0
Museu Nacional
de Arte Antiga

PROGRESSÃO MANUAL
O Museu Nacional de Arte Antiga, também
conhecido por Museu das Janelas Verdes, está
localizado em Lisboa, P
ortugal. Inst...
Pint ur as de ar t ist as eur opeus dos séculos XI V ao XI X est ão dispost as num
dos pisos do Museu, da aut or ia de cr ...
“As Tent ações de Sant o Ant ão”
de Hier onymus Bosch
O polípt ico de São Vicent e de For a, at r ibuído a Nuno Gonçalves
e pint ado cer ca de 1467-1470
Est a pint ur a r epr esent a a Ador ação de São Vicent e, padr oeir o de Por t ugal.
Os painéis de São Vicent e, com a r epr esent ação pr ecisa de f igur as
cont empor âneas, t or nam-se num valioso documen...
O impr essionant e conj unt o das quat r o Tapeçar ias de Past r ana, que nar r am
as conquist as magr ebinas de D. Af ons...
P
roduzidos nas of icinas de Tournai, no último quartel do séc. XV, em lã
e seda, agora restaurados pela Fundação Carlos d...
Documentando o cerco e o assalto a Arzila e a tomada de Tânger pelo
R D. Af onso V, estas valiosas e artísticas tapessaria...
A ourivesaria e joalharia dos séculos XII- XIX estão no segundo piso do Museu.
P
eças raras e de grande originalidade, lin...
A Custódia de
B
elém, de Gil
Vicente (1506), é
uma das dez obras
de ref erência do
Museu
Uma bela colecção
de tesouros
eclesiásticos entre
os quais a cruz de
ouro do rei
D. Sancho
Uma extensa colecção de cerâmica, permite acompanhar a
evolução da porcelana chinesa e da f aiança portuguesa e inclui
peç...
Colecção de marf ins e móveis, com motivos europeus, de inf luência
portuguesa e das suas ex- colónias
A colecção de esculturas inclui imagens de santos
esculpidos em pedra e madeira, policromas e
também imagens do séc. XVII
...
O acer vo do Museu cont a com muit as obr as de pint or es por t ugueses
inf luenciados pelos por menor es dos ar t ist as...
Um belo espaço ajardinado rodeado de estátuas, com uma soberba
vista para o rio Tejo, dão ao visitante do Museu agradáveis...
Fotos e formatação
de: JBVieira

Este trabalho reflete apenas o gosto
do seu autor pela visita realizada.
A localização da...
Museu nacional de arte antiga
Museu nacional de arte antiga
Museu nacional de arte antiga
Museu nacional de arte antiga
Museu nacional de arte antiga
Museu nacional de arte antiga
Museu nacional de arte antiga
Museu nacional de arte antiga
Museu nacional de arte antiga
Museu nacional de arte antiga
Museu nacional de arte antiga
Museu nacional de arte antiga
Museu nacional de arte antiga
Museu nacional de arte antiga
Museu nacional de arte antiga
Museu nacional de arte antiga
Museu nacional de arte antiga
Museu nacional de arte antiga
Museu nacional de arte antiga
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Museu nacional de arte antiga

232

Published on

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
232
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
6
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Museu nacional de arte antiga"

  1. 1. Museu Nacional de Arte Antiga PROGRESSÃO MANUAL
  2. 2. O Museu Nacional de Arte Antiga, também conhecido por Museu das Janelas Verdes, está localizado em Lisboa, P ortugal. Instalado num palácio do século XVII, propriedade dos Condes de Alvor e, posteriormente, adquirido pelo Marquês de P ombal. Foi inaugurado em 1884 com a designação de Museu Nacional de B elas- Artes e Arqueologia, sendo José de Figueirdo o seu primeiro director. Em 1940 f oi ampliado com um anexo, que inclui a f achada principal. Este ocupou o lugar do Convento Carmelita de Santo Alberto, destruído pelo terramoto de 1755, tendo resistido apenas a capela, agora também integrada no museu. A maior colecção de pinturas de P ortugal, com destaque para as obras religiosas de Artistas portugueses f azem parte deste Museu que inclui, ainda, muitas peças de escultura, prata, porcelana e artes aplicadas.
  3. 3. Pint ur as de ar t ist as eur opeus dos séculos XI V ao XI X est ão dispost as num dos pisos do Museu, da aut or ia de cr iador es alemães, f lamengos e it alianos
  4. 4. “As Tent ações de Sant o Ant ão” de Hier onymus Bosch
  5. 5. O polípt ico de São Vicent e de For a, at r ibuído a Nuno Gonçalves e pint ado cer ca de 1467-1470
  6. 6. Est a pint ur a r epr esent a a Ador ação de São Vicent e, padr oeir o de Por t ugal.
  7. 7. Os painéis de São Vicent e, com a r epr esent ação pr ecisa de f igur as cont empor âneas, t or nam-se num valioso document o hist ór ico e social
  8. 8. O impr essionant e conj unt o das quat r o Tapeçar ias de Past r ana, que nar r am as conquist as magr ebinas de D. Af onso V, Rei de Por t ugal.
  9. 9. P roduzidos nas of icinas de Tournai, no último quartel do séc. XV, em lã e seda, agora restaurados pela Fundação Carlos de Amberes, medem mais de 10 metros de largura por 4 de altura.
  10. 10. Documentando o cerco e o assalto a Arzila e a tomada de Tânger pelo R D. Af onso V, estas valiosas e artísticas tapessarias f oram parar a ei Espanha por motivos nebulosos.
  11. 11. A ourivesaria e joalharia dos séculos XII- XIX estão no segundo piso do Museu. P eças raras e de grande originalidade, lindamente decoradas.
  12. 12. A Custódia de B elém, de Gil Vicente (1506), é uma das dez obras de ref erência do Museu
  13. 13. Uma bela colecção de tesouros eclesiásticos entre os quais a cruz de ouro do rei D. Sancho
  14. 14. Uma extensa colecção de cerâmica, permite acompanhar a evolução da porcelana chinesa e da f aiança portuguesa e inclui peças de Itália, P aíses B aixos e Espanha.
  15. 15. Colecção de marf ins e móveis, com motivos europeus, de inf luência portuguesa e das suas ex- colónias
  16. 16. A colecção de esculturas inclui imagens de santos esculpidos em pedra e madeira, policromas e também imagens do séc. XVII S. Tiago S. António Santa Ana
  17. 17. O acer vo do Museu cont a com muit as obr as de pint or es por t ugueses inf luenciados pelos por menor es dos ar t ist as f lamengos. Das mais conhecidas, o r et r at o do j ovem D. Sebast ião, de Cr ist óvão de Mor ais, e as pint ur as de Domingos Ant ónio de Sequeir a
  18. 18. Um belo espaço ajardinado rodeado de estátuas, com uma soberba vista para o rio Tejo, dão ao visitante do Museu agradáveis momentos de descanso
  19. 19. Fotos e formatação de: JBVieira Este trabalho reflete apenas o gosto do seu autor pela visita realizada. A localização das obras do Museu foram aqui postas aleatoriamente. 16/ AGOSTO/ 2010 7 de Fever eir o de 2011
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×