Prepare-se para falar em público   Gilda Queiroz APCIS/RJ  incentivando a abordagem de temas  não acadêmicos http://www.ap...
O que será a atividade <ul><li>Prazer, Gilda Queiroz, uma tímida que enfrentou os medos  </li></ul><ul><li>Dicas e sugestõ...
<ul><li>Não precisa falar como papagaio </li></ul><ul><li>Nem só prestar atenção que nem coruja </li></ul>
Objetivo  - obtenção de melhores resultados em apresentações orais <ul><li>Exploração de técnicas básicas de : </li></ul><...
Ocasiões em que nós, bibliotecários, falamos em público  (grupo 1) <ul><li>apresentações em palestras </li></ul><ul><li>de...
Ocasiões em que nós, bibliotecários, falamos em público   (grupo 2) <ul><li>reuniões técnicas, de trabalho, de classe </li...
Práticas mais comuns <ul><li>O que fazer </li></ul><ul><li>O que evitar </li></ul>
O que fazer <ul><li>Aproveitar toda e qualquer oportunidade de  </li></ul><ul><li>“ ir lá na frente e falar” </li></ul>
O que evitar <ul><li>Fugir da raia,  </li></ul><ul><li>especialmente com a desculpa  de que  </li></ul><ul><li>“ Eu não go...
O óbvio tem que ser dito <ul><li>Parte 1 - O que fazer </li></ul><ul><ul><ul><li>Defina bem seus argumentos </li></ul></ul...
O óbvio tem que ser dito <ul><li>Parte 2 - O que fazer </li></ul><ul><ul><ul><li>Prepare-se, treine, calcule o tempo </li>...
O óbvio tem que ser dito <ul><li>Parte 3 - O que evitar </li></ul><ul><ul><ul><li>Não se desculpe, nunca </li></ul></ul></...
O óbvio tem que ser dito <ul><li>Parte 4 - O que evitar </li></ul><ul><ul><ul><li>Não olhe para uma só pessoa </li></ul></...
Mais ocasiões em que nós, bibliotecários, falamos em público   (grupo 2) <ul><li>reuniões técnicas, no trabalho, na APCIS ...
Liderança de reuniões <ul><li>Explicitação dos objetivos da discussão </li></ul><ul><li>Estabelecimento das regras do jogo...
Mantenha o controle <ul><li>Papel do mediador em qualquer reunião: </li></ul><ul><li>inscrições de falas  </li></ul><ul><l...
Aquecimento <ul><li>Como motivar uma discussão:  </li></ul><ul><ul><ul><li>perguntas para animação </li></ul></ul></ul><ul...
Restabelecendo o equilíbrio <ul><li>Evite: </li></ul><ul><li>discussões paralelas.   </li></ul><ul><li>recorrência de opin...
Crie uma memória <ul><li>Para aproveitar ao máximo: </li></ul><ul><li>ouvir atentamente/ativamente </li></ul><ul><li>fazer...
Próximos passos <ul><li>Só se aprende a falar, praticando e sendo avaliado </li></ul><ul><li>Fale em ocasiões variadas, se...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Prepare se para falar em público

885

Published on

Curso da APCIS/RJ, com apoio da UniverCidade, por Gilda Queiroz

2 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
885
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
60
Comments
2
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide
  • Aqui, perguntar à platéia quais são seus próprios medos. Depois, falar de minha experiência como oradora: Dr.Ivano-SP/Demonstrações pelo Brasil todo/Sindicato-Praça Mauá/ ASSEC/platéia de 500 em Salvador/Inglaterra/Toastmasters.
  • --- Não fale de costas para o público. Prepare-se, Leve cola apenas com palavras chave em corpo bem grande, vire-se. --- Jamais comentar em relação a um slide “Isto aí a gente já viu”. Adiantou-se, fique calado --- Não mencione que o tempo não vai dar para você dizer tudo que queria. Se você não conseguir sintetizar suas idéias, o problema é sempre seu. Se você não conseguir, é porque você sabia o tempo que tinha e não soube preparar-se, e fica feio para você, ou os organizadores não souberam controlar o tempo e fica descortês chamar a atenção deles em público.
  • Não leia – nem os slides e muito menos um texto corrido. Jamais, em hipótese alguma. Por mais complexo que seja o tema, só fale se tiver certeza. Então, é melhor ter uns poucos pontos, apresentados com clareza que um pensamento complexo apresentado numa linguagem errada – porque a construção da frase falada tem estrutura distinta à da frase escrita. Sorry.
  • Prepare se para falar em público

    1. 1. Prepare-se para falar em público Gilda Queiroz APCIS/RJ incentivando a abordagem de temas não acadêmicos http://www.apcisrj.org Twitter.com/APCIS Apoio: UniverCidade
    2. 2. O que será a atividade <ul><li>Prazer, Gilda Queiroz, uma tímida que enfrentou os medos </li></ul><ul><li>Dicas e sugestões para sair da casca (problema de muitos) </li></ul><ul><li>Compartilhamento de experiências </li></ul>
    3. 3. <ul><li>Não precisa falar como papagaio </li></ul><ul><li>Nem só prestar atenção que nem coruja </li></ul>
    4. 4. Objetivo - obtenção de melhores resultados em apresentações orais <ul><li>Exploração de técnicas básicas de : </li></ul><ul><li>organização do discurso </li></ul><ul><li>desinibição </li></ul><ul><li>liderança </li></ul><ul><ul><ul><li>E o que é que você ganha com isto? </li></ul></ul></ul>
    5. 5. Ocasiões em que nós, bibliotecários, falamos em público (grupo 1) <ul><li>apresentações em palestras </li></ul><ul><li>demonstrações de serviços </li></ul><ul><li>recepção de visitas </li></ul>
    6. 6. Ocasiões em que nós, bibliotecários, falamos em público (grupo 2) <ul><li>reuniões técnicas, de trabalho, de classe </li></ul><ul><li>discussões </li></ul><ul><li>mesas redondas </li></ul><ul><ul><ul><li>Como membro da mesa </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Como mediador </li></ul></ul></ul>
    7. 7. Práticas mais comuns <ul><li>O que fazer </li></ul><ul><li>O que evitar </li></ul>
    8. 8. O que fazer <ul><li>Aproveitar toda e qualquer oportunidade de </li></ul><ul><li>“ ir lá na frente e falar” </li></ul>
    9. 9. O que evitar <ul><li>Fugir da raia, </li></ul><ul><li>especialmente com a desculpa de que </li></ul><ul><li>“ Eu não gosto de aparecer” </li></ul>
    10. 10. O óbvio tem que ser dito <ul><li>Parte 1 - O que fazer </li></ul><ul><ul><ul><li>Defina bem seus argumentos </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Esquema - Introdução, desenvolvimento e conclusão </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Use “ganchos” entre as partes </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Prepare uma abertura e um fechamento fortes. Nunca diga, ao final, “É só...” </li></ul></ul></ul>
    11. 11. O óbvio tem que ser dito <ul><li>Parte 2 - O que fazer </li></ul><ul><ul><ul><li>Prepare-se, treine, calcule o tempo </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Prepare slides legíveis </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Comunique-se - dirija-se a todos na platéia </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Use voz clara e audível </li></ul></ul></ul>
    12. 12. O óbvio tem que ser dito <ul><li>Parte 3 - O que evitar </li></ul><ul><ul><ul><li>Não se desculpe, nunca </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Não aproveite apresentações velhas !!! </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Slides i-legíveis são i-núteis </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Slides não são muletas – use “cola” com anotações... </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Não extrapole seu tempo </li></ul></ul></ul>
    13. 13. O óbvio tem que ser dito <ul><li>Parte 4 - O que evitar </li></ul><ul><ul><ul><li>Não olhe para uma só pessoa </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Não leia </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>O discurso escrito tem dinâmica diferente do discurso oral </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Não fale voltado para a parede ou fora do microfone </li></ul></ul></ul>
    14. 14. Mais ocasiões em que nós, bibliotecários, falamos em público (grupo 2) <ul><li>reuniões técnicas, no trabalho, na APCIS </li></ul><ul><li>Discussões </li></ul><ul><li>mesas redondas </li></ul><ul><ul><ul><li>Como membro da mesa, debatedor </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Como mediador </li></ul></ul></ul>
    15. 15. Liderança de reuniões <ul><li>Explicitação dos objetivos da discussão </li></ul><ul><li>Estabelecimento das regras do jogo </li></ul><ul><li>Formação de uma agenda de discussões; Lançamento de idéias </li></ul>
    16. 16. Mantenha o controle <ul><li>Papel do mediador em qualquer reunião: </li></ul><ul><li>inscrições de falas </li></ul><ul><li>passagem da palavra a outros membros do grupo </li></ul><ul><li>controle de tempo </li></ul>
    17. 17. Aquecimento <ul><li>Como motivar uma discussão: </li></ul><ul><ul><ul><li>perguntas para animação </li></ul></ul></ul><ul><li>Como fazer com que a audiência participe </li></ul><ul><ul><ul><li>envolvimento de todos os membros do grupo </li></ul></ul></ul><ul><li>Como evitar que o assunto se esvazie </li></ul>
    18. 18. Restabelecendo o equilíbrio <ul><li>Evite: </li></ul><ul><li>discussões paralelas. </li></ul><ul><li>recorrência de opiniões. </li></ul><ul><li>monopolização da palavra por um dos participantes </li></ul><ul><li>afastamento do tema proposto </li></ul>
    19. 19. Crie uma memória <ul><li>Para aproveitar ao máximo: </li></ul><ul><li>ouvir atentamente/ativamente </li></ul><ul><li>fazer anotações/resumos/relatos </li></ul><ul><ul><li>Para que ? </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Follow-up </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Divulgação </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>“ banco de dedos” </li></ul></ul></ul>
    20. 20. Próximos passos <ul><li>Só se aprende a falar, praticando e sendo avaliado </li></ul><ul><li>Fale em ocasiões variadas, se lhe convidam ou se você pode se oferecer </li></ul><ul><li>Então, vá lá </li></ul><ul><li>e Fale, Fale, Fale </li></ul>
    1. A particular slide catching your eye?

      Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

    ×