Your SlideShare is downloading. ×
  • Like
Conferência Nacional Investimento e Empreendedorismo - Associação Portuguesa de Business Angels (Hugo Gonçalves, diretor da APBA)
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Now you can save presentations on your phone or tablet

Available for both IPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Conferência Nacional Investimento e Empreendedorismo - Associação Portuguesa de Business Angels (Hugo Gonçalves, diretor da APBA)

  • 131 views
Published

Perto de 400 pessoas passaram pela Conferência Nacional Investimento e Empreendedorismo, promovida pela ANJE, no passado dia 27 de junho, na Fundação de Serralves. Empenhada na construção do Portugal …

Perto de 400 pessoas passaram pela Conferência Nacional Investimento e Empreendedorismo, promovida pela ANJE, no passado dia 27 de junho, na Fundação de Serralves. Empenhada na construção do Portugal de Futuro, a iniciativa centrou-se sobretudo na questão do financiamento no período pós-troika. Tomaram a palavra 22 oradores ligados à banca, ao venture capital, ao capital de risco, aos business angels, bem como ao meio político, empresarial, académico e associativo.

O venture capital, enquanto modalidade de investimento em negócios nascentes, foi um dos temas em relevo na iniciativa, com o terceiro painel subordinado ao tema “Capital para Startups: smart money?”. Hugo Gonçalves, diretor da APBA, interveio destacando a função dos business angels enquanto “gestores de carreiras”, que escolhem projetos onde as probabilidades de crescimento conjunto são mais elevadas. Consulte aqui a sua apresentação.

Published in Investor Relations
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
131
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2

Actions

Shares
Downloads
2
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. 1
  • 2. 2 Agenda ö  APBA ö  Mercado de Business Angels ö  Desafios do “smart capital”
  • 3. 3 Missão da APBA Missão da APBA Desenvolver a função de Business Angel em Portugal, de modo a fomentar o empreendedorismo e a contribuir para o crescimento de uma economia sustentável e inovadora.
  • 4. 4 Caracterização da APBA ö  APBA é a principal rede de Business Angels em Portugal ... w  Mais de 140 investidores individuais, que representam mais de 10 milhões € disponíveis para investir, w  Associados Beneméritos: ESV e EDP Inovação, w  Sponsor: Caixa Capital, w  Mais de 150 projetos analisados por ano, w  Várias parcerias e protocolos com uma rede dinâmica que abrange universidades, centros de TI e empresas de capital de risco. ö  … é uma referência na Europa, a APBA incorpora de forma proativa as melhores práticas do mercado assim como as questões éticas referentes a estratégias de investimento dos seus associados w  As melhores práticas de gestão do portfolio de aplicações dos investidores, w  Análise e avaliação detalhada de projectos com o objectivo de atrair investidores e capital.
  • 5. 5 As atividades da APBA ö  Promoção e detecção de oportunidades, selecção de projectos e facilitação do investimento, ö  Desenvolvimento da ligação entre os BA e Universidades, Centros Tecnológicos e VC’s, ö  Estímulo do intercâmbio com outras Redes e Associações a nível nacional e internacional, ö  Divulgação do papel dos BA e das melhores p r á t i c a s d e i n v e s t i m e n t o e d e empreendedorismo (reconhecimento pela Kauffman Foundation), ö  S e n s i b i l i z a ç ã o d o E s t a d o p a r a o reconhecimento e incentivo da função de Business Angel
  • 6. 6 APBA uma rede forte de Business Angels Vantagens dos associados ö  Organização/Participação em foruns de investimento, ö  Acesso ao deal flow, ö  Co-financiamento com outros BA, ö  Indicadores de tendências do setor, ö  Business network, ö  Recomendação de Investidores.
  • 7. 7 Fomento ao ecossistema: Semana Global do Empreendorismo Em 2012 mais de: 130 países, 7.900 parceiros, 7.490.000 participantes
  • 8. 8 Veículos de investimento de associados da APBA ö  BrainCapital ö  BrainInvest ö  Brain2Market ö  BusyAngels ö  CEC ö  Eggnest ö  Embrace II ö  GoBigorGoHome ö  Ideia Capital ö  IndexTalent ö  Rotunda Investimentos ö  SailAway ö  Shilling Capital Partners ö  A APBA tem uma capacidade de investimento agregada em torno dos veículos dos seus associados:
  • 9. 9 Agenda ö  APBA ö  Mercado de Business Angels ö  Desafios do “smart capital”
  • 10. 10 O mercado de investimento dos BA’s em Portugal ö  Desde a crise financeira o investimentos dos BA’s ganhou relevância e importância ö  Os BA’s tem sido uma das principais fontes de financiamentos das start-ups em Portugal ö  Alavancagem do Compete permitiu ganhar escala e criar grupos de BA’s profissionais ö  Linhas Compete levaram BA’s a privilegiar o investimento através de veículos organizados ö  Profissionalização e prazos de investimento do Compete resultaram num crescimento exponencial: ö Até final de 2013 foram apoiadas 91 PME’s ö Valor total investido próximo de €25M
  • 11. 11 Tendências de mercado 1 ö  Proliferação de incubadoras e aceleradoras que promovem a estruturação dos projetos e facilitam a interação com investidores; ö  Crescimento das comunidades de Angels (online e offline) ö  Aparecimentos de plataformas de crowdfunding por equity como a Seedrs; ö  Investimento médio dos BA’s entre €100k a €200k com tendência para aumentar; ö  Aumento da sindicação como forma de partilhar experiência e ganhar capacidade competitiva ö  Os BA’s co-investem frequentemente como fundos de VC (Portugal Ventures, ES Ventures)
  • 12. 12 Tendências de mercado 2 ö  Aumento do ticket médio das rondas de seed capital devido a: ö Aumento dos tickets médios dos BA’s por alavancagem do Compete ö Sindicação entre BA’s e outros players ö Tickets elevados da Portugal Ventures ö  Aumento da intensidade competitiva: ö Aceleradores e incubadoras dão mais visibilidade aos projetos ö Calls da Portugal Ventures aumentam a oferta de capital ö Players estrangeiros como o SeedCamp e o Ycombinator antecipam a deslocalização
  • 13. 13 Agenda ö  APBA ö  Mercado dos Business Angels ö  Desafios do “smart capital”
  • 14. 14 Os desafios ö  O bem mais escasso no eco-sistema das start- ups não é o capital mas sim o conhecimento ö  Experiência e talento têm o seu preço e tal como no resto da economia “não existem almoços grátis” ö  Dimensão reduzida dos investimentos agravam o problema porque impedem economias de escala ö  Diversificação neste segmento de alto risco acentua o problema por aumentar o número médio de empresas por investidor
  • 15. 15 A respostas dos BA’s ö  BA’s são tipicamente gestores com carreiras bem sucedidas em vários sectores de atividade, com experiência relevante para as start-ups ö  Concentração de BA’s em veículos permite aumentar a diversificação e simultaneamente reduzir o nº médio de empresas por investidor ö  Rácio médio de empresas por profissional de investimento em fundos de VC ronda as 5 enquanto nos BA’s ronda os 2 ö  BA’s têm muitas vezes um duplo objectivo de retorno e de contribuição para a sociedade investindo o seu tempo a custo zero
  • 16. 16
  • 17. 17 Contactos Telefone: +351 969 160 325 E-mail: apba@apba.pt Site: www.apba.pt Morada: R. Duque de Palmela,2, 4ºesq 1250 098 Lisboa