Your SlideShare is downloading. ×
Microsoft ALM = Produtividade
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Microsoft ALM = Produtividade

334
views

Published on

Introdução a ALM utilizando a plataforma Microsoft Visual Studio

Introdução a ALM utilizando a plataforma Microsoft Visual Studio

Published in: Technology

0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
334
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Visual Studio 2013 Microsoft ALM = Produtividade AdrianoBertucci Especialistade SoluçõesALM adriano.bertucci@konia.com.br
  • 2. Típico projeto de software “Nossa equipe não produz o quanto gostaríamos” “Nosso cronograma está atrasado” “Nossa equipe de desenvolvimento não se comunica” “Precisamos nos adequar às novas legislações” “Não conseguimos garantir a qualidade das soluções”
  • 3. Desafios – Problemas Comuns − Requisitos de negócios não são gerenciados de forma efetiva − Ferramentas e dados dispersos − Testes não alinhados aos objetivos de negócios − Falta de orientações e processos definidos − Problemas de comunicação entre os membros da equipe − Visibilidade limitada do status do projeto para tomada de decisões
  • 4. Como esta a saúde do seu projeto? − Cronograma e controle de atividades? − Controle de defeitos? − Quais cenários foram testados com sucesso? − Cobertura do código testado? − Rotatividade do código – estabilização? − Requisições de mudanças gerenciadas adequadamente? − Controle sobre que fontes foram alterados por causa de determinado requisito / correção?
  • 5. Solução? ALM! − ALM (Application Lifecycle Management, Gerenciamento do Ciclo de Vida de Aplicações): − É a coordenação das atividades do ciclo de vida de desenvolvimento, incluindo requisitos, modelagem, desenvolvimento, construção, testes, manutenção e operações.
  • 6.  Defeitos – Bug Tracking  Controle de Tarefas  Requisitos de Negócios  Controle de Versão Avançado   Metodologia & Processo de Desenvolvimento  Automação de Compilação (build)  Testes Web  Teste de Carga  Testes Unitários  Análise de Código  Documentação de Projeto  Ferramentas de Arquitetura  Ferramentas para Banco de Dados Relatório em Tempo Real Testador Desenvolvedor Arquiteto Gerente de TI ou de Projetos Analistas de Negócios Profissional de Banco de Dados Designer
  • 7. Processo de trabalho Analista de Negócio Gerente de Projeto Time de Desenvolvimento Test Operações Requisição De Mudança Cenários Requerimentos de Negócio Bugs Tarefas Erros em Produção Itens de trabalho são a unidade de comunicação entre as pessoas do time Builds Implantação
  • 8. Itens de trabalho Descrição Estado Atual Atribuição de tarefas Anexos Links para outros Itens de Trabalho Histórico totalmente auditado Personalizável Encerrado Ativo Solucionado Encerrado Ativo Solucionado Proposta Caso de Uso Tarefas Bugs “Os itens de trabalho são unidades de comunicação que fazem parte do processo de desenvolvimento”
  • 9. Modelo de processos
  • 10. Visual Studio 2013
  • 11. Metodologias “Se não pode ser medido, não pode ser gerenciado, e se não pode ser gerenciado, para que investir?”
  • 12. MSF for Agile Software Development
  • 13. MSF for Agile Software Development 5.0 − Preparar para inicio do Projeto Estabilizar os casos de uso Montar o time Preparar a infraestrutura para o time − Planejar o Projeto Construir o Product Backlog Criar User Stories Priorizar User Stories Estimar User Stories Definir velocidade do time Estabilizar Plano de Release Preparar primeiro Sprint
  • 14. MSF for Agile Software Development 5,0 − Planejar Sprint´s Escolher User Stories Identificar Tarefas Estimar Tarefas Distribuir Tarefas − Executar Sprint´s Completar User Stories Verificar o progresso do time (Burndown) Finalizar o Sprint − Preparar próximo Sprint
  • 15. Suporte metodológico TFS • Estrutura padrão de artefatos de um Team Project é totalmente baseado na metodologia escolhida • Estratégia de branch e de testes aderente as boas práticas de engenharia de software
  • 16. Hands ON!!! − Adicionando um Team Project no Team Explorer − Gerenciando documentos − Criando e executando queries − Executando relatórios − Customizando o Project Portal
  • 17. Conhecendo o ambiente
  • 18. Antes do primeiro click • Quantos usuários vão acessar o TFS? • Há necessidade de acesso remoto? • Há necessidade de acesso integrado ao AD da empresa? • Há necessidade de um servidor de build? • Precisarei de testes de carga “pesados”? • Disponibilidade é fundamental para esse ambiente? CONSULTE SEU ADMINISTRADOR DE REDE, ELE É FUNDAMENTAL PARA O SUCESSO DO PROJETO DE INSTALAÇÃO
  • 19. Arquitetura do ambiente Fonte: Microsoft Download Center Administration Guide for Microsoft Visual Studio 2013 Team Foundation Server Object Model
  • 20. Arquitetura do ambiente Web Services e Databases – parte 1 Fonte:MicrosoftDownloadCenter AdministrationGuideforMicrosoftVisualStudio2010TeamFoundationServer
  • 21. Arquitetura do ambiente Web Services e Databases – parte 2 Fonte:MicrosoftDownloadCenter AdministrationGuideforMicrosoftVisualStudio2010TeamFoundation Server
  • 22. Arquitetura do ambiente Web Services e Databases – parte 3 Fonte:MicrosoftDownloadCenter AdministrationGuideforMicrosoftVisualStudio2010TeamFoundationServer
  • 23. Portas de rede Fonte: Microsoft Download Center Installation Guide for Microsoft Visual Studio 2013 Team Foundation Server
  • 24. Pré-requisitos
  • 25. Pré-requisitos www.actiongroup.com.br
  • 26. Pré-requisitos www.actiongroup.com.br
  • 27. Topologias
  • 28. Servidor único Fonte: Microsoft Download Center Administration Guide for Microsoft Visual Studio 2013 Team Foundation Server
  • 29. Simples Fonte: Microsoft Download Center Administration Guide for Microsoft Visual Studio 2013 Team Foundation Server
  • 30. Moderada Fonte: Microsoft Download Center Administration Guide for Microsoft Visual Studio 2013 Team Foundation Server
  • 31. Complexa Fonte: Microsoft Download Center Administration Guide for Microsoft Visual Studio 2013 Team Foundation Server
  • 32. Hands ON!!! − Gerenciando nível de segurança do Team Foundation Server − Criando um projeto − Explorando e modificando o Process Guidance − Habilitando o check-in policies − Configurando área de classification e iterations − Segurança das áreas de Classification
  • 33. Hands ON!!! − Download de Process Template − Alteração de Process Template − Upload de Process Template
  • 34. Team System Web Access
  • 35. Hands ON!!! − Navegando no TSWA
  • 36. Work Itens
  • 37. Hands ON!!! − Criando um WI de Cenário utilizando o Team Explorer − Criando um WI de Risco utilizando o Microsoft Excel − Criando um WI de Task utilizando o Microsoft Project − Querys de WI utilizando Team Explorer − Querys e gerenciando de WI utilizando Web Access Power Tool
  • 38. Version Control
  • 39. Conectando… Team Foundation Server Business Analyst Build Server Eclipse developer Tech writer on Mac OS X Visual Studio developer Test team user C++ developer on Linux
  • 40. Comparando Recurso Version Control Visual Source Safe Modelo padrão de check-out Copy-modify-merge Lock-modify-Unlock Transacional Sim, commit atômico Não Changesets Sim Não Acesso remoto http – firewall friendly Windows Share (requer VPN) Remover arquivos Sim Não Back end SQL Server Sistema de Arquivos Segurança Integração ao Windows Não Integração com issue tracker Sim, completamente integrado aos WI´s Não Check in policy Sim Não Shelveset Sim Não
  • 41. Integrando com Visual Studio
  • 42. Hands ON!!! − Criando e administrando um Workspace − Colocando uma solução no Version Control − Check out e check in em arquivos − Histórico e comparação de arquivos − Criando branches, merges e label´s − Resolvendo conflitos
  • 43. O papel do Analista − Itens de trabalho − Requisitos, cenários − Links e Anexos − Ferramentas de Terceiros − Enterprise Architect, stpSoft, TfsWord, TeamSpec etc...
  • 44. Gerente de TI ou de Projetos − Plano e Cronograma de Projeto − Integração com Project e Excel − Relatórios de acompanhamento − Rastreamento de itens de trabalho
  • 45. Planejamento de Projetos
  • 46. Itens de Trabalho no Excel
  • 47. Relatórios no Excel
  • 48. Relatórios no Excel
  • 49. Planejamento Ágil
  • 50. Planejamento Ágil
  • 51. Planejamento Ágil
  • 52. Test Run Results Stories Progress Burndown and Velocity Bug Status Test Case Readiness Stories Overview Bug Trends Test Plan Progress Relatórios de Acompanhamento
  • 53. Relatório: Desempenho da Equipe
  • 54. Relatório: Requisitos Implementados
  • 55. Relatório: Evolução dos Testes
  • 56. Arquiteto − Modelagem UML − Análise de aplicativos legados − Diagrama de Camadas − Build Avançado
  • 57. Modelagem e Arquitetura − Novo Architecture Explorer − Explore ativos de código existentes visualmente − Diagrama de Camadas (Layer Diagram) − Visualize a arquitetura − Valide o código − Suporte a UML − Caso de uso, atividade, sequência e mais
  • 58. UML: Diagrama de Atividade
  • 59. UML: Diagrama de Caso de Uso
  • 60. UML: Diagrama de Sequência
  • 61. UML: Diagrama de Componente
  • 62. UML: Diagrama de Classes
  • 63. Model Explorer
  • 64. Architecture Explorer
  • 65. Dependency Graph
  • 66. Diagrama de Camadas
  • 67. Gated Check-In
  • 68. Extensões para arquitetura
  • 69. Desenvolvedor − Análise Estática de Código − Validar boas práticas − Reduzir riscos − Análise de Desempenho − Identificar gargalos − Depuração Histórica − “Caixa preta” do aplicativo
  • 70. Associe itens de trabalho com cada check-in para oferecer capacidade de rastreamento dos requisitos ao código Atividades do Desenvolvedor
  • 71. Integrado com políticas de check-in Análise Estática
  • 72. Identifique erros de código e vulnerabilidades na segurança Análise Estática
  • 73. Análise de Desempenho Identifique problemas de performance
  • 74. Integrated Unit Testing Testes de Unidade
  • 75. Identifique cobertura do código para determinar a eficiência dos testes realizados Cobertura de Código
  • 76. Designer − Cooperação entre designer e desenvolvedor − XAML − Reaproveitamento de design − Separação de papéis − Windows, Web, Silverlight − Prototipação de UI
  • 77. Profissional de Banco de Dados − Controle de versão do banco de dados − Gerador de massa de teste − Testes de unidade de BD − Refatoração de BD − Implantação automatizada
  • 78. Testador − Gestão/Planejamento de Testes − Testes manuais − Testes Unitários − Testes Funcionais de UI • WinForms, WPF, IE − Testes de Desempenho • Web sites • Carga / estresse
  • 79. Testes Funcionais
  • 80. Execução e Automação − Ferramenta independente − Permite a execução de casos de teste − Coleta dados de sistema e logs de eventos − Captura imagens de tela e vídeos − Automatiza testes de aplicativos Windows Forms, WPF e Web
  • 81. Gestão de Laboratórios − Laboratórios Virtuais − Automação de Implantação − Bibliotecas de VMs
  • 82. Teste de Carga Monitoramento dos componentes da solução
  • 83. Terminou!!!