Menino maluquinho

  • 494 views
Uploaded on

 

More in: Education
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
494
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
6
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. ATIVIDADE DE SALA PORTUGUÊS 4º BIMESTRE Rodovia do Contorno, nº 327, Barro Preto Mariana/MG - CEP.: 35.420-000 Email: cempa327@hotmail.com - Tel.: (031) 3558-2224 PROFESSORA: DATA: / / ______________________ ESCOLA:_____________________________________________________________________________ _ VALOR: _____ CO ALUNO (A):______________________________________________________ 5º ANO NOTA:_______ ___________Folha de S. Paulo Folhinha São Paulo, sábado, 8 de janeiro de 2005.________________________________________________________________ENTREVISTAO escritor e desenhista Ziraldo fala sobre seu menino mais famoso, que vai completar 25 anos O pai maluquinhoGABRIELA ROMEUENVIADA ESPECIAL AO RIO Ele tem fogo no rabo, vento nos pés, macaquinhos no sótão -e vai completar 25 anos. É o MeninoMaluquinho, personagem criado em 1980 pelo escritor Ziraldo, dono da teoria de que criança feliz sópode virar um adulto legal. Várias gerações cresceram com as peripécias do Maluquinho, que já foi para ocinema, o teatro, a internet e a ópera. O livro vendeu 2,5 milhões de exemplares. O pai do menino ésempre entusiasmado com as aventuras do Maluquinho. "É fantástico ler o Menino em catalão, querouvir?" E lá vai o escritor ler a história na língua da Catalunha, região da Espanha, onde é conhecidacomo "Cap de Pardals". Para falar de um de seus filhos mais famosos, Ziraldo, 72, recebeu a Folhinha em seu estúdio, noRio de Janeiro, três dias antes do Natal. De bermuda e camiseta, o mineiro pediu um "bocadinho" detempo para mudar a roupa antes de fazer a foto. Voltou vestindo a camisa e o colete que são sua marcagenuína.Folhinha - Você foi muito influenciado por sua mãe ao entrar no mundo das letras, não?Ziraldo - Minha mãe me ensinou as letras. Eu as conhecia como pessoas vivas, mamãe dizia que o "a"era um sujeito de perna aberta, o "b" era um barrigudinho, o "c" era um comilão, o "d" era um pançudo, o "x" era um "h" de cinturinha apertada. Aprender a ler é a maior aventura da criança.Folhinha - Você era um menino de zero de comportamento como o Menino Maluquinho?Ziraldo - Não, eu era muito agitado. Sempre fui um menino fazedor de coisas. O tempo que você gastasonhando é o mesmo que gasta fazendo.Folhinha - Você usa sempre a palavra menino. Até hoje, em Minas Gerais, criança é chamada demenino, não?Ziraldo - Isso. Meu avô tinha nove filhas e um filho. Ele dizia: "Os menino lá de casa é tudo muié, sótem um homem". E falava menino homem e menino mulher. Eu acho a palavra menino deslumbrante.Folhinha - E agora o Menino Maluquinho faz 25 anos...Ziraldo - É, faz 25 anos em agosto. Esse livro me ocorreu quando fazia uma palestra para pais e mestrese falava de criar filhos. Eu tinha a tese de que filho não devia ser chateado, filho é o rei da casa e tem queser feliz, pois só um menino feliz pode virar um cara legal. A idéia ficou na cabeça e fiz "O MeninoMaluquinho".Folhinha - Quando você desenhou o Maluquinho pela primeira vez, ele já tinha aquela cara?Ziraldo - Sim. Eu só sei desenhar menino assim, com essa cara redonda. Queria um livro interativo, em
  • 2. que a criança pudesse brincar, completar o desenho, pintar. Tem uma coisa engraçada, ele não tem panelana cabeça dentro do livro. Ela surgiu na hora de desenhar a capa, pois maluco é Napoleão, então desenheium Napoleãozinho com a panela na cabeça.Folhinha - A criança dos anos 80 é a mesma criança de hoje?Ziraldo - Claro que é. A criança está mais presa, mas tem o mundo na mão. Não tenho isso de "bom é nomeu tempo". Meus netos têm uma vida mais fantástica do que a que tive. O Vicente, meu neto, dá notíciade todos os dinossauros. A Alice [outra neta" tem quase 200 livros de "Alice no País das Maravilhas",pois trago uma Alice sempre que viajo. Infância boa é a que se vive intensamente.Folhinha - Quais serão as comemorações do Maluquinho?Ziraldo - A ópera do Menino Maluquinho vai percorrer o Brasil neste ano. A TVE vai exibir uma sériedo Menino Maluquinho. Vou fazer um livro com o Pedro Bandeira, outro com a Ruth Rocha e outro coma Ana Maria Machado. E tem os gibis.Folhinha - E seus próximos livros?Ziraldo - Tenho uns livros bolados. Tem "O Último Menino", que eu não quero publicar com esse título,"O Menino das Cavernas" e "Os Meninos de Marte", que acho que é o que eu vou fazer. Vou fazer umaturminha de nove meninos, o menino de Marte, o de Vênus, o de Mercúrio...Folhinha - Os meninos o perseguem.Ziraldo - É, meu tema é menino. Entendendo o texto1) Você leu uma entrevista de Ziraldo para a Folhinha, um caderno destinado para crianças eadolescentes publicado pelo jornal Folha de S. Paulo. a) O que é uma entrevista? b) Qual é a finalidade da entrevista com Ziraldo?2) A entrevista com Ziraldo tem três partes: a) Um texto com uma linha, logo abaixo da indicação “ Entrevista”. b) Outro texto pequeno, que aparece logo abaixo do título “o pai maluquinho”, antes da conversa entre entrevistador e entrevistado. c) O diálogo entre o entrevistador e entrevistado.Observe cada uma das partes e indique a finalidade de cada uma.3) No texto que antecede o título, lemos que o menino de Ziraldo vai completar 25 anos. Por que oMaluquinho é chamado de menino, mesmo tendo 25 anos?4) Quantos anos o Menino Maluquinho tem atualmente?5) Observe o título da entrevista.a) Quem é o “pai maluquinho”?b) Por que ele é chamado de “pai”?6) Que idéia inspirou Ziraldo a criar o Menino Maluquinho?