• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Determinantes Do Desenvolvimento
 

Determinantes Do Desenvolvimento

on

  • 2,872 views

Relações entre o meio e a hereditariedade no desenvolvimento psicológico do indivíduo. Faores de risco x fatores de proteção. Resiliência.

Relações entre o meio e a hereditariedade no desenvolvimento psicológico do indivíduo. Faores de risco x fatores de proteção. Resiliência.

Statistics

Views

Total Views
2,872
Views on SlideShare
2,863
Embed Views
9

Actions

Likes
0
Downloads
26
Comments
0

1 Embed 9

http://www.slideshare.net 9

Accessibility

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Determinantes Do Desenvolvimento Determinantes Do Desenvolvimento Presentation Transcript

    • DETERMINANTES DO DESENVOLVIMENTO Abordagem interacionista SILVIA MARINA ANARUMA UNESP – Campus de Rio Claro – SP fev/2009
      • HEREDITARIEDADE
      • X
      • MEIO
    • COMO NATUREZA E CRIAÇÃO INTERAGEM ?
    • Abordagens interacionistas
    • VULNERABILIDADE X RESISTÊNCIA
      • Risco – probabilidade de ocorrência de algum evento indesejável
      • Vulnerabilidade – aumenta a probabilidade de um resultado negativo na presença de risco. A maioria se desenvolve na infância, mas também pode ser adquirido na vida adulta
      • Fatores de Risco – elementos com grande probabilidade de desencadear - ou associar-se ao desencadeamento de um evento indesejável (não necessariamente evento causal)
      • Fatores de Proteção – recursos pessoais ou sociais que atenuam ou neutralizam o impacto dos riscos
    • Risco probabilidade de ocorrência de algum evento indesejável
    • Vulnerabilidade A umenta a probabilidade de um resultado negativo na presença de risco. A maioria se desenvolve na infância, mas também pode ser adquirido na vida adulta
    • Fatores de Risco elementos com grande probabilidade de desencadear ou associar-se ao desencadeamento de um evento indesejável (não necessariamente evento causal )
    • Fatores de Proteção recursos pessoais ou sociais que atenuam ou neutralizam o impacto dos riscos
    • VULNERABILIDADE FATORES DE PROTEÇÃO M E I O
    • AMBIENTE FACILITADOR + CRIANÇA VULNERÁVEL + BAIXA PROTEÇÃO BOM RESULTADO
    • AMBIENTE FACILITADOR + CRIANÇA VULNERÁVEL + ALTA PROTEÇÃO BOM RESULTADO
    • AMBIENTE DEFICITÁRIO + CRIANÇA VULNERÁVEL + ALTA PROTEÇÃO MAL OU BOM RESULTADO
    • Percepção dos riscos Permite o controle preventivo dos riscos
    • RESILIÊNCIA
    • CONCEITO Na Psicologia – qualidade de resistência e de perseverança do ser humano Na Física - Capacidade rápida de recuperação Na Medicina – capacidade de recuperação É a capacidade de recuperar-se diante das adversidades, violência e catástrofe na vida
    • A capacidade de algumas crianças de se desenvolverem normalmente apesar de adversidades externas no ambiente (Lindstrom, s/d ) Crianças invulneráveis – bonecas de aço A chave para a resiliência desenvolve-se precocemente na infância RESILIÊNCIA – KIT DE PROTEÇÃO
    • O DESENVOLVIMENTO DA RESILIÊNCIA 1. Pessoas positivas, focadas, flexíveis, organizadas e pró-ativas 2. Com auto-estima positiva 3. Habilidade de dar e receber na relação com o outro 4. Disciplina pessoal e responsabilidade
    • AMBIENTE DEFICITÁRIO + CRIANÇA INVULNERÁVEL + BAIXA PROTEÇÃO BOM OU MAL RESULTADO RESILIENTE
    • RESILIÊNCIA É A CAPACIDADE DOS INDIVÍDUOS DE SUPERAREM OS FATORES DE RISCO AOS QUAIS SÃO EXPOSTOS
    • BIBLIOGRAFIA CONSULTADA
      • BUSSAB, V.S.R. Fatores hereditários e ambientais no desenvolvimento: a adoção de uma perspectiva interacionista. Psicologia: Reflexão e crítica. Porto Alegre, v. 13, nº 2, 2000.
      • GAIL, B.S. Conceitos atuais, aplicações práticas e resiliência do novo milênio. Adolescência Latinoamericana. 1414-7130/1-173-176.
      • GARCIA, I. Vulnerabilidade e Resiliência. Adolescência Latinoamericana. 1414-7130/2-128-130.
      • LINDSTROM, B. O significado da resiliência. Adolescência Latinoamericana. 1414-7130/2-133-137.