Your SlideShare is downloading. ×
O desafio da acessibilidade
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

O desafio da acessibilidade

1,836

Published on

Apresentação sobre acessibilidade no ensino à distância.

Apresentação sobre acessibilidade no ensino à distância.

Published in: Education, Technology, Business
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
1,836
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
28
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. O desafio da acessibilidade na Tutoria Presencial da Disciplina Informática na Educação do Curso de Pedagogia à distância do Consórcio UERJ/CEDERJ
    Alice Maria Costa (UERJ/CEDERJ)
    E-mail: alicemaria.costa@yahoo.com.br
    Blog: http://leiturasdiversas-amfrc.blogspot.com.br
    Edméa Oliveira dos Santos (UERJ/CEDERJ)
    E-mail: mea2@uol.com.br
    Site: http://www.docenciaonline.pro.br/moodle
  • 2. Plano Nacional de Educação
    Em suas diretrizes destaca a necessidade de mediação tecnológica para impulsionar a flexibilização do processo educativo por meio de ajudas técnicas e de pesquisas regionais e nacionais que devem ser desenvolvidas para a elaboração de tecnologia de apoio apropriado às pessoas com necessidades educacionais especiais (PNEEs), conforme revelam os estudos realizados por Santarosa (2007).
  • 3. Laboratório de Informática do Polo CEDERJ Angra dos Reis
    Foto: Tutoria Presencial
    Foto: CEDERJ Angra
    Foto: Tutoria Presencial
  • 4. Interface
    Porção visível para o usuário através da qual ele irá interagir.
  • 5. Usabilidade de software
    Se refere à capacidade de um produto qualquer ser utilizado por seus usuários de maneira que eles atinjam seus objetivos com eficiência e satisfação .
    Interface Interação E Usabilidade
    http://www.slideshare.net/guimenga/interface-interao-e-usabilidade
    Recorte de tela efetuado: 06/06/2010; 20:32
  • 6. Acessibilidade
    Representa mais do que o direito de acessar a rede de informações, mas a eliminação de barreiras arquitetônicas, de comunicação, de acesso físico, de equipamentos e programas adequados, de conteúdo e apresentação da informação em formatos alternativos.
    Vídeo:
    http://www.youtube.com/watch?v=4XDEuLJZS2g
  • 7. Tecnologia Assistiva
    Área do conhecimento, de característica interdisciplinar, que engloba produtos, recursos, metodologias, estratégias, práticas e serviços que objetivam promover a funcionalidade, relacionada à atividade e participação, de pessoas com deficiência, incapacidades ou mobilidade reduzida, visando sua autonomia, independência, qualidade de vida e inclusão social (Comitê de Ajudas Técnicas, CORDE/SEDH/PR, 2007).
  • 8. Situações e características dos usuários apontados pela W3C e WAI
    1. Incapacidade de ver, ouvir ou deslocar-se, ou grande dificuldade - quando não a impossibilidade - de interpretar certos tipos de informação.
    2. Dificuldade visual para ler ou compreender textos.
    3. Incapacidade para usar o teclado ou o mouse, ou não dispor deles.
    4. Insuficiência de quadros, apresentando apenas texto ou dimensões reduzidas, ou uma ligação muito lenta à Internet.
  • 9. Situações e características dos usuários apontados pela W3C e WAI
    5. Dificuldade para falar ou compreender, fluentemente, a língua em que o documento foi escrito.
    6. Ocupação dos olhos, ouvidos ou mãos, por exemplo, ao volante a caminho do emprego, ou no trabalho em ambiente barulhento.
    7. Desatualização, pelo uso de navegador com versão muito antiga, ou navegador completamente diferente dos habituais, ou por voz ou sistema operacional menos difundido (ACESSIBILIDADE BRASIL, 2005).
  • 10. Interface da plataforma utilizada – recurso para baixa visão
     
    Nova plataforma - CECIERJ - Centro de Ensino a Distância
    http://novaplataforma.cederj.edu.br/plataforma2009/ctrllogin
    Recorte de tela efetuado: 03/06/2010; 20:45
     
     
  • 11. Nova plataforma - CECIERJ - Centro de Ensino a Distância
    http://novaplataforma.cederj.edu.br/plataforma2009/ctrlsaladisciplina?disciplinaSala=490#
    Recorte de tela efetuado: 06/06/2010; 18:00
    Interface da plataforma utilizada – usabilidade
  • 12. Materiais Pedagógicos e utilizações de Tecnologia Assistiva
    Livros texto foram gravados em arquivos audíveis;
    Material impresso em Braille;
    Notebook com Sistema Operacional Windows e DOXVOX;
    Softwares CPqD Leitor de Telas, SpeakAloud, NonVisual Desktop Access (NVDA);
    Aplicativos home pagesIntervox(Intervox.txt), jogos FORCAVOX, MEMOVOX;
    Mídias movéis notebook, pen drive, CD-ROM, celular (ligações e torpedos SMS).
  • 13. Recursos para adaptação de sites
    Figura 1
    Figura 2
    Fundação de articulação e desenvolvimento de Políticas Públicas para PPDs e PPAHs no RS
    http://www.faders.rs.gov.br/portal/index.php
  • 14. Pressupostos do conceito de desenho universal:
    1- Equiparação nas possibilidades de uso
    2- Flexibilidade no uso
    3- Uso Simples e intuitivo
    4- Captação da informação
    5- Tolerância ao erro
    6- Mínimo esforço físico
    7- Dimensão e espaço para uso e interação
  • 15. Blog construído pela aluna nas tutorias presenciais
    http://navegandonoescuro2010.blogspot.com/
  • 16. Mediação do ensino e aprendizagem
    Pesquisa-formação
    Re-inventar
    Constrói sua autonomia
    Ensina e aprende
    Professor tutor presencial
    aluno
    ZPD
    TICs
  • 17. Referências Bibliográficas
    ACESSIBILIDADE BRASIL. Disponível em: <http://www.acessobrasil.org.br/index.php?itemid=45>. Acesso em: 22 mar. 2010.
    BORGES, José Antonio. DOSVOX – Uma nova realidade educacional para Deficientes Visuais. Disponível em: <http://intervox.nce.ufrj.br/dosvox>. Acesso em: 01 abr. 10.
    CENTRO DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO DA TELEBRÁS. Disponível em:< http://www.cpqd.com.br/2/1+o-cpqd.html>. Acesso em: 05 mar. 10.
    FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. 17. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.
    GARCIA, P. S. Novos rumos da educação no terceiro milênio. São Caetano do Sul: Folha de São Caetano, p. 2 – 2, 07 jan. 2001.
    GIDDENS, A., As conseqüências da modernidade. SP: Unesp, 1991.
    GÓES, Maria Cecília, A natureza social do desenvolvimento psicológico. In: Cadernos CEDES – Centro de Estudos Educação e Sociedade – Pensamento e Linguagem: estudos na perspectiva da psicologia soviética. 2ª ed., São Paulo: Papirus, 1991, p.17-24
    HARVEY, D., A condição pós-moderna. SP: Loyola, 1989.
    INSTITUTO BENJAMIN CONSTANT. LÁZARO, Regina Célia Gouvêa. Deficiência Visual. Disponível em: <http://www.ibc.gov.br/Nucleus/index.php?itemid=93#more>. Acesso em: 01 abr. 10.
    MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO – Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica. Rede Nacional de Pesquisa e Inovação em Tecnologias Digitais – RENAPI. Projeto de Acessibilidade Virtual. Acessibilizando conteúdo e materiais para alunos Deficientes Visuais. Disponível em: <http://www.bento.ifrs.edu.br/ept/pdf/acessibilizando_materiais.pdf>. Acesso em: 01 abr. 2010.
    NÚCLEO DE COMPUTAÇÃO ELETRÔNICA NCE / UFRJ – PROJETO DOSVOX. Disponível em: < http://intervox.nce.ufrj.br/dosvox/download.htm>. Acesso em: 20 fev. 10.
    PARENTE, A.. Enredando o pensamento: redes de transformação e subjetividade. In: Andre Parente. (Org.). Tramas da Rede. Porto Alegre: Editora Sulina, 2004, v. 1, p. -.
    RODRIGUES, A. S.; SOUZA FILHO, G. L.. Acessibilidade na Internet para Deficientes Visuais. In: IV Workshop sobre Fatores Humanos em Sistemas Computacionais, 2001, Florianópolis. IV Workshop sobre Fatores Humanos em Sistemas Computacionais, 2001.
    SANTAROSA, L. M. C. ; CARNEIRO, Mara Lúcia ; PASSERINO, L. ; GELLER, Marlise ; CONFORTO, D. . Formação de Professores: referencias na construção da acessibilidade para ambientes virtuais de educação a distancia. Educação (Porto Alegre). V. 3, p. 531-545, 2007.
    SANTOS, Edméa A informática na educação antes e depois da Web 2.0: relatos de uma docente-pesquisador a. In: LIMA Jr, Arnaud. (livro ainda sem título), Salvador, EduUNEB, 2009 (no prelo).
    SISTEMA DE INFORMAÇÕES DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA - REDE NACIONAL DE PESQUISA E INOVAÇÃO. Acessibilidade de conteúdo e materiais para Deficientes Visuais. 2009. Disponível em: <http://bento.ifrs.edu.br/ept/pdf/acessibilidade_conteudos.pdf>. Acesso em: 21 mar. 10.
    USABILIDADE e AI. Disponível em: <http://webinsider.uol.com.br/2005/03/30/usabilidade-um-pouco-da-historia-e-definicao/ >. Acesso em: 22 mar. 2010.
    VYGOTSKY, L. S. Pensamento e Linguagem. Rio de Janeiro: Martins Fontes, 1998.

×