FÓRUM PORTUGAL ENERGY POWER: "INEGI - Projetos e competências em energias renováveis offshore e engenharia oceânica"

  • 117 views
Uploaded on

Tiago Morais, INEGI - Projetos e competências em energias renováveis offshore e engenharia oceânica …

Tiago Morais, INEGI - Projetos e competências em energias renováveis offshore e engenharia oceânica

Energy Meeting - Novas Formas de Energia e Energia das Ondas

FORUM PORTUGAL ENERGY POWER promovido pela ANJE no dia 20 de novembro, na Alfândega do Porto

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
117
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
6
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. AUTOMOBILE AND TRANSPORT AERONAUTICS, SPACE AND DEFENCE HEALTH ANJE - Fórum - Portugal Energy Power SEA ECONOMY ENERGY INEGI - PROJETOS E COMPETÊNCIAS EM ENERGIAS RENOVÁVEIS OFFSHORE E ENGENHARIA OCEÂNICA EQUIPMENT AND DURABLE GOODS Tiago Morais SERVICES tmorais@inegi.up.pt 20 de Novembro de 2013 ANJE - Fórum - Portugal Energy Power ENVIRONMENT 1
  • 2. AGENDA 1.  Caraterização do INEGI 2.  Exemplos de Projetos de IDI e de Consultoria 3.  Visão para o Desenvolvimento da Economia do Mar 20 de Novembro de 2013 ANJE - Fórum - Portugal Energy Power 2
  • 3. 01. CARACTERIZAÇÃO DO INEGI 20 de Novembro de 2013 ANJE - Fórum - Portugal Energy Power 3
  • 4. 1. CARACTERIZAÇÃO DO INEGI MISSÃO VISÃO POLÍTICA DE QUALIDADE 20 de Novembro de 2013 Contribuir para o aumento da competitividade da indústria nacional através da investigação e desenvolvimento, demonstração, transferência de tecnologia e formação nas áreas de concepção e projeto, materiais, produção, energia, manutenção, gestão industrial e ambiente. Ser uma Instituição de referência, a nível nacional, e um elemento relevante do Sistema Científico e Tecnológico Europeu, com mérito e excelência na Inovação de base Tecnológica e Transferência de Tecnologia. Promover a melhoria contínua do desempenho da Organização na concretização dos seus objectivos estratégicos e operacionais, procurando permanentemente elevar o nível de satisfação de todas as partes interessadas, e assumindo o Sistema de Gestão da Qualidade como um instrumento essencial a esse desiderato. ANJE - Fórum - Portugal Energy Power 4
  • 5. 1. CARACTERIZAÇÃO DO INEGI RECURSOS HUMANOS 16% Contratados 98 Bolseiros de Investigação 56 Sub-TOTAL 36% 154 Colaboradores Universitários 78 Outros (estágios, avenças e acolhimentos) 43 TOTAL 28% 275 Contratados 20% Bolseiros de Investigação Colaboradores Universitários 20 de Novembro de 2013 ANJE - Fórum - Portugal Energy Power 5
  • 6. 1. CARACTERIZAÇÃO DO INEGI RECURSOS HUMANOS 100 87 92 93 98 90 75 70 61 50 63 60 52 56 74 77 78 59 25 0 Contratados 2008 20 de Novembro de 2013 Bolseiros de Investigação 2009 2010 ANJE - Fórum - Portugal Energy Power Colaboradores Universitários 2011 2012 6
  • 7. 1. CARACTERIZAÇÃO DO INEGI EVOLUÇÃO DO VOLUME DE NEGÓCIOS 7.00 Milhões de Euros 6.00 5.00 4.00 5.47 5.93 5.89 2011 2012 4.89 3.00 2.00 1.00 0.00 2009 20 de Novembro de 2013 2009 ANJE - Fórum - Portugal Energy Power 7
  • 8. 1. CARACTERIZAÇÃO DO INEGI QUADRO DE OFERTA E SETORES DE ATIVIDADE 20 de Novembro de 2013 ANJE - Fórum - Portugal Energy Power 8
  • 9. 1. CARACTERIZAÇÃO DO INEGI LABORATÓRIOS •  Aerodinâmica e Calibração •  •  Metrologia Ensaios Mecânicos •  •  Ensaio de Peças em Compósitos Polímeros •  Ensaios de Conformação Plástica •  •  Prototipagem Rápida Tribologia e Manutenção Industrial •  •  Materialografia Óptica e Mecânica Experimental •  Combustão •  •  Pilhas de Combustível Energia Eólica •  •  Caracterização Ambiental (acreditado pelo IPAC) Reação ao Fumo e Fogo (acreditado pelo IPAC) 20 de Novembro de 2013 ANJE - Fórum - Portugal Energy Power 9
  • 10. 1. CARACTERIZAÇÃO DO INEGI FERRAMENTAS INFORMÁTICAS •  CAD (Computer Aided Design) 3D: modelação em sólidos e superfícies avançadas, SOLIDWORKS e CATIA •  CAE (Computer Aided Engineering): simulação estrutural linear e não linear, IDEAS, COSMOS, ABAQUS •  Simulação de processos de produção: fundição, injeção de Polímeros, conformação plástica e maquinagem. •  Simulação de escoamentos atmosféricos (WAsP e WindFarmer) •  SIG (Sistema de Informação Geográfica): ArcGIS 20 de Novembro de 2013 ANJE - Fórum - Portugal Energy Power 10
  • 11. 1. CARACTERIZAÇÃO DO INEGI DESENVOLVIMENTO E FABRICO DE PRÉ-SÉRIES •  Processos Avançados de Fundição •  Trabalho de Metais em Chapa •  Maquinagem CNC por arranque de apara •  Produção de Materiais Compósitos 20 de Novembro de 2013 ANJE - Fórum - Portugal Energy Power 11
  • 12. 1. CARACTERIZAÇÃO DO INEGI SETORES DE ATIVIDADE AERONÁUTICA, ESPACIAL E DEFESA AUTOMÓVEL E TRANSPORTES AMBIENTE ECONOMIA DO MAR ENERGIA BENS DE EQUIPAMENTO SAÚDE METALOMECÂNICA SERVIÇOS 20 de Novembro de 2013 ANJE - Fórum - Portugal Energy Power 12
  • 13. 02. EXEMPLOS DE PROJETOS DE IDI E CONSULTORIA 20 de Novembro de 2013 ANJE - Fórum - Portugal Energy Power 13
  • 14. 02. EXEMPLOS DE PROJETOS DE IDI E CONSULTORIA ECONOMIA DO MAR 20 de Novembro de 2013 ANJE - Fórum - Portugal Energy Power 14
  • 15. 02. EXEMPLOS DE PROJETOS DE IDI E CONSULTORIA SECTORES DE ACTIVIDADE Ecossistemas Marinhos Energia Oceânica Infraestruturas Pesca & Aquicultura Portos & Transporte Oceânicas I&D Marítimo INOVAÇÃO E DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO 20 de Novembro de 2013 ANJE - Fórum - Portugal Energy Power 15
  • 16. 02. EXEMPLOS DE PROJETOS DE IDI E CONSULTORIA Projectos de I&D+I Enrolador de Cabo Sintético Parceiros: TEGOPI, IDMEC Modelação e Prototipagem de um Navio Petroleiro Parceiros: IHRH, APDL 20 de Novembro de 2013 Lusitano VIP Veleiro Inovador Português Parceiros: Tony Castro, FEUP Aquacultura - Sistema de Recolha de Tratamento de Resíduos Parceiros: QdS, ICBAS, CIMAR Autonomous Underwater Vehicle Parceiros: ISR, LSTS Camâras Hiperbáricas Observatório Oceanográfico Parceiros: CIMAR, IMAR Parceiros: INTECMAR, CETMAR, CIIMAR, INESC PORTO, FEUP, IH, UA, FCUP, IIM, U.Vigo, IEO. Sistema de conversão de energia das ondas Energia Eólica Offshore UAV - Unmanned Aerial Vehicles Cliente: MARTIFER Cliente: CGUL, REN Parceiros: FEUP ANJE - Fórum - Portugal Energy Power 16
  • 17. 02. EXEMPLOS DE PROJETOS DE IDI E CONSULTORIA Enrolador Hidráulico de Cabos para Aplicações na Indústria “Off-Shore” Desenvolvimento de um sistema de tracção e de enrolamento de cabos de elevada dimensão, resistência e rigidez para uso em plataformas “offshore” de águas marítimas profundas. Os cabos, com aprovação para utilização até 20.000kN de capacidade de carga, atingiram valores nunca antes alcançados a nível mundial. Parceiros: Tegopi, Quintas & Quintas (Lankhorst Euronete Group) 20 de Novembro de 2013 ANJE - Fórum - Portugal Energy Power 17
  • 18. 02. EXEMPLOS DE PROJETOS DE IDI E CONSULTORIA Modelo de petroleiro Desenvolvimento do protótipo de um petroleiro. Este modelo permitiu realizar estudos das condições de operacionalidade de portos, assim como o seu comportamento hidrodinâmico e mecânico. Parceiros: IHRH, APDL 20 de Novembro de 2013 ANJE - Fórum - Portugal Energy Power 18
  • 19. 02. EXEMPLOS DE PROJETOS DE IDI E CONSULTORIA ECOPISCIS – Sistemas de recolha e tratamento de residuos Estudos preliminares e projecto do sistema real •  Tratamento de resíduos orgânicos gerados e libertados num ambiente marinho Parceiros: QdS, ICBAS, CIMAR 20 de Novembro de 2013 ANJE - Fórum - Portugal Energy Power 19
  • 20. 02. EXEMPLOS DE PROJETOS DE IDI E CONSULTORIA Desenvolvimento de Câmaras Hiperbáricas Desenvolvimento de câmaras hiperbáricas que visam permitir a simulação, em laboratório, de condições ambientais subaquáticas até profundidades de 2000 metros. •  Simulação de vida marinha em profundidade Parceiros: IMAR, CIMAR 20 de Novembro de 2013 ANJE - Fórum - Portugal Energy Power 20
  • 21. ENERGIA OCEÂNICA 20 de Novembro de 2013 ANJE - Fórum - Portugal Energy Power 21
  • 22. 02. EXEMPLOS DE PROJETOS DE IDI E CONSULTORIA OTEO – OBSERVATÓRIO TECNOLÓGICO PARA AS ENERGIAS OFFSHORE Este projeto é liderado pelo INEGI e tem como objetivo estratégico a consolidação do conhecimento nacional e internacional das tecnologias de aproveitamento energético “offshore”, assim como das tecnologias de apoio, visando a sensibilização para os fatores críticos da competitividade e para o espírito empresarial. Consórcio liderado pelo INEGI: WavEC, OCEANO XII, ENERGYIN. Cofinanciamento: QREN/COMPETE/SIAC 20 de Novembro de 2013 ANJE - Fórum - Portugal Energy Power 22
  • 23. 02. EXEMPLOS DE PROJETOS DE IDI E CONSULTORIA APC – ATLANTIC POWER CLUSTER O projeto “Atlantic Power Cluster” baseia-se no grupo de trabalho de Energia Marinha criado na CRPM (Comissão Arco Atlântico) e destina-se a aplicar uma estratégia transnacional de energias marinhas. Assim as regiões parceiras podem encontrar complementaridades para enfrentar os desafios cruciais no desenvolvimento das energias marinhas no Espaço Atlântico. Consórcio: SODERCAN (ES); FUAC (ES); Galway County Council (IR); BRETAGNE INNOVATION (FR); FAEN (ES); Conseil Regionale BasseNormandie (FR); CRPM (FR); Cork Institute of Technology (IR); EVE (ES); INEGI (PT); Scottish European Green Energy Centre-SEGEC (UK); POLE ECO INDUSTRIES POITOU CHARENTES (FR); Société publique régionale des Pays de la Loire (FR); Conseil Régional d’Aquitaine (FR); CIEMAT (ES); REGEN SW (UK); WavEC (PT). 20 de Novembro de 2013 ANJE - Fórum - Portugal Energy Power 23
  • 24. 02. EXEMPLOS DE PROJETOS DE IDI E CONSULTORIA FWT - OPERACIONALIDADE E ESFORÇOS EXTREMOS EM TURBINAS EÓLICAS FLUTUANTES O objetivo deste projeto é investigar a operacionalidade de turbinas eólicas flutuantes (TEF) em vento e ondas e os esforços extremos induzidos na amarração e estrutura. Vão ser desenvolvidas ferramentas numéricas para calcular as respostas relacionadas. Desenvolver e implementar um modelo de simulação do vento, incluindo as características estocásticas do campo de velocidade e da turbulência, ao nível do rotor de uma Turbina Eólica Flutuante. Parceiros: IST, WavEC, EDP Inovação, INEGI, OneOcean Cofinanciamento: FCT 20 de Novembro de 2013 ANJE - Fórum - Portugal Energy Power 24
  • 25. 02. EXEMPLOS DE PROJETOS DE IDI E CONSULTORIA FLOW – FUTURE LIFE IN OCEAN WAVES SISTEMA DE CONVERSÃO DE ENERGIA O objectivo deste projecto foi o de estudar um sistema de veio e chumaceira a integrar no sistema de conversão de energia das ondas em desenvolvimento pela Martifer. Parceiros: MARTIFER 20 de Novembro de 2013 ANJE - Fórum - Portugal Energy Power 25
  • 26. INFRA-ESTRUTURAS OCEÂNICAS I&D 20 de Novembro de 2013 ANJE - Fórum - Portugal Energy Power 26
  • 27. 02. EXEMPLOS DE PROJETOS DE IDI E CONSULTORIA INFRAESTRUTURAS OCEÂNICAS I&D RAIA - Observatório Oceânico da Margem Ibérica - Consolidar uma extensa rede de observação oceano-meteorológica ao longo da plataforma costeira na área transfronteiriça do Norte de Portugal e Galícia, constituído por uma extensa infraestrutura transfronteiriça de observação do oceano, de modelos numéricos de previsão e de uma nova plataforma oceano-meteorológica estável que pode ser colocada ao serviço da comunidade (cientifica, turística, piscatória, portuária, etc.) •  •  •  Sinalização e orientação Vigilância e observação atmosférica Controlo e comunicação com veículos Comprimento total : 30 m Altura Mastro acima do nível da água: 10 m Peso: 1900 Kg Parceiros: INTECMAR, INSTITUTO ESPAÑOL DE OCEONOGRAFIA, INSTITUTO DE INVESTIGACIONES MARIÑAS, CETMAR, UNIVERSIDAD VIGO, CIIMAR, INESC PORTO, FEUP, INSTITUTO HIDROGRÁFICO,UNIVERSIDADE DE AVEIRO, FCUP 20 de Novembro de 2013 ANJE - Fórum - Portugal Energy Power 27
  • 28. 02. EXEMPLOS DE PROJETOS DE IDI E CONSULTORIA SPAR BUOY Target: medição de vento a 10 m Geração do conceito Projeto de detalhe Fabrico Instrumentação, sensores e amarração Montagem e testes 20 de Novembro de 2013 ANJE - Fórum - Portugal Energy Power 28
  • 29. 02. EXEMPLOS DE PROJETOS DE IDI E CONSULTORIA INFRAESTRUTURAS OCEÂNICAS I&D RAIA.CO – Definir requisitos, projecto, modelação, análise estrutural de uma bóia disco. ■  Bóia com capacidade de flutuação de 1000N Parceiros: METEOGALICIA, INTECMAR, INSTITUTO ESPAÑOL DE OCEONOGRAFIA, INSTITUTO DE INVESTIGACIONES MARIÑAS, CETMAR, UNIVERSIDADE DO PORTO, INSTITUTO HIDROGRÁFICO,UNIVERSIDADE DE AVEIRO 20 de Novembro de 2013 ANJE - Fórum - Portugal Energy Power 29
  • 30. 02. EXEMPLOS DE PROJETOS DE IDI E CONSULTORIA INFRAESTRUTURAS OCEÂNICAS I&D REDE DE OBSERVAÇÃO E VIGILÂNCIA MARITIMA •  Desenvolvimento de novas bóias oceânicas integrando soluções inovadoras ao nível dos materiais estruturais, comportamento hidromecânico, sistemas a instalar a bordo e assimilação de dados para efetuar previsões.   Projetos: • RAIA-TEC • PI IC&DT 20 de Novembro de 2013 ANJE - Fórum - Portugal Energy Power 30
  • 31. 02. EXEMPLOS DE PROJETOS DE IDI E CONSULTORIA INFRAESTRUTURAS OCEÂNICAS I&D ROV (Remotely Operated Vehicle) e L-AUV (Light Autonomous Underwater Vehicle) Desenvolvimento de sistemas autónomos de observação ambiental capaz de atingir profundidades superiores a 100m transportando cargas científicas de medição de salinidade, temperatura, pressão, etc. Desenvolvimento/ Construção componentes mecânicos, Projecto Mecânico, Prototipagem Rápida e Assemblagem. Parceiros: ISR/LSTS ISPA - ROV (Remotely Operated Vehicle) – Reparação do Conector do Cabo Submarino, Vedações e partes mecânicas Parceiros: ISPA 20 de Novembro de 2013 ANJE - Fórum - Portugal Energy Power 31
  • 32. 02. EXEMPLOS DE PROJETOS DE IDI E CONSULTORIA INFRAESTRUTURAS OCEÂNICAS I&D MULTI-USE OFFSHORE PLATFORMS | OCEANOXXI | FEM Desenvolver conhecimento específico necessário à concepção e ao processo construtivo de plataformas offshore multiuso experimentais.   Conceito • Estudo sobre os processos de construção, instalação e manutenção das plataformas. • Aprofundamento do conhecimento necessário ao desenvolvimento da Plataforma. • Estudo sobre a organização e gestão da plataforma e sobre a logística necessária ao seu funcionamento. • Estudo sobre segurança e localização. • Estudo sobre as condições de viabilização económica e financeira. • Desenvolvimentos jurídicos necessários à instalação e funcionamento das plataformas. 20 de Novembro de 2013 ANJE - Fórum - Portugal Energy Power 32
  • 33. 03. VISÃO PARA O DESENVOLVIMENTO DA ECONOMIA DO MAR 20 de Novembro de 2013 ANJE - Fórum - Portugal Energy Power 33
  • 34. 03. VISÃO PARA O DESENVOLVIMENTO DA ECONOMIA DO MAR EXTENSION OF THE PORTUGUESE EXCLUSIVE ECONOMIC ZONE EMAM – Estrutura de Missão para a Extensão da Plataforma Continental EEZ Exclusive Economic Zone Actual = 1.727.408 Km2 Future = 3.027.408 Km2 14,9 X Portugal Continental Area (327.667 Km2) 20 de Novembro de 2013 ANJE - Fórum - Portugal Energy Power 34
  • 35. 03. VISÃO PARA O DESENVOLVIMENTO DA ECONOMIA DO MAR Visão para o Desenvolvimento da Economia do MAR §  ÁREAS ESTRATÉGICAS A EXPLORAR DESAFIOS §  REFORÇO DE INFRA-ESTRUTURAS EXISTENTES E A CRIAR §  POTENCIAL CIENTÍFICO EXISTENTE (Criação de Valor) §  FINANCIAMENTOS §  COOPERAÇÃO E INTERNACIONALIZAÇÃO §  AMBIÇÃO 20 de Novembro de 2013 ANJE - Fórum - Portugal Energy Power OPORTUNIDADES 35
  • 36. 03. VISÃO PARA O DESENVOLVIMENTO DA ECONOMIA DO MAR ÁREAS ESTRATÉGICAS A EXPLORAR §  ENERGIA RENOVÁVEL“OFFSHORE” §  §  §  Energia Eólica “Offshore” Energia das Ondas EQUIPAMENTOS E NOVAS TECNOLOGIAS PARA O MAR §  §  Robótica Submarina (Conhecimento do Mar Profundo) §  §  Plataformas Experimentais Bóias de Monitorização (Redes de Observação e Vigilância Marítima) AQUACULTURA “NEARSHORE” E “OFFSHORE” §  Pescado §  Macro e Micro Algas §  BIOTECNOLOGIA MARINHA §  EXPLORAÇÃO DE RECURSOS ENERGÉTICOS FÓSSEIS E MINERAIS 20 de Novembro de 2013 ANJE - Fórum - Portugal Energy Power 36
  • 37. 03. VISÃO PARA O DESENVOLVIMENTO DA ECONOMIA DO MAR REFORÇO DE INFRA-ESTRUTURAS EXISTENTES E A CRIAR §  CONSOLIDAÇÂO DE CLUSTERS E ASSOCIAÇÕES §  PÓLOS DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MAR §  PARQUES DE INCUBAÇÃO DE EMPRESAS DE BASE TECNOLÓGICA §  ZONAS PILOTO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA (PORTOS, “NEARSHORE”, “OFFSHORE”) §  Parque da Aguçadoura, Zona Piloto Peniche (“Offshore”) §  REFORÇO E CRIAÇÃO DE NOVOS CONVERSORES DE ENERGIA (Pico, outros) §  PLATAFORMAS EXPERIMENTAIS 20 de Novembro de 2013 ANJE - Fórum - Portugal Energy Power 37
  • 38. 03. VISÃO PARA O DESENVOLVIMENTO DA ECONOMIA DO MAR CRIAR “VALOR” A PARTIR DO POTENCIAL CIENTÍFICO EXISTENTE §  CORRIGIR DESIQUILÍBRIO ENTRE O POTENCIAL CIENTÍFICO EXISTENTE E O SEU CORRESPONDENTE IMPACTO ECONÓMICO §  Criação de Programas de Incentivo de Transferência de Tecnologia §  Fomento do Empreendedorismo nos Investigadores e Centros de I&D §  Criação de “Spin-Offs” e “Startups” §  Fomento de Projectos Internacionais a decorrer em Portugal §  Promover uma maior cooperação entre Centros de I&D INCENTIVAR NOVAS ÁREAS CIENTÍFICAS E TECNOLÓGICAS §  §  Biotecnologia §  Exploração Mineral §  MAR Profundo ……… 20 de Novembro de 2013 ANJE - Fórum - Portugal Energy Power 38
  • 39. 03. VISÃO PARA O DESENVOLVIMENTO DA ECONOMIA DO MAR FINANCIAMENTOS §  CRIAR LINHAS ESPECÍFICAS DE FINANCIAMENTO PARA A I&D+I MAR (FCT e QREN) §  REDUZIR O TEMPO CANDIDATURA / APROVAÇÃO §  AGILIZAR E SIMPLIFICAR A CARGA BUROCRATICA E ADMINISTRATIVA DOS PROJECTOS FINANCIADOS §  CONFIGURAR O FINANCIAMENTO EM FUNÇÃO DA ESPECIFICIDADE DO PROJECTO E NÃO O INVERSO §  FOMENTAR O ESTABELECIMENTO DE CONTRATOS PROGRAMA QUE PERMITAM O DESENVOLVIMENTO DE PROJECTOS DE I&D+I E QUE SUBSTITUAM PROGRESSIVAMENTE A LÓGICA PROJECTO/CANDIDATURA 20 de Novembro de 2013 ANJE - Fórum - Portugal Energy Power 39
  • 40. 03. VISÃO PARA O DESENVOLVIMENTO DA ECONOMIA DO MAR COOPERAÇÃO E INTERNACIONALIZAÇÃO §  ATRAIR PROJECTOS DE INVESTIMENTO ESTRANGEIROS §  FOMENTAR E VALORIZAR A PARTICIPAÇÃO NACIONAL DE CENTROS DE I&D EM PROJECTOS INTERNACIONAIS COM FINANCIAMENTO PÚBLICO, PARA CRIAR CONHECIMENTO “RESIDENTE” EM PORTUGAL QUE POTENCIE CRIAÇÃO DE VALOR CIENTÍFICO E ECONÓMICO §  PROMOVER A COOPERAÇÃO TRANSFRONTEIRIÇA E TRANSNACIONAL NO DOMÍNIO DO MAR 20 de Novembro de 2013 ANJE - Fórum - Portugal Energy Power 40
  • 41. 03. VISÃO PARA O DESENVOLVIMENTO DA ECONOMIA DO MAR AMBIÇÃO §  CRIAR EM PORTUGAL CENTROS DE EXCELÊNCIA INTERNACIONAIS EM CIÊNCIAS DO MAR E FAZER OS CORRESPONDENTES INVESTIMENTOS §  APOSTAR EM ÁREAS EMERGENTES (Eólica Offshore, Ondas, Aquacultura, Biotecnologia, etc) §  TORNAR PORTUGAL UMA REFERÊNCIA INTERNACIONAL EM ALGUMAS (POUCAS) ÁREAS ESTRATÉGICAS DO MAR 20 de Novembro de 2013 ANJE - Fórum - Portugal Energy Power 41
  • 42. 20 de Novembro de 2013 ANJE - Fórum - Portugal Energy Power 42
  • 43. OBRIGADO 20 de Novembro de 2013 ANJE - Fórum - Portugal Energy Power 43