6 Boletim CBTO - Stella Wit

476 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
476
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
238
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

6 Boletim CBTO - Stella Wit

  1. 1. Terapia Internacional Ocupacional Em tempos de sociedades globalizadas e interconectadas como expandir os conhecimentos através de experiências fora do território brasileiro? Entre os convidados do XIII CBTO a prova de que não existem fronteiras para ser terapeuta ocupacional. O XIII CBTO que será realizado em Florianópolis tem este ano uma característica mais focada na preparação e remodelação do terapeuta ocupacional a uma nova realidade, cercada de inúmeros desafios profissionais. Desde o momento em que se firmou como um dos atores das políticas públicas nacionais passou a enfrentar estruturas de participação social cada vez mais acirradas e exigentes, portanto expandir o conhecimento e a atuação são assuntos que serão debatidos durante o Congresso em Santa Catarina. “O tema, ´capacidades humanas` ganha cada vez mais espaço no trabalho global em prol do desenvolvimento rumo as metas do milênio e do pós-215. O terapeuta ocupacional entende de forma bastante crítica a questão das capacidades nos diferentes níveis de atuação e contribuir para um programa e processo de desenvolvimento mais embasado” cita Stella Maria de Wit, desenhando um perfil de quem pode ser o “novo” terapeuta ocupacional e quais serão seus paradigmas para os próximos anos. Com graduação em Terapia Ocupacional pela UFSCar, graduação em Ciências Políticas e Minor em Antropologia da Saúde, mestrado em Políticas Públicas e Gestão Pública pela Universidade de Amsterdam (título dissertação: ´Understanding the governance of ´wicked problems´ in health and welfare´) e MBA em consultoria em processos de mudança na gestão organizacional pelo SIOO – Holanda. Stella é uma das convidadas do Congresso organizado pela Abrato-SC. “Não sei se há importância de fugir do conhecimento local, ´tacit knowledge´ e ´local knowledge´ são de uma importância muito grande no contexto que terapeutas ocupacionais
  2. 2. frequentam” afirma a terapeuta que trará um pouco de sua experiência para o evento. Stella adianta: “Fui para Holanda em 2006 e iniciei um trabalho como cuidadora de um grupo de crianças com problemas psichiátricos e mentais (não mais se fala dessas problemáticas no Brasil - os conceitos mudam constantemente). Depois de poucos meses mudei de cargo para coordenadora da equipe técnica e depois fui para gestora do serviço - foi nessa função que permaneci por mais tempo. E foi nesse momento que iniciei um trabalho de oferecer estágios para os alunos de Terapia Ocupacional do curso de Amsterdam. Essa parceria com o curso continuou por alguns anos até eles me convidarem pra dar aula. No trabalho passei de gestora para consultora regional para serviços relacionados a infância e depois virei consultora nacional de diferentes tipos de serviço. Quando o trabalho ficou difícil de coordenar com os estudos (porque nesse período estava fazendo o bacharelado em ciências políticas), acabei optando por concorrer a uma vaga de professora do curso em Rotterdam (eram horários mais previsíveis o que me ajudarei a planejar melhor meus estudos). Lá depois de pouco tempo fui encarregada da reforma curricular do curso e iniciamos uma parceria com os outros cursos de Terapia Ocupacional da Holanda para melhorarmos a questão do nível dos alunos e da qualidade do processo de avaliação para que alunos pudessem ganhar o diploma de Terapia Ocupacional.” Mas como chegar até lá? Como conseguir espaço fora do país? E será que o aproveitamento durante o retorno ao Brasil é possível? “Estou trabalhando como consultora do Programa Internacional em Saúde da Organização Pan-Americana da Saúde com relação direta a Secretaria de Gestão do Trabalho e Educação em Saúde do Ministério da Saúde do Brasil - SGTES” completa Stella de Wit. Ficou curioso? Quer saber um pouco mais? Simples faça sua inscrição para o XIII Congresso Brasileiro de Terapia Ocupacional que acontece em Outubro na cidade de Florianópolis, Santa Catarina. Quer contribuir com o CBTO 2013? Além da inscrição você manda sua sugestão de entrevistas para dionisio_freitas@hotmail.com

×