Estrutura de trabalhos abnt

  • 1,811 views
Uploaded on

Normas da ABNT

Normas da ABNT

More in: Education
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
1,811
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
32
Comments
0
Likes
1

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Parte externa Parte Interna Capa (obrigatório) Lombada (opcional) Folha de rosto (obrigatório) Errata (opcional) Folha de aprovação (obrigatório) Dedicatória (opcional) Agradecimentos (opcional) Epígrafe (opcional) Resumo na língua vernácula (obrigatório) Resumo em língua estrangeira (obrigatório) Lista de ilustrações (opcional) Lista de tabelas (opcional) Lista de abreviaturas e siglas (opcional) Lista de símbolos (opcional) Sumário (obrigatório) Elementos Pré-Textuais Elementos Textuais Introdução Desenvolvimento Conclusão Elementos Pós-Textuais Referências (obrigatório) Glossário (opcional) Apêndice (opcional) Anexo (opcional) Índice (opcional) A estrutura de uma tese, dissertação ou trabalho acadêmico compreende:
  • 2. Parte externa – Capa - Anverso (obrigatório) Nome da Instituição Nome do autor Título do trabalho: subtítulo do trabalho Nome da Cidade – UF ANO
  • 3. Elemento opcional. Apresentada conforme a ABNT NBR 12225 Elementos: (vertical ou horizontal) • Nome do autor; • Título; • Indicação de volume , fascículo e data; • Logomarca da editora Parte externa - Lombada (opcional)
  • 4. Parte interna – Elementos pré-textuais Folha de rosto (obrigatório) Nome do Autor Título do trabalho: subtítulo do trabalho Nome da Cidade – UF ANO Trabalho apresentado ao curso Técnico em Administração, Colégio Estadual Professor Francisco Lima da Silva, como requisito parcial para obtenção de nota Docente: Gezieli Marchi
  • 5. Anverso Elemento opcional. Deve ser inserida logo após a folha de rosto, constituída pela referência do trabalho e pelo texto da errata. Apresentada em papel avulso ou encartado, acrescida ao trabalho depois de impresso. Parte interna – Elementos pré-textuais Errata (opcional) ERRATA FERRIGNO, C. R. A. Tratamento de neoplasias ósseas apendiculares com reimplantação de enxerto ósseo autólogo autoclavado associado ao plasma rico em plaquetas: estudo crítico na cirurgia de preservação de membro em cães. 2011. 128 f. Tese (Livre-Docência) - Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011. Folha Linha Onde se lê Leia-se 16 10 auto-clavado autoclavado
  • 6. Anverso Deve ser inserida após a folha de rosto, constituída pelo nome do autor do trabalho, título do trabalho e subtítulo (se houver), natureza (tipo do trabalho, objetivo, nome da instituição a que é submetido, área de concentração) data de aprovação, nome, titulação e assinatura dos componentes da banca examinadora e instituições a que pertencem. A data de aprovação e as assinaturas dos membros componentes da banca examinadora devem ser colocadas após a aprovação do trabalho. Parte interna – Elementos pré-textuais Folha de avaliação (obrigatório) Nome do Autor Título do trabalho: subtítulo do trabalho Comissão Examinadora _____________________________ Prof. Dr. Nome Sobrenome - Orientador Departamento de ... – Universidade _____________________________ Prof. Dr. Nome Sobrenome Departamento de ... – Universidade _____________________________ Prof. Dr. Nome Sobrenome Departamento de ... – Universidade Nome da Cidade, UF ____ de _______ de 2012 Monografia apresentada ao Instituto Superior de Educação de Matias Barbosa, como requisito para obtenção do título de Pedagoga Orientador: Prof. Dr. Nome e Sobrenome
  • 7. Anverso Dedicatória Deve ser inserida após a folha de aprovação. Agradecimentos Devem ser inseridos após a dedicatória. Epígrafe Elaborada conforme a ABNT NBR 10520. Deve ser inserida após os agradecimentos. Podem também constar epígrafes nas folhas ou páginas de abertura das seções primárias. Parte interna – Elementos pré-textuais Dedicatória, Agradecimentos e Epígrafes (opcionais)
  • 8. “Mantenha a fidelidade e a sinceridade como os primeiros princípios” (CONFÚCIO, 2003, p. 8).
  • 9. Anverso  Língua Vernácula e Estrangeira  Elaborado conforme a ABNT NBR 6028  É a apresentação concisa dos pontos relevantes do texto, fornecendo uma rápida visão do conteúdo e das conclusões do trabalho.  Constitui-se em uma sequência de frases concisas e objetivas e não de simples enumeração de tópicos.  O limite máximo de palavras do resumo de um trabalho acadêmico é 500.  O resumo deve ser seguido de palavras-chave e/ou descritores. Parte interna – Elementos pré-textuais Resumo (obrigatório)
  • 10. “Mantenha a fidelidade e a sinceridade como os primeiros princípios” (CONFÚCIO, 2003, p. 8). Língua estrangeira (inglês) Contém as mesmas características do resumo em língua vernácula, seguido das palavras-chave na língua estrangeira
  • 11. Anverso  Ilustrações Elaborada de acordo com a ordem apresentada no texto, com cada item designado por seu nome específico, travessão, título e respectivo número da folha ou página. Quando necessário, recomenda-se a elaboração de lista própria para cada tipo de ilustração (desenhos, esquemas, fluxogramas, fotografias, gráficos, mapas, organogramas, plantas, quadros, retratos e outras). Parte interna – Elementos pré-textuais Listas: ilustrações, tabelas, abreviaturas e siglas e símbolos e (opcional)
  • 12. Anverso  Tabelas Elaborada de acordo com a ordem apresentada no texto, com cada item designado por seu nome específico, acompanhado do respectivo número da folha ou página. Parte interna – Elementos pré-textuais Listas: ilustrações, tabelas, abreviaturas e siglas e símbolos (opcional)
  • 13. Anverso  Abreviaturas Consiste na relação alfabética das abreviaturas e siglas utilizadas no texto, seguidas das palavras ou expressões correspondentes grafadas por extenso. Recomenda-se a elaboração de lista própria para cada tipo. Parte interna – Elementos pré-textuais Listas: ilustrações, tabelas, abreviaturas e siglas e símbolos (opcional)
  • 14. Anverso  Símbolos Elaborada de acordo com a ordem apresentada no texto, com o devido significado. Parte interna – Elementos pré-textuais Listas: ilustrações, tabelas, abreviaturas e siglas e símbolos (opcional)
  • 15. Anverso Elaborado conforme a ABNT NBR 6027 Elementos pré-textuais NÃO devem constar no sumário.  A palavra Sumário deve ficar centralizada e utilizar a mesma tipologia das seções primarias. Parte interna – Elementos pré-textuais Sumário (obrigatório) SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO.................................................. 2 OBJETIVOS..................................................... 2.1 Objetivo geral................................................. 2.2 Objetivos específicos..................................... 3 REVISÃO TEÓRICA......................................... 3.1 Abordagem clássica....................................... 3.2 Abordagem atual............................................ 4 DESENVOLVIMENTO DA PESQUISA............. 4.1 Materiais e métodos....................................... 4.1.1 Pesquisa quantitativa.................................. 4.1.2 Pesquisa qualitativa.................................... 5 RESULTADOS................................................. 6 CONSIDERAÇÕES FINAIS............................ REFERÊNCIAS..................................................
  • 16. Anverso e Verso O texto é composto de uma parte introdutória, que apresenta os objetivos do trabalho e as razões de sua elaboração; o desenvolvimento, que detalha a pesquisa ou estudo realizado; e uma parte conclusiva. Parte interna – Elementos textuais Introdução, Desenvolvimento e Conclusão (obrigatório) INTRODUÇÃO Parte inicial do texto, onde devem constar: A delimitação do assunto tratado. Objetivos da pesquisa. Outros elementos necessários para situar o tema do trabalho. DESENVOLVIMENTO Parte principal do texto, que contém a exposição ordenada e pormenorizada do assunto. Divide-se em Seções e subseções, que variam em função da abordagem do tema e do método. CONCLUSÃO Parte final do texto na qual se apresentam conclusões correspondentes aos objetivos ou hipóteses. É opcional apresentar os desdobramentos relativos à importância, projeção, repercussão, encaminhamento e outros.
  • 17. Anverso e Verso Elaborado conforme a ABNT NBR 6023;  As referências contém todos os documentos, artigos, livros, documentários, filmes e sites utilizados na discussão do trabalho monográfico. Parte interna – Elementos pós-textuais Referências (obrigatório) REFERÊNCIAS ADORNO, Theodor Ludwig Wiesengrund. Conceito de Iluminismo. Adorno Vida e Obra. São Paulo: Nova Cultural, 1999. Col. Os Pensadores. BICCA, Luiz. Racionalidade, Modernidade e Subjetividade. São Paulo: Loyola, 1997. BRUNO, A. R. A Linguagem Emocional em Ambientes Telemáticos: tecendo a razão e a emoção na formação de educadores. Dissertação (Mestrado - Programa de Pós- Graduação em Educação: Currículo). Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo: 2002. CIBERCULTURA E FORMAÇÃO DE RPOFESSORES. Organizdora: Maria Tereza de Assunção Freitas. Belo Horizonte: Autêntica, 2009. CLARETO, Maria Sônia. Espaço escolar e o tornar-se o que se é: educabilidades e a constituição de outros modos de existir a partir do pensamento de Nietzsche. Espaço e educação: travessias e atravessamentos. São Paulo: Junqueira & Marin, 2007. p. 43–56. DELEUZE, Gilles.; GUATTARI, Felix. O que é a filosofia? Tradução: Bento Prado Junior e Alberto Alonso Munoz. 2. ed. Rio de Janeiro: Editora 34, 1997. DELEUZE, Gilles. Nietzsche e a filosofia. Tadução: Ruth Roffily Dias e Edimundo Fernandes Dias. 1. ed Rio de Janeiro: Editora Rio, 1976. ______. Nietzsche. Lisboa: Edições 70; São Paulo: Martins Fontes, 1981. ______. Pensamento Nômade. Nietzsche hoje?: colóquio de Ceresy. São Paulo: Brasiliense, 1985. p. 56–76.
  • 18. Anverso e Verso Glossário Elaborado em ordem alfabética de palavras ou expressões técnicas de uso restrito ou de sentido obscuro, utilizadas no texto, acompanhada das respectivas definições. Apêndice Deve ser precedido da palavra APÊNDICE, identificado por letras maiúsculas consecutivas, travessão e pelo respectivo título. Utilizam-se letras maiúsculas dobradas, na identificação dos apêndices, quando esgotadas as letras do alfabeto. Exemplo: APÊNDICE A – Avaliação numérica de células inflamatórias Parte interna – Elementos pós-textuais Glossário, Apêndice, Anexo e Índice (opcional)
  • 19. Anverso e Verso Anexo Deve ser precedido da palavra ANEXO, identificado por letras maiúsculas consecutivas, travessão e pelo respectivo título. Utilizam-se letras maiúsculas dobradas, na identificação dos anexos, quando esgotadas as letras do alfabeto. Exemplo: ANEXO A – Representação gráfica de contagem de células inflamatórias presentes nas caudas em regeneração - Grupo de controle I (Temperatura...) Índice Elaborado conforme a ABNT NBR 6034 Consiste em uma lista de palavras ou frases ordenadas segundo determinado critério, que localiza e remete às informações contidas no texto. Parte interna – Elementos pós-textuais Glossário, Apêndice, Anexo e Índice (opcional)
  • 20.  Papel: A4 branco ou reciclado;  Margens: esquerda e superior 3 cm, direita e inferior 2 cm. Para o verso: direita e superior 3 cm, esquerda e inferior 2 cm;  Fonte: Cor preta. Recomenda-se tamanho 12 para texto, e menor (tamanho 11) e uniforme para citações com mais de 3 linhas, notas de rodapé, paginação, legendas e fontes das ilustrações e tabelas.  Espaçamento: Todo o texto com espaço 1,5 cm entre linhas. Citações com mais de 3 linhas, notas de rodapé, referências, legendas, natureza do trabalho com espaçamento simples.;  Parágrafos: devem avançar 8 a 10cm adiante a margem esquerda.
  • 21.  Notas de rodapé: As notas devem ser digitadas dentro das margens, ficando separadas do texto por um espaço simples de entre as linhas e por fi lete de 5 cm, a partir da margem esquerda. Devem ser alinhadas, a partir da segunda linha da mesma nota, abaixo da primeira letra da primeira palavra, de forma a destacar o expoente, sem espaço entre elas e com fonte menor.  Títulos com indicativo numérico: Alinhados à esquerda. O número precede ao título, separado por um espaço. Títulos de seções primárias devem iniciar em folha distinta;  Títulos sem indicativo numérico: Errata, agradecimentos, listas, resumos, sumário, referências, glossário, apêndices, anexos e índices, devem ser centralizados;
  • 22.  Até 3 linhas inseridas no texto.  Citações longas ou mais de 3 linhas devem ser feitas em parágrafos diferentes.
  • 23. Paginação: Todas as folhas, a partir da folha de rosto, devem ser contadas, mas não numeradas. A numeração é colocada, a partir da primeira folha da parte textual (Introdução), em algarismos arábicos, no canto superior direito . 2 cm da borda superior.
  • 24.  Numeração progressiva: Elaborada conforme a ABNT NBR 6024. A numeração progressiva deve ser utilizada para evidenciar a sistematização do conteúdo do trabalho. Destacam-se gradativamente os títulos das seções, utilizando-se os recursos de negrito, itálico ou sublinhado e outros, no sumário e, de forma idêntica, no texto.  Citações: Apresentadas conforme a ABNT NBR 10520.  Siglas: A sigla, quando mencionada pela primeira vez no texto, deve ser indicada entre parênteses, precedida do nome completo.  Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT)
  • 25.  Ilustrações: Qualquer que seja o tipo de ilustração, sua identificação aparece na parte superior, precedida da palavra designativa (desenho, esquema, fluxograma, fotografia, gráfico, mapa, organograma, planta, quadro, retrato, figura, imagem, entre outros), seguida de seu número de ordem de ocorrência no texto, em algarismos arábicos, travessão e do respectivo título. Após a ilustração, na parte inferior, indicar a fonte consultada (elemento obrigatório, mesmo que seja produção do próprio autor), legenda, notas e outras informações necessárias à sua compreensão (se houver). A ilustração deve ser citada no texto e inserida o mais próximo possível do trecho a que se refere.  Exemplo: Palavra designativa nº - Título da ilustração. A fonte (referência bibliográfica) e as eventuais legendas ou notas aparecem na parte inferior.
  • 26.  Tabelas: apresenta informações tratadas estatisticamente, nas quais o dado numérico se destaca como informação central. As tabelas são abertas nas laterais e podem ou não ter colunas. Devem ser citadas no texto, inseridas o mais próximo possível do trecho a que se referem e padronizadas conforme o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).  Exemplo: Palavra designativa nº - Título da Tabela A fonte (referência bibliográfica) e as eventuais legendas ou notas aparecem na parte inferior.
  • 27. Exemplos de Ilustrações Fonte: pessoasnotempo.blogspot.com Tabela 2 - Educação do futuro Fonte: olhosdosertao.blogspot.com Imagem 2 - Educação moderna
  • 28. Exemplos de Tabela Fonte: Sobotta (2006). Tabela 2 - Comparativos de Custos Fonte: Unicamp.br
  • 29.  LIVRO:  Autor;  Título da obra;  Número da edição;  Local da publicação;  Casa publicadora;  Data da publicação Ex: MARCHI,G.M.Planejamento de pesquisas social. São Paulo:Edusp,1982. HERSEY,P.;MARCHI.M. Psicologia para administradores. 2ed. São Paulo:Herder 1994.
  • 30.  Internet:  Autor;  Título do trabalho;  Site;  Data de obtenção do dado;  Ex:  MARCHI, G. Divina Comédia. Disponível em:  http://www.cswitt/ltm/literatura,1997.
  • 31. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 6023: informação e documentação: referências: elaboração. Rio de Janeiro, 2002. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 6024: informação e documentação: numeração progressiva das seções de um documento escrito: apresentação. Rio de Janeiro, 2003. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 6027: informação e documentação: sumário: apresentação. Rio de Janeiro, 2003. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 6028: informação e documentação: resumo: apresentação. Rio de Janeiro, 2003. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 6034: informação e documentação: índice: apresentação. Rio de Janeiro, 2004. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 10520: informação e documentação: citações em documentos: apresentação. Rio de Janeiro, 2002. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 12225: informação e documentação: lombada: apresentação. Rio de Janeiro, 2004. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 14724: informação e documentação: trabalhos acadêmicos: apresentação. Rio de Janeiro, 2011. NORMALIZAÇÃO DOCUMENTÁRIA: trabalhos acadêmicos segundo a ABNT/NBR 14724/11. Disponível em: <http://www.slideshare.net/UnespRC/normalizao-de-trabalhos-acadmicos-abntnbr-147242005>. Acesso em: 12 mar. 2012 APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS. Disponível em: http://universidicas.blogspot.com/2011/05/apresentacao-de-trabalhos-academicos.html>. Acesso em: 12 mar. 2012.