• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Poema - O meu nome é "Sara"
 

Poema - O meu nome é "Sara"

on

  • 2,189 views

 

Statistics

Views

Total Views
2,189
Views on SlideShare
1,683
Embed Views
506

Actions

Likes
0
Downloads
5
Comments
0

4 Embeds 506

http://policiamentodeproximidade.blogspot.com 443
http://policiamentodeproximidade.blogspot.com.br 37
http://policiamentodeproximidade.blogspot.pt 25
http://policiamentodeproximidade.blogspot.fr 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Poema - O meu nome é "Sara" Poema - O meu nome é "Sara" Presentation Transcript

    • POEMA O meu nome é ''Sara''
    • O meu nome é ''Sara'' Tenho 3 anos Os meus olhos estão inchados, Não consigo ver. O meu nome é ''Sara''
    • Eu devo ser estúpida, Eu devo ser má, O que mais poderia pôr o meu pai em tal estado? O meu nome é ''Sara''
    • Eu gostaria de ser melhor, Gostaria de ser menos feia. Então, talvez a minha mãe me viesse sempre dar miminhos, O meu nome é ''Sara''
    • Eu não posso falar, Eu não posso fazer asneiras, Senão fico trancada todo o dia. O meu nome é ''Sara''
    • Quando eu acordo estou sozinha, A casa está escura, Os meus pais não estão em casa. O meu nome é ''Sara''
    • Quando a minha mãe chega, Eu tento ser amável, Senão eu talvez levaria Uma chicotada à noite. O meu nome é ''Sara''
    • Não faças barulho! Acabo de ouvir um carro, O meu pai chega do bar do Carlos. Ouço-o dizer palavrões. Ele chama-me. Eu aperto-me contra o muro. O meu nome é ''Sara''
    • Tento-me esconder dos seus olhos demoníacos. Tenho tanto medo agora, Começo a chorar… Ele encontra-me a chorar, Ele atira-me com palavras más, Ele diz que a culpa é minha, que ele sofra no trabalho. O meu nome é ''Sara''
    • Ele esbofeteia-me e bate-me, E berra comigo ainda mais, Eu liberto-me finalmente e corro até à porta. Ele já a trancou. Eu enrolo-me toda em bola, Ele agarra em mim e lança-me contra o muro. O meu nome é ''Sara''
    • Eu caio no chão com os meus ossos quase partidos, E o meu dia continua com horríveis palavras... 'Eu lamento muito!', eu grito Mas já é tarde de mais O seu rosto tornou-se num ódio inimaginável. O meu nome é ''Sara''
    • O mal e as feridas mais e mais, 'Meu Deus por favor, tenha piedade! Faz com que isto acabe por favor!' E finalmente ele pára, e vai para a porta, Enquanto eu fico deitada, Imóvel no chão. O meu nome é ''Sara''
    • O meu nome é 'Sara' Tenho 3 anos… … Esta noite o meu pai matou-me. O meu nome é ''Sara''
    • FIM O meu nome é ''Sara''