Your SlideShare is downloading. ×
B integração segurança tosi
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

B integração segurança tosi

1,372
views

Published on


2 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
1,372
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
88
Comments
2
Likes
2
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. SSMA - Saúde, Segurança e Meio Ambiente
  • 2. OBJETIVO Proteger a integridade física do trabalhador e do patrimônio da companhia. Buscar e consolidar o total comprometimento das pessoas com a missão de SEGURANÇA, SAÚDE, MEIO AMBIENTE E QUALIDADE. META Acidente Zero, Qualidade de vida, Sustentabilidade e Qualidade total. NORMAS UTILIZADAS OHSAS 18001:1999 - Sistemas de Gestão para Segurança e Saúde Ocupacional • Norma Regulamentadora da Portaria 3214 de 1978 • NBR´s, Instruções Técnicas entre outras. • Normas pertinentes ao assunto. SSMA - Saúde, Segurança e Meio Ambiente
  • 3. A TURBO TOSI pertence ao grupo TOSI o qual deu início às suas atividades em 1954, na cidade de São Paulo. José Daniel Tosi e seu cunhado Mário Lantery fundaram nesse ano a Coldex, empresa pioneira e líder na produção de serpentinas, fan-coils e self-containeds no Brasil. Em 1978, passa a fabricar fan-coils e selfs. Foi a primeira a lançar fan-coils com perfil de alumínio e chapa pintada de epóxi, e a primeira do ramo a produzir no processo de linha de montagem, dominando cerca de 60% deste mercado. Em 1998 José Daniel Tosi realiza a sucessão do Grupo e passa a direção de suas empresas aos seus três filhos: Marcelo, Márcio e Patrice. Em 2007 a Tosi passa a atuar na produção e comercialização de acessórios e peças para difusão de ar, maquinário de climatização e equipamentos para aquecimento de água, um grande leque de serviços. Com expertise único no mercado, vindo como consequência dos muitos anos de atuação da marca e das venturas em diversos segmentos do mercado de HVAC-R, a Indústrias Tosi conquista ainda mais reconhecimento e torna-se uma referência para todo o mercado. Em parceria com a americana Multistack, apresenta o Chiller Turbo Tosi e torna-se a primeira e única empresa a utilizar a tecnologia Turbo cor, compressor que não utiliza óleo, com mancais magnéticos, menor nível de ruído e vibração e consumo inferior comparado aos sistemas mais exigentes. Em 2010, a Indústrias Tosi mais uma vez eleva o padrão de qualidade brasileiro com um novo investimento. Com a construção de um laboratório de testes sem par na América latina, feito seguindo as melhores práticas do mercado e com o apoio de seus parceiros internacionais, a Tosi passa a garantir de forma inédita no país o perfeito funcionamento de todos os chillers produzidos pela empresa. Em 2011 foi fundada a TURBO TOSI e a Indústrias Tosi firmou parcerias com mais duas empresas internacionais que vêm com o desenvolvimento de novos fan-coils de precisão.
  • 4. Manter as nossas marcas como símbolo de garantia da satisfação no segmento de nossos clientes e fornecedores através do contínuo aperfeiçoamento dos processos de gestão e fabricação de produtos de alta qualidade, no segmento de cada empresa do Grupo. Buscamos a confiança e reconhecimento de nossos clientes quanto à nossa eficiência em atender os seus requisitos visando a melhoria continua, aplicação de novas tecnologias e soluções inteligentes e sustentáveis para alcançarmos o nosso lugar de melhor fornecedor de produtos de nosso segmento. As indústrias TOSI, se compromete com a melhoria na qualidade de vida de seus colaboradores pregando o respeito mútuo mantendo o ambiente de trabalho sempre limpo e seguro, mantendo atitudes profissionais e éticas e um ambiente de comunicação e participação de todos para melhoria contínua. MISSÃO VISÃO VALORES
  • 5. As indústrias Tosi tem como Política da Qualidade a busca permanente da satisfação de nossos clientes. Para este fim teremos como pilares:  Assegurar a melhoria contínua de nossos produtos e serviços;  Assegurar, através de treinamento, a preparação permanente dos nossos colaboradores, visando a competência, realização profissional e pessoal de cada um deles;  Assegurar que todos os nossos colaboradores sintam-se conscientes de suas responsabilidades e comprometimento com a Qualidade, porém com liberdade para propor alterações que visem o aperfeiçoamento da mesma;  Assegurar o cumprimento dos objetivos e metas da organização, o relacionamento ético com clientes e fornecedores e a perpetuação dos negócios. Marcio Tosi Diretoria
  • 6. ATUALIZAÇÃO CADASTRAL Certidões: casamento, nascimento de filhos, mudança de endereço, certificados. PAGAMENTO SALARIAL Todo dia 20 antecipação salarial 40% do salário, e pagamento todo dia 05 de cada mês SEGURO DE VIDA – Itaú Seguros Obrigatório para todos os colaboradores.
  • 7. VALE TRANSPORTE 6% Conforme previsto em lei REFEIÇÃO Será cobrado o valor de R$ 32,88 por mês ASSISTÊNCIA MÉDICA Para colaborador é integral, dependentes será cobrado R$ 73,71 por dependente.
  • 8. CAFÉ DA MANHÃ Gratuito verificar junto a chefia o horário do mesmo MARCAÇÃO DE PONTO O colaborador tem a obrigatoriedade de marcar o ponto 4 períodos, (entrada, saída intervalo, retorno intervalo e saída). Toda e qualquer saída durante a jornada de trabalho, terá que ter a autorização de saída e o mesmo deverá marcar o ponto. O atestado médico deverá estar vinculado ao nosso convênio, e deve ser entregue ao gestor da área em 48 horas, para que o abono seja validado.
  • 9. USO DO CRACHÁ. O crachá é um cartão de identificação que tem por objetivo, justamente, identificar o empregado que faz parte do quadro de empregados da empresa. Fica proibido a entrada de colaboradores sem o crachá, quando do mesmo deverá busca-lo em caso de esquecimento, e será descontado como atraso o período ausente. A não marcação correta dos horários, além de serem descontadas as inconsistências ocorridas, será aplicada advertência, e em caso de reincidência o mesmo poderá receber uma suspensão. E em caso de perda ou extravio do crachá, será cobrado pela emissão de outro o valor de R$7,00 descontado em folha de pagamento.
  • 10. CESTA BÁSICA Cesta média – Para colaboradores que não possuírem interrupção no trabalho – faltas, atestados, atrasos etc. CESTA BÁSICA Cesta pequena – Para colaboradores que possuírem interrupção no trabalho – faltas, atestados, atrasos etc.
  • 11. - Cuide da sua aparência (uniforme, higiene pessoal, etc.); - Mantenha uma postura positiva no trabalho; - Chame as pessoas pelo nome; - Dê “Bom dia”, “Boa Tarde” e “Boa Noite”; - Não usar camisetas onde possa criar um clima de rivalidades (Time, ou que possa ofender o companheiro de trabalho). - Não é permitido o uso de boné dentro da empresa. - Trabalhe em equipe; - Tenha visão global e parcial; - Conheça bem o todo e a sua parte; - Seja um bom profissional. SSMA - Saúde, Segurança e Meio Ambiente
  • 12. SSMA - Saúde, Segurança e Meio Ambiente
  • 13. ACIDENTE: Todo evento inesperado que cause lesão ou distúrbio funcional. ACIDENTE DE TRAJETO: Todo evento inesperado que cause lesão ou distúrbio funcional que ocorre entre o trajeto da casa para o trabalho e do trabalho para a casa. INCIDENTE: É o evento que ocorre, mais que não há perda de tempo ou rompimento de uma estrutura, ou lesão. DESVIO: : É toda condição ou ato abaixo do padrão de referência TIPOS DE ACIDENTE: Com afastamento / Sem Afastamento SSMA - Saúde, Segurança e Meio Ambiente
  • 14. ATO INSEGURO É a maneira como as pessoas se expõe consciente e inconscientemente a riscos de acidente. Esses atos são responsáveis pela maioria dos acidentes do trabalho. Exemplos: Ficar junto ou sob cargas suspensas, improvisar ferramentas, não usar Epi´s, brincadeiras e exibicionismos. CONDIÇÃO INSEGURA Condição do meio com potencial de causar acidente. Refere-se as instalações, equipamentos, substâncias utilizadas e métodos de trabalho empregados. Exemplos: Pisos irregulares (buracos, óleos, resíduos), ferramentas danificadas. SSMA - Saúde, Segurança e Meio Ambiente
  • 15. • Utilizar atalhos • Não seguir normas ou procedimentos • Fazer com pressa • Equipamentos sem proteção • Tomar decisão inadequada •Ambientes sujos e/ou desorganizados • Posições desajeitadas / desconfortáveis • Descuido na movimentação de cargas • Movimentos repetitivos • Arranjo inadequado dos equipamentos • Equipamento mal projetado e mal cuidado SSMA - Saúde, Segurança e Meio Ambiente
  • 16. PERIGO: Fonte ou situação potencialmente capaz de causar perdas em termos de danos à saúde, prejuízos à propriedade, prejuízos ao ambiente do local de trabalho ou uma combinação entre eles. Podem ser energias perigosas, equipamentos, objetos e substâncias perigosas RISCO: Combinação da frequência, ou probabilidade, e da(s) consequência(s) da ocorrência de uma situação de perigo específica SSMA - Saúde, Segurança e Meio Ambiente
  • 17. - QUÍMICOS – Estão presentes no local de trabalho e são encontrados na forma sólida, líquida ou gasosa e classificam-se em: poeiras, fumos, névoas, gases, vapores, neblinas e substâncias, compostos ou produtos químicos em geral. - BIOLÓGICOS - São considerados: vírus, bactérias, protozoários, fungos, parasitas e bacilos. Ocorrem por meio de micro-organismos que podem provocar doenças. Muitas atividades profissionais favorecem o contato com tais riscos. É o caso das indústrias alimentícias, hospitais, limpeza pública (coleta de lixo), laboratórios, etc. Ex: tuberculose, brucelose, malária, febre amarela etc. - FÍSICOS - São considerados: ruídos, calor, frio, vibrações, pressões anormais, radiações, umidade. SSMA - Saúde, Segurança e Meio Ambiente
  • 18. RISCOS DE ACIDENTES: São considerados como geradores de acidentes: arranjo físico deficiente; máquinas e equipamentos sem proteção; ferramentas inadequadas ou defeituosas; eletricidade; incêndio ou explosão; animais peçonhentos; armazenamento inadequado. RISCOS ERGONÔMICOS: São considerados os esforços físico; levantamento de peso; postura inadequada; controle rígido de produtividade; situação de estresse; jornada de trabalho prolongada; monotonia e repetitividade; imposição de rotina intensa. A ergonomia ou engenharia humana é uma ciência relativamente recente que estuda as relações entre o homem e seu ambiente de trabalho. SSMA - Saúde, Segurança e Meio Ambiente
  • 19. TODO O RISCO PODE SER GERENCIADO O perigo está presente em toda parte. Nosso dever é: antes de começar qualquer atividade devemos sempre fazer uma reflexão dizendo a palavra. . SSMA - Saúde, Segurança e Meio Ambiente
  • 20. Puxa! Eu não fiz o OPA. SSMA - Saúde, Segurança e Meio Ambiente
  • 21. O acidente aconteceu técnico, e agora o que acontece? Pedrão: Vamos realizar a investigação do acidente. SSMA - Saúde, Segurança e Meio Ambiente
  • 22. Tem como objetivo - Procurar a causa, Prevenir repetição do evento / acidente semelhante, Proteger os interesses da companhia. Todo acidente com afastamento e/ou incidente com alto potencial de gravidade serão investigados por uma comissão que analisará as causas recomendando ações que evitem a recorrência de outros acidentes. SSMA - Saúde, Segurança e Meio Ambiente
  • 23. EPIs – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL Obrigações do empregador. Adquirir o tipo adequado à atividade do empregado; Fornecer ao empregado somente EPI aprovado pelo ministério do trabalho; Treinar o trabalhador sobre o seu uso adequado; Tornar obrigatório o seu uso; Substituí-lo, imediatamente, quando danificado ou extraviado; Comunicar ao Ministério do Trabalho qualquer irregularidade. Obrigações do empregado. Usá-lo apenas para a finalidade a que se destina; Responsabilizar-se por sua guarda e conservação; Comunicar ao empregador qualquer alteração que o torne impróprio para uso. SSMA - Saúde, Segurança e Meio Ambiente
  • 24. • Fumar somente nos locais identificados e permitidos; • Não deixe materiais inflamáveis próximo ao local de trabalho; • Não obstrua os equipamentos de proteção e combate a incêndios; • Nunca tente apagar um principio de incêndio se você não possui conhecimento suficiente para isso; • Em caso de emergências comunique o pessoal da brigada de incêndio ou a segurança do trabalho; •Sempre desça as escadas pelo lado direito segurando no corrimão. SSMA - Saúde, Segurança e Meio Ambiente
  • 25. As regras e instituições sobre segurança deverão ser cumpridas rigorosamente. Nos casos de descumprimento das recomendações, os responsáveis ficam sujeitos a punições legais. SSMA - Saúde, Segurança e Meio Ambiente
  • 26. A identificação dos aspectos é um processo contínuo que determina o impacto (benéfico ou adverso) passado, presente e potencial das atividades sobre o meio ambiente e a segurança e saúde ocupacional. O levantamento dos aspectos e impactos deve ser refeito sempre que: Alguma alteração for efetuada no processo; Atividades, produtos e serviços novos ou modificados forem incorporados ao processo; Novos equipamentos, ferramentas ou tecnologias venham a ser incorporados nas atividades; A cada 2 anos. Tem como objetivo estabelecer o processo para identificação e avaliação dos aspectos e impactos existentes nas atividades e serviços, determinando quais possam ter impactos significativos sobre o meio ambiente e a segurança e saúde ocupacional, priorizando-os de forma a estabelecer os objetivos e metas da organização. Aplica-se na análise das atividades das Unidades de Trabalho, identificando os aspectos e impactos relacionados e encerrando na determinação do controle necessário. SSMA - Saúde, Segurança e Meio Ambiente
  • 27. EFEITOCAUSA Qualquer elemento das atividades e serviços que pode interagir com o meio ambiente ou na segurança e saúde das pessoas Qualquer modificação do meio ambiente e qualquer interferência que comprometa a saúde e a segurança das pessoas : Forma de evitar o IMPACTO Podem ser: Instalações, equipamentos, procedimentos, instruções, planos de ações, monitoramentos, comunicação visual e ações emergenciais SSMA - Saúde, Segurança e Meio Ambiente
  • 28. EFEITO CAUSA SSMA - Saúde, Segurança e Meio Ambiente NESTE CASO, CADA UM DEVE AVALIAR O SEU CONTROLE TRATAMENTO DOS EFLUENTES E DOS RESÍDUOS DIREÇÃO DEFENSIVA
  • 29. EMISSÃO DE CO2 GERAÇÃO DE EFLUENTES CONSUMO DE ÁGUA VAZAMENTO DE ÓLEO POLUIÇÃO DO AR / EFEITO ESTUFA CONTAMINAÇÃO DAS ÁGUAS ESGOTAMENTO DE RECURSOS NATURAIS CONTAMINAÇÃO DA ÁGUA E/OU SOLO Utilização de filtros, substituição da fonte de energia utilizada Tratamento do efluente Racionalização do uso, mudança de hábitos Manutenção do equipamento / barreiras de contenção EFEITO CAUSA SSMA - Saúde, Segurança e Meio Ambiente
  • 30. Nosso futuro depende das ações que praticamos hoje! SSMA - Saúde, Segurança e Meio Ambiente
  • 31.  Dispor adequadamente os resíduos sólidos através da implantação da Coleta Seletiva SSMA - Saúde, Segurança e Meio Ambiente
  • 32. “Fazendo economia da água, energia, insumos e prevenção da poluição, tanto em casa quanto no local de trabalho, melhoramos nossa QUALIDADE DE VIDA e preservamos o MEIO AMBIENTE!” SSMA - Saúde, Segurança e Meio Ambiente
  • 33. SSMA - Saúde, Segurança e Meio Ambiente
  • 34. Abril 2013 Adriano Ortiz de Paulo – Técnico em Segurança do Trabalho 2013 – Todos os direitos reservados Proibida reprodução total ou parcial sem a autorização da empresa