• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Organograma Brigada Incêndio
 

Organograma Brigada Incêndio

on

  • 4,643 views

 

Statistics

Views

Total Views
4,643
Views on SlideShare
4,643
Embed Views
0

Actions

Likes
1
Downloads
74
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Organograma Brigada Incêndio Organograma Brigada Incêndio Document Transcript

    • Legislação Atual DECRETO Nº 46.076 - 31 AGO 2001.•Instituiu o Regulamento de Segurança contra Incêndio das edificações e áreas de riscoObjetivoI – proteger a vida dos ocupantes das edificações e áreas de risco, em caso de incêndio;II – dificultar a propagação do incêndio, reduzindo danos ao meio ambiente e ao patrimônio;III – proporcionar meios de controle e extinção do incêndio; eIV – dar condições de acesso para as operações do Corpo de Bombeiros.
    • Decreto Estadual - 46076/01 Aplicações • este Regulamento se aplica às edificações e áreas de risco I – construção e reforma; II – mudança da ocupação ou uso; III – ampliação de área construída; IV – regularização das edif. e áreas de risco, existentes na data de public. deste Regulamento Exceções1 – resid. exclusivamente unifamiliares2 – resid. exclusivamente unifamiliares pav. superior de ocupação mista, até dois pavimentos acessos independentes.
    • Legislação Municipal - Lei Municipal nº 3016/85Art 1º - Passa a ser exigido no Município de Franca... documento base da Legislação Estadual...Art 8º - Projetos Aprovados – Prazo 5 anos Novas NormasArt 13º - CB – Controle pessoal instruído Fixará numero necessário Fará avaliação treinamento
    • CLASSIFICAÇÃO DAS EDIFICAÇÕES EÁREAS DE RISCO QUANTO À OCUPAÇÃOGpo Uso Div Descrição Ex. Local Objeto de Museus, F Reunião F-1 valor Bibliotecas Público inestimável Assemelh. CLASSIFICAÇÃO DAS EDIFICAÇÕES QUANTO À ALTURA Tipo Modelo Altura Edificação I Um pavimento Térrea Edificação II H 6,00 m Baixa Edificação de 6,00 m < H III Baixa-Média 12,00 m AlturaLuiz Antonio Bertagna
    • CLASSIFICAÇÃO DAS EDIFICAÇÕES E ÁREAS DE RISCO QUANTO À CARGA DE INCÊNDIO Risco Carga de Incêndio MJ/m² Baixo até 300MJ/m² Médio Entre 300 e 1.200MJ/m² Alto Acima de 1.200MJ/m² EXIGÊNCIAS MÍNIMAS PARA EDIFICAÇÕES EXISTENTES PERÍODO ÁREA ÁREA DA EDIF. CONSTRUÍDA < CONSTRUÍDA E ÁREAS 750 m2 E > 750 m2 e/ou DE RISCO ALTURA <12 m ALTURA >12 m S.E- Al. Inc. l.E-ANTERIOR A S. E.-l. E - Ap Ext Ap.Ext- Sinal. 11/03/1983 Sinal. Emerg Emerg. Hidr MAR 1983 Decreto Estadual 20.811/83 A DEZ 1993 DEZ 1993 Decreto Estadual 38069/93ATÉ ABR 02Luiz Antonio Bertagna
    • EXIGÊNCIAS PARA EDIFICAÇÕES COM ÁREA MENOR OU IGUAL A 750 M2 E ALTURA INFERIOR OU IGUAL A 12,00 M F H L Medid A Seg D F2 F3 B C F4 F6 F1 H1 H2 H I contra E L1 Incênd G F7 F5 H4 H3 5 J F8 Controle Mat X X X X X X X Acaba// Saídas X X X X X X X X X X Emerg Ilumin X X X X X X3 X1 X1 X1 1 1 X4 Emerg 1 ² 1 Sinal X X X X X X X X X X Emerg Extint X X X X X X X X X XNOTAS ESPECÍFICAS: 1 – Somente para as edif. com altura sup. a 5m; 2 – Estão isentos os motéis que não possuam corredores internos de serviços; 3 - Para edif. com lotação sup. a 50 pessoas ou altura superior a 5m; e 4 – Luminárias à prova de explosão.Luiz Antonio Bertagna
    • EDIFICAÇÕES DO GRUPO “A” COM ÁREA SUPERIOR A 750 M2 OU ALTURA SUPERIOR A 12,00 M Ocup uso GRUPO A – RESIDENCIAL Div. A-2 – A-3 e Condomínios Residenciais Med Seg Classificação qto à altura (em metros) contra Tér H 6<H 12 < H 23 < H Incên >30 rea 6 12 23 30 Acesso X1 X1 X1 X1 X1 X1 Vtr Edif Seg Estrut X X X X X Xcontra Incênd Comp Vertic X X X Contr Mat X X X Acaba// S. Emerg X X X X X X Brig Incênd X X X X X XIlumin Emerg X X X X X X AlarIncênd X X X X X X Sinal Emerg X X X X X X Extint X X X X X X Hidr Mangot X X X X X X NOTAS ESPECÍFICAS:1 – Recomendado para as vias de acesso e faixas de estacionamento. Exigido para o portão de acesso ao condomínio.Luiz Antonio Bertagna
    • Instrução Técnica nº 17/01 Brigada de Incêndio Objetivo • Estabelece condições mínimas para: - Formação – Treinamento - Reciclagem Aplicação• Todas Edificações e Áreas de Risco- Tabela “A” Decr. Est. 46076/01 - Percentual de cálculo para composição da brigada de incêndio Tabela “ A” População fixa por pavimento Grupo Div Descrição até 10 > 10 A-1 Habitação unifamiliar Isento A todos osResiden- A-2 Habitação multifamiliar funcionários cial A-3 Habitação coletiva (*) 50% 10% B B-1 Hotel e assemelhado 50% 10% Sv Hosp B-2 Hotel residencial (**) 50% 10% C Comércio e Armazena// mat. C-1 com baixa carga de incêndio 40% 5%ComercialLuiz Antonio Bertagna
    • Currículo Básico Curso de Formação de Brigada de Incêndio OBJETIVO: • Proporcionar aos alunos conhecimentos básicos sobre prevenção, isolamento e extinção de princípios de incêndio, abandono de local e técnicas de primeiros socorros. A - Parte Teórica Módulo Assunto Objetivos Objetivos do Conhecer os objetivos 01 curso e o gerais do curso, Introdução brigadista responsabilidades e comportamento do brigadista. Combustão e Conhecer o tetraedro do 02 Teoria do seus elementos fogo fogo 03 Propagação Condução, Conhecer os processos de irradiação e propagação do fogo. do fogo convecção 04 Classes de Classificação e Conhecer as classes de características incêndio incêndio. 05 Métodos de Isolamento, Conhecer os métodos e extinção abafamento, resfriamento e suas aplicações. extinção química Conhecer os métodos e 06 Ventilação Técnicas de técnicas de ventilação de ambientes em chamas e ventilação sua importância.Luiz Antonio Bertagna
    • Currículo Básico Curso de Formação de Brigada de Incêndio OBJETIVO: • Proporcionar aos alunos conhecimentos básicos sobre prevenção, isolamento e extinção de princípios de incêndio, abandono de local e técnicas de primeiros socorros. A - Parte Teórica Módulo Assunto Objetivos Água (jato/neblina), Conhecer os agentes, suas 07 Agentes PQS, CO2, espumas e outros características e aplicações. extintores Extintores, hidrantes, 08 Equipamentos mangueiras e Conhecer os equipamentos acessórios, EPI, corte, de combate a arrombamento, remoção suas aplicações e manuseio. e iluminação incêndio 09 Equipamentos Tipos Conhecer os meios mais de detecção, e comuns de sistemas e alarme e funcionamento comunicações manuseio. Conhecer as técnicas de abandono de 10 Abandono de Procedimentos área, saída organizada, pontos de encontro e chamada e controle de Área pânico. 11 Análise de Avaliação Primária Conhecer as técnicas de exame primário (sinais vitais) vítimas 12 Vias aéreas Causas de Conhecer os sintomas de obstrução e obstruções em adultos , liberação crianças e bebês conscientes e inconscientes 13 RCP Ventilação artificial Conhecer as técnicas de RCP com 1 e 2 socorristas para adultos, crianças e (Reanimação e compressão bebês Cardio-Pulmonar) cardíaca externa Classificação e Reconhecimento e técnicas de 14 Hemorragias hemostasia em hemorragias externas tratamentoLuiz Antonio Bertagna
    • Currículo Básico Curso de Formação de Brigada de Incêndio OBJETIVO: • Proporcionar aos alunos conhecimentos básicos sobre prevenção, isolamento e extinção de princípios de incêndio, abandono de local e técnicas de primeiros socorros. B – Parte Prática Módulo Assunto Objetivos Combate a Praticar as técnicas de 01 Prática incêndios combate a incêndio, em local adequado. 02 Prática Primeiros Socorros Praticar as técnicas dos módulos 11 a 14 da parte A C – Avaliação Módulo Assunto Objetivos Avaliar individualmente os 01 Avaliação Geral alunos conforme descrito no item 5.4.6.Luiz Antonio Bertagna
    • - Percentual de cálculo para composição da brigada de incêndio Tabela “ A” População fixa por pavimento Grupo Div Descrição até 10 > 10 A-1 Habitação unifamiliar Isento A todos osResiden- A-2 Habitação multifamiliar funcionários cial A-3 Habitação coletiva (*) 50% 10% B B-1 Hotel e assemelhado 50% 10% Sv Hosp B-2 Hotel residencial (**) 50% 10% C Comércio e Armazena// mat. C-1 com baixa carga de incêndio 40% 5%Comercial Hospitais veterinários e H-1 assemelhados 50 % 10% Local onde pessoas requerem Todos os H H-2 cuidados especiais por limitações funcionários Serviço físicas ou mentaisde Saúde H-3 Hospital e assemelhado. 60 % 20% e H-4 Repartição pública, edificações 30 % 10%Institucio- das forças armadas e policiais nal Local onde a liberdade das Todos os H-5 pessoas sofre restrições Funcionarios Clínica e consultório médico e H-6 odontológico 40 % 20%Luiz Antonio Bertagna
    • BRIGADAS DE COMBATE A INCÊNDIO E EMERGÊNCIASDefinição: organização interna, formada pelos empregados da empresa, preparada e treinada para atuar com rapidez e eficiência em casos de princípios de incêndiosComposição Básica:• Brigadista: Membro da brigada de Incêndio• Lider: Responsável pela coordenação e execução das ações de emergência em sua área.• Chefe Brigada: Responsável por uma edificação com mais um pavimento, setor• Coordenador Geral: Responsável por todas as edificações que compõem uma empresa• Chefe da Assessoria: Responsável pelo treinamento, fiscalização e reciclagem, tbém presta consultoria ao responsável máximo pela brigadaLuiz Antonio Bertagna
    • ORGANOGRAMA DE BRIGADA DE INCÊNDIO1. Variações do Organograma• número de edificações• número de pavimentos de cada edificação• número de empregados em cada pavimento, setorObs: Responsável é a autoridade máxima em caso de emergência real ou simulada – Gerente ou cargo equivalente. 1. Empresa com edificação de um pavimento: Líder Brigadista Brigadista Brigadista BrigadistaLuiz Antonio Bertagna
    • ORGANOGRAMA DE BRIGADA DE INCÊNDIO2. Empresa em uma edificação com mais de dois pavimentos. Ch Brigada Líder Líder Líder Brigadista Brigadista BrigadistaBrigadista Brigadista Brigadista • Devem possuir um Líder a cada Pavimento ou Setor; que é coordenado pelo Chefe da Brigada da edificação.Luiz Antonio Bertagna
    • ORGANOGRAMA DE BRIGADA DE INCÊNDIO 3. Empresa com mais de uma edificação com mais de um pavimento, Compartimento ou Setor. Coordenador de Brigada Ch de Ch de Brigada Brigada Líder Líder Líder Líder Brigta Brigta Brigta Brigta Brigta Brigta Devem possuir um Líder por pavimento e um Ch deBrigada por edificação,comandados pelo Coordenador de Brigada.Luiz Antonio Bertagna
    • Composição da Brigada de Incêndio Unidades Compartimentadas – Riscos IsoladosEx: Duas edificações: 1ª) Área Adm (3 Pvtos - 19 Pessoas p/ pav. Pop. Fixa: 19 Pessoas p/ pav. (3 Pav) Nº Brigtas = 1ª) Área Adm - 3 Pavimentos 19 Pessoas p/ pav. Nº Brigtas Pav. = [ PopFixPav ] X [ % Tab. “A” ] Nº Brigtas Pav. = (10 X 30%) + (19 – 10) X 10% Nº Brigtas Pav. = 3 + 0.9 = 3,9 = 4 X 3 Pav = 12 Nº Brigadistas Administração = 12 2ª) Área Industrial - 116 Pessoas Nº Brigtas Pav. = [ PopFixPav] X [ % Tab. “A” ] Nº Brigtas Pav. = (10 X 50%) + (116 -10) X 7% Nº Brigtas Pav. = 5 + 7,42 = 12,42 Nº Brigadistas Área Industrial = 13 Nº Total Adm + Ind = 25 BrigadistasLuiz Antonio Bertagna
    • Composição da Brigada de Incêndio e Emergências1º Critério:Pop Fixa por Pav - Pop.Fixa e Percentual TabelaClasse = Reunião Público; SubClasse = V -1Fórmula: Nº Brigadistas = [Pop.FixaPav.] X [ % Tab Pav] População Fixa 300 pessoas X 20 % =Pop Fixa > 10 pess [10 X 30% + 300 – 10] X [ 20 %} = [3 + 290] X [20 %] = 293 X 20 % = 58,6 59 BrigadistasObs:- • Prever turnos, tipo trabalho e afastamentos; • Resultado fracionário arredonda-se para mais; • Mais de uma subclasse calcula-se a % pela de maior risco; • Risco isolado calcula-se separadamente por subclasse; • Levar em conta a participação de pessoas de todos os setores; • Segurança Patrimonial e Bombeiro Civil não são computados;Luiz Antonio Bertagna
    • Composição da Brigada de Incêndio e Emergências2º Critério: Área Construída Altura Edificação e Ocupação M2 1. Locais de Reunião Pública • Área Construída Inferior 750 m2 • Altura Inferior a 12 m • Taxa Ocupação 1 pessoa/ 3 m2 Brigada = Proprietário e 1 funcionário gerência, até 100 pessoas. Acima 100 pessoas + 2 Brigadistas fração 100 2. Locais de Reunião Pública • Área construída Inferior 750 m2 • Altura Superior a 12 m • Taxa de Ocupação 1 pessoa/ 3m2 Brigada = 2 Brigadistas cada 100 pessoas (+) 1Brigta cada 100 pessoas e 1Bombeiro Civil a cada 5 BrigadistasLuiz Antonio Bertagna
    • Composição da Brigada de Incêndio e Emergências3º Critério: Fórmula: Nº Brigadistas = (Nº Hidrantes X 3) + (Nº Extintores : 2) 2 Nº Pavimentos X (Nº Saídas Emerg X3) Funções: Coordenador – Puxa-fila e Cerra-fila Nº Brigadistas Abandono Área =Obs:- • Critério Fiscalizador dos anteriores • Guarnição de 3 Brigtas – Operar Hidrante • 1 Brigtas – Eficiência 2 Extintores – 5 min • Equip. instalados conforme P.P.C.I. • 10000 m2 - 01 Bombeiro CivilLuiz Antonio Bertagna
    • Critérios para Seleção de Brigadistas a) permanecer na edificação; b) preferencialmente possuir experiência anterior como brigadista; c) possuir boa condição física e boa saúde; d) possuir bom conhecimento das instalações; e) ter responsabilidade legal; f) ser alfabetizado.Obs: -Caso nenhum candidato atenda aos critériosbásicos , devem ser selecionados os queatendam ao maior número de requisitos.Luiz Antonio Bertagna
    • Atribuições da Brigada de Incêndio 1. Ações de prevenção: a) avaliação dos riscos existentes; b) inspeção geral dos equipamentos de combate a incêndio; c) inspeção geral das rotas de fuga; d) elaboração de relatório das irregulari- dades encontradas; e) encaminhamento do relatório aos setores competentes; f) orientação à população fixa e flutuante; g) exercícios simulados.Luiz Antonio Bertagna
    • Atribuições da Brigada de Incêndio 2. Ações de emergência: a) identificação da situação; b) alarme/abandono de área; c) acionamento do CB e/ou ajuda externa; d) corte de energia e) primeiros socorros; f) combate ao princípio de incêndio; g) recepção e orientação ao CB; h) preenchimento do formulário de registro de trabalho dos bombeiros; i) encaminhamento do formulário ao CB para atualização de dados estatísticos.Luiz Antonio Bertagna
    • Controle do Programa de Brigada de Incêndio1. Reuniões Ordinárias - Ata - funções - Cond. Equip. - Substituições - Result. Inspeções - Táticas e Técnicas2. Reuniões Extraordinárias – Sinistro/Risco3. Exercícios Simulados – 6 X 6 – Reun.Extra. a) horário do evento; b) tempo gasto no abandono; c) tempo gasto no retorno; d) tempo gasto no atendi// de 1ºs socorros; e) atuação da brigada; f) comportamento da população; g) participação do CB e tempo para chegada h) ajuda externa PAME; j) falhas operacionais; l) demais problemas levantados na reunião.Luiz Antonio Bertagna
    • Controle do Programa de Brigada de Incêndio 4. Identificação da brigada - quadros de aviso ou similar- sinalizando a existência da brigada de incêndio- indicando seus integrantes com suas respectivas localizações.- situação real ou simulado de emergência, usar braçadeira colete ou capacete para identificação e atuação. - utilizar em lugar visível um crachá membro da Brigada. - em situação real/simulado de emergência, usar braçadeira, colete ou capacete cilitar sua identificação e auxiliar sua atuação.Luiz Antonio Bertagna
    • Controle do Programa de Brigada de Incêndio 5. Programa do Curso de Formação de Brigada de incêndio- grupo A - Divisões G-1 e G-2, carga horária total de 4 h- Carga Horária curso de 12 horas.- risco alto curso de 16 horas.- periodicidade treinamento = A.V.C.B alteração 50% dos membros da Brigada.- componentes com curso anterior, pré-avaliação 70% aproveitamento.- Aproveitamento mínimo de 70% avaliação teórica e prática receberão certificado.Luiz Antonio Bertagna
    • Controle do Programa de Brigada de Incêndio6. Certificação do Brigadistaa)nome do treinando – Registro Geral ;b) carga horária;c) período de treinamento;d) nome, habilitação e registro do instrutore) citar certificado em conformidade com instrução técnica 17.Luiz Antonio Bertagna
    • Controle do Programa de Brigada de Incêndio 7. Profissional Habilitado formação - Higiene, Segurança e Medicina do Trabalho - Forças Armadas, Polícias Militares Corpos de Bombeiros Militares • carga horária mínima- Prevenção e Combate a Incêndio 60 h-Técnicas de emergências médicas 40 h- Engenharia de segurança curso superior e 100 h primeiros socorros 400 h prevenção e combate a incêndios.Luiz Antonio Bertagna
    • Fluxograma Início Procedimento de Emergência da Brigada de Incêndio ALERTA (recomendação) Análise da situação. não Há Emergên Acionamento do cia ? Bombeiro e sim apoio externo Procedimentos necessários.não não Há Há vítimas? incêndio? sim sim Há Há Há Há Há não Há não não necessidade não necessidade não não necessidade necessidade necessidade necessidade cortar abandono isolamento confinamento socorro? combate? energia área? área? área? sim sim sim sim sim sim PRIMEIROS SOCORROS CORTE DE ABANDONO ISOLAMENTO CONFINA- COMBATE ENERGIA MENTO ÁREA ÁREA ÁREA INCÊNDIO não Há necessidade remoção? sim não sinistro Socorro controlado? especializado sim INVESTIGAÇÃO Cópia Setores Elaboração Responsáveis Relatório Cópia Aarquivo FimLuiz Antonio Bertagna