• Save
Deficiência de Cálcio ou Hipocalcemia - www.veterinariodeaves.blogspot.com
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Deficiência de Cálcio ou Hipocalcemia - www.veterinariodeaves.blogspot.com

on

  • 29,647 views

Todos os direitos reservados

Todos os direitos reservados

Statistics

Views

Total Views
29,647
Views on SlideShare
29,570
Embed Views
77

Actions

Likes
1
Downloads
0
Comments
2

2 Embeds 77

http://veterinariodeaves.blogspot.com 76
http://webcache.googleusercontent.com 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • Saudações!
    Em primeiro lugar muito obrigado por visitar um dos nosso blogsites.
    Meu nome é Antonio Silva e sou o webmaster do Clube dos Psitacídeos®.
    Respondendo a sua pergunta:
    » A fim de agilizar o seu atendimento, peço-lhe gentilmente que preencha o nosso formulário de contato no link abaixo ▼
    Pois necessito de maiores informações.
    » http://contactme.com/50058035e411a60002027490

    Sem mais e ciente de sua compreensão,

    Muito Obrigado pelo seu contato.
    ♫ Clube dos Psitacídeos®
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • Bom dia Dr. Antônio. Tenho um papagaio filhote que parou de andar, não consegue ficar em pé, só anda se arrastando, ou se equilibra nas asas. Já levei a dois veterinários especialista em aves. O primeiro nem deu muita assistência, já o segundo examinou e falou que ele estava com verme, e aplicou uma injeção nele, e disse que não conseguiu identificar o problema, também disse que poderia ser uma bactéria que estava consumindo o cálcio. Assim passou para ele Avitrin Cálcio,Glicopan, Nistatina e Flagyl pediátrico, e também colocou uma tala nas pernas durante alguns dias. E devido a fcar se
    arrastando ficou com ferimento na perna, ele passou uma pomada. Depois que retornamos para revisão ele disse que talvez voltasse a andar, que só dependia dele.Só que a tala que ele colocou deixou seus pés tortos, e ainda não estamos vendo nenhuma melhora, não consegue ficar em pé. Poderia me ajudar?
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Deficiência de Cálcio ou Hipocalcemia - www.veterinariodeaves.blogspot.com Deficiência de Cálcio ou Hipocalcemia - www.veterinariodeaves.blogspot.com Document Transcript

  • DEFICIÊNCIA DE CÁLCIO OU HIPOCALCEMIA A Hipocalcemia é uma doença relativamente comum na rotina das criações comerciais e amadoras, sendo muitas vezes desastrosas, quando afetam nossas aves de modo agressivo e fulminante. Tenho recebido algumas aves que muitas vezes tem sintomas que o proprietário, mesmo os antigos, não vê com facilidade ou não a associaram com a deficiência de cálcio. Vamos explanar um pouco sobre esse assunto na intenção de promover uma maior atenção aos nossos amigos passarinheiros, no controle e diminuição de casos de deficiência de cálcio em nossas aves. A causa da doença, como o próprio nome diz, é a falta de cálcio na ave que pode ocorrer por diversos fatores. Dentre eles podemos ter: - alimentação inadequada com deficiência ou balanceamento errado de cálcio/fósforo. - deficiência de vitamina D na dieta da ave, pois é ela que faz com que haja facilitação na absorção de fontes de cálcio contidas no alimento. - problemas glandulares da ave, levando a uma má reabsorção renal de cálcio e utilização do mesmo dentro do organismo. - problemas digestivos que promovam uma aceleração do trânsito intestinal, diminuindo-se assim a absorção de nutrientes e do cálcio alimentar. - alimentação com baixo índice ou concentração de gordura, favorecendo a não absorção de vitaminas lipossolúveis, que são as vitaminas A, E, K e a vitamina D. As vitaminas lipossolúveis (A, D, E e K) se dissolvem na gordura do alimento e quando ocorre a sua absorção estas também são absorvidas. Daqui tiramos que, para que ocorra uma absorção correta e eficiente das vitaminas lipossolúveis necessitamos de gordura mínima na alimentação normal das aves. - perdas excessivas de cálcio decorrentes de condições que favoreçam o mesmo, como: diarréias com lesão de mucosa intestinal; exercícios excessivos; posturas seqüenciais; grande número de ovos por postura; parasitas intestinais; protozoários intestinais; parasitos externos (piolhos) hematófagos (que se alimentam de sangue); entre outras causas. Como sinais clínicos, podemos ter: - em fêmeas em fase reprodutiva o sinal mais comum são os ovos com casca moles, sem casca e ovos virados, levando a debilitação da mesma
  • e caso não for efetuado a sua correção pode evoluir para a morte do animal. - aves com fragilidade óssea, onde podem ocorrer fraturas espontâneas (o osso se rompe sem o animal fazer esforço excessivo ou mesmo com a sua atividade normal), engrossamento de juntas ósseas (articulações), deformação de pernas, dedos, asas, coluna, entre outras. - sinais neurológicos, como: ataques convulsivos, incoordenação motora, má posicionamento de cabeça, andar em círculo, paralisias e paresias (é como se fosse uma meia paralisia), fraqueza; dificuldades visuais, entre outros. - falta de apetite. - alteração respiratória com fraqueza e grande dificuldade, levando a ave a estado agônico. - alteração cardíaca podendo levar até mesmo a enfarto e morte. -com o progredir do problema o desfecho da doença é a morte da ave. O diagnóstico da hipocalcemia se dá através de: - histórico da ave com relação a alimentação, problemas que a ave teve ou tem, controle parasitário, entre outros. - exames clínicos, onde fazemos vistoria e medimos dados que possam indicar a presença desta doença. - exames laboratoriais em aves de porte maior, onde há possibilidade de se medir a concentração de cálcio no sangue. - radiografia óssea, com isso teremos idéia do grau de calcificação nos ossos da ave. - devemos descartar ou averiguar doenças que possam apresentar sintomas parecidos ou que se assemelhem aos sinais de hipocalcemia. O tratamento básico é a complementação de cálcio na alimentação. Como podemos ter vários fatores que podem influenciar de modo decisivo nesta doença, devemos averiguar todas as alterações que possam estar interferindo no aparecimento e instalação desta moléstia, facilitando-se assim no procedimento de correto tratamento. A suplementação de vitamina D, fornecimento de cálcio, correção alimentar e medicação suporte ou sintomática também se tornam necessárias, muitas vezes. Por ser uma doença decorrente de falta de cálcio no organismo as chances de se ter sucesso em seu tratamento são muito altas. Em alguns casos pode haver regressão de modo lento e gradativo, como por exemplo, na hipocalcemia em papagaios do congo (papagaio Jaco,
  • como é conhecido) que desenvolvem a Síndrome hipocalcêmica, por alteração de uma glândula chamada paratireóide, com isso há deficiência hormonal levando a um quadro de falta de cálcio severo e recuperação lenta. As medidas mais importantes para que ocorra a prevenção do problema em nossos plantéis se dá na correta administração de rações de fabricantes idôneos, suplementação alimentar quando oferecemos alimento em forma diferente de ração e cuidados sanitários e higiênicos das aves. Com isso, associado à observação constante das aves, com relação a possíveis alterações de comportamento que possam indicar a presença de doenças, poderemos de modo rápido e eficaz controlá-la e minimizar deste modo o aparecimento desta e de tantas outras que possam prejudicar a nossa criação. Boa sorte a todos e que todos tenham sucesso em suas criações, pequeno ou grande, mas a cada dia evoluindo em direção de um ideal. Qualquer dúvida procure sempre o auxílio de um Médico Veterinário. Luiz Alberto Shimaoka Médico Veterinário CRMV-SP 6003 Todos os Direitos Reservados