Your SlideShare is downloading. ×
Presents  Ancerg
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Introducing the official SlideShare app

Stunning, full-screen experience for iPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Presents Ancerg

636
views

Published on

The project intends the people's bearers of special needs inclusion in the net of regular teaching. For the task I created a history of adventures that has as protagonists people bearers of special …

The project intends the people's bearers of special needs inclusion in the net of regular teaching. For the task I created a history of adventures that has as protagonists people bearers of special needs, transforming the deficiencies in qualities and the characters in heroes, the goal is a book , a CD-R and DVD as teaching tools, of help the inclusion in the regular schools. All of the characters exist in the real life, and as in a Cast of a film , in that we know who interpreted who; we discovered each character in small documentaries of their lifes. Now is to give that reference for children's , not bearer of special needs , for them, to accept their new friend in the school.

Published in: Design, Technology, Business

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
636
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
2
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1.  
  • 2.  
  • 3.  
  • 4.  
  • 5.  
  • 6.  
  • 7.  
  • 8.  
  • 9.  
  • 10.  
  • 11.  
  • 12.  
  • 13.  
  • 14.  
  • 15.  
  • 16.  
  • 17.  
  • 18.  
  • 19.  
  • 20.  
  • 21. que o seu mundo não cabe mais numa caixinha
  • 22.  
  • 23.  
  • 24.  
  • 25.  
  • 26. ...E repentinamente o mundo ao qual habita os sonhos de seu filho...
  • 27.  
  • 28.  
  • 29.  
  • 30.  
  • 31. O cavaleiro não tem modelo.“Mas” é um personagem que perde a mão direita até perto do cotovelo numa batalha e volta para casa depois de ser salvo por monges mágicos que lhe criaram um braço mecânico.É o único personagem adulto atuante do começo ao fim da história ( protege as crianças , embora adulto a maldição não lhe afeta) “pois” a Jornada da história é apenas com as crianças porque os adultos estão adormecidos! toque na imagem para obter o zoom
  • 32.  
  • 33.  
  • 34.  
  • 35. Quadro de meu filho Arthur Filipe (Portador da Síndrome de Down) “ A cena da purificação para Jornada do Observador” toque na imagem para obter o zoom
  • 36.  
  • 37.  
  • 38.  
  • 39. Quadro de meu filho Arthur Filipe (Portador da Síndrome de Down) e minha Esposa Jane “Cena em que a Rainha pressente o futuro” toque na imagem para obter o zoom
  • 40.  
  • 41.  
  • 42.  
  • 43.  
  • 44.  
  • 45. Trabalho ainda não finalizado toque na imagem para obter o zoom Essa pintura é de minha filha Pia Beatrix Louise
  • 46.  
  • 47.  
  • 48. Trabalho ainda não finalizado
  • 49. O projeto visa a inclusão de pessoas portadoras de necessidades especiais na rede de ensino regular. Para a tarefa criei uma história de aventuras que tem como protagonistas pessoas portadoras de necessidades especiais,transformando as deficiências em qualidades e os personagens em heróis , a meta é um livro e um CD-R e DVD como ferramentas de ensino, de ajuda a inclusão, nas escolas regulares.Todos os personagens existem na vida real, e como num Cast (elenco) de um filme em que sabemos quem interpretou quem; descobrimos cada personagem em pequenos documentários de suas vidas.A meta é dar essa referencia às crianças não portadoras de necessidades especiais para que elas aceitem seus novos amigos em seu convívio.
  • 50. Enredo Na história uma maldição adormeceu os adultos, um Reino que segregou seus súditos “diferentes” em 7 outros pequenos Reinos durante 300 anos; aprisionados por florestas enfeitiçadas transformadas em labirintos intermináveis. Apenas uma criança especial poderia encontrar as outras , acabar com a segregação no Reino e salvar os adultos adormecidos, encontrando uma pedra mágica,até lá cada personagem irá atuar com seu dom especial. A oitava criança é o príncipe de 8 anos, Arthur, que não ouve e não fala .Ele tem o dom de ler pensamentos e memória fotográfica de ambientes,ou seja ,recorda todo lugar aonde vai (inspirado em Arthur Filipe- Portador da Síndrome de Down, filho de Ancerg , que na vida real tem essa particularidade de recordar os ambientes ).Tem como Guardião seu irmão Mais velho o Príncipe Miguel(não portador de necessidades especiais)que desenvolveu uma linguagem de sinais com as mãos para falar com o irmão e que se comunicam mentalmente,as vezes,pois os sinais ajudam as outras pessoas sem o dom de ler a mente a se comunicar com Arthur. E Miguel determinado, ensina seus sinais a todos em sua corte. Arthur é o único capaz de encontrar as outras 7 crianças especiais. Entre os aliados está um personagem cego que opera uma maquina e salva uma cidade,outro que lembra de todos os livros e todas imagens a que vê principalmente símbolos (inspirado em um menino Autista) . Na história, a não ser o personagem cego e outro com deficiência física ,não é definido para nem um deles durante a história qual sua condição especial; só fica obvio no final com os documentários.O que fará com que o leitor ou espectador perceba apenas a pessoa do personagem .     
  • 51. Resumo técnico e etapas de realização A história - Livro ilustrado transportado para CD(para pc) e DVD Ilustração - Imagens feitas por J.E. de Ancerg: Pinturas a óleo ,fotografia , computação gráfica , esculturas - que serão fotografadas e transportadas como ilustração . Documentário - Filmado em mídia digital e transportado para os formatos necessários,documentando tanto os modelos que foram personagens quanto as etapas de criação. Exposição com os trabalhos: pintura,escultura e outras mídias, em vários Países.Para esta parte , nesses anos foram feitos contatos em vários Países.Uma rede com pessoas dispostas a divulgar e representar o acervo de mídia do “Projeto Sob o Olhar do Observador” para escolas e outros seguimentos em seus Países.E com a passagem da exposição fazer uma produção local, como é o caso de Pia Beatrix Louise Vangberg, poliglota , fluente em oito línguas . Distribuição dos livros como mídia educativa para escolas e Faculdades,por meio de aquisição do Acervo para criação de Espaço cultural onde abrigará o acervo do projeto,pinturas,vídeos esculturas e todo material referente,por meio de apoio de empresa ou empresas,o espaço será aberto a visitação continua de escolas e que terá eventos estudos e oficinas inclusivas .          
  • 52.  
  • 53.  
  • 54.  
  • 55. Trabalho ainda não finalizado toque na imagem para obter o zoom Ainda estou trabalhando neste quadro e será enviado aos Estados Unidos em Breve.
  • 56.  
  • 57.  
  • 58. Foto Original de Referencia para a pintura. E detalhe do Quadro.
  • 59.  
  • 60.  
  • 61.  
  • 62.  
  • 63.  
  • 64. Hebe Pavarotti Jô Soares Babi Xavier Maitê Proênça
  • 65. Elba Ramalho e Geraldo Azevedo
  • 66. Cordilheira do Infinito® é a marca do Artista Plástico,pintor,escultor,designer gráfico,escritor,cantor,compositor,fotografo. _J.E. de Ancerg®_ C ujas obras estão em mais de 22 Países.Com agentes na Dinamarca,Alemanha,França e Estados Unidos.Em seu Portfolio; Além do tenor italiano Luciano Pavarotti e do cantor Julio Iglesias, constam a atriz Maitê Proênça, entre outros expoentes nacionais e internacionais.José Evaristo de Ancerg, nascido mais precisamente no bairro nobre de Casa Forte em Pernambuco Brasil.Tem seu início nas artes plásticas na precoce idade de 12 anos, aos 18 anos é escolhido para o Salão dos Novos em Pernambuco época que adota o pseudônimo de J.E. de Ancerg e cria e registra a marca Cordilheira do Infinito que passa a figurar em suas obras.Já era dono de seu próprio atelier na rua Sant’Ana em Casa Forte.Nesta época realizou um portrait do famoso designer de jóias pernambucano Isaias Leal , este que acabou por introduzi-lo à alta sociedade pernambucana. Destacasse a filha do então prefeito Jarbas Vasconcelos , a neta do presidente do Jornal do Comercio em Pernambuco , o deputado José Chaves dono de empresa de ônibus e uma famosa rede de hotéis, ao qual adquiriu uma pintura intitulada “Joana” que retrata uma mulher em uma armadura em tons de ouro e prata.Com a procura em seu atelier, a cada ano realizava uma exposição individual entre elas destacasse a serie em que retratou magníficos cavalos árabes.
  • 67. R etrata então a atriz Maitê Proênça em meados de 1994 em visita ao Recife.Desde então se seguiram uma infinidade de trabalhos entre pinturas e esculturas adquiridas no Brasil , na Europa e em uma série de Paises. Sendo que devesse enfatizar o retrato do tenor Italiano Luciano Pavarotti em janeiro de 1995 e uma peça adquirida pelo cantor Julio Iglesias em 1998 ( que retrata o rosto de um recém nascido em detalhe, amparado pelas mãos de sua Mãe, este é o primeiro trabalho que tem como modelo Arthur Filipe filho de Ancerg e portador da Síndrome de Down) A venda de suas obras é feita na Europa por suas agentes , na Dinamarca, as Sras ;Pia Beatrix Louise Vangberg e sua irmã Tinne Vangberg ,França ;Sra. Patrícia Darmond(esta que viabiliza a venda de direitos de imagens das suas Ilustrações) , na Alemanha, a Sra. Fátima Lens .. C ada trabalho recebe um certificado de autenticidade e um comprovante de aquisição autenticado em cartório. Também destacar o Portrait da Sra. Tereza, irmã do multi-artista Antônio Carlos Nóbrega, obras Adquiridas por seu filho o Sr. Sother Reis. Em 1995 sua arte toma novo rumo com o nascimento de seu segundo filho Arthur Filipe, portador da Síndrome de Down. Resolve então lutar pela inclusão social das pessoas portadoras de necessidades especiais. Criando uma história de aventuras cujos protagonistas eram crianças portadoras de necessidades especiais. O Projeto Sob o Olhar do Observador ®, realizava oficinas de arte inclusiva com os educadores da rede de ensino regular. Concorreu ao premio I-Best em 5 categorias com a pagina www. soboolhardoobservador .blogger.com. br , foi matéria do Jornal O Diário de São Paulo intitulada “ Pintor cria conto sobre excepcionais” e entrevistado logo depois no programa melhor da tarde com a Sra.Astrid Fontinelle. Não realizando exposições , a não ser relacionadas com o tema do projeto, sendo o Sr. Ancerg a suprir financeiramente o projeto este após 9 anos e 8 meses teve de ter uma pausa para que pudesse realizar outros seguimentos de sua arte e gerar renda. A pagina encontra-se sem atualizações , no entanto , ativa .Devido a mudança de endereço que terá um melhor designer , ainda assim pode ser acessada e vale conferir a opinião dos internautas e dos educadores que passaram por suas oficinas.
  • 68.  
  • 69.  
  • 70. toque na imagem para obter o zoom
  • 71.  
  • 72.  
  • 73.  
  • 74.  
  • 75.  
  • 76.  
  • 77. Cena em que a filha encontra o Pai, O Cavaleiro (o mesmo que tem o braço mecânico) Modelo menina portadora da Síndrome de Down toque na imagem para obter o zoom
  • 78.  
  • 79.  
  • 80.  
  • 81.  
  • 82.   Maquina : Processador Athlon Móbile 2500 Placa Mãe ABIT NA7 _1 GB Ram_HD Seagate 80 GB Placa de Vídeo NX 6600 GP Leitor e Gravador de DVD   Câmera Digital de no mínimo 5 Mega pixels e filmadora digital . Scanner e Impressora para impressão em CDs Printable .   A parte mais cara era a justamente a documentação digital e o custo para pintar as telas em pintura a óleo . Então desenvolvi uma Técnica de pintura a óleo ,com materiais nobres,pintando em Lonas com fibras de Nylon com excelente resistência ao longo dos anos . Esse material foi estudado por 8 anos. Baixando o custo do projeto em 80% sem falar a baixa nos preços das Câmeras digitais e o aumento da Resolução. Mídia e Equipamentos necessários