Your SlideShare is downloading. ×
Ti maior   programa resumido
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Ti maior programa resumido

492
views

Published on

Programa governamental estratégico para incentivar o crescimento e a competitividade do setor de software e serviços de tecnologia da informação.

Programa governamental estratégico para incentivar o crescimento e a competitividade do setor de software e serviços de tecnologia da informação.


0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
492
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
26
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. MACRO OBJETIVOS DO PROGRAMA1- FORTALECER O SETOR DE SOFTWARE E SERVIÇOS DE TI, NA CONCEPÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE TECNOLOGIAS AVANÇADAS;2- CRIAR EMPREGOS QUALIFICADOS NO PAÍS;3- CRIAR E FORTALECER EMPRESAS DE SOFTWARE E SERVIÇOS DE TI;4- FOMENTAR A PESQUISA AVANÇADA APLICADA, FORTALECENDO A LIGAÇÃO DE GRUPOS DE PESQUISA COM EMPRESAS;
  • 2. Números do setor Mercado interno TI 2011 US$ 102 Bi = 4,4% do PIB do Brasil De 2010 p/ 2011, cresceu 11,3%Mercado de Serviços TI-BPO no mundoUS$ BiCAGR 8% 3.000 1.786 1.595 1.685 1.445 1.513 1.385 HW 23% TI In-house 19,5 Bi 46% Fonte: BRASSCOM 39,1 Bi 2009 2010 2011 2012e 2013e 2014e 2020e Serviços 16% - 13,6 Bi SW - 6% 5,5Bi Exp. – 3% BPO - 6% 2,5Bi 4,9Bi Fonte: BRASSCOM
  • 3. Números do setorMercado de software e serviços no Brasil e no Mundo 2010 (US$ Mi) Mundo US$ 235 bi Brasil US$ 37,5 bi GRANDES EMPRESAS + R$ 500 mi 8520 Empresas 0,90% 94% de MPE MÉDIAS EMPRESAS até R$ 500 mi 4,70%Projeção do setor de Software e Serviços no Brasil em 2020 120,04 Bi PEQUENAS EMPRESAS até R$ 20 mi 57,60% 400% MICRO EMPRESAS 37,51 Bi até R$ 2 mi 36,07% 2010 2020 Fonte: ABES (Associação Brasileira das Empresas de Software) Fonte: ABES (Associação Brasileira das Empresas de Software) Software TOP 100 Software TOP 100
  • 4. ...estratégico para o desenvolvimento econômico Segurança e Defesa1 Saúde e Educação Revolução tecnológica. 2 A guerra é cibernética. Energia Petróleo e Gás3 Green tech! 4 Inovação é essencial. Infra-estrutura Eventos esportivos5 Tecnologia a serviço. 6 Base de sucesso. Comunicações e Mídia Bancarização7 Novos modelos de negócio 8 Novas soluções.9 Mineração Tecnologia de ponta. 10 Agronegócio “Agritech”
  • 5. Brasil, o mercado do presente e do futuro 1,2 milhão de profissionais capacitados 34 empresas brasileiras na Global Fortune 2000 40,9 milhões de conexões de banda larga 2,4% do mercado mundial de TI 3º mercado mundial de PCs 49,6% da América Latina 218 milhões de celulares 7º maior mercado interno de TIC 5º mercado mundial de celulares 81,5 milhões de usuários de Internet 37 Mi de usuários no Facebook – 3º 33,3 Mi de usuários no Twitter – 2º 4 milhões no Flickr - 2 milhões no LinkedIn 29 milhões no Orkut - 5 milhões no SkypeFontes: ABINEE, ABES, BRASSCOM, IBGE, 2010.
  • 6. PRINCIPAIS TENDÊNCIAS1 MOBILE2 SEGURANÇA3 APLICAÇÕES NICHO4 WEB, ARQUITETURA, INTEGRAÇÃO DE LEGADOS, MIDDLEWARE5 TERCEIRIZAÇÃO E ADMINISTRAÇÃO REMOTA6 INFRA-ESTRUTURA E COMPUTAÇÃO EM NUVEM7 ERP-BI-CRM8 SOFTWARE LIVRE9 SOLUÇÕES EMBARCADAS10 EDUCAÇÃO E GESTÃO DO CONHECIMENTO
  • 7. ONDE ESTAMOS? INVESTIMENTOS
  • 8. VISÃO DO PROGRAMA ESTRATÉGICO DESOFTWARE E SERVIÇOS DE TI
  • 9. PRINCIPAIS MEDIDAS DO PROGRAMA ESTRATÉGICO DESOFTWARE E SERVIÇOS DE TI
  • 10. CERTICS CERTIFICAÇÃO EM TECNOLOGIA NACIONAL EM SOFTWARE E SERVIÇOSUSO DO PODER DE COMPRA: LEI USO DE DECRETO Nº 7174 –Nº 12.349/2011 – 25% MARGEM FINANCIAMENTOS DO PROSOFT DIREITO DE “REPIQUE” PARAADICIONAL PARA BEM/SERVIÇO BNDES + FINEP BEM/SERVIÇO COM TECNOLOGIA COM TECNOLOGIA NO PAÍS NACIONAL Competências Competências Correlatas Tecnológicas Gestão de Gestão de Desenvolvimento Tecnologia Negócio e Evolução Requisitos MODELO DE Especificação Gestão de Arquitetura Atividades Parcerias e Alianças CERTIFICAÇÃO Design X Resultados Construção Pessoas Integração Qualificação Gestão de Pessoas, Testes Localidade Processos e Evolução Tecnologias relevantes Conhecimento GOVERNANÇA MODELO CÉLERE E AUTO- E OPERAÇÃO SUSTENTÁVEL
  • 11. ECOSSISTEMAS DIGITAIS
  • 12. STARTUP BRASILPROGRAMA DE ACELERAÇÃO DE STARTUPS DE BASE TECNOLÓGICA FOMENTAR INOVAÇÃO E EMPREENDEDORISMO POSICIONANDO O BRASIL COMO UM PLAYER GLOBAL NO SETOR DE TIC COM PRODUTOS E SERVIÇOS DE ALTO VALOR AGREGADO; POSICIONAR O BRASIL OBJETIVO COMO HUB DE INOVAÇÃO NA AMÉRICA LATINA. ALAVANCAR A ACELERARAÇÃO DE 40 STARTUPS NO PRIMEIRO ANO, SENDO 75% NACIONAIS E 25% INTERNACIONAIS META COLOCAR NO MERCADO BRASILEIRO E GLOBAL 40 NOVOS PRODUTOS OU SERVIÇOS INOVADORES EXPANDIR O PROGRAMA GEOGRAFICAMENTE E NO NÚMERO DE STARTUPS A PARTIR DO SEGUNDO ANO PÚBLICO EMPRESAS PARTICIPANTES DE PROGRAMAS DE ACELERADORAS PARCEIRAS DE ATÉ 2 ANOS DE ALVO EXISTÊNCIA COM PROPOSTA INOVADORA NA CRIAÇÃO DE NOVOS PRODUTOS OU SERVIÇOS COM BASE TECNOLÓGICA MODELO CRIAÇÃO E GESTÃO DE UM ECOSSISTEMA DE APOIO À INOVAÇÃO (MENTORES, CONSULTORES, OPERAÇÃO SERVIÇOS DE NEGÓCIOS); APOIO FINANCEIRO PARA OS EMPREENDEDORES INOVADORES SELECIONADOS ATRAVÉS DE AGÊNCIAS DE FOMENTO ACELERADORA ACELERADORA ACELERADORA ACELERADORA PARCEIRA 1 PARCEIRA 2 PARCEIRA 3 PARCEIRA 4 STARTUP STARTUPS STARTUPS STARTUPS STARTUPS BRASIL
  • 13. STARTUP BRASIL
  • 14. STARTUP BRASIL TECNOLÓGICOS ESTRATÉGICOS FINANCEIROS PARCEIROS ACELERADORAS MENTORES UNIVERSIDADES ASSESSORES (advocacia, marketing, INCUBADORAS finanças, etc)
  • 15. MERCADO STARTUPSINCUBADORASUNIVERSIDADES INVESTIDORES PARCEIROSACELERADORAS MENTORES PARCEIRAS CONSULTORES EDITAL LISTA FINAL DE STARTUPS ECOSSISTEMA PROCESSO DE DE AVALIAÇÃO ALAVANCAGEM SELECIONADAS
  • 16. Capacitação dos Profissionais de TI no Brasil PROCESSO DE CAPACITAÇÃO GARGALOS Objetivo: Mitigar parte da LaboratóriosCarência de recursos humanos que Divulgação lacuna de mão-de-obra no Ingressosatendam a demanda do setor setor de TI SeleçãoBaixa integração empresa – escola QualificaçãoDefasagem tecnológicaAlta evasão: Apenas 18,5% dosinscritos concluem os cursos REDES DE CAPACITAÇÃODesconexão geográfica entredemanda X oferta , Fundações CVT PRONATEC DEMANDA O Brasil Mais TI é um Projeto SESI que visa fornecer SENAI70 Mil vagas no Brasil Conhecimento, Capacitação e SEBRAE70,2% - Sudeste IFs Oportunidades no Mercado de18,5% - Centro Oeste TI, para jovens aprendizes e8,98% - Sul profissionais já atuantes na área.2,18% - Nordeste0,12% - Norte
  • 17. Objetivo: mitigar parte da lacuna de mão-de-obra no setor de TITecnologia: 2 Portais, 1 Blog, 2 Redes Sociais, 1 Sistema de Vagas e 2 LMSsConteúdo: 1.260 horas de conteúdo e-Learning profissionalizante (padrão MEC), mediação de redes sociais. Intermediação Promoção de entre Vagas e Empréstimo de Cursos Profissionais imagem: conteúdo Estimulo a Carreira de Hubs Sociais
  • 18. EUROPA • Parcerias • Inovação (mercado e parceiro) • Centro de serviços, JVs EUA & CANADÁ • Leste Europeu, Portugal, Espanha, • Inovação (mercado e parceiro) Inglaterra, AlemanhaÁSIA • Nichos (web, mobile, B2C, finanças)• Conhecimento de negócios • Aquisições e internacionalização• Inovação (mercado e parceiro) • Start-ups• Centro de serviços, JVs ÁFRICA• Start-ups• China, Japão, Índia, Coréia, • Conhecimento de negócios Cingapura, Indonésia • Inovação (mercado e parceiro) • Internacionalização AMÉRICA LATINA • Leste Europeu, Portugal, Espanha, • Distribuição de SW (plataformas) Inglaterra, Alemanha • Aquisições e internacionalização • Parcerias de serviços • México, Colômbia, Argentina, Chile, Peru e Nichos MERCADOS-ALVO INTERNACIONAIS
  • 19. INTELIGÊNCIA DE MERCADOMAPEAMENTO DO SETOR | IDENTIFICAÇÃO DE PRINCIPAIS CADEIAS | EMPRESASLOCAIS DE BASE TECNOLÓGICA | PARCERIAS LOCAIS E INTERNACIONAIS |MONITORAMENTO CONSTANTE DE MERCADO
  • 20. MARCO REGULATÓRIO COMPETITIVO
  • 21. VISÃOINTEGRADA