Your SlideShare is downloading. ×
Urbanizaçao[1]
Urbanizaçao[1]
Urbanizaçao[1]
Urbanizaçao[1]
Urbanizaçao[1]
Urbanizaçao[1]
Urbanizaçao[1]
Urbanizaçao[1]
Urbanizaçao[1]
Urbanizaçao[1]
Urbanizaçao[1]
Urbanizaçao[1]
Urbanizaçao[1]
Urbanizaçao[1]
Urbanizaçao[1]
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Urbanizaçao[1]

3,827

Published on

MATERIAL COMPLEMENTAR - 6º ANO

MATERIAL COMPLEMENTAR - 6º ANO

0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
3,827
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
64
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. URBANIZAÇÃO BRASILEIRA
  • 2.  
  • 3. URBANIZAÇÃO   . Processo de expansão das áreas urbanas condicionado pelo maior movimento populacional rural – urbano.   Crescimento urbano - O crescimento urbano consiste na expansão das cidades e pode existir sem que, necessariamente, haja urbanização.   . Crescimento horizontal . Crescimento vertical  
  • 4. URBANIZAÇÃO – PROCESSO DE INDUSTRIALIZAÇÃO   REVOLUÇÃO INDUSTRIAL . Constituição de núcleos urbanos . Redirecionamento das funções do campo e das cidades – Matérias-primas /Produção Industrial. . Crescimento da população – Mercados
  • 5. URBANIZAÇÃO – PAÍSES DESENVOLVIDOS PAÍSES DESENVOLVIDOS . Industrialização clássica - Revolução industrial . Migração campo/cidade que em muito antecede os países do GI e Periféricos. . Maior absorção da população oriunda do campo – Políticas públicas efetivas direcionadas a cada realidade. Investimentos socioeconômicos. Maior infraestrutura urbana.
  • 6. URBANIZAÇÃO – BRASIL . O processo de urbanização no Brasil difere do europeu pela rapidez de seu crescimento. Na Europa esse processo é mais antigo. Com exceção da Inglaterra, único país que se tornou urbanizado na primeira metade do século XIX, a maioria dos países europeus se tornou urbanizada entre a segunda metade do século XIX e a primeira metade do século XX. Além disso, nesses países a urbanização foi menos intensa, menos volumosa e acompanhada pela oferta de empregos urbanos, moradias, escolas, saneamento básico, etc. . Em nosso país, 70 anos foram suficientes para alterar os índices de população rural e os de população urbana. Esse tempo é muito curto e um rápido crescimento urbano não ocorre sem o surgimento de graves problemas.
  • 7.  
  • 8. PROJETO TREM BALA – BRASIL
  • 9. Áreas Metropolitanas ou regiões metropolitanas Conjunto de municípios que são diretamente influenciados pela metrópole. Integração socioeconômica a uma cidade central.   Megalópole Integração física e funcional entre duas regiões metropolitanas – Brasil: São Paulo e Rio de Janeiro – Boswash: Woshington até Boston   Tecnopolos Centros de excelência tecnológica – Industrias de ponta – EUA: Bostone Massachusetts, Vale do silício – Japão: Tsukuba e Kansai
  • 10. REDE URBANA Distribuição espacial das cidades e as relações existentes entre elas. . As relações entre cidades são estabelecidas devido à diferenciação entre os níveis de desenvolvimento socioeconômico. . As redes urbanas são mais complexas em áreas com economias mais desenvolvidas e dinâmicas – Maior fluxo de trocas e interligação.
  • 11. CLASSIFICAÇÃO DAS CIDADES Sítio urbano Sítio urbano refere-se ao local no qual está superposta a cidade, sendo assim a classificação quanto ao sítio leva em consideração a questão topográfica.   Situação Situação urbana corresponde à posição que ocupa a cidade em relação aos fatores geográficos. Exemplos: Cidades fluviais, marítimas, entre o litoral e o interior, etc.   Função A função corresponde à atividade principal desenvolvida na cidade. Cidades industriais, comerciais, turísticas, portuárias, etc.   Origem Quanto à origem, as cidades podem ser classificadas de duas formas: Planejada e espontânea.
  • 12. CLASSIFICAÇÃO DAS CIDADES Sítio urbano Sítio urbano refere-se ao local no qual está superposta a cidade, sendo assim a classificação quanto ao sítio leva em consideração a questão topográfica.   Situação Situação urbana corresponde à posição que ocupa a cidade em relação aos fatores geográficos. Exemplos: Cidades fluviais, marítimas, entre o litoral e o interior, etc.   Função A função corresponde à atividade principal desenvolvida na cidade. Cidades industriais, comerciais, turísticas, portuárias, etc.   Origem Quanto à origem, as cidades podem ser classificadas de duas formas: Planejada e espontânea.
  • 13. HIERARQUIA URBANA Capacidade de influência de uma cidade sobre outra – Subordinação/Centralização . Metrópoles mundiais – São Paulo, Rio de Janeiro, Tóquio e Nova York . Metrópoles nacionais - Belo Horizonte, Salvador, Fortaleza etc . Metrópole regional – Manaus, Campinas, Belém e Goiânia . Centro regional - Rio Branco, Cuiabá, Natal etc . Centros sub-regionais – Blumenau, Palmas, Boa Vista etc Descentralização urbana – Alteração na condição hierárquica entre as cidades. Flexibilidade da Hierarquização . Evolução Tecnológica – Capacidade informacional . Desenvolvimento socioeconômico – Cidades médias – Ampliação e aperfeiçoamento dos serviços.
  • 14.  
  • 15. PROBLEMAS URBANOS - Regulando as cidades: O Estatuto das cidades e o Plano Diretor   RURBANIZAÇÃO Processo de desenvolvimento das áreas rurais condicionado pela existência de uma maior infraestrutura local. Empresas ligadas a indústria do lazer e do turismo, bem como diferentes empreendimentos empresariais e industriais possibilitam o maior desenvolvimento econômico de algumas áreas rurais.  

×