A PsicanáLise E Os Mecanismos De Defesa Do Ego

  • 87,681 views
Uploaded on

Trata-se de pontamentos de uma aula sobre os mecanismos de defesa do ego e também, uma breve introdução aos principais conceitos da Psicanálise

Trata-se de pontamentos de uma aula sobre os mecanismos de defesa do ego e também, uma breve introdução aos principais conceitos da Psicanálise

More in: Technology , Education
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
  • gostei bastante do seu trabalho
    Are you sure you want to
    Your message goes here
  • Amei... muito didático a maneira em que é apresentado. Parabéns!
    Are you sure you want to
    Your message goes here
  • Gostaria de usar seu material para apresentaçao de um trabalho. Certamente seu nome sera citado como autora do trabalho, obrigada.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
  • muito bom.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
  • Prezada colega,
    Tomarei a liberdade de usar seus slides para uma aula hoje à tarde. Obviamente, destacarei a autoria do roteiro.
    Abraços,
    Are you sure you want to
    Your message goes here
No Downloads

Views

Total Views
87,681
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
5

Actions

Shares
Downloads
1,580
Comments
11
Likes
23

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. A PSICANÁLISE E OS MECANISMOS DE DEFESA DO EGO Por: Profa.Dra. Silvia Marina Anaruma UNESP – IB – Depto de Educação Campus de Rio Claro Mar/2009
  • 2.
    • Quem falou pela primeira vez sobre mecanismos de defesa foi Freud
    Sigmund Freud - 1856-1939
  • 3.
    • Freud elaborou a Teoria Psicanalítica
  • 4.
    • Freud dizia que há uma continuidade
    • entre os processos mentais
    • Aquilo que parece espontâneo, na verdade tem uma causa, um sentido
    • “ Há uma causa para cada pensamento, para cada memória revivida, sentimento ou ação “ (Psiqweb)
  • 5. Cada evento mental é causado pela intenção consciente ou inconsciente e é determinado pelos fatos que o precederam
  • 6. Freud dizia que nossa estrutura psíquica se assemelha a um iceberg
  • 7. Estrutura psíquica segundo a Psicanálise
    • Consciente
    • Pré-consciente
    • Inconsciente
    1ª. Tópica
  • 8.
    • Id
    • Ego
    • Superego
    Se relacionam na tentativa de equilíbrio Aumentando o prazer e diminuindo o desprazer 2ª. Tópica
  • 9. Esta tentativa de equilíbrio pode gerar ansiedade
    • São as seguintes situações que irão gerá-la:
    • l. Perda de um objeto desejado. Por exemplo, uma criança privada de um dos pais, de um amigo íntimo ou de um animal de estimação.
  • 10.
    • 2. Perda de amor. A rejeição ou o fracasso em reconquistar o amor, por exemplo, ou a desaprovação de alguém que lhe importa.
  • 11.
    • 3. Perda de identidade. É o caso, por exemplo, daquilo que Freud chama de medo de castração, da perda de prestígio, de ser ridicularizado em público.
  • 12.
    • 4. Perda de auto-estima. Por exemplo a desaprovação do Superego por atos ou trações que resultam em culpa ou ódio em relação a si mesmo . (Psiqweb)
  • 13. A ansiedade sinaliza um perigo interno
  • 14. Pai do Nemo em perigo....
  • 15. Como diminuir esta ansiedade? Resolvendo a situação, lidando diretamente com ela Negar ou deformar a situação MECANISMOS DE DEFESA
  • 16. “ A presença dos mecanismos é freqüente em indivíduos saudáveis, mas, em excesso é indicação de sintomas neuróticos ou, em alguns casos extremos, o excesso indicaria até sintomas psicóticos, como por exemplo e principalmente, o excesso dos mecanismos de projeção, negação da realidade e clivagem do ego “
  • 17. Os mecanismos de defesa constituem operações de proteção do Ego para assegurar a nossa própria segurança Eles também representam uma forma de adaptação
  • 18.
    • Permite que alguns conteúdos inconscientes cheguem no nível consciente de forma disfarçada
  • 19. Nenhum indivíduo, naturalmente, faz uso de todos os mecanismos de defesa possíveis. Cada pessoa utiliza uma seleção deles, mas estes se fixam em seu ego. Tornam-se modalidades regulares de reação de seu caráter, as quais são repetidas durante toda a vida, sempre que ocorre uma situação semelhante à original
  • 20.
    • Principais
    • Mecanismos de Defesa
  • 21. Repressão
    • retirada de idéias, afetos ou desejos perturbadores da consciência, pressionando-os para o inconsciente
  • 22. Formação reativa
    • Fixação de uma idéia, afeto ou desejo na consciência , opostos ao impulso inconsciente temido.
    • Trata-se de uma inversão clara e, em geral, inconsciente do verdadeiro desejo.
  • 23. Projeção
    • Atribuir sentimentos ou impulsos inaceitáveis para si mesmo a outra pessoa
  • 24. Regressão
    • retorno a formas de gratificação de fases anteriores, devido aos conflitos que surgem em estágios posteriores do desenvolvimento .
  • 25. Racionalização
    • o processo de achar motivos lógicos e racionais aceitáveis para pensamentos e ações inaceitáveis; arrumar desculpas que justifiquem o comportamento
  • 26. Negação
    • Recusar-se a reconhecer
    • a existência de uma situação real ou os sentimentos associados a ela
  • 27. Deslocamento
    • A transferência de sentimentos de um alvo para outro, que é considerado menos ameaçador ou é neutro
    • Redirecionamento de um impulso para um alvo substituto
  • 28. Identificação
    • Processo psíquico por meio do qual um indivíduo assimila um aspecto, um característica de outro, e se transforma, total ou parcialmente, apresentando-se conforme o modelo desse outro.
    • A personalidade constitui-se e diferencia-se por uma série de identificações .
  • 29. Introjeção
    • Integrar as crenças e os valores
    • de um outro indivíduo à estrutura do próprio ego
  • 30. Sublimação
    • Parte da energia investida nos impulsos sexuais é direcionada, canalizada à consecução de realizações socialmente aceitáveis (p.ex. artísticas ou científicas).
  • 31. Bibliografia Consultada
    • Psicologado.com – Portal de Psicologia. Disponível em: >http://www.psicologado.com/site/. Acesso em : 14.04.2009
    FREUD, Anna - O Ego e os Mecanismos de Defesa, Ed. Civilização Brasileira, RJ, 1978 Rowel. M.H. Página de Freud. Disponível em: > Teorias da Personalidade. Disponível em:> http://www.psicoweb.com.br Psicanálise Freudiana : Disponível em:> http://www.psicoweb.com.br FREUD, S. Psicológicas Completas de Sigmund Freud, RJ, Imago Ed., Edição Standard Brasileira das Obras, 1969, 24 v.