Matéria de CapaLagoa da Serra-CFM Notável                             Antes os campeões de pista;                         ...
E     m um passado não muito distan-               Nome            Ed    Pd        Md      Es      Ps      Ms      DAOL DA...
Matéria de Capa             ficado Especial de Identificação e        de uma raça. “O problema é que a                    ...
Típico exemplo de Nelorepernalta e tardio, algo quea pista deve abandonar,segundo os debatese possuir bom fenótipo, com ca...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Antes os campeões de pista; agora os campeões do pasto

1,450

Published on

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
1,450
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
18
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Antes os campeões de pista; agora os campeões do pasto

  1. 1. Matéria de CapaLagoa da Serra-CFM Notável Antes os campeões de pista; AGORA OS CAMPEÕES DO PASTO Centrais de inseminação preferem avaliação genética em detrimento dos títulos nacionais como diferencial para contratação de um touro Adilson Rodrigues adilson@revistaag.com.br 14 - ABRIL 2012
  2. 2. E m um passado não muito distan- Nome Ed Pd Md Es Ps Ms DAOL DACAB te, era muito comum, após as ex- posições nacionais da raça Nelo- BITELO 10 100 40 10 100 100 100 100re, os representantes das centrais deinseminação artificial digladiarem- BASCO 10 70 20 50 80 90 100 90se na tentativa de contratar o touro BIGBEN 30 70 40 40 80 50 1 10Grande Campeão. No presente 2012,a história é diferente, pois apenas as JERU 0,1 50 5 1 100 70vitórias na pista já não bastam paragarantir a diferenciação do animal HELIACO 10 50 10 10 80 25 4 100dentro de uma bateria de doadoresde sêmen. Agora, as avaliações ge- BVLGARInéticas são o fator decisivo, apesarque aqui também abre-se um parên- GUINCHO 10 30 10 15 80 80 70 100tese sobre os perfis dos sumários. ENLEVO 20 70 60 40 90 100 50 100 Esta movimentação do mercadonão é fruto de discussões recentes, GANDHI 90 70 90 40 10 20 70 90mas sim o ápice das cobranças emtorno dos critérios de julgamento das RANCHI 30 25 15 70 40 30 80 100exposições da raça Nelore, que ain-da hoje valorizam animais de frame FAJARDO 10 80 60 20 100 100 10 1(tamanho) exagerado e mais tardios 1646 30 20 15 20 40 20 20 100para fertilidade e terminação, deven-do-se estes se aproximarem mais da EDHANK 30 70 20 90 100 100realidade do pasto brasileiro. É o queos jurados mais críticos da própria HOCKAssociação Brasileira dos Criadoresde Zebu (ABCZ) definem por “gi- ATMA 3 25 20 10 15 50 80 4gantismo do Nelore”. E como 90% MÉDIAS 22 56 31 32 70 64 53 72da clientela das centrais de insemi-nação são pecuaristas que vivem de Ed-Estrutura corporal ao desmame; Pd-Precocidade ao desmame; Md-Musculosidade aoproduzir carne a pasto, uma antítese desmame; Es-Estrutura corporal ao sobreano; Ps-Precocidade ao sobreano; Ms-Musculosi-acontecia. dade ao sobreano; DAOL-Dep Área de Olho de Lombo; DACAB-Dep Acabamento de Carcaça. Segundo o zootecnista Alexan- Fonte: William Kourydre Zadra, ex-gerente de central e Gim, Ludy e Visual, por exemplo”, Indo um pouco além, é fato queMBA em Agronegócios pela FGV, lembra Ricardo Abreu, gerente de as centrais preferem os touros pro-o problema reside no conceito de Corte/Zebu da CRV Lagoa. vados, ou em outras palavras, quecada segmento. “Os animais de pista Todavia, Abreu reconhece que tenham avaliação genética e partici-provêm de uma genética mais tardia a raça Nelore passou por uma ver- pam de sumários. “Só contratamose com metabolismo mais acelerado dadeira transformação nos últimos touros que possuam avaliação ge-para responder com ótimo desem- anos, tanto na quantidade de doses nética. Hoje, existe uma inversão depenho a dietas com ração de alto comercializadas quanto no tipo do mercado e 80% dos nossos clientesconsumo. No entanto, encontramos animal desejado. “Atualmente, o querem reprodutores com essa qua-nos animais de pasto uma genética campeão de pista é uma fatia impor- lidade. São pecuaristas focados emmais precoce e que necessita pro- tante para ter na prateleira. Sempre programas de seleção”, relata a zoo-duzir vacas que reconcebam a cada digo que um bom touro precisa ter tecnista Roberta Gestal de Siqueira,12 meses”, define. De acordo com um currículo diferenciado: ser me- consultora Técnica Zebu/Corte daele, o mercado de sêmen Nelore é lhorador e capaz de transmitir seus Alta Genectis. O gerente de Produ-divido em três pilares atualmente: diferenciais à progênie com elevada tos da central, Gabriel Sandoval,elite, produção (touros) e bezerros confiabilidade”, relata o gerente. E aconselha que o pecuarista extensi-pesados. Vale lembrar que a ponta quem é capaz de medir o quanto o vo escolha genética de animais pro-da pirâmide, a elite, também precisa touro possui alta ou baixa confiabili- vados na mesma condição. “Temosde material genético, mas, atualmen- dade é a avaliação genética, que sub- uma bateria diversificada. Para quemte, se tornou somente um nicho de mete os reprodutores aos reconhe- quer pista temos touros campeões,mercado. “A elite necessita de indi- cidos testes de progênie. A pecuária mas que integram sumários. Para ovíduos que complementem acasala- leiteira é assim, prioriza os touros pecuarista comercial temos touros dementos com matrizes de linhagens provados. produção e touros com CEIP (Certi- REVISTA AG - 15
  3. 3. Matéria de Capa ficado Especial de Identificação e de uma raça. “O problema é que a Divulgação Produção)”, complementa. Os dois maioria das associações tem se omi- últimos grupos são utilizados larga- tido em apontar um biótipo ideal mente na criação extensiva. para o Nelore e não definem crité- Eduardo Biagi, presidente da rios a serem seguidos, jogando toda Associação dos Criadores de Zebu a responsabilidade nos ombros dos (ABCZ), em entrevista concedida à juízes”, afirmou. Revista AG sobre o tema, reconhece Na pista, o discurso é de equilí- a necessidade de aproximar a reali- brio entre profundidade de costelas dade pista da do pasto e, para tanto, e altura de membros, frame mode- vem promovendo uma série de cursos rado e funcionalidade. Mas, na prá- periódicos para atualizar os critérios tica não é bem assim, segundo ele. de julgamento. “A meu ver, a avalia- Mesmo assim, não surtirá efeito ins- ção nas pistas tem sido, nos últimos crever animal com escore corporal 20 anos, um pouco distorcida, favo- razoável na exposição, mesmo tendo recendo mais o peso do animal em qualidades interessantes para paste- detrimento de aspectos como funcio- jo. “Não tem como dar um prêmio a nalidade. Transitamos do excesso de um animal mal preparado. Também valorização dos aspectos raciais para não existe parâmetro comparativo o abuso na valorização do peso. Pis- para afirmar que o mesmo poderia ta e pasto devem ser complementa- estar bem a pasto, o que existe é um “Os julgamentos res”, destaca o dirigente. O ideal é biótipo bom, ou sadio, para o pasto”, mostram-se distorcidos, o equilíbrio entre peso, raça e fun- adverte o jurado. cionalidade. A funcionalidade, por A dúvida que fica é quais quali- mas resultam de uma si só, é um conjunto bem amplo de atributos, envolvendo rusticidade, dades um reprodutor PO registrado deve ter. Na opinião do jurado, ele época em que ainda não fertilidade, facilidade de parto e pre- deve ser destacado para profun- existiam tecnologias”, cocidade em condições de pasto. didade de costelas e musculatura, Eduardo Biagi Um ponto levantado por William apresentar perímetro escrotal de- Koury Filho, zootecnista, jurado efe- senvolvido para a idade e harmonia tivo da ABCZ e mestre em Reprodu- de conjunto. Além disso, precisa ter o perfil comercial atual da demanda ção Animal, em artigos publicados escore corporal destacado/sadio con- de sêmen Nelore é por reprodutores na Revista AG, relata a necessidade dizente ao sistema de produção onde detentores de um verdadeiro pacote de acirrar debates em torno da re- será utilizado (se pasto ou pista), e, de qualidades. formulação dos critérios de julga- claro, possuir uma avaliação genéti- “Precocidade sexual, habilidade mento, que é um momento único de ca “forte” para características eco- materna, peso, precocidade de aca- apreciação da qualidade morfológica nômicas de interesse. Nas centrais, bamento, beleza racial e opções de linhagem (esta última para o nicho de elite)”, define Gustavo Morales Brito, gerente Corte/Zebu da ABS Pecplan, ressaltando ainda que sem avaliação genética destacada touro algum entra na bateria de qualquer central. “Além da boa avaliação ge- nética, o reprodutor tem de ser har- mônico nas características mensu- radas, sendo líder - na maior parte delas - no sumário do qual participa Para Ricardo Abreu, um bom touro precisa ter um currículo diferenciado nãoDivulgação só em pista 16 - ABRIL 2012
  4. 4. Típico exemplo de Nelorepernalta e tardio, algo quea pista deve abandonar,segundo os debatese possuir bom fenótipo, com caracte-rísticas funcionais adequadas, comoaprumos e prepúcio corretos”, com-pleta Caio Tristão, gerente de Produ-tos Corte da Semex do Brasil. Daniel Carvalho, gerente de Pro-duto Corte da CRI Genética Brasil,lembra ainda de atributos como boaconversão alimentar, acabamentoprecoce, musculosidade, fertilidadepara filhos e filhas, característicascorrelacionadas à precocidade sexual Arquivo Revista AGdas filhas, rusticidade e bom tempe-ramento. Com tantas qualidades ne-cessárias, a única forma de atendera demanda é com uma seleção maiscriteriosa do criador, com índices de Pista Rediscutida (em parceria com universidades res-descarte cada vez maiores. Existe Grandes selecionadores elite da peitadas), dos programas nacionaisuma cultura no mercado de elite de raça Nelore falam abertamente con- de melhoramento ou das própriasque o touro, ou até mesmo uma ma- duzir duas seleções, uma para pista e centrais de inseminação.triz, que não “dá” pista pode ser bom outra para pasto, fato relatado tam-para o pasto, mas esta é uma práti- bém por Alexandre Zadra. Presume- Alertaca já condenada pelo mercado. Este se que aquilo que é bom para uma nos sumárioscomportamento compromete, inclu- pode não o ser para outra. “É um si- No Nelore, tanto o sumáriosive, o fomento de outras raças, não nal de que critérios precisam ser me- ABCZ quanto o ANCP (os princi-só zebuínas. O animal até poderia ter lhor conversados, pois ambos devem pais da raça), com consulta públicabom desempenho em pastagem, mas cumprir objetivos semelhantes”, disponível na internet, possuem tou-quem vai ratificar ou não a informa- assinala William Koury. Morales ros líderes no ranking de raça e nosção são seus filhos em prova. informa que a ABCZ tem feito vá- sumários excelentes para ponderal e rias atualizações técnicas para frame ruins para características importan- Avaliação Genética mais moderado, aprumos corretos e tes de carcaça, fundamentais para Atualmente, é uma ferramenta costelas compridas e bem arqueadas produção de carne a pasto ou atéque ganha cada vez mais espaço na . mesmo semiconfinamento. Acompa-pecuária nacional, até mesmo pela “O ambiente de seleção pista tem nhe na tabela acima as sinalizaçõesbaixa oferta de touros avaliados, es- cada vez menos adeptos. A deman- azul (excelente), verde (muito bom),timados em 55 mil por ano, segun- da por touros funcionais cresce em branco (bom), amarelo (atenção) edo dados da Associação Nacional de evidência, devido à profissionaliza- vermelho (ruim) para as deps (dife-Criadores e Pesquisadores (ANCP). ção e concorrência das atividades renças esperada na progênie) de cadaPara Gustavo Morales, da ABS Pe- agrícolas”, finaliza Carvalho. Por touro avaliado. O índice utilizado é ocplan, os trabalhos feitos vão no ca- este motivo, os grandes campeões “TOP”, que indica a posição do ani-minho certo, só precisam de ajustes. do passado como Fajardo, Enlevo, mal na base genética da ANCP, que“Há necessidade de unificação dos Ludy de Garça, Helíaco e Big Ben, realiza o Programa Nacional de Me-sumários e a ponderação de algumas entre outros tantos que à época de- lhoramento Genético da Raça Nelorecaracterísticas tão importantes como ram sua contribuição à pecuária, (Nelore Brasil) e possui mais de umas de peso. Mas, de forma geral, tem cederam lugar a nomes como REM milhão de animais na base genética.norteado os pecuaristas. Os resulta- Noturno, CFM Obstinado, Avesso, Lembrando que TOP, 0,1% significados estão no campo”, conclui. Backup, Macuni e Jaçanã AJ. Todos que o reprodutor é melhor em mil, selecionados em ambiente de pasto e TOP 1% o melhor em 100 e TOP 51 avaliados em sumários de fazendas a 100% os piores. REVISTA AG - 17

×