O CANÁRIO TOPETE ALEMÃO<br />HISTÓRICO: A raça Topete Alemão, como o próprio nome sugere, teve sua origem na Alemanha, apó...
Canário Topete Alemão - www.canariosdeporteecor.blogspot.com
Canário Topete Alemão - www.canariosdeporteecor.blogspot.com
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Canário Topete Alemão - www.canariosdeporteecor.blogspot.com

5,618

Published on

Informações Gerais.

Published in: Lifestyle
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
5,618
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Canário Topete Alemão - www.canariosdeporteecor.blogspot.com

  1. 1. O CANÁRIO TOPETE ALEMÃO<br />HISTÓRICO: A raça Topete Alemão, como o próprio nome sugere, teve sua origem na Alemanha, após criterioso trabalho de seleção genética realizado por criadores alemães. Apesar de sua origem ser anterior à esta data, somente no ano de 1963 estes criadores apresentaram um padrão de julgamento para a raça. <br />Idealizada para ser um canário de cor que possui topete, sendo desta forma julgado entre os canários de porte. Por este motivo, canários Topete Alemão só concorrem se possuírem topete, sendo que as aves sem topete são consideradas canários de cor. Os padrões de cor são idênticos aos canários deste segmento da canaricultura, sendo a única diferença a avaliação do topete, que deve seguir regras especiais.<br />TOPETE ALEMÃO IDEAL: O tamanho ideal varia entre 13 e 14 cm. O topete ideal deve partir da parte superior do bico, passar sobre a parte superior dos olhos e terminar na base da nuca, completando a forma ovalada da cabeça, porém sem que as penas da parte traseira do topete dissimulem-se perfeitamente na nuca. Num exemplar de qualidade, as penas acima referidas devem acompanhar a curvatura da nuca, podendo aparecer uma pequena área calva na região occiptal. [Nota 1: tal característica de penas destacando-se na nuca, também denominadas “penas em forma de cauda de marreco” são características marcantes em aves brasileiras - na Europa, aves com topete perfeitamente aderido à nuca já são aceitas e valorizadas]. Ao contrário de outras raças de topete, o ponto central do Topete Alemão pode não possuir um ponto central, mas sim uma pequena linha central de até três milímetros da qual o topete se irradia. Topetes circulares e densos, cobrindo olhos e bico, conforme o que ocorre na raça Gloster, deve ser penalizado com rigor durante a avaliação de um Topete Alemão. Com relação à cor do Topete Alemão, esta deve seguir os mesmos padrões utilizados para os canários deste segmento. Não são admitidos pássaros “malhados” ou “pintados”, sendo que as aves devem possuir cor única. Não são admitidas penas lipocrômicas ou unhas despigmentadas em aves melânicas; canários lipocrômicos também não podem apresentar penas escuras pelo corpo ou partes córneas pigmentadas (escuras). Entretanto, nos lipocrômicos, podem ser admitidas aves com topete lipocrômico, grisalho ou totalmente melânico, sendo que estas penas grisalhas ou melânicas não devem ultrapassar o limite do topete. [Nota 2: apesar de ser um canário de cor, e poder ser apresentado com qualquer uma das cores existentes no segmento “canários de cor”, no Brasil existe a tendência de apresentação e valorização dos exemplares de cores “clássicas”, especialmente nos canários de linha escura – são valorizados: branco recessivo, branco dominante, amarelo intenso e nevado, vermelho intenso e nevado, azul recessivo, azul dominante, verde intenso e nevado, cobre intenso e nevado; apesar de existirem bons exemplares albinos, lutinos, rubinos, marfins, féos, opalinos, ágatas, canelas, ônixes, entre outras cores. Na Europa, entretanto, são admitidas todas as cores, e existem aves variando desde asas cinza até mosaicos.] De modo geral, a ave deve se apresentar com aspecto saudável e limpo, com forma e posição idêntica à um canário de cor, possuindo plumagem compacta.<br />ITENS DE AVALIAÇÃO (Planilha de pontuação): Topete – 25 pontos; Cor – 20 pontos; Forma – 15 pontos; Plumagem – 15 pontos; Tamanho – 10 pontos; Posição e Apresentação – 10 pontos; Condição Geral – 5 pontos; totalizando 100 pontos possíveis teoricos na avaliação da ave. <br />OBSERVAÇÃO IMPORTANTE: Segundo novo Manual de Julgamento e Stardands de Canários de Porte da Federação Ornitológica do Brasil e Ordem Brasileira de Juizes Ornitológicos, lançado em Julho de 2010, em Itatiba, durante a realização do 59° Campeonato Brasileiro de Ornitologia, a tabela de pontuação da raça Topete Alemão passa a ser: Topete – 30 pontos; Cor – 20 pontos; Forma e Tamanho – 15 pontos; Plumagem – 15 pontos; Condição Geral – 10 pontos; Posição e Apresentação – 10 pontos. Existe também uma recomendação para que os juízes ornitológicos tenham maior rigor na avaliação da quantidade, qualidade e distribuição da cor na raça Topete Alemão.<br />CLASSES PARA CONCURSO:<br />- Topete Alemão fundo branco lipocrômico<br />- Topete Alemão fundo branco melânico<br />- Topete Alemão fundo branco dominante lipocrômico<br />- Topete Alemão fundo branco dominante melânico<br />- Topete Alemão fundo amarelo intenso lipocrômico<br />- Topete Alemão fundo amarelo intenso melânico<br />- Topete Alemão fundo amarelo nevado lipocrômico<br />- Topete Alemão fundo amarelo nevado melânico<br />- Topete Alemão fundo vermelho intenso lipocrômico<br />- Topete Alemão fundo vermelho intenso melânico<br />- Topete Alemão fundo vermelho nevado lipocrômico<br />- Topete Alemão fundo vermelho nevado melânico<br />DEFEITOS DESCLASSIFICANTES ESPECÍFICOS PARA A RAÇA: Forma diferente da dos canários de cor; Pássaro com forma semelhante à da raça gloster; Canários cuja plumagem não seja unicolor, respeitando a excessão feita para o topete grisalho ou melânico nos lipocrômicos e para as penas longas das asas ligeiramente amarelas nos dominantes; Pássaros lipocrômicos cujas penas grisalhas ou melânicas excedam o limite do topete; Pássaros com topete fendido ou com área calva da nuca muito grande; Pássaros com ponto central acima de 2mm de diâmetro; Pássaros lipocrômicos com manchas melânicas na plumagem ou nas partes córneas (bico e unhas); Pássaros melânicos com despigmentação na plumagem ou nas partes córneas (bico e unhas); Pássaro com fator vermelho mal pigmentado ou com pigmentação má distribuída ou sem uniformidade.<br />GAIOLA PARA EXPOSIÇÃO: A gaiola é idêntica a dos canários de cor, com dois poleiros horizontais.<br />CONSIDERAÇÕES FINAIS: O canário Topete Alemão é um canário de cor que possui topete. Para que se possa melhorar o padrão de cor da raça, devem ser usados canários de cor de qualidade superior, porém com características de forma diferenciadas (especialmente no que tange o formato da cabeça da ave). Também podem ser usados canários sem topete filhos de topetes alemão de qualidade, porém isto não é uma regra. A raça possui formato de topete bastante diferenciado das demais raças de canários com topete, e podem se apresentar com qualquer cor das existentes na canaricultura, porém existe uma tendência à criação de aves de cores clássicas, especialmente nos canários de linha escura. Para correta compreensão dos critérios de avaliação do Topete alemão, recomendamos a leitura do Manual de Julgamento e Standards de Canários de Porte da FOB/OBJO, além de publicações periódicas que são apresentadas na revista Brasil Ornitológico, também da FOB/OBJO. <br />Autor: César G. C. Wenceslau<br />Data: 10/10/2010<br />

×