Minorias Étnicas no Reino Unido
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

Minorias Étnicas no Reino Unido

on

  • 1,294 views

 

Statistics

Views

Total Views
1,294
Views on SlideShare
1,294
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
12
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Minorias Étnicas no Reino Unido Document Transcript

  • 1. Minorias Étnicas no Reino UnidoIntrodução  Falar globalmente sobre as ideias das minorias étnicas Uma das bases fundamentais dos direitos humanos é o princípio que todos os seres humanos nascemlivres e iguais em dignidade e direitos. Discriminação e perseguição com base na raça ou etnia são clarasviolações desse princípio. A discriminação racial pode tomar muitas formas, desde a mais brutal einstitucional forma de racismo - o genocídio e o apartheid ("vida separada"), até as formas maisencobertas por meio das quais determinados grupos raciais e étnicos são impedidos de se beneficiaremdos mesmos direitos civis, políticos, económicos, sociais e culturais comuns a outros grupos dasociedade. A discriminação racial e étnica continua a ser um dos maiores problemas de direitos humanos nomundo actual, atingindo tanto minorias étnicas quanto, em alguns casos, populações inteiras.  Introduzir as nossas expectativas do trabalho Nesta luta contra o ódio, tentaremos dar uma nova visão do mundo e das suas minorias, dando oconhecimento que apesar de diferentes, continuamos iguais, e que nada é mais importante do quesermos livres sem descriminação e preconceitos, sem termos medo, sem vivermos perseguidos porquem pensa ser melhor em algum aspecto.
  • 2. Breve história das nações do Reino UnidoReino Unido
  • 3. Escócia À época da invasão do Reino Unido pelos romanos, o lugar hoje conhecidopor Escócia foi habitado principalmente pelos pictos. O domínio romano nuncaconseguiu se impor completamente na maior parte da Escócia, apesar dos intensosconflitos. No século VI, o antigo povo escocês, originário da Irlanda, estabeleceu-se nolugar hoje denominado como Argyll, cedendo seu nome à atual Escócia. A região deLothian era povoada pelos anglos, e os bretões se instalaram na região de Strathclde,ao norte. No século IX, algumas regiões da Escócia foram sujeitas a ataques Vikings,época quando foi estabelecido um reino unido da Escócia. Guerras entre a Inglaterra e a Escócia eram frequentes na Idade Média.Em 1707, optando por uma união política e económica mais sólida, os parlamentosingleses e escocês decidiram por um parlamento único para a Grã-Bretanha.
  • 4. Inglaterra A Inglaterra é o território mais extenso e mais povoado do Reino Unido.Habitada por povos celtas desde o século V aC, a Inglaterra foi colonizada pelosromanos entre 43 dC e princípios do século V. A partir de então começou a invasão deuma série de povos germânicos (anglos, saxões e jutos) que foram expulsando aosceltas, parcialmente romanizados, até Gales, Escócia, Cornualha e a Bretanha francesa.No século X, depois de resistir a uma série de ataques vikings, unificou-sepoliticamente. Depois da ascensão de Jaime VI da Escócia ao trono da Inglaterra em1603 e a anexação da Escócia pela Inglaterra em 1707.
  • 5. Irlanda do Norte A Irlanda do Norte é uma nação constituinte do Reino Unido, a única nãosituada na Grã-Bretanha.A área agora conhecida como Irlanda do Norte teve uma história complexa. Foi a pedrafundamental do nacionalismo irlandês na era das ocupações da rainha Isabel I e deJaime I em outras partes da Irlanda, e se tornou o principal aglomerado deacampamentos escoceses depois do Flight of the Earls (quando o governo escocêsnativo, os militares nacionalistas e a elite deixaram a Escócia em massa). Hoje, aIrlanda do Norte passa por uma variedade grande de rivalidades entre comunidades,representadas em Belfast pela bandeira tricolor do republicanismo irlandês ou a UnionFlag, o símbolo da sua identidade britânica, enquanto os kerbstones em áreas demenor influência pintam bandeiras verde/branco/laranja ou vermelho/branco/azul,dependendo se a comunidade local é simpática aos nacionalistas/republicanos ou aosunionistas.Depois do Acordo de Belfast Após o Acordo de Belfast, os eleitores elegeram a Assembleia da Irlanda doNorte para formar um parlamento norte-irlandês. Cada partido que alcança um nívelespecífico de apoio ganha o direito de nomear um membro para o governo e clamarum ministério.O clima de mudança no país foi representado pela visita da Rainha Elizabeth II aos
  • 6. Prédios do Parlamento em Stormont, onde ela conheceu os ministros nacionalistas doPartido Social Democrata Trabalhista e conversou sobre os direitos dos irlandeses donorte que reclamavam tratamento idêntico ao dos britânicos. Igualmente, em visita aIrlanda do Norte, Mary McAleese encontrou-se com ministros unionistas e com osLordes-Tenentes de cada condado, os representantes da Rainha deste pais.
  • 7. País de Gales O País de Gales é uma das nações que constituem o Reino Unido. Porém,actualmente, o País de Gales possui um parlamento autónomo em relação à coroabritânica. A capital é Cardiff.Os romanos construíram fortes em Gales, e deixaram lá marcas históricas e culturais.Em Caerleon, construíram uma bela fortaleza, que é local do anfiteatro que éconsiderado o mais bem mantido e conservado da Grã-Bretanha. O país nunca foiinvadido pelos anglo-saxões, devido a seu povo, que tinha enorme desejo de protegersuas terras, e devido ao terreno montanhoso, que impedia a passagem. O País deGales permaneceu céltico e o seu povo continuou a falar a língua galesa mesmo depoisde os elementos célticos das vizinhas Inglaterra e Escócia terem desaparecidogradualmente. O nome Wales é prova disso, uma vez que provém de uma palavra deraiz germânica que significa estrangeiro e está, assim, relacionada com os nomes devárias outras regiões europeias onde os povos germânicos tomaram contacto comculturas não germânicas.
  • 8. E a cultura nestes países?EscóciaIdioma: o inglês é a língua mais falada, mas em algumas comunidades também éfalado o scots e o gaélico escocês.Alimentação: A cozinha escocesa em geral é simples. Os principais pratos são arenque,ensopado de carneiro, carne bovina assada e cordeiro assado. Também são apreciadosos magníficos bifes do famoso gado escocês Aberdeen-Angus. Outros pratos escocesespopulares são: Haggis, Kippers (arenque defumado), aveia e salmão. O arenquedefumado é um dos pratos preferidos para o pequeno almoço. O uísque é a bebidaescocesa por excelência.Arenque Uísque escocês da rocha do casteloMusica e literatura: A música também tem passado por uma fase entusiástica, desdeópera, músicas gaélicas, píbroque (a música clássica das gaitas-de-foles) até às bandasinternacionais como os Simple Minds. A música tradicional passou por umressurgimento na última década, a abranger ritmos e instrumentos de todo o mundo. Aliteratura também tem muitos adeptos, havendo muitos escritores e poetas.Roupas:
  • 9. Religiões: o protestantismo presbiteriano (Igreja da Escócia, informalmente The Kirk) éa religião oficial e a de 80% da população, mas sofre uma divisão interna entreevangélicos ou calvinistas (ligados à burguesia) e moderados (apoiados pela nobreza);há também ecuménicos (10%) e católicos (10%) e um pequeno número de judeus; amaçonaria tem grande prestígio entre intelectuais, aristocratas e magnatas daindústria.Interesses:Lenda do Lago Ness - EscóciaO Monstro de Loch Ness, também conhecido por Nessie, é uma criatura aquática quealegadamente foi vista no Loch Ness (Lago Ness), nas Highlands da Escócia. A suaexistência, ou não, continua a suscitar debate entre os cépticos e os crentes, e é um dosmistérios . O monstro de Loch Ness é descrito como uma espécie de serpente ou réptilmarinho, semelhante ao plesiossauro, um sauropterígeo pré-histórico.No século XX, o primeiro relato é de 1923, e conta como Alfred Cruickshank avistouuma criatura com cerca de 3 metros de comprimento e dorso arqueado. Os biólogos ecientistas continuam a estudar para apurar se existe ou não esse tal monstro.Monumentos:Castelo de Edimburgo Catedral de St.Giles,
  • 10. InglaterraIdioma: inglêsAlimentação: Pratos típicosSunday roast: O tradicional almoço de domingo é um dos melhores pratos da culináriabritânica.o Sunday roast é composto por 3 tipos de carne: o Gammon (tipo de presuntoassado), o beef (carne bovina) e o Turkey (Peru). ás vezes servem também o carneiro.Ascarnes são servidas com vários tipos de verduras, Yorkshire pudding (uma espécie depãozinho inglês assado e feito a base da gordura da carne assada), e molhos paraacompanhar as carnes.Os principais molhos são: molho gravy e molho de cranberryEnglish Breakfast:O pequeno almoço é a refeição mais completa do dia. Consiste emovos mexidos ou fritos, bacon, tomate, linguiça, torradas, hash brown e torradas.Mash and Bangers: As salsichas de Lincolnshire são famosas pelo seu sabor egeralmente são servidas com puré de batatas e cebolas caramelizadas.Bebidas: A cerveja é a bebida nacional. Há diverso tipos entre eles: lager (leve), a stout(forte) e a bitter (amarga). O gin surgiu em Londres. Pimms, com soda, frutas e hortelãé um drinque refrescante para os dias quentes de verão.Música: A música inglesa, além de ser influente em todo o mundo, contribuiu paradisseminação da língua inglesa ao redor dele, desde quando prevaleciam os Betles .Atéhoje que o The Libertines vem seguindo a tradição da Inglaterra de sempre possuiralgumas das melhores bandas do mundo. O país deu origem a bandas privilegiadas econhecidas em todo o mundo.
  • 11. Desporto: o futebol e o cricket, são duas modalidades muito populares em Inglaterra.O oeste da Inglaterra é um dos melhores pontos para surfar. Alguns dos desportistasmais famosos a nível mundial nestes desportos jogaram em Inglaterra.Roupa:Religiões: as principais religiões da população britânica são representadas pela IgrejaAnglicana ( religião oficial da Inglaterra ) e Católica Romana, somando cerca de 40milhões de pessoas. As outras representações religiosas, dividem-se entre:Muçulmanos , Presbiterianos,Metodistas, Sik, Hindus e JudeusInteresses:Monumentos:Big Ben Palácio de Buckingham
  • 12. Irlanda do NorteIdioma: O irlandês /gaélico irlandês /gaélico, é um idioma falado como língua nativana ilha da Irlanda.Alimentação: A culinária irlandesa pode ser dividida em duas categorias principais:tradicional, composta basicamente por pratos simples; e pratos mais modernos, comoos servidos em restaurantes e hotéis. O colcannon é um saboroso prato feito combatatas e um tipo de alho silvestre, repolho ou couve-flor. Outros exemplos de pratosirlandeses simples são: o Irish stew (guisado irlandês, o boxty (um tipo de panqueca debatata). A Irlanda é famosa pelo seu pequeno almoço irlandês, uma refeição frita (ougrelhada) geralmente constituída por bacon, ovos, salsicha, morcela preta e branca,tomates fritos e pode também ser incluído pão de batatas ou batatas fritas à francesa.Colcannon Irish stew BoxtyDesporto: o futebol é o desporto mais praticadoRoupa:Música: a música tradicional irlandesa com certeza é uma das mais belas da Europa, osCorrs apenas uniram a beleza dela com instrumentos mais arrojadosReligiões: A religião oficial e estudada na escola é a protestante, mas a religiãoensinada em casa é a católica, conforme o povo celta nativo aprendeu com oscatequistas exterminadores alemães, durante a época bárbara.
  • 13. Interesses:Monumentos:Belfast City Hal Albert Memorial Clock
  • 14. País de galesIdioma: O idioma galês em algumas regiões, como no norte do país, ainda é o idiomamais falado. Mesmo onde não é tão utilizado como o inglês, o galês ainda é um idiomaoficial, sendo que a maioria das placas de estradas, por exemplo, apresentam os doisidiomas.Alimentação: A cozinha galesa é similar a inglesa. Os pequenos-almoços são fartos,incluindo bacon, salsichas, cogumelos e até peixes defumados. No almoço uma refeiçãofrequente é o cordeiro com molho de hortelã e o salmão defumadoCordeiro com molho de hortelã salmão defumadoDesporto: o sul do País de Gales é um local bastante procurado para o surf. O futebol ètambém um dos desportos mais praticados.Roupa:Musica: A Ópera Nacional Galesa e a Orquestra National BBC do País de Gales têmreputação internacional. Festivais especiais, conhecidos como eisteddfodau, incentivama preservação e o desenvolvimento da literatura e da música galesa.Religião: 80% (católicos 21%, anglicanos 20%, presbiterianos 14%, metodistas 5%,batistas 3%, outros cristãos 17%), islamismo 11%, sikhismo 4%, hinduísmo 2%,judaísmo 1%, outras 2%
  • 15. Interesses:Monumentos:Castelo de Cardiff Castelo Coch
  • 16. Discriminação e preconceito no Reino UnidoApesar de vivermos no séc. XXI e de conceitos como ‘‘globalização’’ e ‘‘igualdade dedireitos’’ serem defendidos por tanta gente com grande convicção a realidade afasta-se muito destes conceitos utópicos.Por todo o mundo continua a haver discriminação, essa sim é global e é isso quepretende mostrar o nosso trabalho, vamos portanto debruçar-nos sobre adiscriminação e preconceito no Reino Unido , analisando a situação em cada um dosseus quatro países.Comecemos por Inglaterra, onde apesar da presença de várias culturas a tolerâncianão é palavra de ordem.A discriminação ‘‘racial’’ e religiosa são as mais frequentes e são uma preocupação dogoverno que em Outubro 2009 decidiu fazer um estudo que ilustrasse a realidade tendoos resultados obtidos sido chocantes.O estudo visava mais concretamente a discriminação no acesso ao emprego através decandidaturas com identidades falsas, a um dos candidatos foi dado um nome africano,a outro um nome asiático e outro com nome inglês.Os candidatos que aparentavam pertencer a uma minoria étnica tiveram de sercandidatar a 16 vagas para serem convidados para um entrevistas enquanto aocidadão inglês bastaram 9 candidaturas, contudo os 3 candidatos tinham as mesmasqualificações.As minorias étnicas sentem-se discriminadas em lojas , transportes públicos e serviços ,só por terem uma cor de pele ou uma religião diferente . Para esta diferenciação dareligião contribuem as roupas típicas de cada uma, factor que torna a pessoa maisvulnerável a um comportamento discriminatório.Nos restantes países a situação não é muito diferente, mesmo muito semelhante noPaís de Gales e Escócia mas com uma pequena agravante na Irlanda onde em 2009cerca de 20 famílias ciganas tiveram de ser evacuadas depois de uma semana deataques às suas casas
  • 17. Divisão administrativaReino unido: localizada na costa noroeste da Europa continental, temcerca de 58.8 milhões de habitantes em 240.88 km2. Escócia – Esta nação inglesa está dividida em 9 regiões e 3 zonas deautoridade insular. Tem 78.772 km2 de superfície total, onde vivem cerca de 64habitantes por km2 e onde Edimburgo é a sua capital. A Escócia é limitada ao nortepelo oceano Atlântico, a leste pelo mar do Norte, a sudeste pela Inglaterra, ao sul porSolway Firth e pelo mar da Irlanda e a oeste pelo canal do Norte, que a separa da ilhada Irlanda e do oceano Atlântico. Ingalterra - é constítuida por 8 regioes subdividos em condados,Londres a sua capital. Numa superficie de 130.395 km2 vivem 49 milhoes dehabitantes(cerca de 388 habitantes por km2). A Inglaterra abrange todo o território dailha a leste de Gales e ao sul da Escócia Irlanda do Norte - em 6 condados, vivem, 1.7 milhões dehabitantes. De área de 13.843 km2, vivem cerca de 122 habitantes por km2. Irlanda doNorte é a ilha que esta situada a ocidental das Ilhas Britânicas, situada a oeste daInglaterra. Está separada pelo mar da Irlanda, o canal do Norte e o canal de SãoGeorge. Politicamente, a ilha está dividida em Irlanda do Norte (pertencente ao ReinoUnido) e República da Irlanda. Belfast é sua capital.
  • 18. País de Gales - de Cardiff sua capital e habitantes conhecidos comogauleses e celtas, existem cerca de 2.92 milhões de habitantes numa superfície de20.764 km2. O País de Gales faz fronteira com a Inglaterra a leste, com o canal deBristol a sul, e com o mar da Irlanda a norte e Oeste.
  • 19. Conclusão Etnia População % do total*Caucasiano 54 153 898 92,1%Multirracial 677 117 1,2%Indianos 1 053 411 1,8%Paquistaneses 747 285 1,3%Bengalis 283 063 0.5%Outros povos asiáticos (exceto chineses) 247 644 0,4%Negros caribenhos 565 876 1,0%Negros africanos 485 277 0,8%Negros (outros) 97 585 0,2%Chineses 247 403 0,4%Outros 230 615 0,4%*Porcentagem do total da população britânica.Com base nos resultados da pesquisa sobre as várias culturas, etnias e populações,vimos que o Reino Unido é constituído 7,9% por população de etnia diferente á comumda nacionalidade Britânica. Isto só permite concluir o facto de como a diversidadetambém é vantajosa para que um país sobreviva em termos de diferenças. Isto é,segundo os estudos britânicos, as famílias de etnias diferentes continuam a viver a suacultura, os seus costumes, continuam a ter os seus modos vivendo sem medo num paísao qual se adapta a novas experiencias. As crianças vivem e aprendem a lutar contradiscriminações, contra as diferenças, mas crescem e tornam-se seres capazes de seguirem frente. Povos interagem e aprendem novas ideias, novidades que desconheciam
  • 20. sobre outras culturas. Tudo fortalecendo-os e tornando-os capazes de serem diferentesmas felizes.