Primeiros socorros parte ii

480 views
363 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
480
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
9
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Primeiros socorros parte ii

  1. 1. Primeiros Socorros Rebeca Menezes Primeiros Socorros Parte II
  2. 2. Queimaduras • Tipos: -1º grau: São caracterizadas pela lesão da epiderme e por apresentarem eritema e dor.Não há formação de bolhas e tende a se regenerar entre 5 e 7 dias. -2º grau: Caracterizada pela destruição da epiderme e-2º grau: Caracterizada pela destruição da epiderme e parte da derme,apresentam aparência avermelhada e bolhas que não deverão ser rompidas. -3º grau: Caracterizada pela destruição da epiderme e derme, pode inclusive atingir áreas mais profundas,por lesar as terminações nervosas. *Não há presença de dor.
  3. 3. Queimaduras • Tratamento Domiciliar (Imediato) - Não tentar retirar pedaços de roupas grudados na pele(Recortar em volta da roupa) - Utilização de água corrente na zona lesada (Jato fraco de água levemente morna);(Jato fraco de água levemente morna); - Não tocar a área afetada; -Não furar as bolhas; -Não usar: produtos domésticos; gelo ou água gelada -Manter a vítima hidratada
  4. 4. Queimaduras • Abordagem do paciente queimado: Estabelece condições que favorecem e otimizam o prognóstico da vítima. Avaliação Primária: a) Liberação das vias aéreas com proteção à coluna vertebral; (Inalação)vertebral; (Inalação) b) Respiração/ Ventilação; c) Circulação com controle de hemorragias;(Reposição Vol.) d) Avaliação Neurológica; e) Exposição com prevenção de hipotermia.(Percentagem da queimada)
  5. 5. Queimaduras • A vítima de queimadura deve ser considerada portadora de lesões traumáticas associadas (politraumatizada) Seqüência de atendimento: -Priorizar a liberação das vias aéreas;-Priorizar a liberação das vias aéreas; -Favorecer a ventilação associada à administração de oxigênio suplementar; -Busca ativa de sinais indicativos de lesões por queimadura das vias aéreas superiores ( rouquidão, queimadura dos pêlos nasais, presença de fuligem nas vias aéreas etc); *Atentar para o risco de edema das vias aéreas.
  6. 6. Queimaduras Avaliar a ocorrência de pneumotórax;. *A monitorização dos parâmetros vitais é condicional para adequada assistência. - Prevenção do choque hipovolémico; - Restauração do equilíbrio hemodinâmico:- Restauração do equilíbrio hemodinâmico: O cálculo da reposição volêmica se dá a partir da infusão de 2 a 4 ml de solução isotônica (Ringer com lactato) por quilo de peso, por percentual de superfície queimada (2º e 3º graus), nas primeiras 24 horas,infundindo-se metade deste volume nas 8 primeiras horas e o restante nas 16 horas subsequüentes.
  7. 7. Queimaduras Assistência às feridas provocadas por queimaduras: -Limpeza da área queimada (Água e sabão/PVPI) -Cobrir a área com compressas estéreis (realizar curativo contensivo e não(realizar curativo contensivo e não oclusivo,utilizando técnica asséptica); -Após a secagem da área, são usados o creme de sulfadiazina de prata a 1% com nitrato de cério a 2,2% em uma camada entre 3 e 5 mm; -O enfaixamento,feito em seguida, deverá exercer leve ou pouca pressão sobre a lesão; Profilaxia do Tétano (Gamaglobulina) *Atendimento psicológico
  8. 8. Choque Elétrico • São abalos musculares causados pela passagem de corrente elétrica pelo corpo *A intensidade da corrente é o fator mais importante a ser considerado nos acidentesimportante a ser considerado nos acidentes com eletricidade: 25 mv- Espasmos Musculares; 25 a 75mv- Parada do Coração em Diástole, Coração poderá sofrer fibrilação ventricular. • Cada segundo de contato com a eletricidade diminui a possibilidadede sobrevivência da vítima.
  9. 9. Choque Elétrico • Principais Complicações · Parada cardíaca · Parada respiratória · Queimaduras(Entrada e saída da corrente)· Queimaduras(Entrada e saída da corrente) · Traumatismo (de crânio, ruptura de órgãos internos, etc.) · Óbito.
  10. 10. Choque Elétrico • Primeiras Providências: -Desligue o aparelho da tomada ou a chave geral. -Se tiver que usar as mãos para remover uma-Se tiver que usar as mãos para remover uma pessoa, envolva-as em jornal ou um saco de papel. -Empurre a vítima para longe da fonte de eletricidade com um objeto seco, não-condutor de corrente, como um cabo de vassoura, tábua, corda seca, cadeira de madeira ou bastão de borracha.
  11. 11. Choque Elétrico • Cubra as queimaduras com uma gaze ou com pano limpo. • Se a pessoa estiver consciente, deite-a de costas, com as pernas elevadas. Secostas, com as pernas elevadas. Se estiver inconsciente, deite-a de lado. Se necessário, cubra a pessoa com um cobertor e mantenha-a calma.
  12. 12. Choque Elétrico • Se houver parada cárdio-respiratória, aplique a ressucitação.* -Procure abrir e examinar a boca da vítima, afim de retirar possíveis objetos estranhos (dentadura, palito, alimentos, etc.), examine também narinas e garganta; (dentadura, palito, alimentos, etc.), examine também narinas e garganta; -Desenrole a língua caso esteja enrolada; -Desaperte punhos, cinta, colarinho, ou quaisquer peças de roupas que por acaso apertem o pescoço, peito e abdômem da vítima
  13. 13. Choque Elétrico • Ao ter reinício a respiração natural, sintonize o ritmo da respiração artificial com a natural. • Não faça qualquer interrupção, por menor que seja, na aplicação da respiração artificial. • Depois de recuperada a vítima, mantenha- a em• Depois de recuperada a vítima, mantenha- a em repouso e agasalhada, não permitindo que se levante ou se sente, • Não a deixe beber nada, a fim de evitar que se engasgue, • Após a recuperação total da vítima, pode dar lhe então café ou chá quente.
  14. 14. Corte • Solução de continuidade de tecido orgânico,muitas vezes com exposição do subcutâneo e até camadas músculo- aponeuróticas.aponeuróticas. Obs:Corte Simples
  15. 15. Corte • Pressione o corte para estancar o sangramento, continuando por 10 minutos se necessário;use uma compressa estéril ou pano limpo ou, se não for possível, a mão limpa (evite usar gaze seca, pois estamão limpa (evite usar gaze seca, pois esta gruda no ferimento). • Eleve a parte do corpo afetada acima do nível do coração, pois isso diminui o fluxo de sangue para a região do corte.
  16. 16. Corte No atendimento: • Ferimento deve ser limpo com SF; • Exploração digital – corpos estranhos retirados;retirados; • Ressecção de tecidos desvitalizados; • Hemóstase cuidadosa; • Fechamento primário ou retardado. Obs: tempo/infecção
  17. 17. Corte • Profilaxia das Infecções: Antibioticoterapia indicada até as primeiras 3h de ocorrido o evento, por via sistêmica.sistêmica. - A escolha do antimicrobiano é feita tendo como base o diagnóstico de presunção quanto ao provável agente contaminante e sua sensibilidade à droga escolhida.
  18. 18. Corte • Profilaxia do tétano: Todo paciente deve receber o toxoide tetânico IM no atendimento (exceto os que completaram a imunização nos últimos 12 meses ou a dose deimunização nos últimos 12 meses ou a dose de reforço nesse período.) Portadores de corte com forte suspeita de contaminação pelo bacilo tetânico: Administração simultânea do toxoide (1 ampola) e da antitoxina (250 unidades).
  19. 19. Ferimento por arma branca Verificar: • Obstrução da via aérea; • Lesões torácicas com dificuldade respiratória;respiratória; • Hemorragia Severa interna ou externa • Lesões abdominais.
  20. 20. Ferimento por arma branca Primeiras Providências: • Deitar a vítima • Cobrir ferimento com gaze ou pano limpo • Pressionar o local com firmeza• Pressionar o local com firmeza • Se não houver controle da hemorragia,pressionar a artéria que nutre o membro.
  21. 21. Ferimento por arma branca *Se houver a permanência da arma no corpo: • Não retirá-la; • Imobilizar na posição em que se encontra.
  22. 22. Ferimento por arma branca No atendimento: idem medidas para corte. Atenção!! Lesões em tórax e parede abdominal. • Tórax:• Tórax: -NUNCA fazer exploração digital. -Exame Clinico e Rx em AP e perfil: Hemotórax/Hemopneumotórax(?) tratamento cirúrgico definitivo-drenagem torácica.
  23. 23. Ferimento por arma branca • Abdome: Exploração digital: penetração cavidade peritoneal(?) Laparotomia exploradora!
  24. 24. Ferimento por arma de fogo • Primeiras Providências : • IDEM ARMA BRANCA• IDEM ARMA BRANCA
  25. 25. Ferimento por arma de fogo ATENÇÃO! Tórax e abdome • Tórax: Idem ferimento por arma branca • Abdome: Não há indicação para exploração digital. Rx em AP e perfil: Localização do projétil em relação aos planos anatômicos Laparotomia Exploradora.
  26. 26. Queda • O principal erro que as pessoas cometem logo após uma queda é concentrar-se demais no foco (a perna, por exemplo) e esquecer de olhar outros sinais mais importantes. • A primeira coisa a fazer é checar se a pessoa• A primeira coisa a fazer é checar se a pessoa está consciente, se consegue falar e respirar e se está sofrendo algum sangramento • Na grande maioria das vezes, as quedas não trazem risco de vida. Por isso, o ideal é agir com bom senso e observar a situação com atenção.
  27. 27. Queda Primeiras Providências: • Controle hemorragias e respiração. • Imobilize todos os pontos suspeitos de fraturas. • Procure puxar corretamente o ferido segundo a técnica para um local seguro afim de iniciar ostécnica para um local seguro afim de iniciar os primeiros socorros. • Ao levantar uma vitima de acidente, proceda com os cuidados adequados, preservando a integridade da coluna cervical, solicitando sempre a ajuda de uma ou duas pessoas presentes.
  28. 28. Queda • Se houver ferimentos, lave com água e sabão. • Se houver suspeita de ferimentos na cabeça, no pescoço ou no tórax, evite mexer a vítima epescoço ou no tórax, evite mexer a vítima e providencie socorro médico imediatamente. • Se a pessoa estiver conseguindo se mexer, deixe seu corpo reto, com o pescoço alinhado.
  29. 29. Queda *Ferimentos na cabeça: Requerem sempre pronta atenção de um profissional de saúde,mas se não houver um por perto faça o seguinte: • Em caso de inconsciência ou de inquietação, deite a vítima de costas e afrouxe suas roupas, principalmente em volta do pescoço. Agasalhe a vítima; vítima de costas e afrouxe suas roupas, principalmente em volta do pescoço. Agasalhe a vítima; • Conter hemorragia no coro cabeludo; • Se o sangramento for no nariz, na boca ou num ouvido, vire a cabeça da vítima para o lado que está sangrando. • Se escoar pelo ouvido um líquido límpido, incolor, deixe sair naturalmente, virando a cabeça de lado.
  30. 30. “Aquele que salva uma vida, salva o mundo inteiro!”salva o mundo inteiro!” (Inscrição judaica)

×