Sistema reprodutor
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 
  • 4,847 views

Órgãos reprodutivos dos insetos

Órgãos reprodutivos dos insetos

Statistics

Views

Total Views
4,847
Views on SlideShare
4,847
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
65
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Sistema reprodutor Sistema reprodutor Presentation Transcript

  • Universidade Federal do Oeste do Pará Entomologia Florestal Prof. Dr. Aden SISTEMA REPRODUTOR DOS INSETOS
  • Capacidade Reprodutiva
  • Sistema Reprodutor Masculino Feminino View slide
  • Sistema Reprodutor Masculino Testículos Produção dos espermatozóides Vaso deferente Condução dos gametas Vesícula seminal Armazenamento Canal ejaculatório Glândulas acessórias Substâncias nutritivas e cimentantes Pênis, edeago View slide
  • Célula apical Espermatogônia Cistos Espermatócitos primários Esperm. secundários Espermátides Espermatozóides Vaso eferente Vaso deferente Crescimento (mitose) Maturação (meiose) Transformação Espermatogênese
  • FORMAÇÃO DOS GAMETAS Espermatogônias Espermatócito primário Espermatócitos secundários Espermátidas Espermatozóides ESPERMATOGÊNESIS FASE DE PROLIFERAÇÃO No macho ocorre por toda a vida, produzindo espermatogonias continuamente FASE DE CRECIMIENTO Trasformaçao das espermatogônias em espermatócitos primários FASE MEIÓTICA OU DE MATURAÇÃO Após a primeira divisão meiótica formam-se os espermatócitos secundários (n) Depois da 2ª divisão meiótica produzem-se 4 espermátides (n) FASE DE DIFERENCIAÇÃO As espermátides diferenciam-se em espermatozóides (n)
  • Sistema Reprodutor Feminino Ovários Produção de óvulos Ovidutos Condução Oviduto comum Condução e fertilização Vagina Condução e fertilização Glândula acessória Casca, substâncias cimentantes Espermateca Armazenamento dos espermatozóides/ espermatóforo
  • Oogônias Oócito primário Oocito secundário Primeiro corpúsculo polar Segundo corpúsculo polar Óvulo FORMAÇÃO DE GAMETAS OOGÊNESIS Filamento Oogônia Oócito Células nutrizes Oócito Vitelário Germário
  • FORMAÇÃO DE GAMETAS FASE DE PROLIFERAÇÃO Cada oócito primário é envolvido por células foliculares formando os folículos primordiais e tem sua atividade inibida até a maturação FASE DE CRESCIMIENTO FASE MEIÓTICA OU DE MADURAÇÃO Após a 1º divisão meiótica forma um oócito secundário (n) e o primeiro corpúsculo polar que degenera Na ovulação libera-se um oócito secundário que, se fecundado completa a 2º divisão meiótica produzindo um óvulo (n) e o 2º corpúsculo polar FASE DE DIFERENCIAÇÃO OOGÊNESIS Oogônias Oócito primário Oocito secundário Primeiro corpúsculo polar Segundo corpúsculo polar Óvulo
  • Espermatozóide Oócito
  • A FECUNDAÇÃO o espermatozóide perfura as membranas externas com as enzimas do acrossoma Fusionam-se as membranas dos gametas Ativa-se oóvulo que libera conteúdo dos grânulos corticais para formar a membrana de fecundação , termina-se a 2ª divisão meiótica e libera-se o 2º corpúsculo polar Ocorre a cariogamia que forma o núcleo diplóide do zigoto MECANISMO DA FECUNDAÇÃO 1 1 2 2 3 3 4 4
  • DESENVOLVIMENTO EMBRIONÁRIO I Desenvolvimento embrionário Formação de um novo indivíduo a partir do zigoto Gastrulação Segmentação Organogênese FASES Distingue-se as siguintes
  • Segmentação e formação da blástula Depende da: Quantidade de vítelo do ovo Ovos com pouco vitelo (ouriços-do-mar e mamíferos) dividem-se completamente Ovos com muito vitelo (aves e insetos) dividem-se parcialmente (na zona onde está o vitelo não ocorre divisão) DESENVOLVIMENTO EMBRIONÁRIO I Micrópila Córion Núcleo Periplasma Citoplasma Com vitelo
  • DESENVOLVIMENTO EMBRIONÁRIO Segmentação e formação da blástula Depende da: Quantidade de vítelo do ovo Invaginação anterior Endoderma Invaginação posterior Mesoderma Ectoderma Proctodeu Estomodeu Ânus Boca Mesêntero
    • Defina reprodução sexuada e explique como a meiose relaciona-se com uma das vantagens desta forma de reprodução.
    • Como a quantidade de vitelo afeta a clivagem? Compare a clivagem em um inseto com a de um ouriço-do-mar.
    Roteiro