo o que se ajunta de pão, masandarem juntas: a vadios se fartará de pobreza. O Provérbios deixa  Uma primeira leitura de homem fiel será cumulado de bênçãos, mas o que claro que Deus condena tanto a riqueza seadquirida apor meios injustos, como a apressa enriquecer não passará pobreza gerada pela preguiça. sem castigo. O homem que ama a sabedoria a riqueza pode ser o  Por isso, alegra a seu pai, mas fruto da justiça, e a pobreza, às vezes, companheiro de prostitutas resultado da indolência os bens. Pv 28.19,20; 29.3) desperdiça e do ócio. (Pv 28.19,20; 29.3 (ARA)
  • 15. III – O RICO VERSUS O POBRE 2. Pobreza e humildade. Melhor é o pobre também, na há  Devemos considerar, que anda que sua um sinceridade do que é resultado de tipo de pobreza que o de caminhos um perversos, ainda que seja rico. Pv 28.6 determinado contexto sócio-histórico (Pv28.6). (ARC)  O livro de Provérbios nos mostra que os sábios demonstram uma preferência pelo Os ricos sempre pensam que são sábios, mas o mesmo que étendo grandes A pobre. Este pobre não inteligente vida boa reputação vale mais que uma os econômica confortável, com integridade conhece muito bem. Pvage estima vale 28.11 (NTLH) riquezas; desfrutar de boa e justiça (Pv 28.11). mais que prata e ouro. As riquezas  Tal pobre é identificado como sábio, pois ele desaparecem assim que você as sabe que os valores divinos e eternos são contempla; elas criam asas e voam como melhores que as riquezas terrenas (Pv 22.1; águias pelo céu. Pv 22.1; 23.5 (NVI) 23.5)
  • 16. IV – O PRÍNCIPE VERSUS O ESCRAVO 1. Realeza : arrogância e humildade. A Quando pois, dá um Provérbios foi  teu servo, o livro de coração entendido para julgar a teu povo, para escrito, a nação de Israel era uma que prudentemente discirna entre o monarquia. bem e o mal; porque quem poderia  Nesta, a teu tão grande Rei recebe figura do povo? E julgar a este destaque especial. Em Israel, isso disse-lhe Deus: Porquanto pediste esta não não diferente. Salomão era rei coisa e seriapediste para ti e sabia que, para governar, precisava riquezas, nem pediste a vida de teus da sabedoria divina, a fim inimigos, mas pediste para ti e discernir entendimento, para ouvir causas de entre o bem e o mal (1Rs 3.1-10) juízo. Rs 3.9,11 (ARC)
  • 17.  A sabedoria (Pv 17.7) Um rei justo e honesto ajuda seu país a Não convém ao tolo a fala excelente; crescer a viver em paz; o rei queelementos e sobriedade são quer  E quanto menos ao príncipe, o lábio ficar rico às custas rei para exercer a justiça e indispensáveis ao do povo acaba mentiroso! sua17.7 (ARC) 29.4 (VIVA) destruindo Pv bem-estarPv promover o nação. social do seu povo Quando o governo é formado de (Pv 29.4) homens justos e honestos o povo vive feliz, mas quando os líderes de uma  O governante que teme a Deus povomais nação são maus e desonestos o dará atenção ao pobre e ao humilde. Agindo chora de tristeza. Pv 29.2 (VIVA) assim, será abençoado perpetuamente (Pv 29.2)
  • 18. O PRÍNCIPE VERSUS O ESCRAVO 2. Escravidão: humildade e realeza.  Em seu Comentário Devocional da Bíblia, o expositor bíblico Lawrence O. Richard, discorre sobre o sentido de Provérbios 31.1-9  Esses versículos de conselho, dados por um rei que escrevia sob o pseudônimo de Lemuel, revelam uma visão elevada da responsabilidade real.  O rei é servo do seu povo, e deve proteger os oprimidos e julgar com justiça. A indulgência pessoal “não é própria dos reis”. Eles devem despender a sua força e o seu vigor servindo ao seu povo, não procurando mulheres ou embriagando-se. Rei Jesus
  • 19.  A verdade de Provérbios 17.2 se cumpriu quando Jeroboão, servo de Salomão, tornouO se príncipe das dez tribos do norte de Israel servo prudente dominará sobre o filho que procede indignamente; e (1 Rs 12.16-25). entre os irmãos repartirá a herança. Pv  Mas um sentido metafórico e interessante 17.2 (ARC) para destacarmos nesse texto é que as pessoas provenientes de uma condição humilde, quando agem com prudência, sobressaem-se aos arrogantes.  Os que, porém, desprezam a “Dê poder ao homem e você saberá agem o humildade, quando chegam ao topo seu verdadeiro caráter” popular descreve como soberbos. Um ditado isso com precisão:  Tudo é uma questão de princípios, de atitudes e de caráter.
  • 20.  Para que esse caráter se forme no indivíduo não depende da sua classe social, mas dos valores que lhe são germinados desde a mais tenra idade.  Tudo é uma questão de princípios e de atitudes! Que o pobre, ao tornar-se rico não se esqueça de sua origem.  Os seus valores lhe dirão o que ele se tornará: uma pessoa arrogante e egoísta ou alguém compassivo e generoso.
  • 21. CONCLUSÃO  Que dá maior graça. Portanto, diz: Deus Antes, tenhamos consciência de que resiste e continuará resistindo aos soberbos Deus resiste aos (Tg 4:6). Todavia, o soberbos, dá, porém, Pai Celeste humildes. graça aos dá e dará graças àqueles que têm o coração Tg 4.6 (ARC) quebrantado e contrito, que se chega a Ele com humildade. Deus continue Cristo Jesus. vos abençoando em
  • 22. FONTES DE CONSULTAS Bíblia Sagrada Sábios Conselhos Para um Viver Vitorioso, (Pr. José Gonçalves.) Internet
  • 23. Antonio Fernandes de Oliveira é casado com a irmã Guiomar Silva L. de Oliveira, é Díacono da IEADERN, Assembleia de Deus no Estado do Rio Grande do Norte, Copastor na Congregação Rio Doce Setor XXXV. Email:antonioeguiomaroliveira@hotmail.com Tel: (84) 8862-2579 Facebook: Antonio Fernandes Oliveira Blog: www.israeledosenhor.blogspot.com.br