Your SlideShare is downloading. ×
0
Animação de Idosos no Domicílio
Animação de Idosos no Domicílio
Animação de Idosos no Domicílio
Animação de Idosos no Domicílio
Animação de Idosos no Domicílio
Animação de Idosos no Domicílio
Animação de Idosos no Domicílio
Animação de Idosos no Domicílio
Animação de Idosos no Domicílio
Animação de Idosos no Domicílio
Animação de Idosos no Domicílio
Animação de Idosos no Domicílio
Animação de Idosos no Domicílio
Animação de Idosos no Domicílio
Animação de Idosos no Domicílio
Animação de Idosos no Domicílio
Animação de Idosos no Domicílio
Animação de Idosos no Domicílio
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Animação de Idosos no Domicílio

18,491

Published on

Animação de Idosos no Domicílio

Animação de Idosos no Domicílio

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
18,491
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
415
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Acção de Formação - Grupo de Trabalho Inter-Instituições Dinâmicas de Interacção em Centro de Dia e Apoio Domiciliário Animação de Idosos no Serviço Privado de Apoio Domiciliário André Leite Ana Ferro Animação de Idosos no 23 de Maio de 2007 1 Serviço Privado de Apoio Domiciliário
  • 2. ÍNDICE • Enquadramento • A Importância da Animação na 3.ª Idade • Animação do Idoso no Domicílio • Parceria entre um SAD e um Centro de Convívio • Considerações Finais Animação de Idosos no 23 de Maio de 2007 2 Serviço Privado de Apoio Domiciliário
  • 3. Enquadramento • Aumento da Esperança • Anos 60: Aparecimento dos Centros Média de Vida nos últimos de Dia e Centros de Convívio anos • Anos 70: Política de Prevenção e • Actualmente a População de Manutenção das Pessoas no seu Idosos Jovens Domicílio o Maior Tempo Possível • Necessidade de Criar e • Anos 80: Aparecimento dos Serviços Organizar Actividades para de Apoio Domiciliário (SAD) Idosos • Desenvolvimento da • Anos 90: Elevado Crescimento do nº de SAD’s => Idoso + Tempo na sua Animação de Idosos Casa => Redução Custos Estado Continua a aumentar a procura pelo SAD => Listas de Espera (Fonte: INE; Carta Social, 04; Santos, 01) Animação de Idosos no 23 de Maio de 2007 3 Serviço Privado de Apoio Domiciliário
  • 4. Enquadramento • Foi neste contexto que surgiu a Futuro Feliz em Família, que ao desenvolver a actividade de apoio domiciliário, pretende contribuir para uma melhor qualidade de vida das Pessoas e das Famílias que se nos associarem. • Tendo sempre por base os valores Qualidade e Eficiência, propõe serviços adequados às necessidades do Cliente, prestados por profissionais e equipas multidisciplinares. • Os serviços da Futuro Feliz em Família são dirigidos, predominantemente, a Pessoas idosas, por apresentarem mais dificuldades na vida diária e necessitarem de maior acompanhamento clínico. Apoia, igualmente, Pessoas com diferentes graus de deficiência e dependência ou que necessitem de cuidados médicos no domicílio. Animação de Idosos no 23 de Maio de 2007 4 Serviço Privado de Apoio Domiciliário
  • 5. Enquadramento Estrutura da Futuro Feliz em Família Direcção Serviço Social Apoio Médico Reabilitação Física Centro Convívio Assistentes Sociais Médica Medicina Interna Enfermeiros Psicóloga Ajudantes Familiares Médicos Clínica Geral Fisioterapeutas Animadores/Professores Administrativo-Financeiro, Logística e Qualidade Área de Acção: Cascais, Oeiras, Sintra, Amadora, Lisboa, Loures, Montijo, Almada e Barreiro. Animação de Idosos no 23 de Maio de 2007 5 Serviço Privado de Apoio Domiciliário
  • 6. Enquadramento - Serviços Prestados pela Futuro Feliz em Família Serviços de qualidade diferenciada, 24 horas/dia, 365 dias por ano, designadamente: APOIO E ACOMPANHAMENTO • Companhia e deslocações • Higiene e conforto, pessoal e habitacional • Alimentação - confecção/acompanhamento • Administração de medicação de acordo c/ prescrição médica Plano • Actividades Lúdicas e Animação de Desenvolvimento Individual CUIDADOS DE SAÚDE • Fisioterapia e terapias respiratórias • Terapia da Fala • Enfermagem, Exames e Análises Clínicas • Cuidados após alta hospitalar / cuidados continuados • Cuidados específicos a doentes com AVC, Alzheimer, Parkinson e Diabetes • Consultas Médicas e de Urgência ao Domicílio • Massagens terapêuticas, relaxantes, Shiatsu e Acupunctura ACORDO C/ LARES, CASAS DE REPOUSO E RESIDÊNCIAS SERVIÇOS COMPLEMENTARES • Adaptação de Espaços e Supressão de Barreiras • Compras, Pagamentos da Luz, Água, Gás, Telefone, Entrega IRS • Aluguer e Venda de Material e Produtos Geriátricos • Cabeleireiro, Pedicure, Manicure, Estética Animação de Idosos no 23 de Maio de 2007 6 Serviço Privado de Apoio Domiciliário
  • 7. ÍNDICE • Enquadramento • A Importância da Animação na 3.ª Idade • Animação do Idoso no Domicílio • Parceria entre um SAD e um Centro de Convívio • Considerações Finais Animação de Idosos no 23 de Maio de 2007 7 Serviço Privado de Apoio Domiciliário
  • 8. A Importância da Animação na 3.ª Idade Evolução da Animação de Idosos nas últimas décadas Higiene Animação Saúde Ocupacional Alimentação s/ Objectivos, Bricolage Intergeracional Dar ânimo, dinamismo, sentido, significado à vida Cultural Educativa Económica Social Melhoria da Qualidade Vida Equilíbrio entre a Saúde Física e Mental => Caminho para a Harmonia e Qualidade de Vida Animação de Idosos no 23 de Maio de 2007 8 Serviço Privado de Apoio Domiciliário
  • 9. A Importância da Animação na 3.ª Idade Animação de Idosos: actuar em todos os campos do desenvolvimento da qualidade de vida dos mais velhos, sendo um estímulo permanente da vida mental, física e afectiva da pessoa idosa, assim como da sua interacção com a comunidade (Jacob, 06) BEM-ESTAR ANIMAÇÃO DO IDOSO QUALIDADE DE VIDA A Qualidade de Vida dos Idosos depende dos seguintes factores: • Autonomia para executar as actividades do dia-a-dia • Manter uma relação familiar e/ou com o exterior regular • Ter recursos económicos suficientes • Realizar actividades lúdicas e recreativas constantemente Fonte: Inquéritos DGS, 95; Palhouto, 97, CIES/ISCTE, 00, Rutis,04 Animação de Idosos no 23 de Maio de 2007 9 Serviço Privado de Apoio Domiciliário
  • 10. A Importância da Animação na 3.ª Idade • Os Idosos são uma grande Fonte de Sabedoria adquirida pelas Vivências e Trabalho ao longo da Vida • Adaptar a Animação à autonomia e gostos dos Idosos. Falar, Ler, Histórias Antigas, Advinhas, Anedotas, Receitas Culinárias Antigas, Jardinagem, Passeios, Jogos, Informática, Pintura, etc. Animação Motricidade Artes Plásticas Animação Cognitiva/Mental Melhoria ou Manutenção da Previne a Doença Autonomia e Capacidade de Movimento Alzheimer até 47% (Estudo EUA, 94-01) Animação de Idosos no 23 de Maio de 2007 10 Serviço Privado de Apoio Domiciliário
  • 11. ÍNDICE • Enquadramento • A Importância da Animação na 3.ª Idade • Animação do Idoso no Domicílio • Parceria entre um SAD e um Centro de Convívio • Considerações Finais Animação de Idosos no 23 de Maio de 2007 11 Serviço Privado de Apoio Domiciliário
  • 12. Animação do Idoso no Domicílio • Animação: Dar vida a, vitalização, movimento ao que está parado, motivar. É um suporte de comunicação dentro do qual o aspecto relacional é privilegiado (Porto Editora,05; Jacob, 06). • Animador: Criar movimento, vida e actividades. Apresentar propostas e sugestões, seduzir, imaginar, despertar, influenciar sem exercer obrigação. Activo, comunicador, destemido, entusiasta e optimista. É muitas vezes o confidente, amigo/próximo do idoso. • Se retirarmos as necessidades básicas (sono, higiene e alimentação) sobram em média 8 horas diárias, que devem ser de lazer e comunicação, respeitando os direitos (escolha, privacidade) • Vantagem da Animação no Domicílio em relação aos Lares: Em casa o idoso escolhe os seus horários, acordar, deitar, ver TV, escolher a alimentação, ir ao café, passear, jardinagem => Animação até 80%. Os restantes 20%=Animação Dinamizada Animação de Idosos no 23 de Maio de 2007 12 Serviço Privado de Apoio Domiciliário
  • 13. Animação do Idoso no Domicílio 1. Física/Motora-Sensorial: psicomotricidade, coordenação, mobilidade, independência 2. Cognitiva/Mental: activ. Intelectuais, sensoriais, manter activo o cérebro/sist.nervoso 3. Expressão Plástica: manuais 4. Expressão e Comunicação: comunicação e expressão artística 5. Desenvolvimento Pessoal e Social: capacidades de relacionamento [60-90 min.] 3x/sem. 6. Lúdica: divertimento per si 7. Comunitária: relações interpessoais/sociais dos mais velhos com a comunidade aprender comunicar divertir Jogos Adaptar a Animação à Autonomia dos Idosos Autónomos Semiautónomos 5% 60% Dependentes 35% Animação de Idosos no 23 de Maio de 2007 13 Serviço Privado de Apoio Domiciliário
  • 14. Animação do Idoso no Domicílio Imaginação, Disponibilidade, Motivação diferenças op.aritméticas labirinto marcha ginástica histórias matemática desenho memória yoga [60-90 min.] pintura puzzle 3x/sem. hidroginástica natação passeios massagem populares Internet sons/música dominó sudoko bordados informática (raciocínio abstracto) mão gastronomia arcos palavras magia técnica snoezelen aromaterapia cruzadas (multi-sensorial) cromoterapia teste de stroop (palavras vs cores) teatro aprender comunicar divertir Jogos Animação de Idosos no 23 de Maio de 2007 14 Serviço Privado de Apoio Domiciliário
  • 15. ÍNDICE • Enquadramento • A Importância da Animação na 3.ª Idade • Animação do Idoso no Domicílio • Parceria entre um SAD e um Centro de Convívio • Considerações Finais Animação de Idosos no 23 de Maio de 2007 15 Serviço Privado de Apoio Domiciliário
  • 16. Parceria entre um SAD e um Centro de Convívio Animação no Domicílio e no Centro de Convívio Animação de Idosos no 23 de Maio de 2007 16 Serviço Privado de Apoio Domiciliário
  • 17. Considerações Finais Entendemos que, só através do equilíbrio entre a saúde física e mental, se poderá alcançar o caminho para a harmonia e qualidade de vida. Envelhecer é como escalar com uma montanha. Vamos ficando mais cansados, mas a paisagem é cada vez mais privilegiada. Ingmar Bergman Animação de Idosos no 23 de Maio de 2007 17 Serviço Privado de Apoio Domiciliário
  • 18. FIM Contactos Futuro Feliz em Família: Praceta da Saudade, 22, Manique de Baixo 2645-614 Alcabideche Tlm: 911 970 383 / 960 340 690 Fax: 214 480 053 e-mail: geral@fff.pt www.fff.pt Porque Viiver não ttem IIdade Porque V ver não em dade André Leite Ana Ferro Animação de Idosos no 23 de Maio de 2007 18 Serviço Privado de Apoio Domiciliário

×