Your SlideShare is downloading. ×
Listao
Listao
Listao
Listao
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Listao

21

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
21
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. 1-) A expressão de duplo sentido presente no texto é “lavar as mãos”, que pode significar tanto “retirar a sujeira das mãos” quanto “fugir da responsabilidade de algo”. 2- Há ironia em “aproveita enquanto tem água” se considerarmos que a propaganda tem como objetivo conscientizar o público-alvo quanto às consequências negativas do desmatamento para a natureza e para a escassez das águas. A expressão não pretende que seu público-alvo aproveite a água, indica que a água vai acabar se nada for feito por esses leitores para evitar o desmatamento, efeito que é complementado pelas árvores secas acima datorneira e pela única gota que dela escapa 3) A expressão “os filhotes medem poucos milímetros ao nascer”: pode-se dizer que a expressão propõe ou sugere que o leitor faça uma comparação entre o cavalo marinho adulto e o filhote, algo que é revelado pela foto como em um infográfico. 4) O pronome “eles” no primeiro texto antecede o que será dito dos “animais do fundo mar”, sujeito somente revelado ao final do texto. “Eles”, no segundo texto, retoma os sujeitos já apresentados que são “cavalos marinhos” e “filhotes”, como anafórico. 5) A expressão “os filhotes medem poucos milímetros ao nascer”: pode-se dizer que a expressão propõe ou sugere que o leitor faça uma comparação entre o cavalo marinho adulto e o filhote, algo que é revelado pela foto como em um infográfico. 6) O pronome “eles” no primeiro texto antecede o que será dito dos “animais do fundo mar”, sujeito somente revelado ao final do texto. “Eles”, no segundo texto, retoma os sujeitos já apresentados que são “cavalos marinhos” e “filhotes”, como anafórico. 7-No Canal 17, o Ministro falará da crise. 8-A temática. 9- criatividade linguística – função poética (texto II). 10-A palavra é “veículo”: na primeira ocorrência, foi empregada como transmissor, mídia, meio de comunicação; na segunda, como meio de transporte. 11-n achei 12– E 13-c 14- 16 c 17-c 18-b 21- Sendo a matriz A = (aij) 2x2, temos que:det(k . A) = k2 . det A, em que k, segundo o enunciado, é o det A. Assim,det (det A . (A)) = (det A)2 . det A = 49 . det A (det A)2 = 49 Þ det A = ± 7 Portanto: 3 – x = 7 x = – 4 det 3 x [ ] 4 x + 1 = ± 7 Þ { ou Þ { ou 3 – x = – 7 x = 10 31-Utilizando o gráfico de dissolução temos: 70°C: 60g de cloreto de amônio dissolvido em 100g de água. 30°C: 40g de cloreto de amônio dissolvido em 100g de água. A massa de sal que precipita: 60g – 40g = 20g 33-08 34-a 35-b 41- 9 4 12 r r F F 2 2 2 1 2 2 2 1 F2 = 9 F1 = 3 x 10-5 N 42-a) pela Segunda Lei de Newton, no equilíbrio, F - P = 0 F = P kx = mg x = mg/k Então o comprimento da mola será o comprimento natural + esta elongação de x: L = L0 + x portanto ============= L = L0 + mg/k ============= o comprimento natural de uma mola é aquele em que ela não possui qualquer tipo de deformação. Ou seja, não está NEM alongada ou distendida NEM contraída ou comprimida. b) Como é solta a partir do repouso a uma altura h tal que a mola está no seu comprimento natural a energia da partícula será E1 = mgh No ponto do equilíbrio, E2 = mg(h-x) + kx²/2 + mv²/2 já que a altura reduziu de x. E temos que Ep = kx²/2 é a energia potencial elástica armazenada na mola, E = mv²/2 é a energia cinética da partícula. Como a energia se conserva E1 = E2 mgh = mg(h-x) + kx²/2 + mv²/2 0 = - mgx + kx²/2 + mv²/2 mv²/2 = mgx - kx²/2 v² = 2gx - (k/m) x² Usando o valor de x encontrado no item a) v² = 2g(mg/k) - (k/m) (mg/k)² v² = 2 mg²/k - mg²/k
  • 2. v² = mg²/k Assim =========== v = g √(m/k) =========== 44 - 45-. a) Região III b) ponto 11 46--a Cargas elétricas de sinais contrários se atraem. - V = Ed = (6,0 × 10(a quarta potencia)) (4,0 × 10£) = 2400 V b) TÛ/T½ = 1,4 47 - 48--Repare que para que o equilíbrio aconteça é necessário que: Fq1q = Fq2q k*q1*q / d1² = k*q2*q / d2² ---Cancelando-se "k" e "q": q1 / d1² = q2 / d2² 2 / d1² = 8 / d2² d2² = 4*d1² (I) ---Mas: d1 + d2 = 39 d2 = 39 - d1 (II) ---Substituindo (II) em (I): (39 - d1)² = 4d1² 1521 - 78d1 + d1² = 4d1² 3d1² + 78d1 - 1521 = 0 ---Divida tudo por 3: d1² + 26d1 - 507 = 0 coeficientes: delta = b² - 4*a*c delta = 26² - 4*1*(- 507) delta = 676 + 2028 delta = 2704 d' = (- b + raiz de delta) / 2a = (- 26 + 52) / 2*1 = 26 / 2 = 13. d" = (- b - raiz de delta) / 2a = (- 26 - 52) / 2*1 = - 78 / 2 = - 39 (não serve). ---Mas: d1 + d2 = 39 d2 = 39 - d1 d2 = 39 - 13 d2 = 26 m. ---Repare então que esta carga estará posicionada a 13 metros de q1 e a 26 metros de q2 49-A distância reduziu de 1/6 então a força aumentará o inverso ao quadrado: 36 vezes. Veja porque: Pela Lei de Coulomb F = K q1 q2 / d² dados do enunciado q1 = 4,3 C q2 = 2,0 C d = 30 cm = 0,3 m K é a constante eletrostática K = 9 * 10^9 Nm²/C² (9 vezes 10 elevado a 9) Assim substituindo o valor de d em F = K q1 q2 / d² como K, q1 e q2 se manterão constantes quando se diminui a distância, deixaremos eles explícitos:
  • 3. F = K q1 q2 / (0,3)² F = K q1 q2 / 0,09 == == == == == == == K q1 q2 = F * 0,09 == == == == == == == Na nova configuração: d' = 5cm = 0,05 m Assim F' = K q1 q2 / d' F' = K q1 q2 / (0,05)² ]F' = K q1 q2 / 0,0025 substituindo agora o que obtemos acima K q1 q2 = F * 0,09 F' = (F * 0,09) / 0,0025 F' = F * 9 / 0,25 F' = F * 9 * 4 ========= F' = 36 F ========= Portanto a distância ao reduzir de 1/6 provocou um aumento de 36 vezes na intensidade da força 50A soma das forças em cada uma das cargas é zero. Escolhendo uma das cargas das extremidades, obtemos: T = 9kq£/4d£ 51- d2 = 62 + 82=36 + 64 --- d=√100 D=10m. II. Correta --- veja figura. III. Falsa --- veja (I). R--B 52-No instante em que o estudante se encontra a 1,0 m de sua imagem, ele está a 0,5xm do espelho. Posicionado, inicialmente, a 12 m do espelho significa que percorre a distância de 11,5 m com velocidade constante de 2,0 m/s. Assim, temos: v = Δs/Δt => 2,0 = 11,5/Δt =>Δt = 5,75 s Resposta: 5,75 s 53-02. Correta --- veja figura abaixo onde os raios de luz saem da borboleta objeto, atingem o espelho, sofrem reflexão e tingem o olho do observador, que enxerga a borboleta imagem no cruzamento do prolongamento dos raios de luz.04. Correta --- Campo visual de um espelho plano - região que se torna visível por reflexão no espelho.Dado o espelho E e o observador O, para se determinar a região vista pelo observador por reflexão no espelho, devemos:1o– Localizar a imagem O’ do observador2o A partir da imagem O’ do observador, traçar duas retas que tangenciem as extremidades do espelho e, na região onde está o observador, parte da frente do espelho, entre essas duas retas, estará a região que ele consegue enxergar através do espelho (campo visual), em verde na figura.Veja na demonstração acima que o campo visual do espelho depende do tamanho do espelho e da posição do observador em relação ao espelho.08. Correta --- Se os dois espelhos estiverem dispostos frontal e paralelamente, teremos infinitas imagens com a imagem de um espelho servindo de objeto para o outro e assim sucessivamente.16. Correta --- Sendo n o número de imagens e a o ângulo entre os dois espelhos, a relação entre eles é fornecida pela expressão: Observe na expressão acima que o número de imagens N depende do ângulo α entre os dois espelhos e que são inversamente proporcionais. R- (02 + 04 + 08 + 16)=30. 55-b 56-n=360/θ – 1 ( I ) --- para o ângulo θ/4 o número de imagens será m tal que --- m=360/(θ/4) – 1 --- m=1440/θ – 1 ( II ) --- isolando θ em ( I ) --- n + 1 = 360/θ --- θ=360/(n + 1) --- isolando θ em ( II ) --- m + 1=1440/θ --- θ=1440/(m + 1) --- igualando-as --- m360/(n + 1)= 1440/(m + 1) --- 4(n + 1)=m + 1 --- 4n + 4=m + 1 --- m=4n + 3 --- R- A 57-d 58-e 59-Regra de três --- π rad – 180o --- π/3 rad – α --- 180.π/3=πα --- α=60o --- n=360/60 – 1 --- n= 5 imagens R- C 60-ao eixo principal deste espelho.Resposta alternativa e. 611/f = 1/p + 1/p' Espelho com distância focal 2 m ---> 1/2 = 1/p + 1/p' -- -> p = (2p')/(p' - 2) Espelho com distância focal 1 m ---> 1/1 = 1/p + 1/p'' - --> a posição p do objeto é a mesma Substituindo p da primeira equação na segunda equação:
  • 4. 1/1 = (p' - 2)/(2p') + 1/p'' ---> p'' = (2p')/(p' + 2) 62-c 63-i=O/2 logo "O" ESTÁ INICIALMENTE ANTES DE "C" Move-se "O" 15 cm em direção ao espelho, o tamanho da imagem terá o dobro do tamanho do objeto e então "O" se econtra entre C e F. p'-p"=15 p'=15+p" i/O=-P'/P O/2/O=-P'/P O/2.O=-P'/P 1/2=-P'/P P=-2P' f=p.p'/p'+p f=-2p'.p'/p' -2p' f=2p' ² /-p' f=-2p' p'-p"=15 P-P'=15 -2P' -P'=15 -3P'=15 P' =-5 f=-2P' f=-2.(-5) f=10 cm 64-(E) vantajoso, pois se os nano imãs forem ligados a drogas quimioterápicas, permitem que estas sejam fixadas diretamente em um tumor por meio de um campo magnético externo, diminuindo-se a chance de que áreas saudáveis sejam afetadas. Resposta correta. 65-( (B) a água funciona como regulador térmico devido a seu calor latente. Em nosso organismo a água desempenha o papel de manter a temperatura corporal em equilíbrio. Gabarito: B 66Solução: Como a água tem um calor latente de vaporização elevado ela necessita receber muita energia para mudar de estado, esta é uma das razões de se utilizar água em radiadores automotivos. (Resposta letra B) 67-Trata-se da equação de Torricelli, V2 = Vo 2 + 2.a.h --- com V=0 --- cuja dedução é feita a partir de Vm=ΔS/Δt --- onde --- Vm=(V + V0)/2=h/t --- h=(V + Vo)t/2 --- h=Vm.t/2 --- observe nessa equação que h é proporcional a Vm e at --- R- E 68- O carvão ativo tem o papel de retirar as substâncias responsáveis pelo odor da água, enquanto o cloro tem ação desinfecção. Resp.: D 69-Temos que elevar 1400kg por 30 metros à velocidade constante de 4m/s. Então: τ=P×∆h→τ/∆t=P×∆h/∆t→ P×v=1400×10×4=56kW Já a intensidade de corrente pode ser calculada por: P=U.i→56k=220×i→i=255A (Resposta letra C)

×