Assistência de enfermagem à paciente com pré eclâmpsia grave relato de experiencia
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Assistência de enfermagem à paciente com pré eclâmpsia grave relato de experiencia

on

  • 2,209 views

 

Statistics

Views

Total Views
2,209
Views on SlideShare
2,209
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
6
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Assistência de enfermagem à paciente com pré eclâmpsia grave relato de experiencia Assistência de enfermagem à paciente com pré eclâmpsia grave relato de experiencia Document Transcript

  • VVII CCOONNGGRREESSSSOO BBRRAASSIILLEEIIRROO DDEE EENNFFEERRMMAAGGEEMM OOBBSSTTÉÉTTRRIICCAA EE NNEEOONNAATTAALL QQuuaalliiffiiccaaççããoo ddaa AAtteennççããoo ee ddooss RReeccuurrssooss HHuummaannooss ddee EEnnffeerrmmaaggeemm eemm SSaaúúddee ddaa MMuullhheerr ee ddoo RReeccéémm--nnaasscciiddoo 2244 àà 2266 ddee jjuunnhhoo ddee 22000099 TTeerreessiinnaa--PPII 1 Graduanda do sétimo período do curso de Enfermagem da Universidade Federal do Piauí. Teresina – PI. Email: eridazoe@hotmail.com 2 Prof. Doutora Adjunta 1 do Curso de Graduação de Enfermagem da Universidade Federal do Piauí 3,4,5 Graduandas do sétimo período do curso de Enfermagem da Universidade Federal do Piauí ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM À PACIENTE COM PRÉ-ECLÂMPSIA GRAVE: RELATO DE EXPERIÊNCIA FURTADO, E.Z.L.1 ;AVELINO,F.V.S.D.2 ;COSTA, J.P.3 ; SILVA, A.A.S.4 ;SÁ,L.C.5 A pré-eclampsia se não tratada precocemente pode complicar a gravidez, trazendo risco de morte para mãe e bebê. Na mãe causa edema e hemorragia cerebral, insuficiência renal e cardíaca. Trata-se de um relato de experiência vivenciado por uma acadêmica de Enfermagem sobre a prática assistencial realizada à mulher em uma Maternidade Pública de Teresina - PI. Teve como objetivo prestar assistência a uma mulher com diagnóstico de pré-eclâmpsia grave, haja vista a observação, no cotidiano, das dificuldades demonstradas pelos profissionais em interagir com a mulher acometida por esta intercorrência no período gravídico/puerperal durante os cuidados que lhe são prestados, o que interfere no atendimento às suas necessidades. Para tanto, desenvolveu-se um processo de enfermagem que se considerou adequado e qualificado à mesma, durante o período de internação. Como referencial teórico para fundamentar a prática optou-se pela Teoria Holística de Myra Estrin Levine. O desenvolvimento das atividades ocorreu de 28/10 a 17/11/08 e para sua operacionalização adotou-se o processo de enfermagem, que constou de cinco fases: histórico, diagnóstico, evolução, prescrições de enfermagem e plano de alta. É importante destacar que a paciente em estudo apresentava a tríade sintomática característica desta patologia: hipertensão, edema e proteinúria e o convívio com a mesma permitiu observar as diferentes reações diante da situação enfrentada e a importância do apoio familiar e, principalmente, do diálogo estabelecido entre paciente/acadêmica, a fim de facilitar a adaptação ao ambiente hospitalar e contribuir na assistência de forma sistematizada, visando um atendimento holístico como uma oportunidade de promover o cuidado da doença. Descritores: assistência de enfermagem; pré-eclâmpsia grave; teoria holística. .