Ler e escrever em História

1,399 views
1,146 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,399
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
26
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Ler e escrever em História

  1. 1. A leitura e a escrita comocompromisso de todos os professores de todas as disciplinas do Currículo do Ensino Fundamental.2º Encontro com os professores de História Ler e Escrever em História e AvaliaçãoSecretaria de Estado de Educação de Minas GeraisSuperintendência Regional de Ensino de CaxambuPrograma de Intervenção Pedagógica – PIP CBC Implementação dos CBC
  2. 2. “Reclamamos da má qualidade daleitura dos alunos em geral.”Por que isso acontece na Escolade hoje?
  3. 3. Leitura e Escrita na EscolaA sociedade vê a escola como o espaçoprivilegiado para o desenvolvimento daleitura e da escrita, já que é nela que se dá oencontro decisivo entre a criança e aleitura/escrita.O professor é aquele que apresenta o queserá lido: o livro, o texto, a paisagem, aimagem, a partitura, o corpo em movimento,o mundo. É ele quem auxilia a interpretar e aestabelecer significados.
  4. 4. A importância de cada professor é que eletem um conhecimento profundo dascaracterísticas do ler e do escrever na suaárea de atuação.Professores leitores, professores capazes defazer a sua escrita, a sua comunicação como mundo, são a chave de qualquerpossibilidade de mudança nas práticastradicionais e repetitivas de leitura e escrita.
  5. 5. Necessidade do redimensionamento dos espaços na escola Ensino TradicionalNovas Perspectivas
  6. 6. A escola é responsabilizada pela tarefa delevar o aluno a atrever-se a errar; a construirsuas próprias hipóteses a respeito do sentidodo que vê e lê a assumir pontos de vistapróprios para escrever a respeito do que vê,do que sente, do que viveu, do que leu, doque ouviu em aula, do que viu no mundo láfora, promovendo em seus textos um diálogoentre vida e escola, entre a disciplina e omundo.
  7. 7. Ressignificação dos espaços da Escola Sala de Aula É o único lugar onde as crianças podem ser colocadas quietas nos seus cantos com um livro na mão para aprender que ler é um diálogo solitário com um texto que se vai desvelando ao seu olhar. BibliotecaDeve se tornar um espaço de convergência de todas as atividades dentro de uma escola.
  8. 8. O papel da disciplina de História num contexto de leitura e escrita A Escrita tem uma importância essencial para a disciplina. Pré-História HistóriaO que se espera que um aluno leia em História? O que se espera que um aluno escreva em História?
  9. 9. Expectativas do professor de História paracom o alunoCapacidade de realizar uma leitura crítica edensa do mundo.Análise da realidade social e das construçõeshistóricas.Reconhecer a inserção e participação naHistória, de forma consciente ou não.
  10. 10. Leitura, Identidade, memória e história A leitura da história considera a análise dos pressupostos de que parte do autor, já que a narrativa histórica nunca é neutra. O professor passa a sua visão de mundo para o aluno. Temos que estimular o aluno a falar sobre sua situação social, mas utilizando os recursos teóricos da disciplina.
  11. 11. Não podemos permitir que as atividades deleitura e escrita na aula de história setransformem num ritual burocrático, em que oaluno lê sem poder discutir, respondequestionários mecanicamente e escrevetextos buscando concordar com o professorpara ter sua boa nota assegurada.Temos que lutar para a construção de umapostura crítica e filosófica frente aos textos,fugindo da leitura instrumental ou dogmática,que termina sempre em “decoreba”.
  12. 12. Na escrita, temos que incentivar odesenvolvimento de aspectos críticos eopinativos. As narrativas e os dissertaçõessão os exemplos mais comuns.A necessidade de ampliar o círculo e acirculação dos textos produzidos pelos alunos.Fazer com que os alunos escrevam somentepara o professor limita de forma demasiada aspossibilidades de escrita na escola.
  13. 13. Como trabalhar de forma efetiva com leitura e escrita em História? A História exige posturas específicas de leitura e escrita enquanto ciência. É dever do professor desenvolver esses aspectos com os alunos. Necessidade de fazer com que a linguagem seja usada como instrumento do pensamento, não como uma técnica de transcrição da oralidade.Fazer com que os alunos desenvolvam uma visão de mundo pela leitura e pela escrita.
  14. 14. Desenvolvimento da Leitura Criação de um leitor ativo. Análise dos conhecimentos prévios. Análise do contexto de produção do texto (documento). Levantar os pressupostos do contexto de leitura. Análise da forma e do conteúdo dos textos.
  15. 15. Desenvolvimento da Escrita Auxiliar na teorização de uma experiência social. Criar uma visão de mundo pela escrita. Saber desenvolver os aspectos dos lugares de memória. Estimular a análise e a opinião de determinada situação social utilizando recursos teóricos da História. Capacidade de desenvolver sínteses e noções de historicidade.
  16. 16. Instrumentos Didáticos Anotações, sublinhados e esquemas Resumos
  17. 17. Anotações, Sublinhados e Resumos O professor de História tem que ensinar o aluno a trabalhar com as anotações dentro de um contexto histórico. Explicar todos os processos para que eles consigam desenvolver seus próprios parâmetros para as anotações. A História exige posturas específicas de leitura e escrita enquanto ciência. É dever do professor desenvolver esses aspectos com os alunos.
  18. 18. Benito Mussolini. Fascismo: novo estilo de Exemplo - Anotação vida. In: Le Monde Actuel, Paris, P.U.F., 1963. “O fascismo não acredita na possibilidade nem na utilidadede uma paz permanente. Somente a guerra exige, ao máximo, asenergias humanas e imprime um sinal de nobreza aos povos. Paraos fascistas, a vida é combate incessante. O essencial do fascismo é sua concepção de Estado. Tudo Os fascistas eramno Estado. Nada contra o Estado. Nada fora do Estado. contra os liberais. Se o liberalismo significa indivíduo, o fascismo significaEstado. Para nós, fascistas, o indivíduo está subordinado àsnecessidades do Estado. O fascismo luta para que o Estado sejaforte, organizado e tenha, ao mesmo tempo, uma grande basepopular. O fascismo Fascismo apenas fundador de instituições. É O não étambém educador. Pretende reconstruir homem, seu caráter, suafé. Para atingir esse objetivo, o fascismo conta com autoridade edisciplina capazes de penetrar no espírito das pessoas e aí reinarcompletamente.
  19. 19. Exemplo - ResumoO texto “Fascismo: novo estilo de vida”, escrito porBenito Mussolini_______________, expõe as principaiscaracterísticas do fascismo, que sãoa concepção de Estado autoritário, disciplinado, forte__________________________________________e organizado, do qual os indivíduos estão submisso,__________________________________________pois acreditam na reconstrução do homem, do seu__________________________________________caráter e de sua fé._________________________________________.Esse pensamento político se opõe ao____________ vigente na Europa da época. Essa Liberalismoestrutura política italiana levou o país à SegundaGuerra Mundial.

×