Apresentação quadrinhos e a língua parauara

792 views
745 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
792
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
4
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Apresentação quadrinhos e a língua parauara

  1. 1. E.E.E.M.MAGALHÃES BARATA TÍTULO DO PROJETO QUADRINHOS E A LÍNGUA PARAUARA: UMA ESTRATÉGIA PARA A PRÁTICA DE LEITURA E ESCRITA.
  2. 2. PROBLEMÁTICA De acordo com o diagnóstico realizado pelos professores do projeto anterior “A língua popular parauara e sua influência no processo de formação Língua Portuguesa e sua importância no falar dos paraenses como parte da cultura”, a maioria dos alunos envolvidos no projeto, demonstraram dificuldades na leitura, interpretação e produção textual. Diagnóstico esse que possibilitou aos professores uma reflexão sobre o problema, levando-os à hipótese de que a razão das dificuldades de leitura e produção escrita estaria no pouco acesso dos alunos aos diversos gêneros textual. Partindo desse contexto,damos continuidade ao projeto, através de um diálogo com os alunos sobre o surgimento e valorização das Histórias em quadrinhos, no qual buscaremos dinamizar o processo da leitura e da escrita dando ênfase a inserção da língua parauara como expressão da cultura e identidade regional da cidade de Belém-Pa.
  3. 3. JUSTIFICATIVA A leitura e a escrita são hoje um dos maiores desafios das escolas, visto que, quando estimulada de forma criativa, possibilita a redescoberta do prazer de ler, a utilização da escrita em contextos sociais e a inserção do aluno no mundo letrado. Pensando nesse contexto, o Projeto “Quadrinhos e a Língua Parauara: uma estratégia para a prática de leitura e escrita”, torna- se necessário e viável, pois pretende fomentar a leitura, a interpretação e a produção por meio da criação de Histórias em quadrinhos. Acreditamos que é possível trabalhar a língua parauara como fator de identidade para os alunos, com o uso das diferentes palavras presentes na referida língua, ao mesmo tempo refletir sobre a importância do domínio da norma culta ou padrão para promover sua ascensão social, porém sem desprezar sua,ou de seus antepassados, linguagem e cultura.
  4. 4. OBJETIVOS DO PROJETO . – Objetivo geral: • Pesquisar sobre a língua paraense analisando-a como parte da cultura, e ao mesmo tempo, oportunizando aos discentes um olhar com carinho e admiração para a sua própria história, oferecendo situações de aprendizagens significativas para os alunos através do uso das histórias em quadrinhos, de modo a despertar o gosto e o prazer pela leitura, oportunizando aos alunos a construção de competências e habilidades que possibilitem a interação e a cumplicidade com a prática da leitura e da escrita. - Objetivosespecíficos: • Conhecer o surgimento das Histórias em quadrinhos no Brasil; • Valorizar os gibis como eficaz ferramenta pedagógica; • Tornar as aulas lúdicas, construtivas e mais divertidas; • Identificar os tipos de balão das Histórias em quadrinhos e seus significados; • Identificar as etapas para se confeccionar um gibi; • Orientar na produção textual através da construção de textos com coerência e coesão; • Utilizar o glossário parauara pesquisado e já catalogado pelos alunos para a elaboração de trabalhos que ponham em prática a produção baseada na língua parauara: histórias em quadrinhos; • Organizar uma exposição dos trabalhos – os quadrinhos produzidos e as pesquisas visuais.
  5. 5. METODOLOGIA Levantamento prévio, conversa informal sobre o Projeto: - O que são histórias em quadrinhos? Para que servem? - Como elas surgiram? Onde? Quando? Quem as inventou? - Sempre foram como são hoje? - Leitura do texto informativo sobre a origem das histórias em quadrinhos (retro projetor) e apresentação dos personagens mais conhecidos das histórias em quadrinhos; Turma do Açaí destacando o seu criador Rosinaldo Pinheiro. - Listagem dos personagens principais da Turma do Açaí, e suas características físicas e psicológicas. - Solicitar uma oficina para aprender usar o HagáQuê ao NTE. - Fazer pesquisa na internet sobre a origem da HQ. - Produzir, em sala de aula, histórias em quadrinhos utilizando como base a língua parauara pesquisado e o já catalogado pelos alunos. - Produzir na sala de aula e na sala de informática, a montagem da referida história.
  6. 6. METAS Produção de Histórias em Quadrinhos periódicas, utilizando a língua parauara como base. CONTEÚDO Língua Portuguesa: Diferentes tipos de linguagem: Verbal e não-verbal , Tipos e Gêneros Textuais . Informática: Computador (Editor de textos, internet, Editor de histórias em quadrinhos (HagáQuê), Programa de animação (Flash) e voz, diferentes tipos de ferramentas tecnológicas. DISCIPLINAS ENVOLVIDAS Língua portuguesa e Informática
  7. 7. RECURSOS A SEREM UTILIZADOS Papel, lápis, borracha,caneta, dicionários, computador, impressora, tinta, cd, pen driver, data Show. AVALIAÇÃO E RESULTADOS ESPERADOS Participação ativa e continua dos alunos na elaboração periódica das Histórias e o repasse para a construção no computador, além da divulgação nas mídias. DIVULGAÇÃO E SOCIALIZAÇÃO DO PROJETO REALIZADO Através do Jornal MB News, do Blog da escola e do EducaRede.

×