Your SlideShare is downloading. ×
  • Like
Um colega novo na turma
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Now you can save presentations on your phone or tablet

Available for both IPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Um colega novo na turma

  • 5,802 views
Published

 

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
No Downloads

Views

Total Views
5,802
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
9

Actions

Shares
Downloads
91
Comments
1
Likes
3

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. O Gualter gostava da escola.Gostava da sua sala de aulas.Gostava da sua professora.Gostava dos seus colegas.
  • 2. Um dia chegou um menino novo à escola do Gualter.-Este é o Carlos e é um novo amigo da vossa turma – disse aprofessora.“Não é fácil ser novo na escola – pensou o Gualter – Vou ajudá-lo!Serei o seu melhor amigo.”
  • 3. _- Olá Carlos, chamo-me Gualter – disse o Gualter. - Olá – respondeu o Carlos, olha o que eu tenho.O Carlos tirou um carro de brincar de um bolso.
  • 4. -Oh! Como eu gosto do teu carro. Posso brincar comela? – perguntou o Gualter.O Carlos disse que não com a cabeça.- Oh! Que pena, mas eu compreendo disse o Gualter.
  • 5. O Gualter mostrou ao Carlos o armárioda plasticina.E também lhe emprestou os seus lápisde cera.
  • 6. Ensinou-lhe onde era a casa debanho.E até lhe ofereceu uma das suasbolachas, na hora do lanche. Mas oCarlos não lhe agradeceu, nemsequer uma única vez.
  • 7. Quando chegou a hora de ler uma história todos se sentaramem círculo para ouvir a professora. A história chamava-se “Amenina dos caracóis de ouro e os três ursos”. Todos secalaram… Todos menos o Carlos.-Carlos cala-te e escuta – disse a professora.-Mas o Carlos não deixou de falar.
  • 8. Quando a professora acabou de ler a história, saíramtodos para o recreio.-Vamos para o escorrega – disse o Carlos.-- Está bem – disse o Gualter.-O Gualter pôs-se na fila, atrás do João. Mas o Carloscorreu para o principio da fila e empurrou a MariaTeresa para lhe tirar o lugar.
  • 9. O Carlos subiu pelas escadas e ficou parado no cimo doescorrega.- Eh, Gualter! – gritou. – Olha para mim!
  • 10. A Maria Teresa começou a subir as escadas.-O Carlos não esperou pela sua vez – disse. Isso não sefaz. Quem pensa ele que é?-- Acabou de chegar – disse o Gualter. – Não é fácil sermenino novo. Não te zangues com ele.
  • 11. À hora do almoço, o Gualter foi o único que se sentou com o Carlos.Os outros estavam a falar dele.- O Carlos não esperou pela sua vez – disse a Maria Teresa.-O Carlos nunca disse “por favor” nem “obrigado” – disse o Fernando.Faz-me lembrar alguém… Alguém sem maneiras como a menina doscaracóis de ouro.E desataram todos a rir.
  • 12. Depois do almoço, o Gualter foi fazer uma pintura comum sol amarelo, uma casa vermelha e um carro azul. Deuum passo para trás e contemplou a sua obra. Estavamuito bem!Sentiu-se orgulhoso de si mesmo.
  • 13. Entretanto o Carlos aproximou-se e mostrou aoGualter o que tinha pintado. Era um carro debombeiros.- Está muito bonito, Carlos – disse o Gualter.Gostas do meu?
  • 14. -No teu desenho falta um carro de bombeiros -comentou o Carlos.-Agarrou num pincel e pintou um grande carro debombeiros vermelho junto ao carro azul do Gualter.
  • 15. -Não quero um carro de bombeiros na minhapintura! – gritou o Gualter. Tu és um egoísta! Nãopensas nos outros!O Gualter afastou-se. E o Carlos ficou muitosurpreendido.
  • 16. O Gualter sentou-se sozinho, a olhar para ajanela.Já não queria pintar. Não queria ver livros.Não queria fazer nada.
  • 17. De repente, um carro de brincar foi parar à frentedos pés do Gualter.-Queres brincar com o meu carro, Gualter? –perguntou o Carlos timidamente.- Desculpa pelo que disse da tua pintura. Hoje nãome portei muito bem.
  • 18. -É verdade – disse o Gualter. Mas sorriu.- Vamos brincar os dois com o teu carro.
  • 19. Mais tarde, chegou a hora deguardar tudo. A MariaTeresa limpou os pincéis. OJoão recolheu a plasticina. OFernando guardou os puzzles. OO Gualter arrumou os blocos de construção. E o Carlos ajudou-os a todos!
  • 20. Depois da aula, o Gualter e o Carlos voltaram paracasa juntos.-Hoje estava com muito medo de ir para a escola –disse o Carlos.- Eu sei – disse o Gualter - , não é fácil ser o meninonovo.
  • 21. O Gualter e o Carlos despediram-se à esquina.-Até amanhã – disse o Gualter.- Até amanhã – respondeu o Carlos. Estou muito contentepor seres meu amigo.
  • 22. Fim Realizado por:Cristina Moreira