• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Apresentação   pnaic
 

Apresentação pnaic

on

  • 15,705 views

 

Statistics

Views

Total Views
15,705
Views on SlideShare
15,705
Embed Views
0

Actions

Likes
4
Downloads
301
Comments
1

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel

11 of 1 previous next

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • Bel tu diz o que sobre o pnaic?
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Apresentação   pnaic Apresentação pnaic Presentation Transcript

    • CONHECENDO O PNAIC Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa
    • O que é o Pacto?  É o compromisso formal de assegurar que todas as crianças estejam alfabetizadas até os oito anos de idade, ao final do 3º ano do ensino fundamental. Compromisso assumido pelos governos federal, do Distrito Federal, dos estados e municípios. Quais é o objetivo do Pacto?  Garantir o direito de alfabetização plena a meninos e a meninas, até o 3º ano do ciclo de alfabetização.
    • Quais são os eixos de atuação do Pacto?
    • Formação Continuada de Professores Alfabetizadores  Curso presencial de 2 anos para os professores alfabetizadores, com carga horária de 120 horas por ano, com base no programa Pró-Letramento, cuja metodologia propõe estudos e atividades práticas.  Os encontros com os professores alfabetizadores serão conduzidos por orientadores de estudo.  Os orientadores de estudo são professores das redes, que farão um curso específico, com 200 horas de duração por ano, ministrado por universidades públicas.
    • Objetivos da Formação dos Professores Alfabetizadores  Entender a concepção de alfabetização na perspectiva do letramento, com aprofundamento de estudos utilizando, sobretudo, as obras pedagógicas do PNBE do Professor e outros textos publicados pelo MEC;  Aprofundar a compreensão sobre o currículo nos anos iniciais do Ensino Fundamental e sobre os direitos de aprendizagem e desenvolvimento nas diferentes áreas de conhecimento;  Compreender a importância da avaliação no ciclo de alfabetização, analisando e construindo instrumentos de avaliação e de registro de aprendizagem;  Conhecer os recursos didáticos distribuídos pelo Ministério da Educação (livros didáticos e obras complementares aprovados no PNLD; livros do PNBE e PNBE Especial; jogos didáticos distribuídos pelo MEC) e planejar situações didáticas em que tais materiais sejam usados;
    • Objetivos da Formação dos Professores Alfabetizadores  Planejar o ensino na alfabetização, analisando e criando propostas de organização de rotinas da alfabetização na perspectiva do letramento;  Compreender a importância de organizar diferentes agrupamentos em sala de aula, adequando os modos de organização da turma aos objetivos pretendidos;  Criar um ambiente alfabetizador, que favoreça a aprendizagem das crianças;  Entender as relações entre consciência fonológica e alfabetização, analisando e planejando atividades de reflexão fonológica e gráfica de palavras, utilizando materiais distribuídos pelo MEC;
    • Objetivos da Formação dos Professores Alfabetizadores  Compreender a importância da literatura nos anos iniciais do Ensino Fundamental e planejar situações de uso de obras literárias em sala de aula;  Conhecer a importância do uso de jogos e brincadeiras no processo de apropriação do Sistema de Escrita Alfabética, analisando jogos e planejando aulas em que os jogos sejam incluídos como recursos didáticos;  Analisar e planejar projetos didáticos e sequências didáticas para turmas de alfabetização, assim como prever atividades permanentes, integrando diferentes componentes curriculares e atividades voltadas para o desenvolvimento da oralidade, escuta, leitura e escrita;  Compreender e desenvolver estratégias de inclusão de crianças com deficiência visual, auditiva, motora e intelectual, bem como, crianças com distúrbios de aprendizagem no cotidiano da sala de aula.
    • Organização dos Encontros Formativos  Os professores serão atendidos em seus municípios, pelos Orientadores de Estudo em encontros presenciais mensais, totalizando 80 horas distribuídas em oito unidades. Além de 08 horas de seminário final e 32 horas de estudo e atividades extrassala, totalizando 120 horas.
    • Organização dos Encontros Formativos Unidades de Estudo Carga Horária Datas dos Encontros Unidade 01 12h Unidade 02 08h Unidade 03 08h Unidade 04 12h Unidade 05 12h Unidade 06 12h Unidade 07 08h Unidade 08 08h Seminário Final 08h Atividades Extrassala 32h Total: 120h
    • Unidades de Estudo Ementa Unidade 01 Concepções de alfabetização Currículo no ciclo de alfabetização Interdisplinaridade Avaliação da alfabetização Inclusão como princípio fundamental do processo educativo Unidade 02 •Planejamento do ensino na alfabetização •Rotina da alfabetização na perspectiva do letramento, integrando os diferentes componentes curriculares •A importância de diferentes recursos didáticos na alfabetização: livros de literatura do PNBE e PNBE Especial, livro didático aprovado no PNLD, obras complementares distribuídas no PNLD, jogos distribuídos pelo MEC, jornais, materiais publicitários, televisão, computador, dentre outros.
    • Unidades de Estudo Ementa Unidade 03 •O funcionamento do Sistema de Escrita Alfabética •Reflexão sobre os processos de apropriação do Sistema de Escrita Alfabética e suas relações com a consciência fonológica •Planejamento de situações didáticas destinadas ao ensino do Sistema de Escrita Alfabética Unidade 04 •A sala de aula como ambiente alfabetizador: a exposição e organização de materiais que favorecem o trabalho com a alfabetização •Os diferentes agrupamentos em sala de aula e Atividades diversificadas em sala de aula para atendimento às diferentes necessidades das crianças: jogos e brincadeiras no processo de apropriação do Sistema de Escrita Alfabética e sistema numérico decimal •Atividades em grande grupo para aprendizagens diversas: a exploração da literatura como atividade permanente; estratégias de inclusão de crianças com deficiência visual, auditiva, motora e intelectual, bem como crianças com distúrbios de aprendizagem nas atividades planejadas.
    • Unidades de Estudo Ementa Unidade 05 •Os diferentes textos em salas de alfabetização: os textos de tradição oral; os textos que ajudam a organizar o dia-a-dia; os textos do jornal; as cartas e os textos dos gibis. Unidade 06 •Projetos didáticos e sequências didáticas na alfabetização, integrando os diferentes componentes curriculares •O papel da oralidade, da leitura e da escrita na apropriação de conhecimentos de diferentes áreas do saber escolar. Unidade 07 •Avaliação •Planejamento de estratégias de atendimento das crianças que não estejam progredindo, conforme as definições dos conceitos e habilidades a serem dominados pelas crianças (direitos de aprendizagem) •a inclusão das crianças com dificuldades de aprendizagem e crianças com necessidades
    • Unidades de Estudo Ementa Unidade 08 •Avaliação final •Registro de aprendizagens •Direitos de aprendizagem •Avaliação do trabalho docente •Organização de arquivos para uso no cotidiano da sala de aula.
    • Materiais Didáticos e Pedagógicos  Conjuntos de materiais específicos para alfabetização, tais como: livros didáticos (entregues pelo PNLD) e respectivos manuais do professor; obras pedagógicas complementares aos livros didáticos e acervos de dicionários de língua portuguesa (também distribuídos pelo PNLD); jogos pedagógicos de apoio à alfabetização; obras de referência, de literatura e de pesquisa (entregues pelo PNBE); obras de apoio pedagógico aos professores; e tecnologias educacionais de apoio à alfabetização.  Além de novos conteúdos para alfabetização, muda também a quantidade de materiais entregues às escolas, cujos acervos serão calculados por número de turmas de alfabetização e não por escola, possibilitando aos docentes e alunos explorar melhor os conteúdos.
    • Mudança na organização da distribuição do livro didático para o ciclo de alfabetização. Guia de Livros Didáticos – PNLD 2013
    • Os materiais a serem utilizados durante a formação serão distribuídos pelo MEC ou já estão disponíveis nas escolas e/ou no portal da Formação. Material Material •Caderno de Apresentação – Pacto •Obras complementares adquiridas no PNLD – acervos complementares •Formação de Professores: princípios e estratégias formativas •Jogos de Alfabetização •08 cadernos de estudo – Pacto •Cadernos da Provinha Brasil •Caderno de Educação Especial – Pacto •Ensino Fundamental de nove anos: orientações para a inclusão da criança de seis anos de idade (2006) •Portal do Professor Alfabetizador •A criança de 6 anos, a linguagem escrita e o Ensino Fundamental de 9 anos •Livros didáticos aprovados no PNLD •Coleção Explorando o Ensino •Livros de literatura adquiridos no PNBE e PNBE Nacional •Coleção Indagações sobre o Currículo
    • Avaliações Sistemáticas  Este eixo reúne três componentes principais:  avaliações processuais;  sistema informatizado no qual os professores deverão inserir os resultados da Provinha Brasil, no início e no final do 2º ano;  aplicação, aos alunos concluintes do 3º ano, de
    • Gestão, Controle Social e Mobilização  Participação efetiva de quatro instâncias:  Um Comitê Gestor Nacional;  Uma coordenação institucional em cada estado, composta por diversas entidades, com atribuições estratégicas e de mobilização em torno dos objetivos do Pacto;  Uma Coordenação Estadual, responsável pela implementação e monitoramento das ações em sua rede e pelo apoio à implementação nos municípios;  Uma coordenação Municipal, responsável pela implementação e monitoramento das ações na sua
    • Atribuições do Coordenador Municipal  dedicar-se às Ações do Pacto e atuar na Formação na qualidade de gestor das ações;  cadastrar os orientadores de estudo e os professores alfabetizadores no SisPacto;  monitorar a realização dos encontros presenciais ministrados pelos orientadores de estudo junto aos professores alfabetizadores;  apoiar as IES na organização do calendário acadêmico, na definição dos polos de formação e na adequação das instalações físicas para a realização dos encontros presenciais;  assegurar, junto à respectiva secretaria de Educação, as condições de deslocamento e hospedagem para participação nos encontros presenciais dos orientadores de estudo e dos professores alfabetizadores, sempre que necessário;
    • Atribuições do Coordenador Municipal  articular-se com os gestores escolares e coordenadores pedagógicos visando ao fortalecimento da Formação Continuada de Professores Alfabetizadores;  organizar e coordenar o seminário de socialização de experiências em seu âmbito de atuação (municipal, estadual ou distrital);  monitorar o recebimento e devida utilização dos materiais pedagógicos previstos nas ações do Pacto;  acompanhar as ações da secretaria de Educação na aplicação das avaliações diagnósticas, e assegurar que os professores alfabetizadores registrem os resultados obtidos pelos alunos no SisPacto;  acompanhar as ações da Secretaria de Educação na aplicação das avaliações externas, assegurando as condições logísticas necessárias;  manter canal de comunicação permanente com o Conselho Estadual ou Municipal de Educação e com os Conselhos Escolares, visando a disseminar as ações do Pacto, prestar os esclarecimentos necessários e encaminhar eventuais demandas junto à secretaria de Educação e à SEB/MEC;  reunir-se constantemente com o titular da secretaria de Educação para avaliar a implementação das ações do Pacto e implantar as medidas corretivas eventualmente necessárias;
    • Atribuições dos Orientadores de Estudo  participar dos encontros presenciais junto às IES, alcançando no mínimo 75% de presença;  assegurar que todos os professores alfabetizadores sob sua responsabilidade assinem o Termo de Compromisso do Bolsista, encaminhando-os ao coordenador-geral da Formação na IES;  ministrar a formação aos professores alfabetizadores em seu município ou polo de formação;  planejar e avaliar os encontros de formação junto aos professores alfabetizadores;  acompanhar a prática pedagógica dos professores alfabetizadores;
    • Atribuições dos Orientadores de Estudo  avaliar os professores alfabetizadores cursistas quanto à frequência, à participação e ao acompanhamento dos estudantes, registrando as informações no SisPacto;  efetuar e manter atualizados os dados cadastrais dos professores alfabetizadores;  analisar os relatórios das turmas de professores alfabetizadores e orientar os encaminhamentos;  manter registro de atividades dos professores alfabetizadores em suas turmas de alfabetização;  avaliar, no SisPacto, a atuação dos formadores, dos coordenadores das ações do Pacto no Distrito Federal, nos estados e nos municípios e do suporte dado pelas IES;  apresentar à IES formadora os relatórios pedagógico e gerencial das atividades referentes à formação dos professores alfabetizadores;
    • Atribuições dos Professores Alfabetizadores  dedicar-se ao objetivo de alfabetizar todas as crianças de sua(s) turma(s) no ciclo de alfabetização;  analisar os textos propostos nos encontros da Formação, registrando as questões a serem discutidas nos encontros posteriores;  participar dos encontros presenciais com os orientadores de estudo, alcançando no mínimo 75% de presença;  realizar em sala de aula as atividades planejadas nos encontros da Formação, registrando as dificuldades para debate nos encontros posteriores;  colaborar com as discussões pedagógicas relacionadas aos materiais e à formação;
    • Atribuições dos Professores Alfabetizadores  planejar situações didáticas utilizando os recursos didáticos disponibilizados pelo Ministério da Educação;  aplicar as avaliações diagnósticas registrando os resultados no SisPacto ou utilizando outra forma pactuada previamente com seu respectivo orientador de estudo;  acompanhar o progresso da aprendizagem das suas turmas de alfabetização, registrando-o no SisPacto ou outras formas de registro pactuadas com o respectivo orientador de estudo;  avaliar o trabalho de formação desenvolvido pelo orientador de estudo;  participar do seminário final da Formação Continuada de Professores Alfabetizadores e apresentar relato de sua experiência.
    • O perfil do Professor Alfabetizador  No mínimo, os alfabetizadores precisam atender aos seguintes critérios para atuar nos anos iniciais do Ensino Fundamental:  ter domínio dos conhecimentos necessários ao desenvolvimento do ensino da leitura e da escrita na perspectiva do letramento;  ter habilidades para interagir com as crianças, dinamizando o processo pedagógico e promovendo situações lúdicas de aprendizagem;  ser assíduo e pontual, evidenciando compromisso com os processos pedagógicos;  ter sensibilidade para lidar com a diversidade social, cultural, de gênero e etnia.