• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Revista Visão Ampla 9ª edição
 

Revista Visão Ampla 9ª edição

on

  • 795 views

 

Statistics

Views

Total Views
795
Views on SlideShare
795
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
4
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Revista Visão Ampla 9ª edição Revista Visão Ampla 9ª edição Document Transcript

    • visãoamplaA sua revista Ampla para clientes corporativos ANO II • nº 9 Outubro, Novembro e Dezembro/2010 Colaboradores da Ampla atuam com medidas preventivas para garantir um serviço de qualidadeInvestimento na qualidadeDistribuidora implanta plano para garantirtotal confiabilidade ao fornecimento de energia – pág. 4 e 5Iniciativa sustentávelHospital de Cantagalo adota sistemasolar de aquecimento de água – pág. 3Consciência Ecoampla CorporativoAmpla e seus clientes firmam parceriaem favor da reciclagem do lixo – pág. 6
    • Editorial EletrizanteAtendimento De olho napautado na qualidade conta de luz Ventos fortes, chuvas intensas e raios provocam, to- Quais são as medidas necessárias para adequar dos os anos, diversos problemas nas redes elétricas. Para seu negócio à chegada do horário de verão? Confira, a minimizar os danos causados por esses fenômenos na- seguir, algumas orientações importantes. turais e garantir o fornecimento de energia em sua área de concessão, a Ampla investe no Plano de Qualidade, Leonardo Kaufmann trabalho de prevenção realizado desde maio deste ano. Executivo de Grandes Indústrias Na reportagem de capa, você vai conferir os investi- mentos feitos pela empresa, as ações prioritárias e as Pergunta: Que providências principais estratégias do programa. devo tomar com o início do horário de verão? Na seção Mais por Menos, Visão Ampla aborda a Com a chegada do implantação de um sistema de aquecimento de água por horário de verão no dia 17 energia solar no Hospital de Cantagalo, região serrana do Rio de outubro, adiantamos em de Janeiro. Além de representar uma economia significativa uma hora nosso relógio. A para o hospital, a iniciativa garante a preservação do meio medida visa diminuir o con- ambiente, uma vez que utiliza equipamentos movidos a sumo de energia e, assim, energia limpa. Em Geração de Resultado, o assunto é o Cons- evitar o pico do consumo si- ciência Ecoampla. Na matéria, abordaremos esse importan- multâneo pelo comércio, pela te projeto em favor da reciclagem do lixo e apresentaremos indústria e por toda a popula- nosso primeiro parceiro: a Refrigerantes Pakera. ção. Segundo o Operador Na- cional do Sistema (ONS), o período Para fechar a revista, a seção Transformador traz o – que segue até fevereiro – gera uma economia de aproxima- case do Hospital & Clínica de São Gonçalo e do Hospital damente 200MWh no país, o equivalente a 9% do consumo de Icaraí. Ao combinar bom atendimento e tecnologia, mensal da cidade do Rio de Janeiro. os empreendimentos vão oferecer excelência em saúde para os moradores de Niterói, São Gonçalo e adjacên- Os clientes cativos – que mantêm contrato de forne- cias. Nessa empreitada, a expertise da Ampla se faz pre- cimento de energia com a distribuidora – situados na faixa da sente com as soluções eficientes de energia. alta tensão (de 11,4kV até 138kV) não devem se preocupar com a adequação dos medidores ao novo horário, porque a reprogramação é realizada pela Ampla. Vale ressaltar que os Marcelo Llévenes clientes que utilizam gerenciador de demanda e/ou bancos Responsável pela Ampla de capacitores temporizados devem ficar atentos e ajustar es- e Endesa Brasil ses equipamentos, a fim de evitar possíveis cobranças desne- cessárias (referentes aos consumos ativos e reativos excessivos e/ou ultrapassagem de demanda). Contato: (21) 2613-7536 – kaufmann@ampla.comExpediente - Publicação trimestral da Ampla. Criação e produção: Casa do Cliente Comunicação 360° e MarketingAmpla – Pryscila Civelli e Denise Monteiro. Conteúdo Grandes Clientes: Giovanni Mascarenhas, Eduardo Vale e Cruz eViviane Esteves (Personal Service). Colaboração: Comunicação Ampla – Janaina Vilella; Casa do Cliente Comunicação 360°– Eliane Levy de Souza (edição), Ademir Veroneze, Júlia Lomba (coordenação e reportagem), Maíra Gonçalves, MarianaGouvêa e Sânia Motta (reportagem). Revisão: Cristina Motta. Projeto gráfico: Casa do Cliente Comunicação 360°.Fotos: Antonio Pinheiro/EKTAR4 e Banco de imagens Casa do Cliente Comunicação 360°. Tiragem: 4.500 exemplares
    • Mais por menosAquecimento solar beneficiaHospital de Cantagalo Reduzir o consumo de energia durante o dia inteiro para todo o hos-ao mesmo tempo em que se aumen- pital e mais conforto para pacientes e Números quentesta o conforto e a qualidade de vida é funcionários, que hoje podem tomar • 36 chuveiros substituídosum dos princípios da eficiência ener- banho com temperaturas mais altas • Capacidade para 6,6 mil litros degética. O aquecimento solar da água do que as oferecidas pelo chuveiro água quenteé um dos exemplos bem-sucedidos elétrico comum. • 57 coletores solares instaladosdessa prática. O Hospital de Canta- • 41,13MWh/ano de economiagalo, na região serrana fluminense, Eficiência e satisfação de energiavem desfrutando desde junho dos “Pude comprovar que essa ébenefícios do sistema instalado pela uma solução eficiente. Em certa oca-Ampla. O projeto consistiu na substi- sião, estava frio e a temperatura da constantemente. Agora, todos po-tuição da energia elétrica pela solar água alcançava, às 20 horas, 52ºC. dem tomar banhos quentes sem quenos equipamentos para banho (chu- Isso significa que o calor era produ- nos preocupemos com o consumoveiros, boilers e aquecedores). Além zido pelo aquecimento que ocorreu de energia elétrica”, disse Adilson.da economia, o uso da energia lim- durante o dia. Provamos, assim, quepa contribui para a preservação do é possível levar a água a atingir altas A Ampla instalou mais demeio ambiente. temperaturas apenas com aqueci- 30 projetos de aquecimento de 3 mento solar”, destaca Curty. água por energia solar em outros “Este é um sistema que utiliza estabelecimentos de Niterói, Sãoa própria energia da natureza para O responsável pela manuten- Gonçalo, Teresópolis, Araruama etc.aquecer a água. A redução do consu- ção e operação do Hospital, Adilson Hospitais, creches, asilos e instituiçõesmo permite abastecer outros setores Gonçalves Pereira, está satisfeito com voltados para assistência social jáda sociedade”, explica João Carlos a solução – pioneira no município de foram beneficiados.Curty, engenheiro eletricista e espe- Cantagalo. Os benefícios vãocialista em Eficiência Energética da além da redução das tari-Ampla. Ele estima que o uso do novo fas. São ganhos indire-sistema represente uma economia de tos, que se refletem20% na conta de luz do hospital. em menos gastos com mão de obra Com o sistema implantado, e troca de equi-o calor é obtido durante o perío- pamentos. “Sódo de incidência dos raios solares e tenho a elo-armazenado em um boiler herme- giar a Amplaticamente fechado. Instalado no te- pela iniciativa.lhado, o equipamento de captação Não consigoda luz solar é composto por painéis imaginar nadanegros, vidros e uma tubulação por melhor do queonde passa a água. Os raios incidem esse sistema. An-nos painéis, que absorvem e acumu- tes, precisávamoslam o máximo de calor, esquentando fazer a manutenção Adilson mostra painéis que captam a luz solar instalados no telhadoa água. Isto garante água aquecida de chuveiros elétricos
    • Poda de árvores: uma das iniciativas do Ampla em Ação Visão da capa4 Mobilização pela qualidade Ampla reforça foco na prevenção investindo em infraestrutura e no relacionamento com o cliente Atenta ao futuro, a Ampla realiza um trabalho preventivo responsável pela Diretoria Técnica da Ampla. Somente desde maio para garantir um fornecimento de energia este ano serão aplicados R$ 45 milhões em medidas mais eficaz a seus clientes. Liderado pela Diretoria Téc- preventivas. Entre as ações prioritárias estão a instala- nica, o Plano de Qualidade prevê a aplicação de R$ 240 ção de equipamentos de proteção, como para-raios; a milhões em recursos até 2014 para melhor proteger a adaptação dos cabos de transmissão, para um melhor rede elétrica de fenômenos como ventos fortes, chuvas convívio com a vegetação; e a automação da rede, per- intensas e descargas atmosféricas. O investimento se mitindo que manobras possam ser realizadas a partir traduz em segurança e tranquilidade, como observa do Centro de Operação sem deslocar equipes. Luciano Galasso, Diretor Responsável pela Diretoria Comercial da Ampla. “O principal objetivo é melho- Além disso, as estratégias de prevenção reforçam as ati- rar a qualidade de nossos serviços. Entendemos que vidades de manutenção. “Nossa prioridade é a poda esse é o caminho para conquistar a satisfação total dos de árvores, pois somente a queda de galhos, somada consumidores”, pontua. às descargas elétricas, foi responsável por 60% dos desligamentos ocorridos no início deste ano”, assinala O Plano de Qualidade acontece em paralelo ao inves- Albino. Outra medida consiste no aumento de 30% do timento realizado pela distribuidora para melhorar o time em campo e na capacitação permanente das equi- serviço e atender ao crescimento da demanda. “Apesar pes que atuam em situações de contingência. “Nossa de o programa ter sido implantado em maio, nossos intenção é afinar cada vez mais a gestão de nossos re- esforços se intensificaram desde novembro do ano pas- cursos – seja de pessoal ou de equipamentos – para sado. É preciso adequar nossa infraestrutura a uma rea- ganhar velocidade de atendimento sem perder o foco lidade cada vez mais adversa”, enfatiza Albino Motta, na segurança”, ressalta Albino.
    • Prontos para agirAlbino destaca como diferencial a alta capacidade de mobilização da empresa – que já contou com apoio internacio-nal em tragédias como os deslizamentos de Angra dos Reis e Niterói. “No episódio de Niterói, conseguimos aumentarrapidamente o número de equipes em campo de oito para 50, por meio do suporte oferecido por outras regiões daconcessionária e pelas empresas do Grupo Endesa Coelce, no Ceará, e Chiléctra, no Chile. Da mesma forma, enviamosequipes da Ampla para o país vizinho em casos de contingências”, lembra.O responsável pela área de Operação da Ampla, Newton Moraes, lembra que as ações se baseiam no histórico deocorrências registradas pela concessionária. “Ao identificar a frequência e as áreas mais afetadas, agimos com maisprecisão”, explica. Ele destaca também a importância de cultivar um relacionamento estreito com os clientes para osucesso dessa atuação preventiva. “O feedback do cliente – por meio de nossos canais de atendimento – nos permiteconhecer melhor suas necessidades e expectativas.” Ampla em Ação: o valor de comunicar bem André Moragas, responsável pela Diretoria de Relações Institucionais e Comunicação da Ampla, afirma que o alto grau de qualidade exigido pelos clientes hoje está diretamente ligado ao patamar alcançado pela empresa. “O fornecimento de energia melhorou muito nos últimos anos, mas costumamos lembrar apenas dos momentos em que deixamos de disponibilizar o recurso por algum motivo alheio às operações da concessionária. Se fizermos a conta inversa, constatamos que o serviço opera em 99,8% do ano”, observa. A partir desta percepção, André destaca mais um objetivo do Plano de Qualidade: melhorar o fluxo de comunicação com o cliente. “Muitas vezes, ao entrar em contato com a Ampla, ele não tem clareza sobre a situação de contingência. Por isso, é fundamental que estejamos preparados para fornecer informações imediatas”, salienta. 5 Com a missão de melhor comunicar seus investimentos, a distribuidora criou o ‘Ampla em Ação’, que tem como prin- cipal meta a melhoria da qualidade do serviço e, ao mesmo tempo, funciona como um canal de comunicação entre a distribuidora e as comunidades atendidas. Reunindo profissionais de diversos polos para atuar em áreas estratégicas, representa também uma oportunidade de estreitar laços. “Com o Ampla em Ação, geramos mais visibilidade para as ações conduzidas pela concessionária, aumentando a percepção e a confiança dos clientes em nosso trabalho. Além do investimento em infraestrutura, levamos para as regiões uma agência móvel e projetos sociais”, informa. Colaboradores colocam em prática o Plano de Qualidade
    • Geração de resultado Empresas abrem portas para o Ecoampla Iniciado em março de 2008, Gomes, responsável pela área de Inovação e Efici- o Consciência Ecoampla oferece ência Energética. aos clientes da Ampla a oportu- nidade de trocar lixo reciclável Victor observa que o projeto estreita o relacio- por descontos na conta de namento entre a Ampla e seus clientes, além de multi- luz. Até setembro de 2010, plicar os resultados do Ecoampla na área de concessão. mais de mil toneladas de re- “O Consciência Ecoampla está sendo bem recebido pe- síduos foram retirados do los clientes corporativos: 70% dos que receberam nos- meio ambiente. Hoje, a em- sa proposta demonstraram interesse nela. Com a maior presa conta com 50 mil clien- visibilidade do projeto a partir das primeiras adesões, tes cadastrados no projeto e temos a expectativa de receber propostas de participa- soma 13 postos de troca em ção por parte dos clientes também”, afirma Victor. O sua área de concessão. Agora, o primeiro posto do Consciência Ampla será instalado na Consciência Ecoampla está sendo Refrigerantes Pakera, sediada em Magé. “O projeto seVictor Gomes: estendido a empresas de diversas adequou perfeitamente às nossas necessidades. Logo“Consciência regiões da área de concessão da Ampla. Lançada no depois de informar aos funcionários sobre a parceriaEcoampla é bemrecebido por mês de julho, a iniciativa apresenta duas alternativas com a Ampla, incluímos em seus treinamentos con-clientes corporativos” de descarte para reciclagem. Os clientes que aderirem teúdos de conscientização ambiental. Com o posto, ao projeto podem levar os resíduos aos postos de cole- esperamos beneficiar nossos profissionais e também a ta do Ecoampla (confira o posto mais próximo de você comunidade, além de nos tornar um modelo para ou- em http://www.ampla.com/pop_eco_ampla.html). tras empresas”, diz Neilda de Souza Oliveira da Silva, Caso o volume seja superior a 30 toneladas/mês, as or- auxiliar de Recursos Humanos da Refrigerantes Pakera. ganizações engajadas são incentivadas a abrir espaços De acordo com Victor, a meta é arrecadar 400 tone- em suas próprias instalações para abrigar o material ladas de resíduos e distribuir R$ 60 mil em bônus por reciclável. Os descontos para esse volume de resídu- meio da inauguração de mais dois postos até o fim ano. os normalmente ficam na faixa de R$60 a R$120 mil reais por ano, dependendo do tipo de resíduo gerado Inovação pelo bem comum pela indústria, além dos benefícios que a ação pode Organizações como Sesi, Senai e Firjan já reco- gerar para o meio ambiente, comunidades do entorno nheceram e estão apoiando o desenvolvimento do Eco- e toda a sociedade. ampla. Contemplada por um edital de inovação, a ação socioambiental contará, a partir de outubro, com o know Além de oferecer o bônus na fatura, a Ampla how de profissionais especialistas em gestão ambiental e fornece como incentivo ferramentas (de software R$ 300 mil em recursos para atender de forma eficiente a computador completo, incluindo ainda balanças à indústria do Estado do Rio de Janeiro. e metodologias) – e capacitação às empresas que optarem por montar um posto de coleta. Ao mes- mo tempo em que realizam uma ação ambiental, elas podem ainda gerar economia à comunidade do entorno. “Além de disponibilizar um posto pró- ximo, facilitando seu acesso, os parceiros do pro- jeto podem transferir o desconto recebido em sua conta de luz a seus funcionários, às instituições que apoiam e à população do entorno que contribuam para o descarte correto dos resíduos”, explica Victor Neilda de Souza: “Com o posto, esperamos nos tornar exemplo para outras empresas”
    • TransformadorSólidas parcerias garantem sucesso nos projetos Do desejo de oferecer à popu- agora conta também com dois filhos dos De acordo com o Executivo de Aten-lação de São Gonçalo (RJ) e localidades médicos acionistas – contribui para que a dimento de Grandes Comércios, Josévizinhas um novo conceito de atendi- cidade de Niterói seja reconhecida como Eduardo Tovar, a Ampla se mobilizoumento hospitalar, a antiga Clínica São referência também em modernidade. na concepção de soluções inovadorasGonçalo foi transformada no Hospital Segundo João Luiz Souza, administrador para atender às necessidades do gru-& Clínica de São Gonçalo. Reunindo dos hospitais do grupo, o novo empreen- po. “Desenvolvemos um projeto de rea-tecnologia, bons profissionais e serviços dimento contará com o mesmo concei- locação definitiva da rede de distribui-altamente qualificados, ele cerca com to inovador e oferecerá o mais avançado ção do hospital. Com isso, liberamossegurança e conforto os procedimentos suporte aos pacientes. “Serão 300 leitos Perspectiva do Hospital de Icaraí ao fim das obrasde saúde. Ao se tornar realidade, o hos- convencionais, setores de emergênciaspital foi além das expectativas iniciais e adulta e pediátrica, Centro de Tratamen-passou a ser um centro de referência to Intensivo (CTI) adulto com cerca deem medicina. Mas a determinação de 40 leitos mais 50 leitos pré-intensivos,sua diretoria médica indica que o grupo três centros cirúrgicos com dez salasainda irá mais longe. O próximo inves- cada, além de serviços de tomografia etimento é o Hospital de Icaraí, que, a ressonância em equipamentos digitali-exemplo da unidade de São Gonçalo, zados”, informa. A parceria com a Peri-contou com o apoio da Ampla na via- natal, renomada maternidade do Rio debilização de soluções para atender suas Janeiro – que realizará serviços de Uni-demandas no segmento de energia. dade de Tratamento Intensivo (UTI) neo- 7Com inauguração prevista para dezem- natal, berçário e obstetrícia – completa abro, ele será um empreendimento de lista de serviços do Hospital de Icaraí.excelência em saúde à disposição dosmoradores de Niterói e região. Parceiros de longas datas A Ampla está presente em toda A história do grupo, atualmente a trajetória do grupo, apresentandodirigido por quatro médicos, começou projetos eficazes para cada etapa dena antiga Clínica São Gonçalo, onde sua evolução. Para João Luiz, uma dasdois dos quatro atuais diretores se co- prioridades em sua administração é anheceram ainda jovens, na época de qualidade de energia oferecida pararesidência. Anos depois, precisamente o hospital. “Um bom sistema elétrico a fachada, designamos uma área livreem 1994, os administradores recebe- minimiza possíveis quedas de energia. para a movimentação de máquinasram um convite para se tornarem tam- Com isso, dependemos menos de ge- e criamos um espaço destinado aosbém acionistas da empresa. Surgia, radores e garantimos a integridade dos equipamentos de oxigênio”, ressalta.com isso, a oportunidade de criarem pacientes que precisam de aparelhos. Segundo Eduardo, a medida descartaum novo modelo médico-hospitalar Por isso, precisamos contar com uma os riscos de interrupção no forneci-no Rio de Janeiro. Iniciava-se, então, concessionária que viabilize soluções mento de energia para moradores euma nova fase do hospital, em que personalizadas para a execução de estabelecimentos vizinhos; elimina no-qualidade e tecnologia andariam afina- nossas atividades diárias. A Ampla está vas solicitações de desligamento; e fa-das rumo à excelência no atendimento conosco desde o Hospital & Clínica de cilita a restauração de redes antigas. “Ade São Gonçalo e proximidades. São Gonçalo, dispondo de práticas e iniciativa comprova que a parceria da serviços que nos atendem prontamen- Ampla com seus clientes contribui para Baseada nesse modelo de exce- te. Agora, com o Hospital de Icaraí, a prestação de serviços de excelência elência em saúde, a atual gestão – que não poderia ser diferente”, reforça. atendimento de qualidade”, avalia.
    • O que a sua empresa fazcom o lixo reciclável?Leve seus materiais recicláveis a um dos postos de coleta do ConsciênciaEcoampla e cadastre sua empresa no programa para o descarte de resíduosrecicláveis que ainda rende bônus nas contas de luz.Se o volume de resíduos acumulados for superior a 30 toneladas/mês, a suaempresa pode ter um posto de coleta próprio. Neste caso, a Ampla fornece asferramentas, a metodologia e a capacitação necessária para a montagem daestrutura. Consulte-nos.Sua participação é fundamental e tem destino certo:A preservação do meio ambiente. Óleo Vegetal Plásticos Metais Vidro Papel Para mais informações acesse www.ampla.com/pop_eco_ampla.html, escreva para ecoampla@ampla.com ou consulte seu executivo de contas.